Google+ Badge

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

O IMPONDERÁVEL...

Quem pensa segundo a opinião dos outros, está muito longe de ser um homem livre.

Sofia de Melo Volante

O riso é a música mais civilizada no mundo.

A alegria vinha sempre depois da tristeza.

Sofia de Melo Volante

Quem caminha sozinho pode até chegar mais rápido...Mas aquele que vai acompanhado,chega mais longe.

Sofia de Melo Volante

Quem é capaz de sorrir para os outros e para a vida, receberá sorrisos, e começará a perceber que não é tão difícil ser realmente feliz!

Sofia de Melo Volante

Quem trabalha muito, erra muito.
Quem trabalha pouco, erra pouco. 
Quem não trabalha, não erra. 
Quem não erra é promovido!

Sofia de Melo Volante

Quem não é capaz de se lembrar do passado, está condenado a repeti-lo, mais jamais deixe de que a tristeza da vida e o medo do futuro estrague o seu belo dia, pois a vida não valo um momento, mas há momentos que valem uma vida ...

Sofia de Melo Volante

Que nada me limite
Que nada me defina
Que nada me sujeite
Que a liberdade seja a
minha própria substância.

Sofia de Melo Volante

Quem ama extremamente, deixa de viver em si e vive no que ama.
Tão bom viver dia a dia... A vida assim jamais cansa... Viver tão só de momentos como estas nuvens no céu... E só ganhar, toda a vida, inexperiência... esperança... Nada jamais continua, tudo vai recomeçar!

Sofia de Melo Volante

Querer bem é guardar dentro da alma,
A lembrança de alguém;
É sonhar acordada, é ter suspensa a vida
num olhar, que nem sabe o encanto que ele tem.
É aquela crença forte e nunca desmentida.
Naquele que se espera, o que talvez não vem.
É aquela dor atroz e sempre incompreendida,
que a gente vai sofrendo e não conta a ninguém.
Querer bem é perdoar o que ninguém perdoa.
É melodia do céu que dentro da alma soa.

Sofia de Melo Volante

Foram segundos de dor, seguidos de lágrimas que logo se misturavam as gotas de chuva.
Seu coração morreu .
Sua alma, quase levada pelo vento da tempestade, parecia perdida na busca de uma verdade.

Mas a dor passou, ficando as sequelas de mais uma batalha. 
Disseram que ele à perdeu, mas não existe perda para um guerreiro da luz que faz da fé a sua munição, esta que nunca deixa de amparar, mas que precisa ser exercitada e testada na escola da vida.

Agora, ele olha para cima e vê o sol que volta triunfante depois da tempestade, se levanta e parte, certo que vencerá em seu caminho para o pai, pois por amor ele morreu, mas a morte é renascimento.
Então por amor renasceu, pronto para renascer quantas vezes for preciso .

Sofia de Melo Volante

Que chuvas de Bênçãos sejam derramadas
abundantemente sobre ti e tua Casa.
Que a Unção de Deus seja como um bálsamo
a envolver tua vida e te Ungir Completamente pela Glória de Deus.
Que Deus faça prosperar tudo aquilo que vier até tuas mãos,
e que de uma semente cresçam milhares de árvores Frutíferas.
Que todas as Promessas de Deus
sejam uma Coroa de Vitória e Vida para você
como Prova da Fidelidade do teu Deus,
acerca de tudo o que Ele Fala e Cumpre.
Que rios de águas Vivas
corram dentro de ti,purificando,tudo
Que a Glória de Deus repouse sobre tua vida.

Sofia de Melo Volante 

Repensar a vida consiste em rever valores.
Receber o inevitável serenamente,
Depositar ao leito do regato antigos pudores,
Aceitar o que a vida nos reserva inteiramente. 

É existir sem temor de ser feliz.
É padecer e abrigar a angústia da alma
Tendo ciência que somos meros aprendizes.
Intentar não perecer, mantendo a calma.

Rebuscando meu baú encontrei registos
Induziram-me a repensar quantos actos impensados.
De que adiantou tanta vigilância? Tudo era sinistro.
Não tive muitas opções, aceitei meus fardos.

O temor... a dor foi inevitável.
Girei entre a loucura e a sanidade,
Gritei por paz, por amor inesgotável.
Repensando a vida... grito por serenidade.

Sofia de Melo Volante

Rasgam-se as nuvens no céu estrelado,
invade-se a vontade de gritar,
o Sol mantém-se ao longe...calado,
ouvindo o som do belo luar.

A fada desperta do sono encantado,
com a sua harpa de sonho a tocar,
o sol dormindo...sonha deleitado,
vislumbrando ao longe um novo acordar

Surge então um novo céu...a nevar
de noite e durante a madrugada,
O sol mantém-se coberto a sonhar
com estrelas e com a sua amada...

Ouve-se ao longe um galo a cantar,
adivinha-se o nascer de um novo dia,
A lua vai-se embora a chorar,
mas o Sol...desperta com alegria.

A lua adormece por fim.
Mas o Sol nada leva a mal,
pois ama a Lua tanto assim,
que voltará a encontrá-la num sonho de Natal...

Sofia de Melo Volante

Que os nossos sonhos sejam fortes tão fortes, que nos retardem a morte.
Que nos façam ilesos às enfermidades nunca venhamos a perder a 
sobriedade.
Que os nossos sonhos sejam grandes tão grandes que pareçam rompantes.
E a imensidão deles nos envolva sempre levando-nos cada vez mais, 
adiante!
Que os nossos sonhos sejam bons tão bons que todos queiram igual.
Que possamos cortá-los, distribuí-los sem perder a sua força original..
Que os nossos sonhos sejam eternos suaves, doces, passionais ou
fraternos.
Que jamais faltem, por todo o sempre que estejam na mente sempre
presentes!
E o encantamento sobreviverá em nós, porque dos sonhos tiramos o
encanto que a vida sozinha, jamais poderá dar.
Sejamos pois, felizes e sonhadores!

Sofia de Melo Volante

Quero falar aos amigos.

Os amigos que tenho são os melhores

que alguém poderia ter.

Além disso, os amigos que tenho

têm muitos amigos e os dividem comigo.

Assim, meu número de amigos sempre aumenta,

já que sempre ganho amigos dos meus amigos.

Foi assim sempre.

Uns ganhei há tempos.

Outros são mais recentes.

E quem os deu não ficou sem eles,

pois amizade pode ser sempre dividida

sem nunca diminuir ou enfraquecer.

Pelo contrário,

Quanto mais dividida mais aumenta.

E há mais vantagens na amizade:

é uma das poucas coisas

que não custam nada mas valem muito,

embora não sejam vendáveis!

Entretanto,

é preciso que se cuide um pouco das amizades...

As mais recentes, por exemplo,

precisam de alguns cuidados.

Poucos, é verdade, mas indispensáveis.

É preciso mantê-los com um certo calor,

cuidar, falar com eles.

Com o tempo eles crescem,

ficam fortes e suportam alguns trancos.

Os mais antigos, já sólidos, não exigem muito não!

São como as mudas de plantas que,

depois de enraizadas, parecem viver sem cuidados,

porém não podem jamais ser esquecidas.

Algo é preciso para mantê-las vivas.

Prezo muito minhas amizades

e reservo sempre um canto no meu peito para elas.

E sempre que surge a ocasião,

não perco a oportunidade

de dar um amigo a um amigo,

da mesma forma que ganhei.

E não adiantam as despedidas.

De um amigo ninguém se livra fácil.

Amizade, além de contagiosa, é incurável.

Sofia de Melo Volante

VÍDEOS SAGRADOS

MUSICA CELTA

CHRISTINA PERRI

PETER, SUE & MARC 

LESIEM

FONTE YOUTUBE




FONTE DE IMAGENS GOOGLE

Nenhum comentário:

Postar um comentário