Google+ Badge

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

O CONHECIMENTO DE DEUS

O MEU POVO ESTÁ SENDO DESTRUÍDO PORQUE LHE FALTA O CONHECIMENTO.
Oséias 4.6




    Fonte Google imagens



Os gnósticos pregavam que o conhecimento é a base da verdadeira espiritualidade.


Sem conhecimento o ser humano fenece, padece, murcha e morre.


Não meramente a cultura livresca ou acadêmica mas aquele conhecimento nascido da íntima comunhão com o sagrado.
Que penetra e perscruta o divino naquilo que se pode apreender, é necessário para que o ser humano possa sair das atuais trevas em que se encontra e veja a luz além de todos os véus.


Vivemos uma época dificílima onde o Bem é tomado por Mal e o Mal é tomado por Bem.


O relativismo se tornou a tônica reinante na sociedade humana ocidental com a desculpa de liberdade de pensamento e escolha.


Nossa humanidade atual se assemelha em graus superlativados ao povo israelita dos tempos bíblicos quando o texto sacro diz: 'Nesse tempo não havia rei em Israel, e cada qual fazia o que lhe parecia correto'.Juízes 17.06.


Religiões e iniciações são oferecidas em cada esquina sob diversos rótulos.


Certas religiões se tornaram mais disseminadas que a Coca Cola de tanta oferta e procura que existe na área.


Entretanto...


Espiritualmente pouca coisa mudou no mundo e arrisco dizer que para pior.


Hoje vemos uma religiosidade engajada, mercantilista, visando única e exclusivamente o material, o físico, o emocional...quer seja ela encapada pelas pílulas douradas dos neo pentecostais,de muitos gurus new age ou até de outros seguimentos mais tradicionais da espiritualidade que ao se verem acossados e encurralados pelo crescimento dos mais novos trataram de se adaptar aos novos tempos.


Nada contra se enfocar a busca pela prosperidade e abundância, pela saúde etc...muito pelo contrário...


Entretanto quando o enfoque é massivamente em cima destas coisas alguma coisa esta errada no reino da espiritualidade.


Cristo em muitas de suas parábolas deixa claro que estas coisas são realmente necessárias mas ACOMPANHAM um viver sagrado e pleno com Deus e não são o motivador central da nossa busca...em Mateus 06.25-34 ele discorre extensivamente sobre esta verdade.


A fé e a confiança inabaláveis em Deus nos possibilitam um viver seguro diante de sua face e consequentemente as coisas necessárias são acrescentadas na medida em que vamos desenvolvendo nossa missão encarnatória.


O segredo portanto segundo o Cristo esta neste DESCANSAR em Deus...em suas promessas, em sua bondade , em seu amor para conosco.


Não significa que nunca teremos aflições na vida mas que nos portaremos como os filhos e filhas de Deus que somos ante as mesmas.


E nossas escolhas serão pautadas por esta comunhão sagrada com Deus.


O verso que coloquei como cabeçalho deste meu texto é retirado do livro de Oséias um dos profetas bíblicos, onde o profeta inspirado pelo sagrado diz que o povo israelita estava sendo destruído por que lhe faltava o conhecimento sobre Deus e sobre as coisas de Deus.


Quando o texto se refere ao conhecimento de Deus na Bíblia ele não foca meramente o conhecimento do ouvir, do ler, do estudar mas o de se ....RELACIONAR...


Ouvir sobre Deus, falar sobre Ele, ler sobre Ele, estudar sobre Ele tem importância relativa na busca do conhecimento.


É a importância do despertar a alma para as verdade sagradas.


Mas a partir de então devemos dar novos e cada vez mais profundos passos rumo à divindade.


Passos que nos levam cada dia mais ao encontro do que Deus quer para nossas vidas.


A humanidade atual esta na mesma situação do povo israelita de então.


Perdemos o norte de como erigir uma civilização, uma sociedade... justa,fraterna, livre,igualitária,benéfica,sagrada, iniciática porque deixamos de lado este relacionamento especial com o sagrado.


Sempre quando um povo, uma sociedade, uma civilização é levantado por Deus na terra ele funciona durante algum tempo como um farol, como uma luz para os demais povos até que a decadência chegue e mude todo o contexto das coisas.


Muitas vezes isto acontece com praticamente toda a civilização humana de todo o globo como os relatos sobre os ante-diluvianos deixam transparecer e as histórias sobre Lemúria e Atlântida igualmente.


E estamos vivendo infelizmente um período destes.


Onde toda civilização global se desenvolve alucinadamente no campo tecnológico mas murcha e morre no social e no espiritual.


Estamos com sérios problemas ambientais mas continuamos empurrando os mesmos com a barriga numa cegueira cética que nos leva a crer que estas histórias catastrofistas são pura besteira.


E realmente o são na medida em que dias, meses e anos são prognosticados como os finais.


Mas não o são se examinarmos os acontecimentos cotidianos de nosso globo.


No contexto geral a humanidade esta se aproximando célere daquele ponto sem volta que define se uma civilização vai sossobrar ou não.


E não é só examinando o contexto mais imediatista do meio ambiente que vemos isto.


Nosso relativismo quando o assunto é relacionamentos é cada vez mais gritante e assustador.


Perdemos o parâmetro do certo e errado no contexto absoluto e os fixamos nos transitórios.


Assim passa a ser certo ou errado COM QUEM ME RELACIONO e não DE QUE FORMA ME RELACIONO seja com quem for...


Desta forma o absoluto do amor, da sintonia, da empatia, da fidelidade perde para o transitório do preconceito discriminativo que tenta definir com quem uma pessoa vai para a cama ou perde para a promiscuidade lasciva que parece por outro lado dominar um outro lado dos humanos que entendem que a multiplicidade e a variedade das experiências é mais salutar que a qualidade das mesmas.


Sendo assim nos perdemos em uma disputa bipolarizada entre dois grupos antagônicos e esquecemos o essencial nesta questão que é O RELACIONAMENTO...o que o forja, o que o constrói, o que o determina e motiva...


A palavra amor se tornou na boca de muita gente uma palavra banal.


As pessoas dizem se amar mas passados alguns meses um ou outro vem com a brilhante descoberta de que EU NÃO TE AMO MAIS...


ISTO É IMPOSSÍVEL!!!


Se havia realmente amor isto não existe!


O AMOR É ETERNO!


Posso até sentir por mais de uma pessoa(como acontece por exemplo quando um conjugue falece e o outro tem que se casar de novo) mas jamais 'perder o amor' por alguém...se perdeu era porque era outra coisa, não o amor...


Entretanto se por exemplo, amo duas pessoas ao mesmo tempo este amor é que definirá o que deve acontecer neste triangulo amoroso.


Se eu sei que isto machuca e aflige as outras duas partes é óbvio que   se as amo de verdade vou ter que escolher uma das duas sob pena de ferir este amor que sinto por elas.


É IMPOSSÍVEL O AMOR CONVIVER COM A TRAIÇÃO!


Se convive é porque de fato o traidor(a) a ninguém ama....nem a ele mesmo!


O AMOR É SOBRETUDO FIEL!


Se um casal por exemplo, se ama mas resolve viver uma relacionamento aberto a ninguém estariam ferindo já que este é um desejo mútuo; assim os absolutos do amor e da fidelidade não estariam sendo violados mas sim o relativo convencional social que diz que um casal deve só se relacionar entre si e mais ninguém.


Este convencional é válido... SIM!


Mas a título de praxe, de regulador das relações enquanto definidor do que prejudica ou beneficia a ambos os conjugues.


A fidelidade conjugal só deixa de ser fidelidade se há traição!


Impossível impormos para duas pessoas adultas como devam viver sua sexualidade a NÃO SER pelas bases do amor.


Agora a forma como este amor se manifesta na vida de ambos e na forma como eles conjuntamente definem isto é OUTRA COISA!


Entretanto por outro lado a promiscuidade é nociva por outras questões que não só o absoluto do amor ou o relativo coito único.


Envolve questões de higiene por exemplo, de saúde pública já que o sexo é um dos caminhos mais fáceis não só para as delícias e prazeres indizíveis mas também de disseminação virótica!


Assim quando existe conhecimento um povo sabe discriminar os absolutos e os relativos na Lei de Deus.


Sabe o que fere realmente a sociedade e o que pode ser remediado.


Basta termos íntima comunhão com o sagrado para percebermos isto!


O segredo é este!


Se tivermos comunhão com Deus teremos conhecimento e tendo conhecimento passaremos a fazer as coisas que ele nos revela serem corretas e fazendo estas coisas estaremos construindo uma sociedade cada vez mais sadia e benéfica...


O CONHECIMENTO DE DEUS É O SEGREDO!


Um segredo que nos leva do mar das indefinições e incertezas para o mar de sua infinita graça e amor.


E ao penetrarmos neste mar ,neste oceano de divindade tudo se clarifica ante nós!


NÃO EXISTE MELHOR BÚSSOLA PARA NOS NORTEAR NESTE MUNDO QUE O CONHECIMENTO DE DEUS!!!


Todas as graves questões que perturbam a humanidade seriam resolvidas se uma MASSA CRÍTICA de humanos chegassem a este ponto sagrado de comungar com Deus e fazer-lhe a vontade!


Pois esta Massa crítica qual um vírus contagiaria os demais com a gigantesca diferença de que seria para o bem comum!


Busquemos assim o conhecimento de Deus e veremos as artimanhas dos servidores trevosos deste mundo que tentam conspurcar nossa civilização caírem por terra.


Do contrário nada mais restará a não ser chorar amargamente....o leite sagrado derramado!




Agora vídeos de luz para vocês...Uma sequência de 7 vídeos de estudos sobre O CRISTIANISMO INTERIOR que reflete bem o que falei sobre este conhecimento de Deus que devemos buscar, aqui sob o prisma cristão oculto(teósofos, cabalistas , gnósticos etc...)














Fonte: Youtube


Abraços


Pax e Lux


VALTER TALIESIN











Nenhum comentário:

Postar um comentário