Google+ Badge

terça-feira, 11 de junho de 2013

Meu amor... com você todos os dias é dia dos namorados...

As mais belas poesias de amor tocam nossa alma fazendo-nos lembrar do amor em sua essência mais pura e sagrada.

Ninguém que amou ou ama de verdade esquece o poder, a fragrância  do momento sagrado em que o amor foi desperto dentro de si.

Amar é um ato de vontade mas alicerçado no sentimendo de ser de...

Um pertencer pleno, uma entrega secreta e sagrada a outrém.

Quantas vezes você disse 'eu te amo' na vida?

E sinceramente quanto disto sente que foi verdade?

O fato de amarmos não implica que exista amor...pois para o amor existir de verdade e pleno há que ser recíproco...eu posso amar ou ser amado mas se não houver reciprocidade o que existe é maya, ilusão pois o amor é uma mão dupla.

Não é que não haja amor em quem ame...há, mas por não haver reciprocidade ele apenas serve para alimentar a ilusão do(a) pobre amante.

AMOR pleno tem que haver reciprocidade!!!

Tem que haver entrega, tem que haver PRESENÇA nos bons e maus momentos!

Hoje é o dia dos namorados...

Bem, a exatos um ano atrás eu descrevi como passava meu dia dos namorados...quem quiser procure aqui no blog o texto em questão de 12 de 12 de 2012....nossa, cabalisticamente é uma data perfeita...repleta de dozes, de dois e uns(dois em um aquela coisa toda que o amor é - vale salientar que a somatória final é a vibração 11/2 ou seja; tudo que o amor precisa né?) mas NUNCA me senti tão solitário, triste e vazio quanto naquele dia...aliás houve outros dois que talvez se igualaram a eles sendo um deles este ano mais especificamente em março, mas não os superaram e o outro perdido nas brumas do tempo entre fevereiro e março de 2011...

Percebi assim que por mais que queirámos fugir destas datas, fingir que elas não significam o que significam geralmente perdemos a batalha.

Naquele dia me lembro o que se passava comigo.

Escrevia uma coisa mas o OPOSTO é o queria, na vã esperança de tocar um coração completamente morto a bons sentimentos por mim de há muito tempo se é que algum dia os houve...me enganava, me iludia, e hoje sei Deus....O QUANTO!!!

Porque relembrar isto?

PORQUE HOJE A SITUAÇÃO É COMPLETAMENTE DIFERENTE!

Sem que eu orquestrasse, o desejo de novidade exposto naquele texto construído na verdade para tocar hoje sei...o insensível, o frio, o vazio, tentando que a pessoa se compungisse e deixa-se o amor que supunha existir, falar mais alto... realmente vêio... aconteceu, e mudou completamente meu status quo!

Hoje quando paro para pensar no quanto fui tolo, iludido e fútil em querer comover a quem de fato direcionei aquele texto... quando penso o quanto gastei de energia nestes últimos dois anos, inclusive QUASE me auto destruíndo no processo em vibrar por um cadáver!!! 

SINTO UMA VERGONHA IMENSA!

Sim, pois uma relação onde apenas um ama é morta...por mais que este um imagine o oposto ou o queira!

Sinto vergonha não de ter amado...ISTO JAMAIS pois amar é sagrado...sinto vergonha de ter permitido que a ilusão cegasse meus olhos espirituais para a realidade da alma da outra pessoa e para o que de fato se passava!

Sinto vergonha de SEM QUERER ter sido um entrave na vida dela pois uma pessoa vibrando noite e dia por outra mesmo que ache que seja amor e que amor seja algo bom, se o outro não quer é veneno!

Se fosse algo sem expectativas, sem ilusões então tudo bem mas não era e é aqui que mora o perigo...

Me conheço, jamais forçaria a barra com a pessoa como muitos fazem; jamais tentaria obrigá-la a nada mas só o fato de vibrar noite e dia pelo desejo de tê-la e iludir-me que no fundo ela me amava me causa hoje arrepios de horror,em pensar que possa eu ter sem querer lhe prejudicado de alguma forma!

Se o fiz espero que meu desejo sincero que ela seja feliz com que escolher na vida possa reparar o dano...SINCERAMENTE!

Mas dai...bem; mais dai surgiu VOCÊ...

SOFIA...

Na verdade você já estava ali, presente mas cego não te via ou melhor; via mas me iludia que não via...

De fato tocaste-me desde a primeira vez que te vi, mas o poder da ilusão qual uma poção mágica me fazia oscilar entre a grandeza de seu olhar e o olhar docê que lembrava, do passado, daquela que imaginei um dia me amar!

Assim passou-se UM ANO e fomos amigos, apenas amigos, mas SEMPRE quando te via sentia algo, 'um que de não sei o que'(mas hoje sei) em meu coração que dizia...

QUE MULHER!

Precisei de um chacoalho do destino e do poder da indiferença plena e total de quem amava e pensava me amar para perceber que estava numa canoa furada e já fazia tempo!

E ai tu ressurgiste, a princípio tímida, e eu tímido também mas cada vez mais sentia teu poder sobre mim e em pouco tempo...ERA SEU...mas desta vez senti algo mais, senti que não era uma coisa só de ida....TINHA VOLTA...senti que você...ERA MINHA...e este senso, este sentimento de pertencer e possuir foi percebi...pela primeira vez sentido dentro em mim...

SIM...

Pela primeira vez posso garantir, senti de fato que amava...e era amado...não só desejado...AMADO...um sentimento poderoso, mas calmo, fluídico, que levou de vez toda a ilusão para o limbo...

SOFIA...
Hoje para mim QUALQUER DIA é dia dos namorados contigo...mas não há como negar que esta data que foi tão triste ontem é plenamente felicidade hoje...a dor deu lugar a um docê deleite, um prazer incontido, um sentimento de segurança em meio à aventura da vida, não que se dependa de ninguém para sermos seguros, isto é errado, mas o sentimento de segurança advém de perceber que desta vez você esta entregando seu coração a quem realmente te da valor...que vê muito além dos seus defeitos, que enxerga em meio a tantos cascalhos a jóia reluzente que você traz dentro do peito e a entrega com toda devoção à pessoa amada!

Meu dia dos namorados HOJE meu amor...é VOCÊ!

É uma realidade...não mais um desejo...uma hipótese...

Fui injusto com a outra pessoa desejando que ela visse o impossível em mim...seu par, seu amor, seu outro eu quando de fato esta pessoa era você...fui injusto porque hoje percebo que jamais esta pessoa poderia fazer isto pois não me amava!

O amor não se exige, ele se manifesta, e se constrói em cima da reciprocidade diária entre os dois entes que se amam.

Assim minha Sofia, minha mulher, me sinto hoje amado e amante...pleno e realizado em mim e em ti!

TE AMO MEU AMOR!

SOU TODO...TODINHO TEU....FOREVER!!!

A todos os amigos e amigas o desejo de muito amor neste dia especial!

Amor e Paz

In lak' Ech

OM TAT SAT

Valter Taliesin

Para nós meu amor...esta canção


Chloe Agnew - Walking In The Air



Caminhando No Ar

Estamos caminhando no ar
Estamos flutuando no céu enluarado
As pessoas lá embaixo dormem enquanto voamos


Segurando firme
Passeando no azul da meia-noite
Descobrindo que posso voar alto com você


Através do mundo
As vilas passam como se fossem árvores
Os rios e as colinas
A floresta e os riachos


As crianças de boca aberta contemplam
Pegas de surpresa
Ninguém lá embaixo acredita no que está vendo


Estamos surfando no ar
Estamos nadando no céu congelado
Estamos passando acima das congeladas
montanhas flutuantes


De repente baixamos até o fundo de oceano
Despertando o monstro poderoso de seu sono


Estamos caminhando no ar
Flutuamos no céu da meia-noite
E quem nos vê cumprimenta-nos enquanto voamos

E esta que você gosta sempre de me dedicar...

Sarah Brightman - Deliever me

Livre-me

Livre-me, da minha tristeza
Livre-me, de toda loucura
Dê-me, coragem para guiar-me
Dê-me, força de dentro de mim

Por toda a minha vida, eu fiquei escondida.
Desejando que houvesse alguém como você.
Agora que você está aqui, agora que eu te encontrei
Eu sei que você é aquele que vai me ajudar em minhas dificuldades

Dê-me amor e carinho.
Dê-me, entrega e colaboração
Livre-me da tribulação que estou sofrendo.

Por toda a minha vida, eu fiquei escondida.
Desejando que houvesse alguém como você.
Agora que você está aqui, agora que eu te encontrei
Eu sei que você é aquele que vai me ajudar em minhas dificuldades

Livre-me,
Livre-me,
Oh livre-me.

Por toda a minha vida, eu fiquei escondida.
Desejando que houvesse alguém como você.
Agora que você está aqui, agora que eu te encontrei
Eu sei que você é aquele que vai me ajudar em minhas dificuldades

Livre-me,
Oh livre-me
Não vai me livrar?

E por fim esta para que nunca nos esqueçamos como foi bom nos encontrarmos e recomeçarmos nossas vidas...juntos curando-nos e nos libertando das ilusões...

Kelly Clarkson - Breakaway


Libertar

Cresci numa cidade pequena
E quando a chuva caia
Eu ficava na minha janela

Sonhando com o que poderia ser
E se eu terminasse feliz
Eu oraria

Tentando ao máximo alcançar
Mas quando eu tentava falar,
Sentia como se ninguém pudesse me ouvir

Queria fazer parte daqui
Mas algo parecia tão errado aqui
Então eu orava

Eu me libertaria

Eu abrirei minhas asas e eu aprenderei como voar.
Eu farei qualquer coisa para tocar o céu,
Faça um desejo, aproveite a chance,
Faça uma mudança e se liberte.

Fora da escuridão em direção ao sol.
Mas eu não esquecerei todos os que eu amo.
Vou correr o risco, ter uma chance,
Fazer uma mudança e jogar tudo pro alto.

Quero sentir a brisa quente
Dormir debaixo de uma palmeira
Sentir o agito do oceano

Embarcar num trem veloz
Viajar num avião a jato
Para bem longe

E me libertar

Eu abrirei minhas asas e eu aprenderei como voar
Eu farei qualquer coisa para tocar o céu
Faça um desejo, aproveite a chance,
Faça uma mudança e jogue tudo pro alto.

Fora da escuridão em direção ao sol.
Mas eu não esquecerei todos os que eu amo.
Tenho que correr o risco, ter uma chance,
Fazer uma mudança e me libertar.

Prédios com centenas de andares
Rodando em portas giratórias.
Talvez eu não saiba onde elas me levarão mas

Tenho que continuar, continuar
Voar para longe, me libertar...

Eu abrirei minhas asas e eu aprenderei como voar.
Embora não seja fácil te dizer adeus
Faça um desejo, aproveite a chance,
Faça uma mudança e jogue tudo pro alto.

Fora da escuridão em direção ao sol.
Mas eu não esquecerei do lugar de onde eu vim.
Tenho que correr o risco, ter uma chance,
Fazer uma mudança e me libertar.

Libertar
Libertar


Fonte de vídeos Youtube
Fonte de imagens Google



Nenhum comentário:

Postar um comentário