Google+ Badge

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

O REINO DE DEUS/O REINO DOS CÉUS - UMA REALIDADE INTERIOR E O RAIAR DE UM NOVO MUNDO -


Dos reinos interiores há de nascer e raiar a mais dourada das raças, a mais sagrada entre as sagradas humanidades.

Do profundo ventre da Mãe da Vida, um novo grito de parto sagrado se ouve, uma voz anuncia que o FILHO SAGRADO esta a nascer, o Ser Redivivo, volta em novas roupagens; nas vestes conscientes de humanos renascidos no calor das grandes batalhas de todas as eras, no calor do cadinho dos mestres e mestras da Grande Fraternidade Interior, dos mundos de Shambhalla, do Agharta, da Nova Jerusalém!

Uma Nova Era se aproxima, uma era onde a Fraternidade e a Igualdade, misturada à Liberdade mostrará que estes termos não são, como pensam aqui e agora, os teóricos do saber humano atual, antagônicos, mas complementares, pois a verdadeira igualdade é o senso de oportunidade para tudo e todos se expressar, não a forma única de se expressar; a verdadeira fraternidade é o saber e pertencer todos à comunidade dos humanos, sem distinção de raça, cor, sexo ou seja lá o que for; e a verdadeira liberdade é simplesmente cada alma poder expressar o seu potencial, seja ele qual for, da forma como melhor entender para sua evolução. A igualdade será o parâmetro que limita até onde vai a liberdade de cada um - e não o nivelamento por baixo, como imaginam os simplistas...em verdade, aqui perceberemos a grandeza do que disse o Cristo quando disse que: " Aquele que quer ser o maior entre vós, deve servir ao menor" ou seja; não é o maior se submeter e nivelar-se por baixo ao menor, mas manifestar esta suposta grandeza, esta maior evolução, para o bem comum, para tudo e todos, e não só para si mesmo - a fraternidade é o sentimento que perdurará em todos e que limitará o ego dentro das linhas e limites que deverá ter para expressar-se no mundo e em sociedade e a liberdade de Ser será o senso o sentimento mais profundo de cada ser humano diante da maravilha que é relacionar-se uns com os outros, com todas as formas de vida e sobretudo com o divino em si!




Neste verdadeiro "Reino de Deus" e "Reino dos Céus", o que verdadeiramente definirá um cidadão e uma cidadã do reino será a universalidade do Ser...será o sentimento de que apesar de ser-se cada um; um ente consciente, todavia, o que mais se destacará é o poder da Consciência Cósmica, do perceber-se em unicidade de vida, o Ser Um no Cristo Cósmico, o Ser um em Deus! 

Por isto o Cristo tanto nos alertou que: "estreito é o Caminho que conduz à Salvação e largo é o caminho que conduz à Perdição"; que: "estreita é a Porta que leva à Vida Eterna" - ou Portal -  pela qual deverá passar a(o) iniciada(o) rumo a este Reino Divino que transbordará o Mundo na Restauração de todas as coisas!

Este Caminho é um Caminho Interno e esta Porta é um Portal Interno! Não se fala de nada externo! Não se fala de um portal ou caminho galático ou dimensional, ainda que os mesmos existam e levem a locais que possam ser definidos como: paradisíacos ou celestes! Porque não? Porque a realidade interna de cada um é que define o passaporte, a realidade interna de cada um é que define do que é feito o(a) caminhante do Caminho e daquele que adentra a Porta!

E mais: 

ESTE REINO DOS CÉUS QUE ESTA DENTRO - AINDA QUE POSSAM, PARAGENS PARADISÍACAS EM OUTRAS DIMENSÕES ETC...SEREM DEFINIDAS COMO TAL - DEVERÁ A PARTIR DE DENTRO, DE CADA HUMANO, MANIFESTAR-SE EXTERNAMENTE EM TODA A TERRA! DEVERÁ ESTE RENASCER INTERIOR, TRAZER O RENASCER EXTERIOR, E ASSIM A TERRA E TODAS AS FORMAS DE VIDA NELA, SE TORNARÃO TÃO PARADISÍACOS E TÃO REINO DOS CÉUS QUANTO AS PARAGENS EM OUTRAS DIMENSÕES QUE ASSIM SÃO DEFINIDAS!


NESTE sentido o ser humano é realmente "coroa da criação"...como entidade consciente, ele se afastou do SER em si, isto trouxe para si e através de si, DOR, separatividade, egoísmo atroz, trouxe tudo o que de ruim pode existir quando uma entidade consciente assume conscientemente fazer com sua liberdade o pior que pode fazer; e quando estamos a falar do mais consciente dos seres deste planeta, ou pelo menos em tese, o mais consciente, estamos de certa forma a falar de um ser que define para si e para os demais seres vivos, o tipo de vida que todos terão. O ser humano dissociado de Deus tem dado as cartas no rumo da evolução terrestre...extinção em massa de animais ao longo das eras, antes causadas por mudanças geológicas, agora são perpetradas pela dita, "coroa da criação"; por aquele que deveria zelar pelos seus irmãos, por ser dentre eles o mais apto consciencialmente a interferir no meio ambiente e aprimorá-lo ou piorá-lo, para o bem ou dano de todos, inclusive de si mesmo...

Portanto chegada é a hora em que o ser humano deve reassumir sua função original de "coroa da criação" terrestre!


Deverá redefinir em si a manifestação do "Reino de Deus" e a partir de si expandir o mesmo para todas as esferas do ser em torno de si. O despertar já esta a ocorrer, o renascer em MUITOS esta a se manifestar, entretanto como vimos, o Caminho é ....ESTREITO...ESTREITA é a Porta...e somente quem trilhar o Caminho e adentrar por esta Porta deverá ser participante deste Reino e desta Nova Era! Pois como é uma Era e um Reino que nasce DENTRO e se manifesta a partir de DENTRO os demais estarão NATURALMENTE de fora! Não é portanto arbitrariedade divina deixar ninguém fora do Reino porque em verdade...CADA UM DE NÓS...é que manifestamos este Reino a partir de DENTRO de nosso Ser, e se isto não for feito...estarás totalmente fora! 

A Terra já esta na quinta dimensão, e isto esta naturalmente a pressionar para que os habitantes em potencial do Reino, que terá nesta quinta dimensão seu cenário natural a partir da qual se abrirá para outras esferas ainda mais profundas do Ser...esta quinta dimensão esta a cindir poderosamente o espaço tempo atual, estamos a ver no mundo não o revivescer do Mal, mas o estertor dele! O que estamos a ver é o grito de morte de tudo o que causou o Mal no mundo, e este grito é barulhento, parece mais forte que o grito do Bem, parece maior forte que o SOM DA TROMBETA arcangélica, mas é só o GRITO DE DESESPERO daquilo e de quem se percebe sem alternativas, longe do Reino, longe da verdadeira vida e tentando manter a todo custo seu "Status Quo" ...mas será inútil; a vinda do Reino é irresistível! A princípio causará cisão dimensional, mas depois progressivamente desalojará daqui tudo o que não vibrar consigo...com o Reino, com a quinta dimensão do Ser e mais além!

Aqui e agora a escolha esta a ser feita! A eleição contudo é algo íntimo! Dentro de cada ser humano! Somos nós, e somente nós, quem escolhemos o Reino, manifestamos o Reino e definimos se seremos cidadãos e cidadãs dele ou não!

Somos nós que estamos ou não a vivenciar Deus em meio às dores do mundo, deste sistema que criamos através do egoísmo em eras passadas, e que se tornou no LEVIATHAN que tanto tememos! 

Por mais que existam - e penso sim, deve existir, pois semelhante atrai semelhante, e este mergulho humano nos domínios do egoísmo deve ter atraído entidades extremamente poderosas, mas profundamente mergulhadas em passado longínquo, em suas próprias escolhas danosas e que fizeram das mesmas párias universais e vampiros de infra-mundos - entidades trevosas, que optaram pelo Caos e se tornaram dele representantes, tentando dominar a Terra por meio de seus "cavalos" humanos. Entretanto, no fundo SEMPRE FOMOS NÓS que definimos isto...por nossas escolhas erradas, e atraímos esta entidades para cá...a Matrix então foi criada, os Senhores do Caos dela se apossaram e a humanidade se tornou joguete deles, em suas mãos...mas tudo, absolutamente tudo, começou connosco, e somos nós que ao despertamos podemos destruir esta Matrix, esta Maya, esta Ilusão e recriarmos o mundo conforme o Reino Divino em nós desalojando para sempre estes nefastos daqui!

Aqui e agora, estais a fazer a escolha!

Dia a dia, diante de cada desafio criado pelos egos dissociados alimentando esta Matrix, esta Samsara, estamos nós a optar pelo que realmente queremos para nossas vida e para todas as formas de vida daqui! A libertação da escravidão sensorial, da separatividade entre irmãos e irmãs e da danosa seleção natural através do ego exacerbado e do processo doloroso que implicará nas: LIBERDADE, FRATERNIDADE E IGUALDADE há tanto tempo almejadas e no sentido real destes termos...começa aqui e agora...DENTRO DE TI!

VENHA PARA A LUZ DO REINO DIVINO EM TI!


Em Amor e Luz

Valter Ludwig Taliesin

Paz e Bem



VÍDEOS SAGRADOS

Jai Uttal - Nataraj

Oliver Shanti - Journey to Shambhalla

Agatha Moses - Nigerian gospel

Voyage

Midle Earth - Agharta

Solyma - Jerusalém

Zusha - Mashiach

O vis Aeternitatis de Hildegard Von Bingem





O SOL INTERNO: O DESPERTAR E O RENASCER DOS(AS) GIGANTES




Neste acordar doloroso que muitos estão a ter, a única coisa que pode realmente te manter firme na jornada é a absoluta sinceridade consigo, a total integridade entre pensar, sentir, falar e agir. Não são acertos e erros que nos definem com certeza, mas quando somos íntegros e sinceros connosco, pegamos estes acertos e erros e transformamos TUDO em argamassa para a construção do Grande Templo que estamos cá na Terra a fazer connosco mesmo!
Assim é!

Valter Ludwig Taliesin

Despir-se dos andrajos da mediocridade para assumir o Manto de Filha e de Filho de Deus é o grande convite do Cristo Vivo, através do despertar interior de cada ser humano para este Ser em Si!
Libertar-se então das amarras que te prendem a efeitos de causas que de há muito te arrependestes de as fazer, olhar-se com amor e perdão...olhar o próximo com este mesmo amor e perdão...eis o grande sentido do verdadeiro RELIGARE...do verdadeiro Nascer de Novo..um acordar para um(a) Novo(a) Homem e Mulher em Si, uma Nova Criação a partir do mais profundo Centro pulsante em sua Alma!
Este vir a Ser é verdadeiramente um Novo Mundo que nasce nesta esfera carcomida pelas dores dos antigos erros!

Valter Ludwig Taliesin


Temer não nos fará conseguir escapar do que virá!
O que devemos fazer é nos alicerçarmos na FÉ que
nasce em Deus e é fruto de sua Vontade em nós;
é o poder de criar novas todas as coisas, e a força de
resistir os maiores revezes.
Connosco esta a grande Chave da Vitória;
esta Fé que nos faz verdadeiros gigantes espirituais
no mundo quando colocamos nossa pequeneza nas
mãos do Deus Vivo em nós!
Levante e Caminhe!

Valter Ludwig Taliesin

"O Olho que tudo Vê" é a metáfora do Centro dentro de ti!

Deus em nós, Esperança e Recriação de vidas e mundos!
Deus em nós, o Sol da Justiça e a Paz do Reino!
Deus em nós, o Raiar de Um Novo dia e Era!
Deus em nós, o Simples no outrora complicado!
Deus em nós, o Poder que unifica pontos entre abismos!
Deus em nós, o Conserto que traz o Grande Concerto,
a Grande Sinfonia das Esferas!
Deus em nós, Vida Abundante e Amor Transbordante!
E assim, perceberás que mundos se revelam ante
seu olhar porque Um Novo Olhar, que encontrou
No Grande Olho sua razão de ser, dirige agora teu viver!

Valter Ludwig Taliesin

Faça deste o mais sagrado de todos os teus momentos...
Ou melhor...SEMPRE tenha cada momento como o
mais sagrado dos teus momentos.
Sagrado aqui nada tem a ver com aquelas coisas que
estamos acostumados mas o sentido mais profundo é:
SEPARADO!
Cada um dos teus momentos é separado por ti para um
propósito no qual te colocas...INTEIRA(O)!
Cada um destes momentos é vital naquilo que tem propões
a fazer com ele: lazer...sexo...viagem...trabalhar...dormir...
comer...conversar com amigos...até assistir um bom filme
ou série de TV...Ler um livro...ouvir uma canção...
e claro..meditar...orar...comungar com o divino no Silêncio
de teu interior para que então TUDO o que fizeres
no teu dia a dia tenha este senso e sentido de SAGRAÇÃO!
Este estar pleno, e consciente é que verdadeiramente
SACRALIZA tudo o que fazes!

Valter Ludwig Taliesin

Fora de ti NÃO HÁ Religião!
Religião é RELIGAR!
E Deus só pode religar consigo
PESSOAS, ENTES CONSCIENTES!
Nenhuma estrutura, nenhum grupo,
nenhum aglomerado humano pode
se definir como Religião, mas somente
quem experienciou DENTRO DE SI,
o Ato de Religar!
E este pode ser definido como:
O Nascer do Cristo Vivo,
O Luzir do Buda Unitivo,
O Ressurgir do Atman de todas as Eras!
Ou seja; Religião é um Encontro entre
O Humano e O Divino em nós, que se
expressa então através de nós na comunhão
com cada irmão e irmã, seja ele(a) humano(a)
ou não, pois então percebemo-nos UM com
todos os Seres Vivos...EM DEUS...NOSSA
ÚNICA E VERDADEIRA RELIGIÃO!

Valter Ludwig Taliesin

Um lindo e vasto sorriso a preencher o teu rosto, a construir em ti e através de ti um autorretrato de uma beleza não narrável, de uma qualidade do belo não descritível porque simplesmente transborda através dos traços comezinhos do rosto e do corpo, esta além das formas que teu corpo assume no correr dos anos...esta impregnado daquela força dos gigantes, do poder dos grandes transformadores sociais, do profundo amor dos grandes líderes espirituais, da justiça mais pura dos justos de todas as eras, da sabedoria mais profunda que ornou a fronte dos maiores sábios que um dia estiveram connosco, da paz intraduzível que somente Deus em nós pode dar...este sorriso vasto, este brilho nos olhos, esta luz que te rodeia e a beleza do sagrado, do divino expresso através das melhores qualidades do humano!
Então sorria, encha o mundo com luz, pura luz divina nascida em
ti, manifesta por todos os teus poros, por todos estes hiatos de dor
que agora, se costuram e se revelam no Manto de tua Vitória!
Siga em frente fazendo o seu melhor EM CADA MOMENTO, sem
preocupar-te com o momento seguinte ou o momento que passou!
Deixe Deus em ti cuidar do que não podes cuidar!
Descanse e Prossiga ´pois Silêncio e Ação são sinônimos dentro
de um humano realmente desperto!
Valter Ludwig Taliesin

Da Ética mais se fala...
Da Ética e na Ética
criam-se modelos,
surgem exemplos,
nascem discursos.
Mas o que realmente
é Ético?
É tu despertares para
tua humanidade plena e
para tua divindade intrínseca!
É te perceberes uno com
toda a Vida, e um Ser em Si;
Inteiro, profundamente UM!
Ética real é integridade de Ser!
Sem isto não passaremos de
discursos vazios, de modelos
sem vida, de exemplos sem
alicerce algum no que verdadeiramente
fala, tanto ao coração quanto à mente!
Daquilo que verdadeiramente
constrói um ser humano pleno
e a partir de si uma sociedade justa!
Já e tempo de abandonarmos os discursos
e nos pautarmos no viver...
Íntegro e Pleno!
Valter Ludwig Taliesin


VÍDEOS SAGRADOS

Musica New Age

Despertar - Arcanjos

O despertar da Flor da Lua

Wildlife

Música Mágica

Adiemus

Huaraz Paradise



domingo, 28 de fevereiro de 2016

A ESTRELA RADIANTE DO UNIVERSO INTERIOR...



Que estas asas...brancas de uma ordem tão única...repletas desta dourada luz que tudo envolve...deste ser abençoado e abençoador que do Alto vem à tua ajuda, possa fortalecer tua aura enquanto tu te restabeleces dos baques da vida.
Valter Ludwig Taliesin

Na imensa comunhão entre o dentro e o fora,
Entro o micro e o macro...
Entre o sentir e o contemplar...
Entre o revelado e o manifesto...
Deus transita na Alma que queda-se
sem medo diante do Portal que se lhe abre.
Diante desta, abrem-se mundos e mundos
de encantos e grandezas afins...
Mundos que contém vidas diversas,
multifaces do Ser que as manifestou primeiro.
Ali, esta a Alma a beber da Água,
a comer do Pão, a cear com o Profundo,
realizando-se no Ser Maior!
Ali estou Eu e Tu se quisermos!
Ali esta cada ser humano que permitir-se estar.



Ali esta o Começo, o Meio e Fim...
Ali esta o Tudo e o Todo...
Ali esta o Renovo para um novo estado
de coisas, e de manifestação da Vida.
Ali esta Deus!

Valter Ludwig Taliesin

Aquele Momento em que as palavras são fúteis e inúteis...
Aquele Momento em que as frases não se formam e nem
queremos que formas tomem...
Aquele Momento onde um dia e um milhão de anos se
encontram e se um bilhão fosse não nos importava.
Aquele Momento em que o Eterno e a Paz são como uma
Tela que observo, um Véu que retiro como se despisse
a Amada, uma Cortina que abro rumo ao Centro do Coração
ou uma Brisa suave que sinto sussurrando...Amor....
Aquele Momento em que a alma é A Alma Mundi...uma fração
que se descobre Interação, Integração, Unicidade.
Aquele Momento em que a Imagem e a Semelhança me
unificam a cada Ser Humano, a cada Ser Vivo, a cada Gota do

vasto Oceano da Vida e que me fala...DEUS EM TI EU SOU!
Aquele Momento não tem descrição porque como disse:

é o Momento MOMENTUM onde as palavras são fúteis e inúteis,
e as frases, quanto mais se formam e ditas são...menos explicam.
Valter Ludwig Taliesin


Daquele Interno Espaço,
um Espaço tão pequeno e tão vasto,
um Portal se abre rumo ao Infinito;
um Infinito que começa com miríades
de sinais estelares...pulsares pulsantes

na imensidão do Cosmo, um Cosmo que
se revela tão meu, tão seu, tão nosso,
quando simplesmente descobrimos e
acessamos este Portal.
E então, pouco a pouco, das Estrelas e
Pulsares, outra imagens surgem, outros
sentidos são despertados, outras Vozes
são ouvidas, ou mesmo Não Vozes;
Silêncios tão profundos que falam mais
que milhões de trombetas.
E ali, naquele Momento Não Momento,
mas tão momentoso quanto a própria Criação,
o Ser Humano descobre o Ser Uno da forma
mais intensa e vívida...da forma mais Sagrada
e Profunda...da forma mais Divina em que
a Divindade simplesmente É em Tudo e
em Todos. ..DEUS EM NÓS!!!
Valter Ludwig Taliesin


Este Momento tão Íntimo teu...
Este Momento em que cuidas de ti,
nada tem de egoísta ou narcisista,
mas é quando te abrigas no teu Coração,
quando acarinhas tua alma, teu corpo,
tudo o que te faz expressar o Ser.
Neste Momento de tão íntima conversa,
de tão profunda relação, tu descobres todas
as partes cindidas de ti, todas as metades,
todas as frações inflacionadas, infladas,
inflamadas e então derramas sobre ti o
curativo beijo da Alma que esta em Deus .
Somente quem tem tal intimidade consigo
conseguirá ser íntimo de alguém, cuidar de
si é o grande sinal que cuidarás da(o) outra(o),
que serás um canal de benção porque abençoado(a)
tu és, um canal de benção tu te tornas-te...

Seja íntimo de si, sinta-se bem consigo, sinta-se UM
EM TI e perceberás que atrairás outros semelhantes a
ti no SI, e pouco a pouco, como uma grande colcha de retalhos,
de aparentes peças desconexas e diferenciadas, formaras
um lindo e belo mosaico que quando chegar no pico
de Síntese criará uma Nova Humanidade e um Novo Mundo.
Valter Ludwig Taliesin

Como de dois se fez um?
Talvez porque de um se
fez miríades...
Porque a relação nasce
naquele ponto onde o UM
reina soberano...
Porque o Amor não tem
frações...não tem barreiras...
Porque a paixão é como o
fogo do alquimista!
Porque a realidade é
extremamente real no Amar...
Porque o divino se desenrola
em cada vibração de luz
de um para outro...vibração
de querer, de carinho dar, de

abençoar e se doar...
Porque não se pode mesurar
o que palavras não tem poder
de definir ainda que se tornem
vez ou outra necessárias para
se tentar...ao menos tentar...
tocar o ponto que brilha no dois em Um.
Porque o raiar de um Novo Dia começa
em cada alma, em cada casal, em
cada lar, em cada pequena comunidade,
em cada cidade em cada lugar onde um
humano verdadeiramente...despertar
no Amar...
Valter Ludwig Taliesin

Naquele instante especial,
naquele toque de paz,
tu olhas para a imensidão do Mar
e vê ao longe um pequeno barco
a vagar. Tu então te perdes num
encontro com o bailar, o ir e vir,
do barco no Mar...o barco que vai
e que leva segredos de uma alma...
O barco que vem e traz novidades
de outros lugares...de sonhos, de
pessoas que aqui ou acolá, fazem
no Mar a sua história.
Ali, tu percebes no Mar a metáfora
da Vida...de todas as vidas, de todas
as idas e vindas, de todas as entradas
e saídas...naquele abismo aquoso,
naquele barquinho a ir e vir sobre o
imenso ventre de águas, tu percebes o 
quanto a Vida é absolutamente assustadora
e bela.
Ali, diante do Mar, do roçar das águas
sobre zilhões de minúsculos grãos de areia,
tu te percebes um pequeno grão também,
diante daquele Mar mais vasto e primordial;
aliás paradoxalmente tu te vês como gota
e grão...tu te vês como gota nas ondas; das
idas e vindas da Vida e como grão que roçado
e transformado a cada toque do imenso Mar
Verde e Azul cintilas sobre o Luar e radias
sobre o dourado da Luz Solar...
Tudo isto tu te perdes a perceber ao olhar
o bailar de um simples barquinho, criação
humana, no imenso e misterioso...Mar...
Valter Ludwig Taliesin




 Do Amor se fala...
Do Amor toma-se notas...
Mas o Amor simplesmente
exala seu perfume nas Almas
que inicia.
Nas Almas que inicia em seus
mais profundos Mistérios.
Nas Almas nas quais segreda
seus mais belos versos.
Nas Almas envoltas nas mais
lindas melodias do amar.
Nas Almas que não temem
amar pois que nelas há a
segurança da Integridade.
Integridade que as mantém 
firmes ante os enganos que se
travestem de amor. 
Almas que jamais desistem
de felizes ser só porque uns
e outras(os) não sabem amar.
Nesta Integridade elas são
o seu melhor, doam o que há de
bom em si e sabem que apesar
das feridas impingidas por uns e 
outras(os), o Amor tem para elas,
guardado com zelo e desvê-lo, 
seu toque mais precioso e exclusivo:
A Alma que verdadeiramente lhes
fala mais que todas as vozes 
do mundo.
A Alma que simplesmente lhes
envolve na mais preciosa das
mantas; a entrega...pura e simples. 

Valter Ludwig Taliesin


VÍDEOS SAGRADOS

Musica New Age, Celta e Japonesa













quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

A HORA DA PAZ...

É mais inteligente quem empenha-se em "SER" do que em "TER". O que você é, o será para sempre; o que você tem, passará.

Sofia de Melo Volante



Cada vez mais devemos exercer o nosso direito de buscar
o que queremos (sobretudo no amor).
Mas atenção: elegância e bom senso são fundamentais !
É preciso saber sentir o sentido das palavras,
para não deixar ninguém sentido...
Algo dito com sentido,
e sendo consentido,
não são palavras ao léu jogadas,
e não serão mal julgadas...
Mas, se são palavras ao acaso jogadas,
serão meras palavras cruzadas...
Sendo cruzadas com sentimento,
e tendo total consentimento,
haverá um fiel cruzamento,
entre o dito e o entendimento...
Não se apresse em julgar, para não magoar.



Sofia de Melo Volante


Em algum lugar do passado
Em algum lugar do passado
Tivemos tantas outras vidas,
vivemos outras histórias,
conhecemos muitas pessoas,
formamos laços afetivos,
Vivemos amores, sonhos,
aprendemos várias lições.
Fomos reis, rainhas,
serviçais e aprendizes.
Trilhamos muitos caminhos.
Hoje, sem saber,
encontramos velhos amigos
amores do passado,
resgatamos vivências,
mas também formamos novos laços,
novos amigos, novos amores...
Almas gêmeas que se encontram,
eternamente unidas pelo amor.
Assim é a roda da vida.
Nada se perde, estamos sempre
construindo nossa história eterna.
Continuamos aprendendo e caminhando.

Alguns se desencontram momentaneamente;
é quando a alma gêmea
caminha por outra dimensão,
quando resta a certeza
de que um dia voltarão a se encontrar
E ficarão unidas para sempre.
Um dia nos encontraremos.


Sofia de Melo Volante


Depois de algum tempo você aprende a sutil diferença de dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas. E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos diante com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança. E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porquê o terreno do amanhã é incerto demais para os planos e o muro tem o costume de cair em meio ao vão. E aprende que não importa quanto seja boa uma pessoa, ela leva-se anos para construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer em um instante das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida. E que bons amigos são a família que não nos permitiram escolher. 

Descobre que as pessoas com quem você mais se importa são tomadas de você muito depressa, pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que as circunstâncias e os ambientes têm influencia sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não devemos nos comparar com os outros, mas com o melhor que podemos ser. Aprende que nunca se deve dizer que sonhos são bobagens, poucas coisas são humilhantes e seria uma tragédia se acreditasse nisso. Aprende que quando está com raiva, tem o direito de estar com raiva, mas isto não te dá o direito de ser cruel. Aprende que, ou você controla seus atos ou eles controlam você. Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute, quando você cai, é uma das poucas que o ajuda a se levantar. Aprende que a maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas, do que com quantos aniversários você celebrou. 


Aprende que com a mesma severidade que você julga, você será em algum momento condenado. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer, não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas não sabem como demonstrar ou viver isso. Aprende que não importa em quantas partes seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar atrás, portanto plante seu próprio jardim e decore sua lama ao invés de esperar que alguém lhe traga flores e aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte, e que pode ir muito mais, levante depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida.

Sofia de Melo Volante

Ninguém conhece alguém por acaso… Nada nesta vida acontece por acaso. Ninguém chega até nós por um simples acaso. Existe um dito popular muito sábio que diz: ”As pessoas não se encontram por acaso, nem permanecem em nossa vida por causa desse simples acaso”.

Falamos sobre o destino de cada um: Passamos por momentos de plena felicidade em nossa vida. Momentos estes que nos marcam de uma forma surpreendente, e nos transformam, nos comovem, nos ensinam e muitas vezes, nos machucam profundamente.

As pessoas que entram em nossa vida, sempre entram por alguma razão, algum propósito. Elas nos encontram ou nós as encontramos meio que sem querer, não há programação da hora em que encontraremos estas pessoas.

Assim, tudo o que podemos pensar é que existe um destino, em que cada um encontra aquilo que é importante para si mesmo. Ainda que a pessoa que entrou em nossa vida, aparentemente, não nos ofereça nada, mas ela não entrou por acaso, não está passando por nós apenas por passar. O universo inteiro conspira para que as pessoas se encontrem e resgatem algo com as outras. Discutir o que cada um nos trará, não nos mostrará nada, e ainda nos fará perder tempo demais desperdiçando a oportunidade de conhecer a alma dessas pessoas.

Conhecer a alma significa conhecer o que as pessoas sentem, o que elas realmente desejam de nós, ou o que elas buscam no mundo, pois só assim é que poderemos tê-las por inteiro em nossa vida. A amizade é algo que importa muito na vida do ser humano, sem esse vínculo nós não teremos harmonia e nem paz. Precisamos de amigos para nos ensinar, compartilhar, nos conduzir, nos alegrar e também para cumprirmos nossa maior missão na terra: “Amar ao
próximo como a si mesmo”. E para que isso aconteça, é preciso que nos aceitemos em primeiro lugar, e depois olhemos para o próximo e enxerguemos o nosso reflexo. Essas pessoas entram na nossa vida, às vezes de maneira tão estranha, que nos intrigam até.

Mas cada uma delas é especial, mesmo que o momento seja breve, com certeza elas nos deixarão alguma coisa.


Observe a sua vida, comece a recordar todas as pessoas que já passaram por você, e o que cada uma deixou. Você estará buscando a sua própria identidade, que foi sendo construída aos poucos, de momentos que aconteceram na sua vida, e que até hoje interferem em seu caminho.

Quando sentir que alguém não lhe agrada, dê uma segunda chance de conhecê-lo melhor, você poderá ter muitas surpresas cedendo mais uma oportunidade.

Quando sentir que alguém é especial para você, diga a ele o que sente, e terá feito um momento de felicidade na vida de alguém. Não deixe para fazer as coisas amanhã, poderá ser tarde demais. Faça hoje tudo o que tiver vontade. Abrace o seu amigo, os seus irmãos, os seus filhos. Dê um sorriso para todos, até ao seu inimigo. Se estiver amando, ame pra valer, viva cada minuto deste amor, sem medir esforços. Seja alegre todas a manhãs, mesmo que o dia não prometa nada de novo. Planeje o seu destino! Sopre aos ventos os seus sonhos, eles irão se espalhar pelos ares e voltar a você em forma de realidade.



Sofia de Melo Volante


E fez-se então, a hora da paz...

Os povos calaram-se
simultaneamente
E ouviram a voz das águas
Das montanhas, da natureza
Dos animais, e nada mais
O ar soprou forte
Fazendo folhas rodopiarem
Ninguém agiu nem falou
Ninguém se moveu
E então,
A humanidade entrou
Na imensidão do silêncio
E vivenciou
A mais perfeita paz
Naquela hora
Nenhuma arma foi acionada
Nenhuma máquina foi ligada
Nenhuma agressão foi cometida
Nenhuma sirene soou
Nenhum alarme disparou
Apenas funcionava
O que da vida cuidava
E, pela primeira vez
A humanidade conheceu a paz
Minutos antes de terminar
Todos estavam armados
Com uma pequena semente
Que ao soar o sinal programado
Foram lançadas à terra

Em todo o mundo
A paz foi semeada
Na Terra
E no coração
De cada um
O sábio que profetizou
A hora da paz
Proclamou à humanidade:
E uma nova linguagem há de vir
Há de vir para ficar
Que traduz união
Justiça, igualdade
É a linguagem da paz
Somos todos irmãos
Somos todos iguais
Somos filhos da Terra
do Sol, da Água, do Ar
Somos todos peregrinos
Por esta Terra a viajar
Entrando para o novo milênio
Com a mais intensa missão
A missão de promover a paz

Uma nova linguagem
Há de vir
Há de vir para pacificar
Que traduz a Fé
A esperança, o amor
É a linguagem da paz
Que será falada, sentida, cantada
De norte a sul, de leste a oeste
Em todo planeta terrestre
Ecoará pelos confins da alma
E se expandirá pelo imenso universo
É a linguagem da paz
Que todos conhecerão
Que virá de dentro de cada ser
Para promover a união
Até que um só povo
Um povo multicor
De mãos dadas dançará
Entoando a mais bela canção
Todos a uma só voz
Unidos

Em nome da PAZ



Sofia de Melo Volante

VÍDEOS SAGRADOS

MÚSICAS QUE NOS FALAM DE PAZ