Google+ Badge

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

FONTES EM TERRA SEDENTA...



Como não acreditar na existência e na bondade de Deus,
vendo a natureza bondosa e resplandescente que nos cerca
onde quer que estejamos.
Hora é o sol que nos aquece, outras, é a chuva que molha
e ainda o vento nos refrescando e em tudo isso, ouvimos
a voz de Deus que nos chama e testemunha seu amor por nós, como não ouvir essa voz que ecoa tão forte?

Sofia de Melo Volante






Extrapolei os sonhos!
Vivenciei as mágoas.
Convivi com fracos,
suportei os falsos.
Me mantive em pé,
mesmo com pedras
me atingindo em cheio.
Varri da alma
a revolta ignóbil,
o desprezo inútil,
a tristeza vã,
a descrença falsa.
Reabri meu coração à vida.
Deixei reflorescer ternura.
Olhei em volta e para o céu sem fim...
Me conformei com o mundo,
me conformei com a vida.
A vida e o mundo
que mereci pra mim.
Obrigada, Senhor, pela volta
que a vida me fez dar.
Aprendi a amar-te, sem mandamentos,
pela simples razão de te amar.

Sofia de Melo Volante

Antes de julgar, reflicta em sua própria vida, por quando deixamos de reflectir e analisar a nos mesmos, deixamos para trás algo que poderia ser aproveitado.É muito mais fácil julgar os actos dos outros do que olharmos para os nossos próprios erros. As vezes colocamo-nos como expectadores da vida, sendo que, toda acção tem sua reacção, é como atirarmos uma pedra em uma vidraça, e se fossemos nós a vidraça? Imagina o transtorno que seria? As vezes é melhor calar a falar, ouvir muitas das vezes é melhor, ´pode vir algo de Deus para ti e ai .


Sofia de Melo Volante





Quando já não há pelo que lutar, não há nada a fazer a não ser desistir.
Quando as decepções são tão fortes, já não se consegue acreditar.
Quando lembranças atormentam, não há como fugir.
Quando não se chega aonde se deseja, não há como não desanimar.
Fingir alegria é fácil, mas só à noite em seu quarto você sabe porquê chora.
Você pode fazer mil esforços para ser compreendido, mas no fundo só você consegue se entender exactamente.
Só você conhece os seus traumas e os seus medos.
Só você sabe pelo que já passou.
Mas a solidão é inerente ao ser humano, por mais que muitos a neguem.
O problema maior é quando você não consegue saber se Deus ainda te ouve.
É quando sorrir se torna apenas o caminho mais fácil para não precisar explicar a ninguém o que nem você entende.
É quando o ânimo já se perdeu e o futuro parece distante demais.
É quando você já não sabe se acredita em você.



Sofia de Melo Volante



Perdoar pelos erros cometidos...
Entender atitudes por outrora incompreendidos...
Assumir culpas e defeitos...
Valorizar pequenas vitórias que pareciam sem importância...

Nada disso aconteceria se não houvesse os altos,
Os baixos, as curva, e também, por vezes as quedas...
Nada eh por acaso... Nenhum sofrimento é todo mal...
Basta mudar o foco... tudo é válido...

Então experimente tirar os pés do chão,
Suba, desça, gire, fique de ponta cabeça, perceba, escolha...
O que vai acontecer depois?? Não sei...
Mas não custa nada tentar para ver,
e começar a enxergar de verdade a vida.



Sofia de Melo Volante



Quando olhar à sua volta e só enxergar problemas, busque sua verdade interior, trabalhe os valores que já construiu e a sua sintonia com Deus.

Expresse o melhor de você, pois o mundo é o resultado do que irradiamos e manifestamos, do nosso esforço ou nossa preguiça nossa nobreza ou nosso desajuste.

Quando a descrença povoar seu coração e você vacilar, sofrer e chorar, é porque sua hora de renascer internamente chegou e pressiona você para não mais adiar sua busca de Deus.

Pare então de olhar só para fora e de se impressionar com a propaganda, com que os outros dizem sobre atualização, libertação ou modismos. Olhe demoradamente sua consciência, sua harmonia interna; indague-se, faça
silêncio para que a verdade brote natural.

Há um ponto de luz em seu interior que pode desfazer todas as sombras e dúvidas.

Busque o fluir da luz. Que importa se muitos se enquadraram num sistema egoista e amargo?

Comece você a iluminar, a modificar, a permitir que a paz flua através de você.

Deixe que a fonte divina jorre sobre tudo. Comece agora.

O esforço próprio é a mola do verdadeiro crescimento humano, é nele que está o germe da vitória. Não creia nunca no sucesso fácil, na vitória sem luta.

Cada um se constrói ou se destrói, se arma, se fortalece e se conquista, ou deixa passar sua hora de crescer e de aperfeiçoar-se.

A mente nos oferece mil opções, escolha o esforço correto para as conquistas definitivas, ninguém pode fazer por nós o caminho.

Trabalho, desinteresse pelo supérfluo e concentração no definitivo eterno são as armas e as portas da libertação.

A cada hora você é chamado, é desafiado para se definir, para aprender nova lição, para expandir a consciência da conquista da paz e do amor a DEUS e ao próximo.



Sofia de Melo Volante



Você já se arrependeu de, em determinadas circunstâncias, não ter tomado atitudes que viessem, de alguma forma, melhorar sua vida?

Todos nós, quando fazemos exame de consciência, lembramos de vários agoras que foram perdidos e que não voltam mais.
Que o arrependimento de não ter tido, não ter sido, não ter feito, não ter aceito, costuma ser doloroso e profundo.

Na realidade, o que nos impede, na maioria das vezes, de ter o que queremos, ser o que sonhamos, fazer o que pensamos e aceitar com o coração é a ousadia que não cultivamos.
A ousadia é, geralmente, escrava do medo...

Quantas vezes perdemos a oportunidade de sermos felizes, pelo medo de ter ousadia de amar;
Medo de ousar porque o objeto do amor era mais bonito, mais alto, mais rico, mais jovem, mais culto...
E aí, o tempo passou e o agora também.

Quantas vezes perdemos a oportunidade de realizar um grande sonho, por não termos coragem de ousar, de arriscar deixando para depois ou para mais tarde o que deveria ser naquele agora?
Quantas vezes não pronunciamos, no momento oportuno, as palavras que gostaríamos de dizer, pelo medo de parecermos ridículos e imaturos?
Quantas vezes ficamos por medo de partir?
Quantas vezes partimos por medo de ficar?
Quantas vezes dizemos baixinho o que na verdade gostaríamos de gritar?
Quantos agoras perdemos esquecendo que o risco pode ser a salvação de muitas alegrias de nossas vidas?

O medo que nos impede de ser ousado agora, também está impedindo você de perceber a linda pessoa que poderá ser...
Não deixe que os momentos passem.



Sofia de Melo Volante



VÍDEOS SAGRADOS



MUSICA CELTA











FONTE YOUTUBE











FONTE DE IMAGENS GOOGLE

Nenhum comentário:

Postar um comentário