Google+ Badge

sábado, 28 de fevereiro de 2015

VIDA EM EXPANSÃO...












Este é o caminho, porfiai por trilhar a estrada da iniciação pavimentada sobre este Caminho.
Deixai que vossa luz interior, a luz da Presença do Eu Sou e do Cristo em vós revele os mais profundos mistérios da vida, as mais perenes verdades sagradas, facetas da Verdade Suprema.
Não permitais que o fel de amargura domine vossa alma.
Não permitais que o ego e todos os sentidos dominem o anseio de vossa alma toldando vossa consciência apenas com o que esta fora de vós. Ao contrário, interpretai o que esta fora com o conhecimento profundo de quem realmente sois e com a sabedoria suprema deste Ser sem limites.
Deixai fluir de vós, deste centro do Ser a mais pura, dourada e abençoada luz crística.
Que esta luz simplesmente afaste tudo o que vos limita e vos prende numa sequência absurda de fragilidades e erros.
Libertai vossas mais profundas ansiedades lançando-as no altar do coração.
Curai vossa alma com uma perfeita entrega neste altar de todas as coisas que vos preocupam, vos assustam, vos impedem de ir adiante...
Deixai a luz revelar tudo o que esta oculto e refazer tudo o que precisa ser transmutado.
Nada temam!
Hoje é o vosso momento de criar um novo mundo!
Este é o momento de parir uma nova humanidade!
Que assim seja!

Em amor e luz

Paz e Bem

Valter Taliesin

Como lava, quente, rubra escorre do coração da Terra o poder alquímico que tudo purifica e transmuta.
Do coração feminino brotar tal senso e sentimento é como um vibrar com a Terra.
Do coração da mulher brota tal energia de luz e fogo purificador que envolve o mundo do qual ela faz parte e influi particularmente...
Mulher e Terra pulsam assim como um e o mesmo ser...e não só com a Terra mas com a Lua lá em cima, mas que rima e sola sons sagrados com o corpo feminino e mais além a estrela matutina, que é como uma bela mulher refulgindo nos céus a partir do norte.
Terra, Lua e Vênus traduzem os mistérios do feminino com um poder avassalador para nosso contexto evolutivo. Nele percebemos o quanto o feminino é necessário na leitura do sagrado em nós, ao redor de nós e além de nós.
Assim o fluido que escorre do seio abrasador do ventre terrestre é como o fogo de vida que escorre de dentro de cada mulher, de cada mãe do mundo...um fogo rubro de paixão sem limites pela vida e por tudo o que esta contém.
Sim, a lava destrói o que encontra no caminho que não lhe resiste o calor, assim é com os mistérios da Deusa, quem não é apto não lhe resiste a glória, quem não é apto não permanece...
O amor feminino de uma mulher sagrada é exatamente a mesma coisa...poderoso como uma lava que destrói as mentiras, as futilidades, as traições, o faz de conta e só permanece diante deste amor homens que verdadeiramente sabem o que é o amor...só eles passam pela lava incólumes pois neles não há mentira, futilidades, enganos e são sinceridade e seriedade de ser em vibrar amor pela mulher amada.
E assim o  mistério da Deusa se perpetua no corpo da Terra e nas suas filhas que caminham sobre seu vasto ser...

Em amor e luz

Valter Taliesin

A coruja é simbolo de duas grandes deidades universais da humanidade...
LILITH E PALAS ATENA...
Entretanto o conceito que se tem das duas é bem diverso...
Lilith é vista como a deusa da noite, da escuridão mais profunda, dos mais sagrados consórcios sexuais, uma hora divinizada outra demonizada, é um paradoxo divino em si mesmo...de grande manifestação da matéria primal à primeira mulher de Adão o mito transita por diversas leituras que dela são feitas.
Pala Atena é a deusa do dia, da luz mais luminosa, da mais casta sexualidade, não deixou de ser demonizada de certa forma como todas as deidades pagãs um dia foram pelo cristianismo e demais religiões monoteístas, mas quando este paganismo vigorava forte, nos lugares em que era adorada sempre foi vista como um contexto de luz, que ilumina, e neste iluminar traz a sabedoria divina em si, e manifesta-a como conhecimento criativo entre os homens. Deusa da liberdade e da vitória marcial, deusa da sabedoria e do conhecimento, deusa das artes, deusa da civilização...Palas Atena é a face da deusa que se mantem sempre jovem e virginal enquanto Lilith é a grande, profunda e escura mãe, principalmente dos seres da noite.
A coruja assim simboliza duas deusas profundamente poderosas e sagradas no imaginário popular antigo e do revivescer do paganismo atual, mas atualmente tem sido associada a algo menos sagrado e mais sinistro...
AOS PODERES OCULTOS QUE REGEM A HUMANIDADE!
É dito que a elite mundial que rege ocultamente a humanidade teria como símbolo de sua deidade uma grande e enorme coruja à qual é feito rituais de fogo e de sangue, inclusive humanos.
Bem, como há muito de lenda nos meios conspirativos, não vou eu botar minha mão no fogo e dizer que estas coisas procedem, mas aqui podemos ver como um símbolo poderoso e sagrado pode se ver deturpado de uma hora para outra quando o grupo errado vê nele coisas que só trazem dor a humanidade.
Foi o que os nazis fizeram com a suástica, e hoje NÃO HÁ explicação esotérica que explique e convença o mundo de que eles se apropriaram indevidamente de um símbolo antigo e ancestral que nada tem a ver com o que eles praticaram...mesmo quando explica-se que eles adotaram a suástica em rotação contrária à que é considerada evolutiva.
Assim esta a acontecer com a coruja, um antigo e ancestral símbolo da deusa e da sabedoria divina, de Sophia, que esta a ser demonizado por que um bando de calhordas resolveu fazer dela (se for verdade o que dizem, bem dito) seu símbolo e de suas nefastas atividades.
Fiquemos portanto com o significado original e tudo o que de sagrado ele contém...

Em amor e luz

Valter Taliesin

A viagem começa quando dentro da alma esta desperta para a mística que tem o caminho.
Ela percebe que peregrina é e não faz parte de nenhum contexto passageiro, de nenhum lugar específico, de nenhum grupo, de nenhuma religião, de nenhuma forma de exprimir o sagrado.
Ela se percebe ao mesmo tempo una com todos e individual...percebe uma liberdade que a faz ser tudo com todos e no entanto ter dentro de si seus mistérios, suas particularidades, suas peculiaridades.
Viajar para ela é um estado de espírito não uma carteira de passaporte.
Viajar para ela é penetrar o mundo, os lugares em que esteja e sorver dali a energia viva, divina, interagir com tudo e todos, não meramente entrar em um automóvel, ônibus, navio, avião e ir...simplesmente por ir...
Quando falamos do contexto SEM DESTINO de certos viajantes estamos meramente julgando a ida para lugares sem programação, sem esquematização, MAS dentro daquela alma tem todos os sentidos, e todos os destinos possíveis pois o que ela busca não esta em nenhum lugar mas existem portais para ser acessado em todos os lugares do mundo...
O que aquela alma esta buscando é a EXPERIÊNCIA diante de um portal específico de ver aquilo que almeja no profundo de seu ser  manifestando-se...assim o sem destino é meramente um fator geográfico não sensorial...sensorialmente há uma busca, ainda que inexplicada por algo que lhe faça transcender o comum dos dias, ou melhor; faça neste comum o incomum do encontro sagrado.
E é este encontro sagrado que é o destino, é este encontro sagrado que é o sentido da viagem, é este encontro sagrado que faz valer a pena anos e anos de estrada.
Ainda que pouco se saia do lugar em que se vive contudo há mais almas que viajam de verdade que os turistas deste mundo.
VIAJAR É UMA COISA, FAZER TURISMO É OUTRA...
O Viajante vivencia os lugares em que passa, as pessoas que lhe tocam a alma, os encontros que se processam, o turista simplesmente vivencia a sensação de ser turista, de ser folia, de ser um passante. Nada há de errado nisto, mas pouco há de vantagem para a alma enquanto desbravadora do mundo e de novas entidades vivas e principalmente de encontros sagrados e transformadores!
Assim, no contexto iniciático, mais vale uma pessoa que viaje pouco mas aproveita cada uma destas viagens para acessar os portais em si de luz que tais lugares e pessoas permitem, do que a que muito viaja mas sua consciência continua rasa e atribulada; chegando no outro dia e já programando a próxima viagem sem sentir absolutamente dentro de si nenhum sentimento de plenitude, de satisfação pelo que viajou.
Por último e mais importante, o verdadeiro viajante viaja dentro de si, descobre os mistérios de seu ser e a partir dai ele sente dentro de si a direção para ir em busca daquilo que quem esta fora pensar ser...sem destino...somente o verdadeiro viajante vê o que há para além do olho comum, somente o verdadeiro viajante conhece o processo de retorno ao lar onde tudo é uma constante e eterna plenitude do senso do viajar e do conhecer...

Em amor e luz

Valter Taliesin

A humanidade tem diante de si uma dura escolha...

Ou permitimos que o que há de melhor dentro de nós se manifeste e tome conta de nosso cenário evolutivo ou continuamos vibrando no medo e deixando os "senhores deste mundo" fazerem o que quiser com a Terra e conosco.

Veja bem...

EU ACREDITO QUE INDEPENDENTE DISTO A ASCENSÃO DA TERRA É ALGO GARANTIDO!

Mas falo agora da perspectiva humana comum...daquele que sofre e padece neste lugar que deveria ser encarado como benção, mas que costumamos de há muito chamar de "vale de lágrimas', onde meia duzia define o que farão milhões, onde " voz do povo' em verdade significa, voz da mídia, voz do melhor marqueteiro político, voz do mais carismático político ou religioso, voz de entidades nefastas que se ocultam por trás das sombras espalhando o medo e a dúvida nos corações...para o ditado: " A VOZ DO POVO É A VOZ DE DEUS" ser verdadeiro, esta voz do povo deveria manifestar A VONTADE DE DEUS, esta voz do povo deveria olhar dentro de si e perceber Deus em si. Isto não é feito e assim 7 BILHÕES DE SERES HUMANOS sofrem na mão de alguns milhares de trevosos que optaram conscientemente pelo Mal e fazem daqui seu playground!

Olhando da perspectiva de quem esta de fora do planeta isto é completamente insano e surreal!

Como que tantos podem ser dominados por tão poucos?

Mas é isto o que acontece!

Infelizmente!

Ou acordamos e percebemos que a batalha pela Terra é algo absolutamente necessário, não porque isto definirá o destino da Terra em si,  mas isto selará nossa permanência aqui, ou então veremos tristemente nós e esta mesma elite trevosa em outro cenário, em outro lugar, em outro playground deles pois aqui...SERÁ REINO DE LUZ!

A grande batalha portanto não define o destino do planeta mas o destino daqueles que destroem o planeta e daqueles que passivamente se deixam destruir no processo. Antes que a Terra se veja destruída haverá o grande fiat de lux que mudará todo este contexto e então perceberemos onde de fato esta a Verdade.

Libertar-se do medo agora e assumir seu lugar de direito no front espiritual de batalha é sua única alternativa luminosa...não existe outra...ficar parado é cooperar com a elite trevosa, cuidar só de si é egoísmo, fechar os olhos para o que se passa ao redor não é sinal de evolução mas sim de covardia. O que temos que fazer é derramar nosso olhar sagrado em torno de tudo e vermos o efeito que isto causa, e se houver resistência combatermos o bom combate na luz de que nossa causa é justa pois envolve a libertação do maior número de humanos possíveis antes que os portais de libertação pessoal e coletiva se fechem nesta ronda evolutiva e só se abram novamente para quem não mais estiver aqui, mas sim em outro contexto evolutivo agora novamente por eons e eons de uma nova ronda...de mais dores e ilusões...

O MOMENTO É AGORA...E JÁ ESTA PASSANDO!

Em amor e luz

Valte Taliesin


Há um momento que a alma se entende guerreira, mas de um outro tipo de guerra, uma guerra que requer armas absolutamente inusitadas para o mundo de cá. Armas que trazem em si e através de si o significado de coisas e poderes ligados à luz mais que o mero aço cortante, o tiro potente.


Nesta momento a alma se vê participante de uma grande batalha, mas eis o dilema; ela sempre aprendeu que o mundo espiritual deve ser de pura paz e amor puro, que ao adentrar o mundo interno é paz que reina em si e amor que tudo coroa, e entretanto esta agora a ser convidada a guerrear? E muitas vezes contra coisa e seres que um dia lhes foram caros, mas que agora se defrontam e confrontam com ela? como dizia o Cristo: "o inimigo dos homens estarão dentro de sua própria casa!" e mais; referindo-se muito além do pai, mãe e irmãos literais do texto bíblico , para o véu de mistério da guerra interna entre alma e personalidade!

Mas agora, eis aqui o convite para lutar, a batalha se avizinha!

Quando reluta e tenta explicar que agora que é espiritual entende que a luta,  a guerra, o termo guerreiro, não lhe cabe, que acha tudo aquilo insensato eis que o eu maior, na figura de Krishna , Cristo, Buda ou seja lá quem for lhe surge e como o primeiro no Gita lhe diz e mostra como este a Arjuna que a luta é não só necessária quanto seu carma...não sua pena, mas seu carma positivo, sua forma de cumprir o Dharma divino. Confusa a alma tenta argumentar com o eu maior, tenta mostrar a insanidade do confronto, da luta em si, e só se entrega quando este lhe diz claramente que se não fizer o que lhe é de missão terá falhado em seu viver e pior; acumulado carma oposto.

Esta dicotomia aparente entre ser amor e ao mesmo instante lutar contra um inimigo específico confunde muitos, muitos que caminham a senda espiritual e entendem que pelo mero fato de entregarem suas vidas ao sagrado magicamente inimigos deveriam virar amigos...e pior; muitas vezes pessoas que nos são caras, agora nos viram as costas, caluniam, intrigam e muitas vezes agridem o(a) servidor(a) da luz.

A primeira coisa a se entender é SIM, de fato NÃO TEMOS INIMIGOS, não nós, enquanto pessoas, agora vibrantes na luz...mas existem pessoas que SE FAZEM NOSSAS INIMIGAS e mesmo não lhes tendo rancor no nosso coração quando elas estão a prejudicar nossa caminhada e barrar nossa missão de vida temos que usar as armas espirituais que temos á disposição para nos protegermos delas e principalmente do que atua através delas e a obra que estamos a fazer também.

É neste momento que nos descobrimos no dilema de Arjuna e ouvir o Krishna em nós se faz absolutamente necessário, quer vista de forma literal ou figurada, a grande batalha do Mahabharata nos traz esta lição...existem momentos que a única forma de demonstrar amor e vibrar luz é lutando, e lutando sem ódio no coração, apenas pelo desejo absoluto de que nada, nem ninguém impeça a luz de um dia reinar sobre toda a terra...apenas pelo dever, carma evolutivo e positivo sagrado de destruir as oposições que impedem a Grande Obra de ser feita em si e fora de si...apenas cumprindo o dharma divino.

E então veremos que a luz se faz, que tudo se esclarece, que um novo dia raia e quem merecer aqui na Terra ficará e será uma árvore frutífera em meio a uma humanidade renovada como um pomar e um jardim florido... quanto aos demais...segue-se o destino que escolheram...BEM LONGE DAQUI...pois a hora da TERRA NOVA esta chegando!!!

Em amor e luz

Valter Taliesin



A realidade menor, dos dias que vem e que vão, pode sofrer com nossas próprias mutações interiores mudanças significativas.

E isto acontece porque não são A REALIDADE em si, mas um espaço de possibilidades onde a consciência transita e se manifesta.

Sim, vivemos em um campo de interação energética que APARENTA ter a consistência de algo sólido...o espaço parece sólido e imutável, o tempo parece inexorável...certos acontecimentos em nossas vidas, aqui e acolá, parecem definitivos...tudo parece duro e resistente à mudanças mas o fato é que MESMO este mundo sólido esta a mudar.

SIM!!!

Mesmo este mundo sólido, esta realidade dolorida que muitos descrevem como "um vale de lágrimas" esta a mudar...altos e baixos são inevitáveis neste processo de mudanças!

O mundo de 10 anos atrás não é mais o mesmo de agora!

Mesmo o imperceptível mundo de um micro segundo atrás não e o mesmo de agora!

Apesar da aparente dureza dos dias, dos agora quase 100 anos que uma alma começa a ter acesso em média para viver aqui, se nada em seu processo evolutivo divino pessoal determinar para partir antes, percebemos que contudo, aquilo que definimos como rotina e que parece um cansativo processo de ir e vir de novos dias, tem em verdade potencial para despertar uma realidade nova em torno de nós.

O aparentemente sólido mundo material e sensorial que nos rodeia consegue ser manipulado quando a alma percebe que esta una com a Fonte divina em si. Dai, aquilo que definem como "milagres" se revelam absolutamente naturais, e aquilo que muitos interpretam como "interferência no mundo natural" se revela nada mais nada menos que infinitas faces da Realidade Divina Una se expressando através das realidades multi facetadas dos humanos no mundo material denso.

Então neste momento percebemos que em Realidade as realidades mundanas partem da consciência humana em constante interação uma com as outras e com o espaço/tempo em que vivemos.

MUDANDO-SE A CONSCIÊNCIA MUDAREMOS NOSSA RELAÇÃO UNS COM OS OUTROS E MUDAREMOS O MUNDO EM QUE VIVEMOS!!!

O mundo em que vivemos por mais que pareca duro e difícil de lidar não passa de um resultado das consciências encarnadas desde priscas eras aqui na terceira dimensão do Ser...consciências estas que infelizmente se deixaram dominar pela ilusão de permanência deste mundo material tri dimensional e com isto perderam o senso de QUEM SÃO...DE ONDE VIERAM...O QUE AQUI VIERAM FAZER...E PARA ONDE VÃO!

Esta perca é a grande catástrofe universal da alma, a grande QUEDA e voltar a ter o senso e a percepção do REAL é o que Jesus e os grandes Mestres e Mestras espirituais de todos os tempos vieram despertar nos humanos!

OUVIR E ATENDER AO CHAMADO É O QUE DEFINIRÁ QUEM HERDARÁ A NOVA TERRA QUE ESTA A NASCER OU REPETIRÁ DE ANO...OU MELHOR, DE EON, ERA, DE RONDA!!!

São as escolhas que determinarão os rumos de cada um!

Escolhas na liberdade de Ser no divino em nós, ou escolhas distantes de sua luz!

Em amor e luz

Valter Taliesin



PAI CELESTE...
Pai Céu...
Um centro de puro amor gerador de vida multi dimensional...
O Yang supremo que tudo envolve em um eterno abraço com a Mãe de toda vida...Yin...
Cada homem verdadeiramente sagrado do mundo traz dentro de si esta potencia do Pai maior para gerar vida...e não somente procriar, mas MANIFESTAR melhores e mais profundas entidades vivas para um mundo extremamente carente delas.
O potente YOD de onde procede as energias da vida em forma de líquido sagrado...o soma divino e original, a bebida dos deuses e deusas, é uma grande metáfora do elemento que nutre o ventre infinito e faz dele brotar todas as formas de vida.
A princípio penso, não existe uma regra irrevogável em que grandes entidades de luz nasçam somente de pais e mães o mais sagrados possível, existem exceções fantásticas a extra regra provando que para Deus nada é impossível e muitas vezes Ele manifesta luz onde há densas trevas só para mostrar sua grande e luminosa face de amor...mas geralmente sabemos que quanto mais sagrados nos tornamos melhores canais de expressão divina somos, mais perfeitamente nos percebemos como Deus em ação e assim a probabilidade de sermos pais e mães de humanos de graduação maior é imensa. Entidades índigos, cristais, prateados, dourados etc...termos que definem graus de evolução da alma encarnada, e a grande maioria delas nos últimos tempos, pela primeira vez na Terra, já antevendo o mundo sagrado que de nós se aproxima...
Assim cada dia somos nós homens do mundo desafiados a sermos manifestações plenas do grande Pai do céu assim como cada mulher o é da grande Mãe da vida. Como em cada um de nós há o princípio oposto em potencial sempre, tanto homens como mulheres tem em si o casal divino em plena consagração.
Somos nesta ótica cenário do que os antigos chamavam de HIEROS GAMOS, o casamento divino ou união do Deus e da Deusa. Do sagrado masculino e do sagrado feminino...E para que o mundo se renove, se torne o paraíso sagrado redivivo precisa este hieros gamos se dar dentro de cada ser humano antes de acontecer em cada relação e depois em contexto universal envolvendo todas as facetas da sociedade humana.
- Ah, mas isto nunca vai acontecer!
Nunca todos os humanos permitirão isto!
Alguns podem dizer...
EXATAMENTE, por isto os tempos são chegados...com a Terra acoplando-se na quinta dimensão brevemente, onde já entrou, haverá a grande separação do joio e do trigo...exatamente por isto a Terra esta a ser povoada de vários espíritos, ou almas VIRGENS ou seja; livres de encarnações terrestres anteriores, que aqui estão a vir e inundar o mundo de sangue novo, conjunto a almas muito antigas aqui, mas que já alcançaram, se não a ascensão, estágios muito próximos à mesma... e quem já leu outras coisas que escrevi sabe que acredito que isto pode ser um processo tanto gradual, como se a alma alcançar energia suficiente, "um fiat de lux" supremo e instantâneo ou seja; não acredito que existam regras neste caso a não ser a alma conseguir ou não manifestar Deus plenamente, e a meu ver o gradual só é mais evidente porque de fato é MUITO difícil para uma alma perdida em erros alcançar por si só tal grau de vibração...mas...entendo que NADA é impossível nos universos divinos...assim me abro a qualquer possibilidade neste campo pois a Presença do Eu Sou é onipotente em nós.
Portanto devemos, guerreiros sagrados da luz, manifestar noite e dia o mais plenamente que pudermos a grandeza de nosso Pai Celeste, assim como as guerreiras sagradas da luz o devem de nossa Mãe de Vida...
Somente assim, dia e noite sendo o melhor que pudermos todos os dias, vibraremos em tal sintonia uns com os outros que criaremos relacionamentos sagrados e através destes lares sagrados, famílias sagradas e através destas comunidades sagradas, e por fim povos sagrados, até que finalmente a Terra toda SE ENCHA DE CONHECIMENTO DO(A) SENHOR(A) DE TODA A VIDA, quando então uma humanidade sagrada, iluminada, aqui viverá em plena harmonia com todas as demais formas de vida, com o meio ambiente, e recebendo os irmãos e irmãs das estrelas para grandes comemorações de luz e numa agora rápida e poderosa ascensão, por inúmeras dimensões do Ser, no profundo mergulhar cósmico no seio da divindade...
E falar mais torna-se desnecessário...
Em amor e luz...
Valter Taliesin


VÍDEOS

GABRIEL YARED








FONTE YOUTUBE

UNIVERSO SAGRADO...

 
ESTAR É O ATO ASSIM COMO O FAZER...SER É A ESSÊNCIA QUE PLENIFICA TANTO UM QUANTO OUTRO DE SIGNIFICADO, GRAÇA, E MUITAS, MUITAS BENÇÃOS...

Valter Taliesin

Amoroso coração...
Repleto de luz amorosa...
Pulsando um poema e uma canção...

Poema de profunda beleza...
Onde a surpresa é uma possibilidade...
E a magia uma suprema realidade...

Canção repleta de emoção e sentimento...
Um mergulho na satisfação da alma...
Como se oceano fosse de pura saciedade...

Valter Taliesin

  
Um cantinho mágico...
Seu canto mágico...
Não é a toa que canto como
um lugar, soa com canto...
a música, a canção.

Neste canto mágico, neste
recanto só seu...o cântico da
vida se faz mais vivo para si...
Se faz mais pleno.

Quando uma alma perde este
senso de canto, de recanto mágico,
só seu, que lhe pertença de forma
afetiva, amorosa, em pura sintonia,
das duas uma; ou ela se tornou uma
cidadã universal, onde tudo e todo
o lugar é este canto, este recanto e
nisto não há perca mas ganho pois
o senso de sagrado, de mágico atingiu
o ilimitado... ou ela simplesmente
perdeu a conexão com algo vivo dentro
de si, pois o que nos faz descobrir nossos
cantos e recantos sagrados, ou o que torna
tudo e todos sagrados esta em nós, dentro
de nós.

Somos assim o verdadeiro portal mágico!

Somos assim o verdadeiro centro de luz
divina, pulsando o mistério e descobrindo
os mistérios que nos rodeiam.

Assim, enquanto não vem este senso
universal de canto e de recanto, tenhamos
nosso canto, o nosso recanto, que vibra
música, poesia, prosa e canto.
Que vibra a unidade sagrada que temos
em nós e pede para aflorar, se expandir,
sair e criar.

Sejamos de fato e de direito um canto...
Sejamos nosso recanto...
Sejamos nossa canção, nossa prosa,
nossa poesia...o nosso lar...e que onde
estivermos levemos este senso sagrado,
mas enquanto isto não chega, consagremos
ao menos um pedaço deste mundo para
ser o melhor lugar do mundo para nós.

E que a luz se faça em puro canto,
neste canto, em todos os cantos de
todos os universos e dimensões
do Ser... divinos!

Valter Taliesin


Outro dia...
Outra história...
Outro momento...
Outra era...

Em algum ponto de minha aventura, de tua aventura, de nossa aventura...

Em algum ponto muito longe do lugar comum, não que o comum seja indigno, longe disto, mas naquele ponto onde comum e comunidade se tornam antológicos...ali, naquele ponto de mutação, de transformação, de iluminação, de despertar, poderemos ver com absoluta fidelidade, do que realmente fomos feitos e mais; do que constitui nossa essência.

Num instante só, tudo fará todo o sentido do mundo!

Num rasgo de liberdade estraçalharemos tudo o que nos limita, tudo o que nos separa ilusoriamente ao penetrarmos no coração da eternidade...

Será ali, naquele momento...no eterno que se revela e se derrama a partir do reconhecer do infinito sorriso da divindade que se auto manifesta e se faz realização naquilo que se sentia efêmero, pequeno e inútil...mas sim, neste momento de auto afirmação...este pequeno, este "se sentindo nada", perceberá no momento de maior desidentificação conceitual que em verdade é em si o Todo que se diz...EIS-ME AQUI... a negatividade da recusa em se auto rotular, se etiquetar, se  limitar ao meramente pensado, dito ou feito, será este..."NEGAR-SE A SI MESMO"...este lugar comum, que revelará neste comum Aquele(a) em quem não há limites e nem comparações possíveis  e toda a positividade em simplesmente...SER... um afirmar-se não ego deificado mas um afirmar-se na luz da descoberta das infinitas linhas de amor que tudo e todos liga e unifica em fraternidade universal, irmandade cósmica e filiação divina...

Ali cessará toda a dor da busca e iniciará a perenidade da comunhão...entretanto não será o fim da novidade e da descoberta, mas o perceber que na comunhão sagrada, divina, somos acima de tudo indecifráveis, incomensuráveis, como Aquele(a) que nos amou e nos ama neste exato momento, e nos amará sem qualquer noção de momentos...pois é AMOR...puro...AMOR...

E assim... naquele ESTOU AQUI...

Eu e você...nós enfim, deixaremos de limitar a única Realidade(em nossa percepção frustrada)  e transformaremos este doloroso esquecimento, pela Grande Obra, numa "coisa nova" e que dignificará tudo o que foi em SER sem limites...

E falar mais não devo...

OM OM OM...

Valte Taliesin  


Através de nossa profundidade revelamos a luz no mundo.

Nada raso pode revelar a luz pois o raso não implica compromisso com o amor... mas como haver compromisso e liberdade ao mesmo tempo sem contraditar-se?

Isto não é contradição para quem verdadeiramente ama, isto é contradição para quem esta no raso, distante da profundidade.

Quando há o mergulhar em SI mesmo, o aprofundar-se nos mistérios que a alma anela e a personalidade precisa, ali percebemos que o maior compromisso que possamos ter é de fato, e de direito o maior grito de liberdade que possamos dar...que o conflito só existe para quem não mergulha...assim os rasos que trafegam insatisfeitos de relação amorosa para relação amorosa ou que ficam presos às relações insatisfatórias ou seja; em um ou outro ponto de polaridades limitantes e aprisionadoras querem descobrir o segredo dos casais que realmente se amam, e não só destes, mas das amizades sagradas, famílias que são centros de unicidade, enfim; de todas as relações onde o amor, quer em sua face filos ou eros e ambas envoltas no ágape sagrado, se manifesta...

O Compromisso e a Liberdade são para estes rasos indecifráveis mas são tão naturais para os mergulhadores, para os que não temem o mistério mas abraçam-no sem medo, que simplesmente são atitudes naturais em suas relações onde respeito não é exigido mas um fluente comunicar secreto entre as almas. Nestas relações o "demônio" da intriga tenta em vão se infiltrar pois nesta perfeita liberdade e neste perfeito compromisso as almas estão seladas, fechadas para o perecível e reservadas ao eterno.

Àquilo que é definido em escrituras sacras como "selo do Espírito divino" , um grau de eleição e de sagração no amor onde o raso da lugar total à profundidade sem limites... este é o termo definidor, se assim quiser ser entendido, daqueles que amam sem limites...no pleno compromisso entre si e na liberdade total com todas as coisas.

Aqui, neste ponto da jornada das almas as palavras tornam-se desnecessárias...eis porque compromisso e liberdade não são em absoluto conflitantes nesta almas.

Apenas VIVEM...

Apenas SÃO...

A Verdade do Ser em Si mesmas...

Em amor e luz

Somos um

Valter Taliesin

MENTE CÓSMICA...

Mente que simplesmente é, tranquilamente, tudo o que pode ser, sem medo,  sem receios, sem travas de nenhuma espécie, aberta completamente ao sagrado.

A mente cósmica é UNA no Si mesmo com absolutamente tudo o que existe no universo desde os mais ínfimos reinos invisíveis do mundo micro às grandiosidades do mundo macro. Mas sobretudo a essência espiritual em todas as coisas.

A mente cósmica percebe a essência dos seres, percebe como eles se manifestam, sente suas energias, e também esta apta a influir com vibrações positivas em tudo o que toca.

A mente cósmica lê nos misteriosos arquivos do universo aquilo que as mentes comuns nem sonham existir ou não percebem nas interações entre vidas e vidas.

A mente cósmica vai mais além e lê os mistérios de outros universos, de outras dimensões do Ser...inclusive o secreto registro de coisas que foram...de rondas evolutivas passadas.

Sobretudo a mente cósmica lê a divindade e sua manifestação, Deus não é um mistério para ela mais porque Ele prazerosamente se revela à ela. Afinal ela simplesmente tornou-se Deus em ação no mundo, ela simplesmente esta a manifestar o que Ele mais quer que manifestemos:

AMOR EM FORMA DE IMAGENS SAGRADAS, MENTAIS...AMOR EM FORMA DE PENSAMENTOS CONSTRUTIVOS...AMOR EM FORMA DE SENTIMENTOS DEMOLIDORES DE BARREIRAS E CONSTRUTORES DE PONTES...AMOR EM FORMA DE PALAVRAS DE PODER QUE CRIAM NOVOS UNIVERSOS DE SER...AMOR EM FORMA DE ATOS SAGRADOS QUE TESTIFICAM QUE A VIDA É INFINITAMENTE MAIS DO QUE ISTO QUE VEMOS AO NOSSO REDOR, NESTE MUNDO ABSOLUTAMENTE DISSOCIADO DO SAGRADO.

É DEFINITIVAMENTE UMA NOVA FORMA DE VIDA QUE SURGE NO UNIVERSO A PARTIR DE UM TIPO DE VIDA EVOLUTIVA QUE RECONHECE E ABRAÇA O SAGRADO EM SI E FINALMENTE TORNA-SE UNA COM ELE GERANDO UMA NOVA CONSCIÊNCIA CRIATIVA CÓSMICA EM UNIDADE COM A FONTE!

Sim, pois a mente cósmica é a própria consciência humana que se tornou crística, que se tornou cósmica, divina...e como na mente temos uma fagulha do que há no coração assim como  no coração há uma fagulha do que há na mente, estas fagulhas pela sagrada alquimia se tornam manifestas, unificadas em ambos os centroS de Conhecimento e Sabedoria...Palavra e Ato se tornam unos no Pensamento e no Sentimento. Assim como você pensa você sente...assim como você sente você pensa... não há mais conflitos em ti, entre o que conheces e o que sabes...Yang e Yin se tornam um...o Conhecimento que é mais pessoal, individual(homem conhece-te a ti mesmo) se torna uno com a Sabedoria que é mais comunal e coletiva(o repositório infinito de luz onde o Conhecimento qual amante penetra, possui, sente, compreende, se unifica, e gera   VIDAS!)...A Mônada manifesta se percebe assim absolutamente una com a vastidão do Oceano divino Infinito.

Assim é a beleza, a maravilha da mente cósmica!

Da mente humana transmutada da divina mente embrionária que temos na vastidão do Ser Infinito que podemos Ser!

Namastê!

Valter Taliesin


O MOMENTO É TODO SEU....
Dentro de tua alma, naquele ponto mais central dela, que poderíamos dizer que é o coração espiritual dos humanos, ali, naquele ponto central, bem em meio aos mais profundos anelos desta, esta a brotar sem você ao menos perceber, sentir , uma pequena fonte...aparentemente do nada, mas nascida deste reconhecimento que tiveste HOJE que Deus é a única realidade em ti.
Não foi pelo meramente ler, mas esta percepção luminosa que tiveste ao sentir que em ti tudo é muito mais do que supões, e não falamos aqui de dons e talentos, nem muito menos de tua conflituosa personalidade, ou até de sua alma com toda a sua bagagem...nem o grau de sua consciência...mas o próprio divino em ti...
A luz infinita que não tem começo, meio ou fim e exatamente por isto, por ser e estar num conceitual espaço infinito ela é em tudo e em todos... mas este ser é absolutamente sereno e não se move de seu centro de paz sem que a alma aflita diga...EIS-ME AQUI...
Sem que o humano perceba-se limites e que Ele é o ilimitado em si!
Só assim, quando há esta percepção e este reconhecimento, é que pouco a pouco a fonte brota e começa a regar todo o teu ser...e a medida que mais e mais espaço, ai sim a alma, a consciência e a personalidade lhes dão, mais e mais ela cresce...se expande, se expande, se expande, até transbordar para a vida eterna!!!
E este transbordar é o ponto da total transformação do ente humano em divino...do corruptível se tornando incorruptível e do mortal em imortal!
É a ascensão, e mesmo antes dela, aquele ente humano agora purificado e plenificado por esta água viva(um termo em si só iniciático e que merece texto à parte)começa a COMPARTILHAR...SIM...COMPARTILHAR...
Se o reconhecer de Deus em si é o ponto de partida, se depois Deus, então manifesta-se fazendo brotar a pequena fonte, e se esta, ao permitir crescente de todas as partes corpóreas constituintes do ser humano à ela, vai num crescente jorrar, num crescente transbordar, dominando e plenificando aquela vida e aqui eis o grande mistério: A partir DELA, tudo o que ela toca, tudo o que dirige a palavra e claro, mostra-se sintônico e sensível à ela como se por osmose...mas ela não dá de si ou seja; de sua águas ao outro, mas desperta neste o mesmo desejo de sagrado que animou a si, e este anelo é ouvido por Deus naquele e é ESTE que nele também faz brotar a fonte...
Portanto NINGUÉM é salvador absoluto de ninguém sem que este em algum momento diga...EIS-ME AQUI...o que os grande salvadores do mundo são, e como cabeça deles, Jesus, é ABRIDORES DE CAMINHOS...como diz o próprio texto sagrado...AS PRIMÍCIAS...e depois FACILITADORES...CANAIS...DO CAMINHO AO QUAL NINGUÉM VEM AO PAI...E aqui o segredo da tradução focar no VEM e não no vai(Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14:6)...PORQUE O PAI NÃO ESTA LÁ LONGE...NUM ALÉM INACESSÍVEL...mas AQUI E AGORA...EM TUDO E EM TODOS...Basta dizermos...EIS-ME AQUI!!!
Por isto Cristo Jesus ao dizer-se o Caminho, a Verdade e a Vida diz... VEM AO PAI...porque este é um mistério interno Nele e a partir Dele e de todos os facilitadores e abridores do Caminho naqueles que despertam para a percepção de Deus em si...
Eis portanto o grande mistério daquele que se torna fonte que jorra para a vida eterna...ele se torna UNO COM O PAI e pode dizer como Jesus...VEM AO PAI...pois o Pai...o divino morante..OU MÃE SE LHE AGRADAR, GÊNERO AQUI NÃO VEM AO CASO, é uma Realidade única naquele ser agora...
Uma Realidade que se tornará uma CONSTANTE ETERNA NA ASCENSÃO!
E NOVAS SE FARÃO TODAS AS COISAS!!!
MARANATA! AWÉM! AMÉM!
OM TARE TUTTARE TURE SOHA!!!
OM SHANTI SHANTI SHANTI!!!
Valter Taliesin
Voar voar, subir subir ir por onde for

Descer até o céu cair ou mudar de cor

Já cantava Byafra a quase 30 anos atrás em hit grudento dos 80 mas que tem um fundo de verdade...SONHO DE ÍCARO, a canção em questão retrata nos versos e acordes populares um sonho milenar dos humanos.

VOAR...

Entretanto este voar literal é muito pouco frente a oculta verdade da fábula de Ícaro...a ambição física do filho de Dédalo é então uma grande necessidade...eles precisavam escapar do labirinto de Minos e não havia outro meio a não ser voar.

Voar...voar...subir...subir...

Mas o pai alertou ao filho; - cuidado...não vá muito próximo ao Sol... afinal  as asas estavam grudadas com cera, mas deslumbrado com tudo que via ao redor Ícaro desobedece ao pai e seu fim todos já sabem...caiu...

Muito semelhante ao mito bíblico de Lúcifer a queda de Ícaro nos alerta para algo importante...precisamos voar, sim...precisamos... mas temos que ter consciência do que podemos, como podemos, quando podemos e quanto podemos e até onde podemos...

Ícaro obedeceu todas as regras estabelecidas para o voo menos a última e esta foi a sua perdição.

THE CURIOSITY THE KILLEDTHE CAT...

Dava nome a uma banda de rock dos mesmos anos 80 de Byafra...

E é verdade...

A curiosidade é boa mas tem que ser dosada com a prudência...

Uma não esta separada da outra!

Dédalo voou tanto quanto o filho, se maravilhou tanto quanto ele mas, tinha ciência de metron, de seu limite, sabia até onde deveria ir com sua curiosidade...

Falar de limites hoje em dia tornou-se fora do tom...

Aprendemos que  somos deuses e deusas em ação e isto pode dar para alguns um censo de onipotência que não equivale com suas asas, com o que as forma...

Paulo ensina que cada um tem talentos e dons e as obras são feitas mediante os mesmos e se a pessoa fizer algo perecível ou durável através deles é para seu demérito ou honra pessoal, quando o poder do Sol Sagrado sobre estas obras se derramar e à elas provar.

Dédalo sabia a natureza de suas obras e sabia até onde e quanto ambicionar...sabia até onde podia voar em segurança para poder depois crescer e fazer muito mais... Ícaro não... e muitos de nós fazemos a mesma coisa...

Ícaro deixou de ser prudente como a serpente e foi só simples como a pomba, curioso... assim somos nós quando fazemos A OBRA e não unimos estas duas coisas como o Cristo nos ordenou...

Temos muitas pessoas simples, muitas pessoas que se vangloriam disto... acham que a serpente é bicho do mau...mas Cristo não...Ele vê no(a) verdadeiro(a) iniciado(a) tanto a qualidade da pombinha sagrada, símbolo do amor puro quanto a qualidade da serpente, não menos sagrada, símbolo da sabedoria plena...

Tanto a simplicidade do amor quanto a prudência da sabedoria são vitais para o Caminho...um não funciona sem  o outro...e Ícaro e Dédalo nos mostram isto com clareza...

VOE...SIM...VOE...

Mas seja uma serpente emplumada...

Um kukulkan/Quetzalcoatl...

Tanto pássaro quanto serpente!

Tanto simples quanto prudente!

Tanto amor quanto sabedoria!

Em amor e luz...

Valter Taliesin


AMÉM...RÁ...

AMÉM...OSÍRIS...

AMÉM...HÓRUS...

AMÉM...PTAH...

AMÉM...THOTH...

AMÉM...GEB....

AMÉM...ANÚBIS...

AMÉM...APHOPIS...

AMÉM...SETH....

AMÉM...ATON....

O Decágono sagrado revela os profundos e eternos mistérios divinos nas margens sagradas do Nilo...

Aquilo que muitos entendem como politeísmo foi contudo em sua origem a mais bela manifestação de monoteísmo já vista...

AMÉM....O Transcendente, o obscuro, o secreto, o fechado em mistério em si mesmo, revela-se em 10 faces sagradas divinas mais proeminentes... imagens do Pai original, do grande gerador da vida, do  grande Yod de onde tudo procede...a mais perfeita e pura luz!

Mas AMÉM também podia ser visto como o lado geratriz, o ventre de onde tudo procede, a montanha do centro do mundo, o umbigo do mundo, o ovo cósmico....a Mãe Suprema e esta era vista por 7 faces mais proeminentes o hexágono divino...

AMÉM ASSIM CONTINHA EM SI, EM SUA MANIFESTAÇÃO O YIN E O YANG...

AMÉM...NUIT...

AMÉM...ISIS...

AMÉM...NÉFTIS...

AMÉM...HATHOR....

AMÉM...SEKHMET...

AMÉM...BASTET....

AMÉM...MAÂT...

Enquanto as faces do decágono  manifestam a glória estupenda de AMÉM sobre o dia , com faces Yang supremas, em sua maioria focadas no Sol - entretanto o interessante é que estes deuses nem sempre são faces luminosas do Sol, muitos deles revelam um lado obscuro, verdadeiramente terrível da luz, algo que poderia ser até definido como trevoso mas que não foge  do elemento viril Yang - o hexágono manifesta a glória soberba de AMÉM sobre a noite, com faces YIN supremas em sua maioria focadas na Lua - mas aqui podemos ver como um contexto esta embutido intrínseca e profundamente no outro...Yin em Yang e vice e versa... estas deusas lunares, senhoras da noite, úteros do mundo, tem em si muitas delas a face luminosa  do brilho calmo da luz tranquila noturna e algumas sugerem até um conteúdo forte do fogo solar...mas no final há perfeito equilíbrio - mas veja, nada contudo afasta delas o elemento Yin o segredo da noite do Mem supremo.

Yod e Mem....Yang e Yin...duas faces décuplas e sétuplas de um mesmo mistério....atributos de vida da Única Verdadeira Vida.

À soma de 10 e 7 temos 17...17 neterus,17 poderes divinos...17 faces do sagrado que nos trazem o  1 da unidade e o 7 da expressão desta unidade com o 10 oculto nele, como se os 10 entes Yang quando da expressão do 1 estivessem ocultos nos 7 Yin....o Deus que ao mesmo instante fertiliza e nasce da Deusa ,a completitude na perfeição...


fatorando isto temos 8 o símbolo do Infinito...do próprio AMÉM em si...de sua vastidão...de sua infinitude...de sua eternidade...de seu mistério...

Com o tempo o AMÉM egípcio, símbolo do transcendental Infinito veio a ser  a palavra mais sagrada do monoteísmo judaico cristão...mas tudo esta bem mais lá atrás no AMÉM das terras do Nilo onde Moisés foi instruído em TODA a ciência do egípcios...e esta ciência nada mais era que a profundidade ancestral e original do conhecimento sobre o sagrado que estes tinham...olhando por este prisma, assim como Akhenaten(e há aqueles que pensam ser um e o mesmo personagem), Moisés foi um grande reformador de um culto muito mais antigo sobre a unidade divina e suas múltiplas manifestações.

Em amor   e luz

Valter Taliesin 

Videos

ALEXANDER DESPLAT






FONTE YOUTUBE