Google+ Badge

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

UM NOVO TEMPO...Apesar dos castigos...UM NOVO TEMPO...Apesar dos perigos,,,

"UM NOVO TEMPO...

Um novo mandato para Obama...

Não só americanos mas principalmente o mundo suspira aliviado...incrível...Obama é mais um presidente planetário que americano!!! 

Seremos positivamente correspondidos?

Novos governos nas cidades brasileiras...gente chegou a hora da mudança... vamos em frente!!!

Dilma no planalto, primeira mulher presidente no Brasil...NOVO TEMPO realmente...até aqui tem se saído bem...queira Deus continue e até melhore...

Um novo tempo...nova ordem mundial...20 economias globais de ponta...dentre eles 5 emergentes(Brasil,Rússia, Índia, China , Africa do Sul)praticamente tão poderosos quanto os 7 mais ricos...no centro uma Europa que tenta reencontrar a si mesma, suas raízes e a síntese com o novo diante deste novo contexto mundial...

Um novo tempo...mas ainda velhos problemas...fome e violência na África,violência nas grandes cidades dos emergentes, aquecimento global, eco nomia em crise...terrorismo...fundamentalismo religioso...preconceito social , sexual e racial...

Um novo tempo,,,para que nossa esperança venha nos socorrer!!!

Novos portais sendo abertos ao redor da terra. anjos vindo e indo...mestres e mestras de luz....seres multidimensionais...todos aqui e agora ao alcance de um sonoro ...SIM!!

Um novo tempo....

2012 indo embora...e com ele irão os vaticínios nefastos?
Ou veremos que na verdade eram bons augúrios o que nos
esperava para lá de 21...12...2012...?

Um novo tempo...

Cristo e Buda unidos num longo abraço fraternal e no centro Krishna HARE HARE unido aos dois e convidando Maomé, Zoroastro, Moisés, Quetzalcoatl e outros para participarem da festa ecumênica também...será que virão?

Um novo tempo...apesar dos castigos...

Um novo tempo apesar dos perigos...

Um novo tempo...

Quem sabe agora a coisa anda?

Não custa tentar e dar um voto de confiança aos Hierarcas...

Embaixo a poderosa e clássica musica de Ivan Lins...

UM NOVO TEMPO que jé embalou tantas esperanças nestes 32 anos..."

Paz profunda

Valter Taliesin



Quando Ivan Lins compôs esta musica no fim dos anos 70 início dos 80 o Brasil estava entrando em uma nova era com o fim do exílio político e com uma abertura democrática ainda tímida nas trincheiras militares construídas em torno de nossa sociedade latino americana...

Demoraria ainda mais uns 5 anos para esta abertura se tornar real de fato e uma década para que o povo escolhesse seus governantes mas esta música reflete e bem os anos de euforia que envolveram principalmente a classe artística e a elite política e intelectual do país naqueles tempos...foram tempos delíciosos se olharmos por este prisma... 

Eu era um adolescente, estava lá(no tempo...aqui no espaço) e vi como as pessoas respiravam liberdade. É bem verdade que com muito receio ainda mas havia muita esperança; movimentos operários pipocavam no Brasil via ABCD de São Paulo com Lula à frente, na cidade de São Paulo a elite intelectual recém chegada do exílio com figuras de proa como Fernando Henrique e a velha ala de resistência política dos anos de chumbo do regime como Ulisses Guimarães e Franco Montoro não só davam força e verniz intelectual a este movimento operário mas criavam eles mesmos seus próprios canais de contestação e antes de existir o PT e o PSDB todos eles se uniram alguns anos embaixo do único partido de oposição admitido...O MDB...

No campo artístico além de São Paulo... no Rio, em Minas e no Rio grande do sul novos artistas surgiam em diversas áreas e davam voz popular a este grande movimento pela liberdade de Ser e de agir.

 Em Pernambuco também tanto politicamente quanto artisticamente respirava-se liberdade...em Brasília no centro onde estava a cabeça da Hidra o movimento jovem crescia a olhos vistos ligado a liberdade de expressão...

Interessante que apesar do Carlismo velho da situação(e provavelmente por causa deles) a Bahia foi celeiro de importantes artistas e movimentos libertários...

Além do mineiro Lins, Chico Buarque, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Ney Matogrosso, Renato Russo e Legião Urbana, Titãs, Engenheiros do Hawai, Cazuza e Barão vermelho etc.. desde meados dos 70 até meados dos 80 quer comportamentalmente quer politicamente engajados contribuíram e muito para os movimentos sociais e políticos no afã de obtermos a tão falada liberdade...

Foram dias interessantes de diretas já, de atentado malogrado ao Rio centro(pelos reacionários), de Tancredo Neves como opção viável na falta das diretas já tão acalentada e depois de desilusão extrema com sua morte e a manutenção de mais 5 anos de status quo da situação apenas que travestida de civil...

Mas mesmo assim senti-se no ar que tudo estava valendo demais a pena...

A musica de Lins reflete isto com clareza em cada palavra, em cada frase...

Hoje estamos vivendo um momento similar só que global...

Sente-se no ar o cheiro do novo chegando e atrás de si o fedor fétido do velho, do ultrapassado, do anacrônico, do reacionário daquilo que deixou de ser importante mas insiste em ficar... revolvendo-se em agonia tentando ainda seus últimos e terríveis lances de sobrevivência...

O velho nada tem de ruim em si somente por ser velho...longe disto...mas quando as pessoas insistem em velhas e gastas fórmulas para serem felizes e percebem que todavia as mesmas não funcionam mais então significa que chegou o tempo da mudança, do novo...

Algumas coisas obviamente precisam na verdade é de síntese entre velho e novo mas outras precisam é de renovação total...

Neste momento percebemos pessoas fazendo de tudo para manterem o status quo de um mundo que esta morrendo...fundamentalismos...preconceitos...separatividade....egoísmo...racismo...degradação ambiental...economia elitista etc...

E outras com uma nova visão mais inclusiva, libertária, holística, tolerante...

A quem a evolução privilegiará?

Com quem estará a Hierarquia?

Uma massa crítica somente de humanos é necessária para que uma mudança efetiva aconteça no mundo quando algo novo surge com força no horizonte...

O novo paradigma, a nova visão tem força por si só dai que não é necessário a metade ou a maioria para que este novo se alastre e contagie os demais...mas apenas uma massa crítica, um número síntese de pessoas para que isto aconteça...esta é a lei da vida...aconteceu várias vezes no nosso passado e fatalmente acontecerá de novo...apesar da aparente lentidão e até inanição da sociedade rumo a melhoras efetivas isto é mera ilusão, maia...mesmo com todos os nossos imensos defeitos de ego não perceber que nossa situação atual é melhor em termos sociais, econômicos,tecnológicos e até espirituais que tempos passados é idiotice...

A nostalgia dos bons e velhos tempos é saudável apenas quando olhamos as coisas da perspectiva certa não quando queremos manter o status quo do anacrônico e do exaurido...

Este é o erro de certos segmentos da esquerda brasileira que não entendem que as coisas devem evoluir e ainda querem viver nos bons e velhos tempos da musica de Ivan Lins...

Foram tempos bons, mas já exerceram sua função e MUITO bem...

Agora o novo tempo pede uma nova releitura, um novo olhar sobre a situação do país, do mundo e das coisas...novos e mais importantes temas para nossa sociedade atual como: meio ambiente, criminalidade, saúde, fundamentalismo terrorista, direitos civis de outras minorias então ignoradas quando antigas minorias foram ouvidas, drogas, economia global e não somente nacional ou de blocos, e outros mais que fogem da mera dicotomia antiga esquerda/direita requerem  um olhar mais inclusivo e tolerante de ambos os lados com o diverso...alguns parecem na verdade velhos problemas mas sua leitura não pode mais ser feita por uma ideologia ainda que tenha esta feito muito bem nos velhos tempos, uma nacionalidade, uma religiosidade por mais poderosa que esta tenha sido, uma teoria sobre a vida somente como fizemos no passado e em alguns casos com relativo sucesso...

Assim o passado surge mais como exemplo não como estado de ser para nossas atitudes presentes...

Exemplo de luta, de resistência, de vontade de mudar as coisas e de fazermos a diferença...

NÃO VIVEMOS COMO VIVEM CERTOS ESQUERDISTAS OU RELIGIOSOS, DOS MOVIMENTOS PASSADOS, DOS IDEAIS QUE SE FORAM, DAS VELHAS LUTAS, DOS MESMOS MOTIVOS E COM OLHAR IDEOLÓGICO ESTÁTICO SOBRE OS MESMOS...MAS QUEREMOS O MESMO ESPÍRITO DE LUTA...DE NOVIDADE QUE ELES TIVERAM NAQUELES TEMPOS PARA OS NOSSOS TEMPOS...OS NOSSOS DESAFIOS... E UMA NOVA LEITURA SOBRE COMO ENFRENTAR ATÉ O QUE SOBROU DE PROBLEMAS DOS TEMPOS DELES...

UM novo tempo...

No novo tempo..

Uma musica que traduz em sua letra algo todavia universal e diverso da barreira temporal..

 O desejo de ser e fazer feliz...

Vejam a letra...


Novo Tempo

Ivan Lins

No novo tempo, apesar dos castigos
Estamos crescidos, estamos atentos, estamos mais vivos
Pra nos socorrer, pra nos socorrer, pra nos socorrer
No novo tempo, apesar dos perigos
Da força mais bruta, da noite que assusta, estamos na luta
Pra sobreviver, pra sobreviver, pra sobreviver
Pra que nossa esperança seja mais que a vingança
Seja sempre um caminho que se deixa de herança
No novo tempo, apesar dos castigos
De toda fadiga, de toda injustiça, estamos na briga
Pra nos socorrer, pra nos socorrer, pra nos socorrer
No novo tempo, apesar dos perigos
De todos os pecados, de todos enganos, estamos marcados
Pra sobreviver, pra sobreviver, pra sobreviver
No novo tempo, apesar dos castigos
Estamos em cena, estamos nas ruas, quebrando as algemas
Pra nos socorrer, pra nos socorrer, pra nos socorrer
No novo tempo, apesar dos perigos
A gente se encontra cantando na praça, fazendo pirraça
Vejam e ouçam a musica

Fonte Youtube
Abraços
Paz profunda
Valter Taliesin

OM TAT SAT








                1. FONTE GOOGLE IMAGENS

Nenhum comentário:

Postar um comentário