Google+ Badge

sábado, 10 de novembro de 2012

Conhecendo as manhas e as manhãs...o sabor das massas e das maças

"Olhe fundo...bem dentro dos meus olhos e veja 

como eu te vejo...

Seja feliz ontem hoje e sempre...

A vida pode ser aquilo que tanto desejamos...

Basta realmente querermos...

Amor se espalha e se sente porque se vive...

SIMPLES ASSIM...

Então seja feliz...

Veja como eu te vejo DENTRO do meus olhos...

É como te sinto dentro do coração..."
Valter Taliesin










Qualquer palavra que não seja A 

PALAVRA soa supérflua ao coração 

daquele que busca um rumo para si.


Nos acostumamos às quantidades 

perdemos o sentido das qualidades.


Nos apegamos aos fraseados em 

profusão e nos esquecemos da cura ou 

da doença que as palavras podem 

trazer. Escritas ou faladas.


Palavras tem poder...


Palavras podem aliviar ou acrescentar 

mais e mais dor ao ser humano.


Palavras traduzem formas de ver e se 

viver a vida.


Revelam o cerne, a alma de alguém.


Alguém pode achar que pelo simples 

ato de mentir pode ocultar com 

palavras o que se é...engano...ai sim 

que você se revela em toda a sua 

fragilidade em todo o seu medo e receio 

de ser você mesmo, com suas virtudes 

e com os defeitos que adquiristes 

tentando viver sua vida.


Defeitos na verdade são virtudes ou 

melhor dizendo; a ENERGIA da virtude 

que foi desvirtuada na peleja da vida.


E a peleja da vida por outro lado é a 

energia da vida desvirtuada de seu 

propósito original de vida com 

plenitude para este de campo de 

batalha onde o ego e o egoísmo

são centro das atenções.


Conhecer as manhas e as manhãs 

portanto é você ter jogo de cintura em 

encarar cada dia com o olhar do zen 

budista...do iluminado...do crístico...


Termos pomposos demais?


Que seja então; usemos um mais 

simples...DO LIVRE...


Conhecer o gosto de massas e maçãs é 

você usufruir da vida como um 

gourmet, menos comendo e mais 

saboreando cada coisa.


Uma das melhores coisas de programas 

de bons culinaristas não são tanto a 

comida e os ingredientes ou os pratos 

em si mas a forma PRAZEROSA com 

que os fazem, os montam e saboreiam.


Viver com arte!


Cada ser humano é um artista de si 

mesmo, de sua vida, de sua caminhada.


Quando você olha para cada vida com 

os olhos de Deus você não vê 

desperdício mesmo aquilo que 

definimos como a pior das vidas pois 

mesmos nossas falhas, defeitos e erros, 

nossa insistência em desvirtuar a 

energia da vida ...


CONCORRERÁ NO FINAL PARA O BEM 

MAIOR PESSOAL E COLETIVO NOSSO...


Todavia o que poderia ser alcançado em 

linha reta o será após diversos atalhos 

terem que ser descartados ao longo do 

caminho como enganosos, dolorosos e 

insuficientes.


Conhecer manhas e manhãs...o sabor 

das massas e das maças assim torna-se 

uma figura de linguagem do poeta 

inspirado para sugerir-te que você 

deve USUFRUIR de cada coisa da vida, 

ser grato por ela ainda que as mais 

simples e aparentemente descartáveis 

pois o que o poeta não diz mas é uma 

lei natural é que...


ISTO CRIARÁ UM CAMPO 

DE ENERGIA SAGRADA, POSITIVA EM 

TORNO DE VOCÊ QUE FARÁ COM QUE 

MAIS E MAIS COISAS BOAS E 

INTERESSANTES VENHAM OU 

ACONTEÇAM COM MAIS ASSIDUIDADE, 

REGULARIDADE E CONSTÂNCIA.


Entretanto falar é fácil como disse 

acima falar, jogar palavras ao vento é 

fácil, todavia prefiro jogar coisas boas 

ao vento na esperança de que este as 

leve até terreno fértil que destilar 

maldade, amargura, fraqueza , 

fragilidade, violência , insegurança, 

insensatez, destruição etc...


Se é para 'pecar' pelo excesso será o 

excesso do positivismo, otimismo, 

do bem viver e da bola para frente.


Claro esta contudo que isto não 

significa que não saibamos do doce e do 

amargo que a vida as vezes nos 

reserva.


Significa tão somente que fazemos 

nossa limonada...


E gosto de tomá-la feita com dois 

limões imensos,bem doce e geladinha 

diga-se... 



Abraços

Paz profunda


Valter Taliesin



OM TAT SAT



Embaixo letra e vídeo da bela e 

poderosa canção que inspirou este 

texto diretamente...Tocando a vida e

indiretamente... Country Roads.



Tocando 
em frente... Almir Sater




Fonte Youtube

Tocando em Frente

Almir Sater

Ando devagar
Porque já tive pressa
E levo esse sorriso
Porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte,
Mais feliz, quem sabe
Só levo a certeza
De que muito pouco sei,
Ou nada sei
Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs
É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir
Penso que cumprir a vida
Seja simplesmente
Compreender a marcha
E ir tocando em frente
Como um velho boiadeiro
Levando a boiada
Eu vou tocando os dias
Pela longa estrada, eu vou
Estrada eu sou
Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs
É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir
Todo mundo ama um dia,
Todo mundo chora
Um dia a gente chega
E no outro vai embora
Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
E ser feliz
Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs
É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir
Ando devagar
Porque já tive pressa
E levo esse sorriso
Porque já chorei demais
Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
E ser feliz

Country Roads...John Denver

Fonte Youtube


Estradas do Campo


Levem-me para casa, Estradas do Campo

Quase céu, Virgínia Ocidental,
Montanhas Blue Ridge, rio Shenandoah
A vida é antiga lá, mais antiga que as arvores
Mais nova que as montanhas, flutuando como a brisa

Estradas do campo, levem-me pra casa
Pro lugar que eu pertenço
Virgínia Ocidental,
Montanha mamma, leve-me pra casa
Estradas do campo

Todas minhas memorias, giram em torno dela
Modesta dama, mais estranha que a agua azul
Escura e empoeirada, pintada no céu
Enevoado gosto do brilho da lua, lágrima no meu olho

Estradas do campo, levem-me pra casa
Pro lugar que eu pertenço
Oeste da virginia,
Montanha mamma, leve-me pra casa
Estradas do campo

Eu ouço a voz dela pela manha ela me chama
O radio me lembra da minha casa tão longe
E dirigindo pela estrada eu sinto
Que eu deveria estar em casa ontem, ontem

Estradas do campo, levem-me pra casa
Pro lugar que eu pertenço
Virgínia Ocidental,
Montanha mamma, leve-me pra casa
Estradas do campo

Estradas do campo, levem-me pra casa
Pro lugar que eu pertenço
Virgínia Ocidental,
Montanha mamma, leve-me pra casa
Estradas do campo

Estradas do campo, levem-me pra casa
Estradas do campo, levem-me pra casa




















                  1. FONTE GOOGLE IMAGENS

Nenhum comentário:

Postar um comentário