Google+ Badge

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Entendendo a verdadeira Paz

A humanidade sofre de dores atrozes ,sentindo no peito um amargo aperto porque sente que o estado de instabilidade entre povos e nações poderá nos levar a uma catástrofe social e coletiva de proporções nunca antes vistas.

Charfutamos no lodo e na lama da irracionalidade de nos sentirmos mais próximos de Deus(?),mais inteligentes, mais civilizados,mais instruidos, mais ricos, mais bem nascidos, mais geograficamente bem localizados,mais prendados, mais isto mais aquilo que o outro, que outros povos e não entendemos o porque estamos do jeito em que estamos.

Como ter-se paz entre povos e nações se partimos do ponto que somos diferenciados e exclusivos?

Não estou aqui a negar diferenças que realmente existam entre os povos mas diletando em cima do poder que damos a estas diferenças qdo entendemos serem as mesmas fatores definidores de excelência de A sobre B e vice versa.

Não estou aqui tb a negar que existam hj aqui encarnadas pessoas de N tipos e graus evolutivos mas como entender alguém como mais evoluido que outrém se este valorizar tanto a separatividade, o exclusivismo, o preconceito, o racismo, o nacionalismo!?

Não seria o oposto ou seja; não deveriam os mais evoluidos, mais avançados(e aqui trabalho em cima de potencialidades interiores somente não meramente de diferenças externas que podem ter surgido meramente por mais sorte ou melhor acesso as chances que cd sociedade nos dá)aqueles que se sentem bem acima do vulgo e da massa os mais interessados, em ajudar, em preparar caminhos, em serem facilidadores dos supostos menos evoluidos?

Como entender uma pessoa evoluida se esta atua com uma capacidade de separatividade tão gde que muitas vezes descamba nos guetos, nos pogroms,nas chacinas, nos holocautos da vida perpetrados por estes que se acham superiores?

Desta forma como poderemos ter paz efetiva neste mundo se a desigualdade não só mora dentro de cd um de nós por td o que temos e somos e manifestamos como se externaliza por meio de nossas atitudes com o outro?

Um gigante espiritual , um genio intelectual deve criar em torno de si um redoma  e afastarsse da vida e do mundo ou fazer o oposto e atuar posivamente neste mesmo mundo?

A paz como estado universal entre os povos será conquistada somente qdo o sêr humano entender que ela começa dentro de cd um de nós ao assimilarmos nossas diferenças e contextualizadas de forma diferente do que temos feito até agora.

Temos que obter paz entre nossos conceitos e preconceitos ou seja; sanar a divisibilidade dentro de cd um de nós para com tds para que esta nv postura, este nv estado, esta unidade renascida, onde vemos tds como um só em nossa multifacetude possa se manifestar no mundo exterior.

A paz como conceito é um estado de Sêr perene na harmonia e  na unidade.

Sem este sentido dentro de nós é impossível querer tornar nossa sociedade e nosso mundo algo pacífico.

Desta forma podemos inferir e supor que qdo cd um de nós desperta para esta verdade estamos criando um momentum, um campo de energia sagrado,uma massa critica, onde pouco a pouco cd desperto unindo-se em comunhão pacífica aos demais poderá atingir um momentum critico onde qual um big bang de luz pura poderemos desencadear um movimento qual onda onde outros serão sistematicamente despertos para esta mesma verdade e unidade.

Esta onda crescerá e atingirá tds as estancias do planeta e a medida que as pessoas forem despertas as barreiras entre pessoas e povos vão cair uma a uma!

Aqueles que abominam a paz neste dia se sentirão orfãos procurão implementar o ódio e não conseguirão mais pois a maioria de nós teremos atingido outro estado, outra sintonia de sêr.

Ninguém conseguirá fazer a cabeça de ninguém para a guerra porque a guerra, ou melhor aquilo que nos separava dentro de cd um de nós terá sido transmutado em unidade!

E dai qual será o destino destes renitentes se continuarem lutando contra esta onda de transformação global?

Ou despertarão com o tempo ou serão realocados daqui(pela Hierarquia da evolução na Terra eu crêio) para algum outro lugar onde vibrem na sintonia deles pois aqui não terão mais espaço!

E este planeta finalmente poderá atingir seu potencial evolutivo porque seus filhos e filhas diletos estarão em paz consigo mesmos e com tds e dia a dia tds as diferenças externas serão dissolvidas na unidade do amor e da paz e cd individualidade não será egótica mas sintônica, cooperativa,amorosa, pacífica!
Não perderemos a nossa condição particular, individual mas exerceremos esta mesma com amor, com tolerância, com liberdade, com responsabilidade,com urbanidade, com civilidade,com fraternidade, com igualdade não de dons e talentos mas de relacionamento,humanidade.

Assim a paz global depende unicamente do que fazemos HOJE, aqui e agora ,com nossa potencialidade interna para transformarmos a nós mesmos em embaixadores de um nv estado de paz  que começe em nós e alastresse mundo a fora!

Paz a tds...

Valter!

2 comentários:

  1. Que blog maravilhoso, estou adorando lêr , vc é mesmo um ser especial e de grande coração. O que Mostra nesses posts e otimo, está de parabéns... Lindo de mais, sempre q der passarei por aqui dar uma espiada.. bj de sua amiga Sirlei

    ResponderExcluir
  2. Obrigado minha querida amiga!
    Passe sempre que puder e indique para quem vc quiser pois nosso interesse é alcançar o máximo de corações e mentes possíveis e começarmos a fazer por enqto nossa pequena parte neste gde processo de transmutação global que h ocorre!
    Beijão minha amiga!

    ResponderExcluir