Google+ Badge

terça-feira, 6 de março de 2012

YHVH...O TETRAGRAMMATOM...EU SOU O QUE EU SOU

EU SOU O QUE EU SOU




Desta forma misteriosa  manifestou-se a Divindade
para Moisés em meio a sarça ardente no monte Sinai...




YHVH




Fonte Google imagens


Segundo os mais abalizados comentaristas a forma correta de pronunciar-se o Sagrado 
Tetragrammaton perdeu-se nas brumas do tempo depois da destruição do Templo de Salomão pelas forças de Nabucodonozor...





 Fonte Google imagens...


Neste Nome mistério a Divindade se revela além de Una... a Essência de toda a vida universal sendo que o Y equivale ao Pai universal o Yod potente e gerativo...o H a Mãe universal o He substancioso e geratriz...o V ao Filho universal, a síntese de Pai e Mãe e o novo H à Filha universal, a consorte do Filho eterno ou a Glória de Deus, sua Shequináh espalhada e entremeada entre toda a criação...


Este H final é em ultima instância a Mãe natureza, é Malkuth , o Reino de Deus, é a Sophia ,a sabedoria de Deus manifesta em toda a criação...
Ísis, Hathor,Morrigan,Gaia, Cibele, Lakhsmi e as santas católicas Maria e Maria Madalena são conceitos do sagrado feminino que vibram aqui...


V o Vau como Filho sagrado é a síntese eterna da Mãe e do Pai, são  todos os Universos e dimensões , é o Adan Kadmon, o Logos criativo, o Rei brilhante em Tiphareth, o Noivo da Noiva que é seu reino em Malkuth...
Osíris,Hórus,Mitra,Dioniso, Krishna e Cristo vibram nesta conceituação...


O primeiro H é Binah, a Mãe negra e misteriosa, a Inteligência criativa, o conhecimento sagrado de Deus, a Luz e a geração de onde, do ventre que tudo procede se manifestam todas as formas de vidas...


Yod é Chokmah, o Pai sagrado, a Sabedoria maior, o centro de todo o poder criativo e gerador o Sagrado entre os sagrados...


De Chokmah procede  a ordem, o som, a voz criativa e de Binah a forma de toda a criação...


Aqui tanto o sagrado masculino quanto o sagrado feminino se tornam mais rarefeitos e só podemos conjecturar sem nomear seus Nomes e títulos e entendemos que as palavras Pai e Mãe são o que melhor designam a Divindade nesse nível do Ser...


De Tiphareth procede o governo sobre todas as coisas que encontra em Malkuth o reino e sua razão de Ser...


Estas 4 facetas de Deus contidas no Nome mistério YHVH sinalizam para Kether a Divindade Una manifesta que incorpora em si o grande TODO e todos os substantivos e adjetivos possíveis...


Para além de Kether estamos em pleno mistério do Transcendente e Deus só pode ser sondado, imaginado, fantasiado como Ain Soph Aur...a Luz Ilimitada,Ain Soph... o Ilimitado e Ain...o Nada que em ultima instância é o mesmo que o Nirvana e que significa tão somente que a Divindade para além do Ser objetivo e positivo foge completamente a qualquer designação  dos seres criados...por isso é um Grande Nada negativo...


Em Kether assim temos o Grande Todo que é o centro e fonte de toda a Vida e de toda pessoalidade universal e é aqui que EU SOU O QUE EU SOU tem seu altar sagrado...


Em Ain,o Grande Nada que é o mistério da Divindade transcendente além de qualquer pessoalidade temos A Divindade impessoal e totalmente abstrata que só pode ser palidamente entendida como Ilimitada e no máximo como Luz sem limites...


Os conceitos hebraicos cabalísticos são um manancial de conhecimentos sobre nós mesmos e a Fonte de onde nos originamos...


Assim como ele é O GRANDE EU SOU O QUE EU SOU, nós temo dentro de nós Centelhas manifestas Dele ou PRESENÇA DO EU SOU...


Ou como definem os hindus de PARA ATMAN procede ATMAN a fagulha divina em cada um de nós...


Assim se para além de Kether vemos Deus em sua transcendência...


Em Kether vemos sua emanência  ou seja; A fonte, o Grande TODO de onde TUDO procede...


Já em cada um de nós, vemos Deus em sua imanência como o Atman, o Eu Sou que nos anima e é a Fonte de nosso Ser...


Deus assim não é de fato uma Entidade antropomórfica mas contudo só pode ser compreendida pelos humanos através da REVELAÇÃO que é o ato de Deus se manifestar como que de forma descendente de sua abstrata e misteriosa impessoalidade passando por todos os reinos e dimensões do Ser até se tornar audível dentro do Ser humano através de sua Centelha Sagrada em nós...


Na realidade o Ser humano esta predestinado a fazer o oposto ou seja; a partir desta Centelha sagrada ASCENDER progressivamente até Deus em seu conceito mais lato de pessoalidade que é Kether e dai podemos apenas CONJECTURAR se mergulharemo no Mar da Divindade impessoal ou não, se nos tornaremos uma onda impessoal de luz no eterno ilimitado ou se ficaremos unificados a TOTALIDADE da vida que encontraremos em Kether e se mesmo este mergulhar no infinito e na infinita luz significa de fato impessoalidade para nós ou não...


Repito, podemos apenas conjecturar mais nada...


E é o que tem feito na verdade a maioria dos grandes sábios de todas as eras....conjecturar  e os poucos que afirmaram algo o fizeram com termos tão complexos e abstratos que até hoje as discussões sobre o que quiseram dizer de fato continuam a todo vapor e levam os homens a criar doutrinas, tradições, dogmas e pior...guerras em nome dos seus ditos...


Talvez a melhor de todas as frases já dita por um dos grandes luminares e que segundo o entendimento corrente NÃO FOI DITA por ele é a de Sócrates...


SÓ SEI QUE NADA SEI...


Assim o EU SOU O QUE EU SOU, a eterna e revelada pessoalidade de Deus como O Todo de onde Tudo procede parece ser o máximo que estamos limitados a conhecermos sobre a Divindade e a vida pelo menos no momento evolutivo presente ou desta ronda...


E sinceramente é já por si só um mergulhar tão vasto que o ser humano levará toda uma eternidade neste mergulho e olhe lá...




Fonte Google imagens


Reparem neste triângulo sagrado...


Como o Sagrado Nome engloba em si todas as manifestações de vida...


São 4 Yods exemplificando as 4 letras ou faces de Deus ...


3 Hes exemplificando a trindade ou Tese... Yod, Antítese ...He e Síntese...Vau... 


Duas Vaus exemplificando o eterno masculino e o eterno feminino ou a dualidade criativa em todas as dimensões da manifestação de vida..


E uma He que simboliza a unidade da manifestação ou seja; no reino todo o processo de descenso e manifestação  do UM se completa assim como o UM contém dentro de si todo este potencial de manifestação simbolizado pelas 4 yods do triângulo...


Ao todo temos 10 letras que como sabemos é o numero de cada uma das sephirôths cabalísticas à exceção da décima primeira, a misteriosa Daath que acena para o transcendente oculto em toda manifestação do Ser e que vem a ser Ain, Ain Soph e Ain Soph Aur...


Desta forma em Malkuth, no reino ,na ultima He se conclui e se completa todo o plano de manifestação do UM...




Fonte Google imagens


Assim termino esta pequena viagem pelo Nome de Revelação do sagrado EU SOU esperando que os que lerem o texto tenham gostado e sintam-se desejosos de conhecê-lo mais, não só pesquisando em outras fontes mais substanciosas mas e principalmente no recesso do Ser ...em comunhão plena com Ele...






Agora vejamos um vídeo de luz que tem por título...Um segredo do Tetragrammatom






Fonte Youtube...




Abraços 


Pax e Lux




VALTER TALIESIN

Nenhum comentário:

Postar um comentário