Google+ Badge

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

TODAS AS COISAS BOAS DESTA VIDA

O ar que respiramos é uma verdadeira dádiva de Deus...


Geralmente não costumamos perceber a maravilha que é podermos respirar todos os dias, sentirmos nossos pulmões repletos do ar que nos renova e nos mantém vivos.

Gosto das tradições espirituais que apresentam o ar como um componente vital para nós humanos e que veem nele a energia da vida...O PRANA ou nomes com conotativos similares que nos mantem cheios, repletos de vida, saúde, poder e que incentivam os praticantes a exercícios sagrados e constantes de respiração para possibilitarem cada vez mais que o ar eleve o grau energético de seus corpos.

A cada respirar o prana penetra em nossos corpos e assim quando respiramos conscientemente permitimos que estas energias sejam conscientemente assimiladas pelos nossos corpos como energia divina e não meramente como algo mecânico...

Nos sentimos assim partes de Deus, partes da vida, o micro do macro de verdade e com consciência.

Todas as vezes que estiveres triste respire profundamente...

Foque no ar que adentra seu corpo através dos poros, da carne e do ato de respirar...

Deixe que todo o teu ser comungue com o ato como se fosse um verdadeiro culto ao sagrado.

SEJA ABSOLUTAMENTE GRATA/GRATO POR TODAS AS COISAS...

Mas principalmente por estares VIVA/VIVO e participante deste momento sagrado.


A água que bebemos todos os dias, com que nos banhamos, que usamos para diversas atividades em nossa vidas...


Dela surgimos e dela vieram todas as formas de vida deste planeta.

A água é a  Mãe da vida para nosso contexto evolutivo.

Na água foram manifestas as vidas embrionárias que encheram de vida nosso planeta.

Quando queremos metaforizar, simbolizar a pureza, a purificação espiritual um dos elementos que sempre imaginamos como purificador são as águas.

Águas purificam os corpos e quando imantadas de energia divina imaginamos que purificam a aura e mais além.

Copos com águas ungidas, oradas, benzidas, santificadas ou de fontes tidas como sagradas são sorvidos com fé e esperança pelos fiéis que imaginam estarem bebendo do próprio poder do divino.

Águas que jorram de fontes, formam riachos, ribeiros, rios, lagos, mares e o profundo e vasto oceano.

Onde deidades como Poseidon/Netuno, Yemanjá, Iara e tantas outras são saudadas como doadoras da vida.

Águas  ancestrais...águas que penetram curativamente cada reentrância da terra e faz a vida brotar onde chega.

Águas...benditas águas...


A terra ...


Da terra temos nossos corpos...

Dela tomamos a energia da frutificação, do alimento, do sustento...

Vegetais e animais luxuriantes dela procedem tornando nossas vidas mais coloridas, vivas, alegres, significativas...

Seus minerais também nos trazem brilho, cores e até poderes magnéticos de cura...seu sal é um veículo de energia divina curativa como poucos além do tempero por excelência que dá sabor aos nossos alimentos...

Caminhamos por cada estradinha, cada bosque, cada vale, cada imensa planície ou majestosa montanha com a certeza de que estamos firmes e aconchegadamente envolvidos por ela ou por sua aura sagrada...nestes momentos nenhuma catástrofe natural nos amedronta ainda que saibamos que as mesmas sejam possíveis...parece que são momentos onde nosso senso instintivo natural acessa as eras de outrora, onde nosso carma não havia influído tão negativamente assim no meio ambiente criando situações que se tornaram restauradoras do carma e do equilíbrio ambiental....eras sagradas que ficaram conhecidas como era de ouro...

Terra... como uma mãe zelosa vela por nós até quando nos pune com suas reprimendas tremendas.

Terra, quente...acolhedora...profunda...sagrada...


Fogo. quente, abrasador, mas tão necessário e vital para nós.


Sem ele não teríamos luz...nem vida...

O nosso sol é como uma imensa bola de luz , de fogo nos céus e sua atuação na terra, na água através do ar que nos chega é o grande gerador da vida.

Fogo o símbolo do espírito, daquela nossa parte mais secreta e sagrada...

Queima tudo o que já esta velho e gasto e renova a vida na terra.

Em cada chama, em cada labareda podemos ver e sentir a vida que se promete cada dia MAIS E MELHOR...uma onda de energia sagrada que nos impulsiona sempre para onde Deus esta...dentro, acima , embaixo...em todo lugar...

De certa forma do fogo viemos e para ele voltaremos pois cada centelha divina dele procede através do sol central...

Fogo...vivo...verdadeiro...quente...purificador...restaurador...


Éter...


Sentimos em torno de nós como que um abraço misterioso que não vemos mas que parece intensamente presente em horas que as linhas tênues do véu de Isis se tornam mais fluídicas.

Nestes instantes como que por magia parecemos ver o cerne de todas as coisas e como que um plasma invisível que as envolve.

Este é o éter...

Invisível aos olhos enuviados pelo sentido e visão apenas carnal mas vivo para aquele/aquela que vê com os olhos da alma...

E através dele percebe outros mundos, outras formas de vida, outras dimensões do ser e do existir..aqui e agora...logo ali pertinho...bastando um abrir-se e sintonizar-se.



Caminhamos neste mundo todos os dias tentando achar sentido para nossas vidas.

Nesta busca nos apegamos a coisas, pessoas, ideologias, projetos de vida, religiões e tudo que possa nos fazer sentir de alguma forma sentido no fato de sermos e de existirmos.

Nesta busca incessante nos esquecemos destas coisas tão rotineiras de nosso dia a dia...o respirar, o beber uma água, o banhar-se, o caminhar com os pés no chão, o cheirar uma flor, comer um fruto, esquentar-se em uma acalentadora fogueira ou simplesmente vibrar com o senso de mistério, de sagrado que sentimos em torno de nós.

Por isso criamos como diz o livro de Eclesiastes ....tantas invenções...e por isto perdemos no embalo o que tanto procuramos encontrar porque perdemos a capacidade do SIMPLES...do sentir a grandiosidade da vida no aparentemente corriqueiro e humilde...

Deixamos de lado Deus EM todas as coisas para buscar um Deus soberano à elas para então descobrirmos que esta visão de Deus por ser vista e refletida pelos olhares da soberbia egocêntrica se tornou definitivamente nociva para nós mesmos. 

Não que Deus soberano seja nocivo...LONGE DISTO...mas o humano que dele se afastou porque buscou muitas invenções(em outras palavras...complicações)tornou-se cada vez mais orgulhoso nas suas indagações e naquilo que entendia como respostas e passou a monopolizar para si o direito de dizer cada um ao outro o que 'Deus quer' e com isto ...como quer e que os demais não tinham condições de encontrá-lo em nenhum outro lugar que não em suas 'revelações'.
Não que acredito serem as mesmas impossíveis mas sempre quando alguém ou um grupo de pessoas criam monopólio e exclusividade sobre alguma coisa padece-se a verdade no processo...

E neste caso aqui, em questão é que... Deus, o mistério maior sempre esteve logo ali... ao alcance de nosso olhar devoto, de nosso amor...só esperando para ser acessado...


AR...ÁGUA...TERRA...FOGO...ÉTER...

Coisas tão presentes em nossas vidas que nem nos damos mais conta de quão importantes são mas que simplesmente são os canais vitais pelos quais o Criador/Criadora da vida mantém tudo funcionando como um grande baile cósmico de vida...

ESTAS SÃO AS COISAS BOAS DE NOSSAS VIDAS...ALGUMAS DELAS...OU AS MAIS BASILARES DELAS...

Reverentemente as saúdo neste instante e espero que cada humano o faça...

PARA NOSSO PRÓPRIO BEM...



Abraços

Paz profunda...

Valter Taliesin


OM TAT SAT


Vídeos sagrados

O sétimo dia da criação...música de Carlos Perez em cd complilado por Mirna Grzich sobre os dias criativos...

Criação do mundo música de Vangelis...

Música Reverência de gotas de amor

Fonte Youtube





Fonte de imagens...Google imagens...

Nenhum comentário:

Postar um comentário