Google+ Badge

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

O MITO DA GRANDE GUERRA CÓSMICA E A BUSCA DA SÍNTESE ENTRE FEMININO E MASCULINO...

RAGNAROK. - A GRANDE GUERRA FINAL...
"Quando a Estrela negra surgir nos céus, e a Grande Serpente de Midgard acordar, Deuses e Gigantes do Gelo duelarão como nunca antes haviam feito...Thor pelejará como a Grande Serpente e será mortalmente ferido, mas também mortalmente a ferirá...e assim, neste choque entre sagrado masculino e feminino o mundo parecerá ter chegado ao fim...tudo sumirá....nada restará...a não ser... a não ser o Ser e o Ser dará à Luz a um novo céu e uma nova Terra."
Dizem que o Ragnarok nórdico em verdade foi influenciado pelo cristianismo(acreditam que a composição dele advém da Islândia já cristianizada e tentando adaptar seus deuses ao novo conceito), este pelo judaísmo e este pelo dualismo zoroástrico.
Não sei, o que sei, é que o conceito de ciclos espirais e ascendentes, que se iniciam e se findam parece estar incrustado em TODAS as grandes tradições espirituais do mundo antigo, e se este advém de uma FONTE COMUM, aquilo que as tradições bíblicas chamam de descendência dos filhos de Noah(Sem, Cão e Jafeh) ou o que a teosofia chama de Sabedoria das idades, nada mais natural em que tal tradição existisse entre os nórdicos independente de cristianismo, judaísmo ou zoroastrismo pois com eles teria no fundo, uma Fonte comum!
A meu ver estes confrontos entre Thor e os deuses(masculino) e a Serpente de Midgard e os gigantes(feminino) retratam estes inícios e fins de ciclos; e este progressivo e espiralante ascender não será sem fim ou seja; indefinidamente conflituoso como acreditam os que advogam o "eterno retorno", mas TERÁ UM FIM, e este será um ciclo final de síntese desta grande ronda evolutiva de 7 grandes ciclos ou eras, contendo cada uma outras 7 eras, perfazendo um total de 49, onde masculino e feminino se reunificarão em UM, e dai um novo conceito de mundo advirá disto e outros contextos evolutivos se apresentarão para quem estiver ali para ver e vivenciar.
Valter Ludwig Taliesin

TITANOMAQUIA - A GUERRA ENTRE DEUSES E TITÃS...

O Ragnarok de certa forma pode ser visto na mitologia grega na titanomaquia...a guerra entre os olimpianos versus os titãs seus antecessores no trono divino.
Zeus, o deus dos raios e trovões, ajuda seus irmãos a escapar de dentro do pai Cronos - deus do Tempo, e o senhor divino entre os Titãs - pois o pai para impedir uma profecia a qual dizia que um filho iria destroná-lo, engolia os mesmos ao nascer. Escondido pela mãe - a deusa da Terra Réia - em uma caverna no monte Ida em Creta(ela deu uma pedra enrolada em um cobertor para o marido comer no lugar do filho)e alimentado pelo leite da cabra da Ninfa Almatéia, Aix, Zeus cresce sendo guiado pela mãe e pela Ninfa para sua grande missão - Parece sina nos mitos gregos a Mãe dos deuses colocar a prole contra o pai(e este devorar a prole). Me parece que isto seria um símbolo, do fato de que o antigo matriarcado foi engolido pelo patriarcado, a deusa pelo deus, de forma violenta e trágica no inconsciente coletivo deles...foi assim entre Gaia e Urano, Réia e Cronos e somente Zeus conseguiu resistir às investidas de Hera contra seu domínio, não sendo deposto; sua sorte foi que, a deusa prognosticada como possível candidata a tirar-lhe o trono, Palas Atena, tornou-se fiel seguidora do pai contra a usurpação quando este, ao invés de esperar-lhe nascer para a engolir, engoliu a Mãe desta; a deusa da Justiça, Prudência e dos talentos ou habilidades... sua tia e primeira esposa, a titânide Métis, que grávida dentro do deus dá à luz e Atena nasce da própria cabeça deste, e inteiramente a ele devota - Libertos os irmão, deuses e titãs por anos a fio iniciam uma guerra terrível que abala as estruturas do universo, cuja similaridade pode ser encontrada não só no Ragnarok nórdico, mas no embate entre Seth e Hórus dos egípcios, a guerra entre Miguel versus o Dragão cristãos, o encontro de Marduk versus Tiamat dos sumérios e por ai vai...
Mais uma vez, o que vemos é um embate entre o sagrado feminino e masculino; se em Ragnarok, foi na guerra entre Thor e os deuses versus a Serpente de Midgard e os gigantes, aqui esta nas Grandes Mães, que oprimidas pelos Grandes Pais, evocam sua prole para as libertar, mas a ironia é que o governante seguinte parece fazer de tudo para ser mais ditatorial que o antecessor. Talvez no fato de Palas Atena nascer da mente de Zeus esteja embutido muito mais que uma artimanha de Zeus para vencer, onde os ancestrais perderam contra as Grandes Mães....talvez esteja embutida a ideia de que, querendo o sagrado masculino vencer o sagrado feminino ao comê-lo, em verdade vê nascer de si um Ser que é a síntese de si mesmo com este feminino. Talvez Atena não seja fiel a Zeus, mas ao novo Zeus, que surge ao dar à luz através de Métis dentro de si à ela, pela cabeça; um Zeus que sintetizou ele mesmo, no interior, o sagrado feminino e masculino...o Zeus anterior e Métis como um só. Um deus agora infinitamente mais poderoso e acima dos conceitos pois em si vivenciou plenamente os dois. Enquanto Hera e os demais permanecem presos à dualidade do conflito, o novo Zeus e Palas Atena acenam para a Síntese entre os dois...masculino e feminino pois assim como o pai adquire a capacidade feminina de conceber Atena nasce com a capacidade masculina de guerrear e MUITO melhor até do que o próprio deus da guerra, Ares, pois ela concentra em si o sentido do guerrear justo, que é o guerrear para defesa das pessoas, em detrimento do domínio, ou da violência bruta que Ares representa....ou seja; a perfeita síntese entre as duas polaridades é a Grande Palas Atena!
Valter Ludwig Taliesin

O OLHO DE HÓRUS - A BATALHA ENTRE HÓRUS E SETH...

As batalhas entre os deuses: Hórus e Seth pelo domínio universal, entre os egípcios, é a versão destes de Ragnarok e da Titanomaquia.
Ragnarok, como vimos, para o mito nórdico é uma batalha cíclica, uma espécie de LEI DO ETERNO RETORNO onde os deuses nascem, passa um ciclo, perecem e renascem de novo sem lembranças do que foi. Ali, disse que entendi este símbolo mas o interpreto diferente: penso que o eterno retorno não existe, que cada ciclo é UM NOVO CICLO, com novos e não repetidos desafios, e que MESMO que assim seja, isto só se repete enquanto a lição não for aprendida, pois o objetivo de cada ronda evolutiva é um ascender na consciência que É dentro dos seres, para novo patamar neste Ser. ..terminou a Ronda acabam-se os ciclos e os que ascenderem terão diante de si um novo contexto que não mais se engrada nestas descrições.
Também percebi, tanto no Ragnarok quanto na Titanomaquia que o confronto em verdade é entre o sagrado feminino e o sagrado masculino. Aqui estas duas forças encontram coro nas figuras de Hórus e Seth.
Se observarmos bem, o Egito ou seu panteão, era governado em paridade pelo casal Isis e Osíris. Havia equilíbrio de poder entre o feminino e o masculino. Uma coesão plena que dela desfrutava de início os irmãos destes; Seth e Néftis. Não sabemos porque, Seth começa a desenvolver dentro de si o sentido de separação. Em verdade um quarteto e não um casal governava o Egito. Enquanto Osíris e Isis representavam as polaridades masculina e feminina na Luz, Seth e Néftis o faziam nas trevas. Néftis não se rebela contra os irmãos, e sofre com Isis, dos feitos loucos do marido. O mundo cai no caos. O equilíbrio termina! Mâat, a Justiça é violada por Seth ao matar e desmembrar o irmão em 14 partes dispersadas pelo mundo. A busca de Isis com a irmã e Toth o deus da Sabedoria, pelas partes do grande deus é um dos textos mais belos e trágicos da mitologia universal.
De forma supranatural, depois de encontrar o pênis do marido Isis dá forma novamente ao seu corpo e coabitando com este dá à luz Hórus, que ao crescer vem a se tornar vingador do pai e aquele que irá restabelecer o equilíbrio universal das polaridades violado por Seth. A batalha dura anos a fio e é cruel. No embate, Hórus perde seu olho, que se torna um dos maiores símbolos da espiritualidade universal! "O olho que tudo vê", mas no fim ele vence Seth e restabelece o equilíbrio cósmico entre DEUS E DEUSA na figura dele e de sua esposa Hathor.
Valter Ludwig Taliesin

A GRANDE BATALHA CÓSMICA ENTRE EN-LIL/MARDUK VERSUS TIAMAT...

O embate entre sagrado feminino e masculino no mito, tem talvez sua feição mais antiga no mito sumério/babilônico.
Primeiro En-Lil, o deus ex-machina por excelência versus a Grande deusa Mãe, o Dragão do Caos; Tiamat! Depois em versão tardia, En-lil torna-se no mais recente Marduk que viria a se tornar a posteriori no mesmo Yahveh dos hebreus; e a grande guerra torna-se no mito da criação que vemos em Gênesis 1 e 2.
Vemos um sinal desta figura feminina na divindade, logo de início, quando é dito no texto de Gênesis; que: " O ESPÍRITO DIVINO PAIRAVA SOBRE O CAOS AQUÁTICO E ABISSAL" porque citar aqui o dito "Espírito Divino" se anteriormente já havia sido dito que " No princípio ELOHIM(Deus ou deuses) criou os céus e a terra?
Não vejo nenhuma necessidade a não ser que, o que estamos a ver é um mito mais antigo sendo ajeitado para uma concepção monoteísta do mesmo!
O Elohim nada mais é do que En-lil ou Marduk e sua hostes de deuses guerreiros do mito anterior; e o Espírito divino que paira como uma grande ave chocando o Caos é a Grande Mãe, é Tiamat...
Aqui não pode haver o conceito de guerra, já que o divino é visto como mono, então cria-se o conceito das palavras criativas divinas ditas e que ordenam o mundo a partir do Caos que esta a ser chocado pelo Espírito Divino. 
Em verdade entendido no sentido espiritual pleno o texto de Gênesis faz um favor tremendo à concepção do sagrado divino feminino e masculino como sendo UM só...
Deus tanto é o ativo masculino que ordena como um yod ou espermatozoide(e dai ELOHIM, por conter em si as legiões de possibilidades de vir a ser) potente que tudo penetra e faz quanto o feminino compassivo e passivo que recebe em seu seio, um grande He, e choca e definitivamente cria como vida, aquilo que era potencial no Yod, fazendo brotar as coisas!
Não há guerra, conflito e confronto entre masculino e feminino, mas um atuar coeso entre ambos; dai que o posterior patriarcalismo surgido das interpretações bíblicas me surge como verdadeira ANOMALIA do que verdadeiramente estes texto iniciais são...
DEUS UMA UNIDADE ONDE DEUS E DEUSA SÃO COESOS UM SÓ CRIANDO TUDO!
O YaH Pai e Mãe que se expande para o VaH Filho e Filha, Adão e Eva; universo em expansão!!!
Valter Ludwig Taliesin

A MULHER VESTIDA DE SOL, DOMINANDO A LUA E COROADA DE ESTRELAS - A GRANDE BATALHA NO CÉU...MICAEL VERSUS O GRANDE DRAGÃO...
O mito de guerra celeste mais famoso é este!
A grande guerra entre o supremo Arcanjo e o Grande Rebelde!
Mais uma vez contudo mais que a grande batalha, o que salta aos olhos é o MOTIVO dela: 
A RESTAURAÇÃO DO SAGRADO FEMININO EM PARIDADE COM O SAGRADO MASCULINO!
Isto vemos nas figuras centrais deste mito, mais até do que os dois grandes contendores: UMA MULHER(a Grande Mãe) vestida de Sol( a Luz) tendo a Lua debaixo dos pés(as Trevas) , coroada com uma coroa com 12 estrelas( o poder das encarnações e dos ciclos),,,,como o Espírito que paira sobre as águas primordiais que chocava o caos primordial que vimos no post sobre Tiamat e Marduk; ela esta grávida; prestes a dar a luz com dores escruciantes...mas não tem sossego; um Grande Dragão vermelho esta atento à ela é quer lhe devorar o fruto de seu ventre...uma batalha tremenda então se segue e Micael o Supremo arcanjo comanda os Elohim, ou deuses, contra o Grande Dragão do Caos e o vence. Este caindo na terra e trazendo consigo a terça parte dos exércitos dos Elohim, continua a perseguir a Mulher que aqui tentou se ocultar, mas não o consegue e esta dá a luz a um REBENTO, que se torna o Deus Nascido da Deusa! O Supremo governante de todas as coisas!
Este mito da guerra entre Micael e o Dragão é visto por alguns no passado remoto, e remetem à antiga rebelião do anjos contra Deus. Mas o que se vê em Apocalipse é um drama cósmico prenhe de um novo futuro e de uma nova humanidade!
Então como conciliar este mito com o que estamos a perceber?
Bem, vejo esta mulher como: 
"A GRANDE MÃE QUE ESTA A GERAR A NOVA HUMANIDADE! 
E MICAEL COMO AS HIERARQUIAS QUE ESTÃO AQUI PARA FACILITAR, AJUDAR E PROTEGER ESTA NOVA HUMANIDADE QUE ESTA A NASCER, DE UM MAL MUITO ANTIGO; TALVEZ REALMENTE UMA ENTIDADE OU QUEM SABE UM TIPO DE ENERGIA DISSOCIATIVA, DERROTADA EM OUTRAS ESFERAS DO SER EM PASSADO REMOTO, MAS QUE AQUI NA TERRA SE ALOJOU E MANTÉM CATIVOS OS HUMANOS ATÉ HOJE, E QUE QUER ABORTAR NO NASCENTE ESTA NOVA HUMANIDADE NA TERRA! 
Encontramos então aqui o mesmo tema, não só da disputa entre Marduk e o Dragão, mas como aconteceu quando analisamos Ragnarok e a Titanomaquia, há uma subtil mudança de protagonismo; lá Tiamat, o Dragão do Caos, representa o sagrado feminino; aqui nem o Dragão o faz nem Micael é o masculino como Marduk, não pelo menos da forma como o mito quer que eles sejam entendidos; mas eles são vistos em perfeita harmonia na própria mulher vestida de sol(sagrado masculino cobrindo-a como um amante), dominando plenamente sua feminilidade(sagrado feminino sob o qual reina absoluta, a lua sob seus pés), coroada de 12 estrelas que são o poder de geração desta união sagrada em si e que culmina na geração do FILHO(AVATAR DE SÍNTESE) que vai reinar sobre tudo ou seja; este Filho nada mais é que O CRISTO CÓSMICO MANIFESTO NA HUMANIDADE FUTURA, DAI SEU DOMÍNIO SOBRE TODA A TERRA!
Assim, neste mito Mãe e Filho representam o sagrado feminino e masculino plenos nesta guerra titânica de eras! Enquanto em Micael e no Dragão eles ainda estão em guerra, na Mulher e no Filho eles encontraram a síntese que fará deste um mundo novo!
Valter Ludwig Taliesin


VÍDEOS SAGRADOS
CANÇÃO NATIVA AMERICANA - OS GRANDES GUERREIROS DA LUZ CÓSMICA -

THE WINGS

INDIAN SPIRIT

WONDERFUL NATIVE AMERICAN

LIVE AT INDIAN SPIRIT

POWER ANIMALS


RAGNAROK

TITANOMAQUIA

OLHO DE HÓRUS

EN-LIL/MARDUK VERSUS TIAMAT

A MULHER VESTIDA DE SOL, DOMINANDO A LUA E COROADA DE ESTRELAS E A GRANDE BATALHA NOS CÉUS ENTRE MICAEL E O DRAGÃO

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

A ARTE DAS ARTES: O CRIAR-SE A SI MESMO A PARTIR DO INTERIOR....

"O Mundo criativo é um mundo onde o impossível é simplesmente...possível"...

Valter Ludwig Taliesin



Cada um dá o que tem!...Se tens dentro de si um tesouro repleto de coisas boas é isto o que darás aos outros, se tens dentro em ti um monte de entulhos é isto o que darás!...Ninguém dá o que não tem! 
Valter Ludwig Taliesin

Existem pessoas que postam e tu sentes luz nos posts delas, até falando de trevas; tem outras pessoas que postam falando de luz e tu...bem; tu, sentes um alarme luminoso acender em sua consciência dizendo: CUIDADO! ROUBADA! 

Valter Ludwig Taliesin

Quando "os que desceram" viram as filhas dos homens( e algumas que desceram viram seus filhos) e se juntaram com elas(es), alguns dizem que foi um grande pecado; outros, um grande avanço; no Hermon eles desceram e do Hermon seu mito se propagou até nossos dias.
Valter Ludwig Taliesin

As discussões sobre religião são saudáveis só quando há interesse real em conhecer a diversidade cultual. Quando há interesse de conversão ou de predomínio opinativo se torna indesejável e quando se torna dominadora e violenta torna-se verdadeiramente o maior Mal no mundo.
Valter Ludwig Taliesin

As melhores imagens nascem nos melhores corações, os olhos só captam a essência do belo fora de si quando este é uma realidade dentro de si.
E nem sempre os melhores corações são os mais efusivos...a muita beleza na melancolia contemplativa assim como na alegria irradiante.
Valter Ludwig Taliesin


O olhar é angular ou panorâmico...angular quando ele percebe por outro ângulos, panorâmico quando ele abarca o máximo do que é observado. Geralmente o olhar anguloso é mais criterioso e por isto mesmo acaba no perigo de ser contencioso quando a mente é fixa somente em suas obervações. O olhar panorâmico é mais inclusivo, mas quando exagerado pode ser superficial demais. Equilíbrio entre olhar e discriminar(de descrição) o que se vê eis a grande Sabedoria.
Valter Ludwig Taliesin

Fera - enjaulada dentro de uma capa de carne humana dormita. O mundo condena a Fera, como se ela fosse a devoradora voraz dentro de nós. Mas a verdadeira ferocidade é existencial; só se alimenta do necessário para sobreviver. Aquilo que espalha ódio e dor no mundo tem outro nome: chama-se impiedade e NADA tem a ver com feras e animais, mas é absolutamente humana, triste e desregrada energia dissociada.
Valter Ludwig Taliesin


O ponto central da questão é: EU, TU, NÓS podemos mudar através de nosso pensar, sentir, falar e agir firmados no divino em nós; e emitir vibrações cada vez mais criativas e não que o Mundo possa mudar, pois o mundo, o sistema que ai esta, é resultado tanto da imensa maioria dos que se submetem à escravidão quanto da íntima minoria que escraviza...se os primeiros mudarem, os últimos ou mudam ou serão aniquilados. Ponto final!
Valter Ludwig Taliesin

Eu gosto de almas livres, e com elas gosto de travar diálogos ou somente vibrar energia fraterna no silencio amoroso da amizade, porque elas não se prendem aos limites de seus corpos, à escassez de seus mundos, a dificuldades criadas pelos devoradores deste mundo, nem à cegueira dos escravos que lhes rodeiam mas alçam vôos nas fortes asas de seus sonhos, sem medo de caírem e perecerem pois sabem que o verdadeiro perecer é permanecer limitado pela oposição dos ditadores ou pela obtusidade de outras almas ainda presas sob jugo dos tais.
Valter Ludwig Taliesin

Nem sempre o coração é um grande aferidor de medida diante de escolhas. Muitas vezes ele esta cheio, preenchido, por desejos controversos, inconstantes e confrontadores entre si; desejos e sensações que precisam antes de tudo encontrar a Voz, serem silenciados por ela, serem colocados na perspectiva correta para que só então, o coração possa ser realmente ouvido com clareza e em benefício da alma, sem que vozes dissonantes nos enganem e nos façam crer que ele quer o que realmente não queira. Estranho que possamos ter dentro de nós vozes no coração que sufoquem até mesmo o querer profundo dele, mas quanto mais vivenciamos certas coisas que supostamente queremos, mais percebemos que de fato o que realmente queremos esta bem distante daquilo ali que estamos a manifestar.

Valter Ludwig Taliesin

Pegue tudo o que não te interessa mais, e coloque dentro do cadinho transmutador interno e faça tudo novo. Recomeçar é um ato interno antes que externo. Um "fiat de lux" que parte de dentro para fora. Um vir a ser que renova cada entrância e reentrância de nossos mais velhos e conhecidos hábitos, para algo mais útil e efetivamente benéfico. Os hábitos só se tornam o que são, hábitos, porque os usamos para preencher o que entendemos que seja vazio em nós; só se tornam nocivos quando isto se torna mecânico e  indispensável; só se tornam mortais quando começam a travar tudo o mais em nós. Recriar-se é um ato da alma que ouvindo a Voz em si, realça hábitos que mereçam ser realçados e transmuta outros que já não tem mais valia alguma e estão sim, a prejudicar e não ajudar a pessoa.

Valter Ludwig Taliesin

O efeito da dor, que em si já é um efeito, é trazer à mente a necessidade de cura. Uma cura que vai além da cura física e se aprofunda no mais profundo e obscuro ser da pessoa enferma; aqueles lugares obscuros, onde moram os monstros da infância e talvez até mais além. Confrontar tais monstros, estes Dragões do Destino, é efetivamente travar um contato com sua verdadeira enfermidade. Domá-los e torná-los úteis a si mesmo, é maior feito que vencê-los, expulsá-los e matá-los. Até porque, matá-los é pura ilusão. Eles apenas se fingem de mortos, e um belo dia, ressurgem, inesperadamente, e mais fortes ainda, e como diz o Cristo "o estado daquela pessoa, será muito pior do que era, antes de terem sido 'expulsos'..." porque? Porque a casa como ele diz, estava, limpa, adornada, mas...vazia...nada tinha ela, faltava o essencial, Deus reconhecido e intimamente presente; e é Deus em nós, quem DOMA e torna úteis para nossa evolução, os nossos monstros interiores.

Valter Ludwig Taliesin

O Vazio existencial tem dois efeitos antagônicos mas absolutamente nefastos: um faz com que a pessoa vegete, se torne cada vez mais distante de tudo e de todos; um pária social completo, e absoluto. Nenhum pouco interessado em nada do que vê, SE vê, ou escuta, SE escuta; quanto a sentir, praticamente nada mais sente, a não ser....este imenso vazio. O outro é o fanatismo; a pessoa torna-se absolutamente focada em algo, alguma coisa para preencher o vazio que sente dentro de si: religião, política, sexo, alimento, jogos, diversões, enfim; coisas que para outras seriam absolutamente inofensivas, prazerosas e úteis, para elas se tornam um veneno igual às drogas pesadas. Aliás; estas são a muleta mais comum, tanto de uma quanto de outra, destes dois extremos, das vítimas do vazio existencial.
O que fazer? Pergunta-se!
ESTA tem sido cada vez mais a pergunta, não do "milhão", mas do "bilhão"!
Uma coisa são as pessoas que dizem que dele saíram por causa disto e daquilo, outra bem diferente são aquelas que demonstram, pelo pensar, sentir, falar e agir que efetivamente saíram, ou melhor ainda; NUNCA lá entraram!
DEUS! Efetivamente é a resposta mais comum, mas que Deus? Perguntam os mais perspicazes?
SÓ EXISTE UM CONCEITO DIVINO QUE PODE EFETIVAMENTE PREENCHER O VAZIO HUMANO! O INTERNO! QUALQUER OUTRO CONCEITO, OU É PEQUENO E MESQUINHO DEMAIS, OU EXTERNO E DISTANTE DEMAIS DA DOR QUE NASCE DO VAZIO EXISTENCIAL!
Deus em nós, atuante e efetivamente Vivo através de nós! Esta é a única resposta! Este é o CONHECE-TE A TI MESMO! Que traz libertação e sentido real em Ser! E mais; torna a pessoa extremamente útil para si e para todos os demais; sem frescuras, sem segundas ou enésimas intenções, sem forçações de barra, sem achismos, sem sectarismos...apenas o sentir, e o fluir em si, da Vida...mais nada!

Valter Ludwig Taliesin

VÍDEOS

SINFONIAS

   KOROLIOV  - ALBINONI - TCHAIKOVSKY - ROSETTI





segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

SIMBOLISMOS INICIÁTICOS E CRÍSTICOS....



7 espíritos ante o trono...a manifestação setenária; tanto divina, quanto humana, quanto universal(a trindade da Vida básica: Deus, sua Imago Dei e seu grande cenário cósmico )...e como a manifestação divina, os 3 corpos básicos humanos: Espírito(o equivalente de Deus em nós), Alma(o equivalente do humano em nós) e Corpo(o equivalente do Universo em nós) se expressam de forma setenária como: corpos; físico, etérico, astral, mental(inferior e superior), átmico, búdico e crístico...
Os 7 anjos, os 7 espíritos, são não somente uma revelação da plenitude divina(Pai/Mãe, Filho/Filha e Espírito Santo), mas de sua manifestação no humano(os 7 corpos expansivos a partir dos 3 básicos; Espírito, Alma e Corpo) e em toda criação(as 7 dimensões do Ser a partir dos 3 mundos; Superior, Médio e Inferior)...
Os 7 Espíritos de Deus; os 7 Espíritos ante seu trono ou Merkabah; os 7 olhos que vão por toda terra e todas as dimensões do Ser; os 7 olhos onividentes dentro de cada ser humano!
ASSIM COMO É EM CIMA É EMBAIXO....ASSIM NO CÉU COMO NA TERRA!

Valter Ludwig Taliesin



O Querubim é a imagem sagrada do humano da nova Era: Na visão, tanto de Ezequiel quanto do Apocalipse, do Ser(ou seres, em verdade 4) com 4 faces; de touro, águia, leão e humano, o símbolo representa um cubo e depois um hiper cubo, cujo quinto elemento é a alma, o centro de todo o mistério...Um ser(ou seres) que conduz a grande carruagem divina(a consciência entre as encarnações) o próprio hiper cubo, ou sexto elemento, e em cujo topo esta o Senhor(o espírito, a centelha divina)o sétimo e último grande elemento construtor de nossa manifestação de vida e que é, Ele, em suma; o verdadeiro e real Condutor do(s) condutor(es)...as 4 faces são as múltiplas faces que nossa personalidade ou ego assume no correr da vida ou vidas, as diversidades tanto de humanos quanto mesmo em UM humano só. Muitas nem conhecidas por cada um de nós....Os 4 seres estão no Apocalipse no centro e ao redor trono e no grande carro(o trono ao se mover) assumem posição nas 4 posições cardeais; suas asas estão cheia de olhos, mostrando que o Condutor verdadeiro, ou O Senhor, se manifesta e se expressa por cada uma de nossas facetas humanas. Basta querermos! A repetição de cada face em cada ser em um total de 4 faces de cada uma, totalizando 16 demonstra que estamos falando de toda a manifestação da vida ciente, agora presente em um humano sagrado; um ser de um novo tempo e mundo, que simboliza em si o todo da criação. 16 fatorizado é 7 o grande número cabalístico da manifestação da vida plena e dos sistemas de corpos humano/divinos e deste grande mistério da Carruagem e do Trono divino...A GRANDE MERKABAH!

KODOISH KODOISH KODOISH ADONAI TSEBAYOTH!!!

Valter Ludwig Taliesin


A Nova Jerusalém...
A Nova Jerusalém antes de tudo é um mistério entre o divino e o humano....entres as esferas superiores e inferiores ligando-as numa Grande Síntese...
Suas 12 portas, seus 12 fundamentos, 3 em cada lado de sua forma de hipercubo, as pedras preciosas que a compõe...tudo isto nos revela a grandeza da revolução da vida; primeiro descendente, depois ascendente em Deus. Ela não é a Morada de Deus enquanto espaço geográfico mas ela representa a Morada de Deus nos ou com humanos!
Ela por suas formas expressas já se revela um mistério cósmico tanto interior quanto exterior,..o quaternário da expressão criativa, o terciário da divindade, os doze raios das doze formas arquetípicas universais.dos tipos de consciências que se encarnam e percebam; 12 fatorizado é 3, exatamente a quantidade de portas, ou portais dimensionais em cada lado do grande hipercubo....só não encontramos portais em cima e embaixo do mesmo....porque? Porque a vida se expande mas mantém em si a essência do Ser....a vida se expande pelos quatro cantos mas mantém firme um Centro de onde tudo isto procede.
Os fundamentos da vida também estão formados em cada portal, como uma garantia de que o divino esta em tudo presente, que nada é aleatório ou supérfluo que nenhuma saída é à toa.
Geralmente dizemos que a vida desce, quando encarnamos ou sobe quando desencarnamos para o céu ou desce mais ainda quando vai para os reinos inferiores ou infernais, mas percebam; a vida se expande para os lados, para os pontos cardeais, o sentido de descer e subir dá-se no Centro, no meio...é uma experiência portanto sensorial da alma que vence ou perde uma experiência de encarne! Dissemos que nada se perde; sim, em síntese é assim, mas nos detalhes, para cada indivíduo, neste Todo que SEMPRE ganha e se expande como Tudo há percas ou ganhos conscienciais que definirão o Estado deste indivíduo de vida para vida. Perca portanto é um senso temporal do indivíduo, ganho torna-se atemporal e um bem coletivo! Por isto disse o Cristo que a salvação de uma alma....VALE POR UM MUNDO INTEIRO! Não são na dispensação divina iguais, ainda que para os humanos assim o pareça! Perca é uma percepção ilusória de separação da individuação, ganho é uma percepção real da unificação no Criador!
De certa forma trazemos uma Nova Jerusalém dentro de nós, a Terra será objetivamente esta, e todo o cosmo criado o é...ela é o Grande Protótipo do Reino divino em meio as humanidades universais!
No centro dela esta a Grande Árvore de toda a Vida e o Rio da Vida que a alimenta...ou seja; o tempo, o temporal, encontrará na eternidade seu curso final, e tudo será UM! O Rio da Vida e das encarnações dimensionais faz florescer a grande Árvore que se perpetuará para Sempre, mostrando que as nossas experiências temporais encontrarão ali todo o sentido!
E VI UM NOVO CÉU E UMA NOVA TERRA....E VI A NOVA CIDADE, A SANTA JERUSALÉM QUE DE DEUS DESCIA DO CÉU!
Valter Ludwig Taliesin


Estrela... 
Estrelas sempre foram usadas como símbolo do sagrado.
A criança-estrela ou as crianças das estrelas são um dos símbolos mais utilizados para definir a geração nova, que daria início aos novos; Céu e Terra.
Israel quando estava a abençoar seus filhos(Gênesis 49. 10), falava de Siloh que procederia de Judá, uma profecia que sempre foi associada ao Messias...Siloh é a MESMA estrela que procederia de Jacó vaticinada por Moisés em Números(24. 17)... 
Jesus Cristo, na revelação apocalíptica diz textualmente ser a brilhante, radiante Estrela Da Manhã; esta de todas as estrelas do céu SEMPRE foi a mais associada ao sagrado, ao divino. Isaías contudo a associa com a figura de Babilônia e sua glória anterior (Isaías 14. 12)tornada posteriormente em trevas. Com o tempo vieram associar tal termo diretamente ao Diabo, contudo biblicamente NÃO HÁ nem literalmente, muito menos metaforicamente, autoridade para isto....em algumas traduções inclusive, o termo FILHO D'ALVA é usado e não ESTRELA DA ALVA.
Não só Jesus Cristo se identifica como A BRILHANTE ESTRELA DA MANHÃ quanto ele diz no mesmo Apocalipse para os vencedores das provações identificada com a Igreja de Tiatira (Apocalipse 22.16; Apocalipse 2. 26-28) que a eles daria ...A ESTRELA DA MANHÃ, e como estes são vencedores EXATAMENTE sobre o que ele define como "profundezas de Satanás" infere-se na hora que A Estrela da Manhã nada tem a ver de fato com tal personagem já que é DADA ao vencedor do mesmo.
Não nos esqueçamos que a Estrela é o elemento cósmico identificador do Cristo nascente nos míticos textos sobre a figura de Cristo infante.
Pedro em suas epístolas fala do NASCER DA ESTRELA D'ALVA, a mesma estrela da manhã , dentro de cada seguidor do Cristo, mostrando que este era um termo iniciático de alto grau, quando o caminhante espiritual ascendia ao posto mais elevado dentro da Grande fraternidade(2 Pedro 1. 19) ou o Cristo Interno, nascente neste se tornava evidente.
Paulo referindo-se aos corpos ou auras espirituais dos grandes iniciados pós a Terra penetrar na quinta dimensão diz que isto poderá ser percebido pela intensidade com que suas auras pulsarão, usando a metáfora das glórias do sol, lua e estrelas ...A iniciação é uma só mas o caminho que cada um faz na mesma é particular e define a profundeza e plenitude deste e consequentemente sua grandeza ou radiância define o quanto se aprofundou no divino em si.
Daniel refere-se aos justos, ou sábios que em linguagem esotérica seria os mestres ascensos, como estrelas refulgentes no firmamento, ou como resplandecentes como o fulgor do firmamento(Daniel 12. 3, em verdade quem usa estes termos é o Arcanjo Gabriel que esta a dar a profecia à Daniel).
O Sol não deixa de ser uma estrela e é ao Messias designado o termo: SOL DA JUSTIÇA(Malaquias 4. 2) e o interessante na descrição deste sol dito da justiça é que ele é descrito por Malaquias COM ASAS como o olho de Hórus egípcio e traria a cura espiritual para toda a Terra!
Por fim, Jó fala de um tempo sagrado de unidade universal onde juntas AS FILHAS D'ALVA, OS FILHOS DE ELOHIM cantavam e reluziam nos céus(Jó 38.7)....associando claramente o termo: Estrela da Manhã com Deus...ou seja; NADA demoníaco, mas extremamente iniciático nos reinos mais profundos da luz.
Somos uma ESTRELA DA MANHÃ sempre que permitimos que o Cristo Vivo em nós assuma o controle sobre nossos pensamentos, sentimentos, palavras e ações!
EU SOU A RAIZ E GERAÇÃO DE DAVI, A RESPLANDESCENTE ESTRELA DA MANHÃ!
Valter Ludwig Taliesin


VÍDEOS SAGRADOS

SINFONIA DAS ESTRELAS

BACH - WAGNER - BEETHOVEN - MOZART




















sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

SOFISTICADAMENTE ...SIMPLES....




Sinto falta de pessoas simples...sofisticadamente simples....abomino a vulgaridade que a atualidade passa como simplicidade.
Valter Ludwig Taliesin

Das Rosas que perfumam a Vida o Amor entre dois seres e não a miragem das fixações egóticas que costumam chamar de amor, é a mais bela de todas.
Valter Ludwig Taliesin


Hoje eu vou caminhar com passos leves, bem leves...pés descalços....para que somente a Mãe da Vida me escute...com Ele um dia andou às margens do Mar da Galileia...
Valter Ludwig Taliesin


Um Caminho com o Coração é um caminho cheio de altos e baixos no início; avanços, estacionamentos e retrocessos; pois nem sempre nosso coração é perfeito....MAS...quando há um Coração no Caminho e nosso coração pulsa em sintonia com ele pouco a pouco o dissonante em nós cede lugar para a fé que remove montanhas, a paz que excede todo entendimento e compreensão, a esperança viva que não traz confusão e o amor profundo pelas coisas sagradas e abençoadas do Caminho..e então ouvir nosso coração se torna absolutamente natural, seguro e vital para o sucesso no caminhar...
Valter Ludwig Taliesin

Um Caminho só começa a ser válido(para ele caminhante, não pelo qualidade do Caminho em si) quando o caminhante se percebe inteiro nele...do contrário é um estranho em terra estranha...
Valter Ludwig Taliesin


Nenhuma conjunção benéfica ou oposição maléfica ou qualquer outra formação de um mapa astral influi diretamente na vida de um verdadeiro iniciado se ele não permitir....entretanto as mesmas são sinais, pontos culminantes que lidos esotericamente revelam não a sina mas a ENVERGADURA do Ser que encarnou...existe 3 tipos de leitura destes mapas: a personalística, a de alma e a do espírito...a primeira é a exotérica e a grande maioria dos humanos são alcançados por ela e pelos efeitos ali listados, tendo que trabalhar com o máximo que apreendem dentro dos limites impostos pelas energias; a segunda é esotérica e um numero BEM reduzido de almas vibram nesta sintonia e usam as energias com conhecimento para si e não são moldados por ela; e um número quase ínfimo, somente são percebidos pela leitura hierárquica e esta é completamente de domínio do iniciado, que usa com sabedoria as energias que lhe circundam como um(a) verdadeiro(a) senhor(a) das estrelas!
Valter Ludwig Taliesin

E aquele mundo que caiu como um meteoro em cima de teu colo, o que dele fizeste?
Valter Ludwig Taliesin

" Era uma igrejinha pequenina perdida no meio do nada mas que continha tudo das lembranças de corações acalorados."
Valter Ludwig Taliesin

A Palavra cria e recria o mundo...
Através de canções, de poemas e odes,
de artigos que despertam o melhor nos corações,
De almas incendiadas pelo amor falando nos púlpitos
e palcos da vida para corações sedentos.
Ou da boca ao ouvido dos que amamos ou iniciamos
nas verdades celestes.
Entretanto se as bocas boas se calarem o Mal crescerá
tanto na Terra através das vozes dissonantes que o Divino
terá que despertar o poder magnéticos das PEDRAS para
clamarem ao mundo a Verdade!
Estamos vivendo dias tão difíceis que, EU JÁ POSSO SENTIR
E OUVIR O CLAMOR DAS PEDRAS!

Valter Ludwig Taliesin
" SE ESTES SE CALAREM...ATÉ AS PEDRAS CLAMARÃO"
Jesus Cristo


Somente quem recebe em si do Alto pode atuar embaixo como um canal do meio....
Valter Ludiwg Taliesin


Diante do Mal algoz só existe A Verdade do Bem...ele desmascara o Mal como o que verdadeiramente é...ILUSÃO! Doida sim, pois que presa aos sentidos corporais a alma humana não consegue outra coisa que não definir como dor o medo que lhe assoma constante sempre que A VERDADE em si é desafiada pela mentira do Sistema, mas assim como o rabino da História piedosa que, quando foi envolto pelos intolerantes como os rolos da Torah e queimado com eles, se transfigurou diante deles NAS LETRAS SAGRADAS que formam a Torah, ou no Cristo ressurreto que sai para a Vida que nunca deixou de ser em si vida, assim é todo aquele que vence o Mundo, o Sistema, com a certeza do Bem em si, e em todas as coisas.
Valter Ludwig Taliesin

Este é um texto alegórico

Nas praias de um profundo mar me encontrei em um daqueles dias estranhos onde estranhas criaturas costumam aparecer para nós que de forma estranha estamos vivenciando estranhos momentos. A estranheza do encontro de entes e coisas estranhas , esta estranheza que define os que não se limitam pela vulgaridade, pela desfaçatez, pela leviandade que engole este mundo de (des)humanos e disformes energias conspurcadas do sagrado. A desumanização crescente do mundo nos torna estranhos para este mundo exatamente porque somos perfeitamente humanos. E um humano perfeito é tanto aquele que luta com suas dificuldades quanto aquele que enxerga em si e no próximo, Deus em ação. Nos tornamos estranhos para um mundo dito normal, uma normalidade absolutamente corrosiva, destruidora. Nesta então perfeita estranheza humana, vemos em momentos estranhos estranhos entes de mundos estranhos que somente os verdadeiros humanos podem contatar...pois são mundos que se acessam com a verdadeira essência de cada Ser. 

Portanto não se assuste se te acharem estranho(a), comece ficar assustado quando as pessoas conformes a este mundo, este sim insano, te acharem...normal!
Valter Ludwig Taliesin


A madrugada chega e me encontra entre teclas, letras, números, palavras e frases, a tentar criar um canal, uma via de comunicação entre o meu e o seu Eu...a única e real forma de comunicação diga-se; pois ambos são UM na compreensão da Vida.
Tem momentos que nada há a dizer; as vezes dias, pois que o que dito for será mais periferia que centro, será mais casca que miolo, raspas que inteireza, ego que o cerne do Ser. E tais ditos podem ser até interessantes mas...não agradam ao canal nem um pouco quando o canal quer ser absolutamente verdadeiro.
Quem muito fala e pouco exala lembra aqueles falastrões de feira livre na dita "hora da xepa" quando tenta passar fruta passada, até podre, por ninharia como se um grande negócio fosse para o(a) comprador(a).
É uma delícia falar quando o coração esta cheio de coisas boas, mas é uma perfeita sabedoria calar quando as coisas boas tem data e hora para sair de onde estão. E a percepção plena disto é o "CONHECE-TE A TI MESMO" em pleno vigor na mulher e no homem que tem boas dádivas para dar ao mundo.
Estamos vivendo uma época estranha...temos a melhor tecnologia de comunicação das eras e a pior safra de mensagens já escritas por qualquer das humanidades vivas. A quantidade de sandices e asneiras escritas(e podemos acrescentar cantadas, pintadas, encenadas, predicadas etc... no pacote se pensarmos na extensão da expressão da comunicação universal), isto para ficar nas menos prejudiciais, deve estar a superar tudo o que já foi impresso de besteira em toda História. Em algum lugar dos reinos interiores, esta geração dará conta de TODA palavra ociosa(para pegar leve) que foi dita e escrita aqui e acolá e que prejudicaram vidas...se assim não for o mundo definitivamente é um caos e estamos aqui a perder tempo em falar de conhecimento que liberta, entendimento que redime, sabedoria que revela e amor que é a base de tudo o que edifica.
Valter Ludwig Taliesin

Eu te amo calado como quem ouve uma sinfonia....
De silencio e de luz....
Nós somos medo e desejo somos,
feitos de silencio e som...
Tem certas coisas que eu não sei dizer....
Lulu Santos

VÍDEOS

MINHA HOMENAGEM AQUI AO GRANDE DAVID BOWIE; UM GRANDE ÍNDIGO QUE COM O TEMPO FOI SE TORNANDO UM GRANDE CRISTAL! UMA DAS MAIORES FIGURAS DA MÚSICA E CULTURA UNIVERSAL QUE JÁ TIVEMOS, UMA ENGAJADA CELEBRIDADE NO BEM COMUM DE SEUS SEMELHANTES E QUE NOS DEIXOU NO ÚLTIMO DIA 11!

BLACKSTAR


LAZARUS

HEROES

STARMAN

LIFE ON MARS

THIS IS NOT AMÉRICA

LES'T DANCE

MODERN LOVE

CHINA GIRL

ZIGGY STARDUST

UNDERGROUND

SPACE ODDITY

THE JEAN GENIE


UNDER PRESSURE & QUEEN

DANCING IN THE STREET & MICK JAGGER