Google+ Badge

domingo, 31 de julho de 2011

THOR o paradigma máximo do heróico guerreiro supremo





                               THOR


       DEUS DO TROVÃO,DOS RAIOS E TEMPESTADES


Thor nunca esteve tanto em evidência quanto agora.


Empunhando Mjolnir seu mitico e poderoso martelo, arma tão sagrada para os nórdicos
quanto Excalibur para os celtas, Durindana para os francos ou a lança de Longinus
que furou o lado de Cristo para os cristãos eis que o trovejante ressurge com poder e glória!


É interessante este redespertar do paganismo nos ultimos 150 anos!


Gradualmente desde organizações como Golden Dawn,Teosofia,cultos Wicca etc...
Temos visto um ressurgir do mágico, da fantasia,do sobrenatural.


Harry Potter, O senhor dos anéis, O jogo dos tronos fenômenos de massa literários, cinematográficos e televisivos etc.. tiveram um útero para nascer nestas organizações
alternativas ao contexto religioso absolutista de suas épocas!


Neste contexto é interessante focarmos os quadrinhos da Marvell surgidos nos anos 60.


Sempre eles, os anos 60!


A década que revolucionou o mundo de tal forma que tudo o que temos hoje de bom e de
ruim tiveram ali ou sua origem ou sua exaltação.


Foi nesta década dourada que Stan Lee,Jack Kirby,Steve Ditko e cia à frente de uma
nova editora de revistas em quadrinhos deram vida a personagens que se tornariam com
o tempo tão legendários quanto os então trintões ou quase: Superman,Batman,Wonder
Woman,Capitão Marvell,Lanterna Verde,Flash e outros.


A Marvell surgia então e logo assumiria a dianteira da criatividade e das vendagens na
área.


Spiderman desde o início mostrou-se o mais popular dos personagens, o Batman ou o 
Superman da Marvell e grupos como Xmen,Vingadores e Quarteto Fantástico se tornaram  
tão legendários quanto a gloriosa Liga da Justiça da DC.


Neste grupo de personagens  Lee e parceiros reviveriam heróis do passado como o lendário Capitão América e Namor o príncipe submarino, este para ser o equivalente do Aquaman da DC.


Mas dentre todas as atitudes criativas interessantes que os artistas tiveram a melhor de
todas foi beber na mitologia antiga, tanto a clássica quanto outras para dar vida a novos 
personagens e novos heróis.


Do mundo da literatura fantástica e popular(os best sellers de então) trouxeram
Conan o bárbaro(além dos menos famosos Kull e Sonja) a criação de Robert E. Howard
 e toda a mítica da era de Atlântida,Hibória e Lemúria.


Da mitologia greco/romana trouxeram todo o panteão olímpico ainda que por muito tempo 
só como coadjuvantes (só recentemente, nos ultimos 10 anos Héracles, e Ares e seus 
congêneres ganharam mais evidência tendo o primeiro inclusive titulo próprio 
e o segundo foi um dos vingadores).


Das teorias de Erick Von Danniken,Zecharia Sietchin,Robert Charroux e cia trouxeram os Celestiais e personagens como Galactus,Vigia, Alto evolucionário,Inumanos ,Deviantes etc...


E da mitologia nórdica adaptaram como protagonista de um título.... o deus do trovão!


E com ele obviamente veio toda a côrte de Asgard coadjuvando-o: Odin o pai supremo,Freya a grande mãe,Sif a deusa guerreira,
Hemdall o onisciente guardião de Asgard,Tyr o senhor da guerra,Balder o deus da luz(que até um tempo destes não era considerado irmão de Thor nos quadrinhos como o é na mitologia.....este erro foi corrigido),Loki o deus da feitiçaria e da trapaça e o irmão problemático de Balder e Thor,Hella a deusa da morte e por ai se vai....


Se Thor nunca têve a popularidade de Spiderman ou períodos de grande visibilidade
midiática como o incrível Hulk contudo sempre se manteve no primeiro time da editôra
com histórias excepcionais como a da era Walt Simonson, sucesso de crítica e de público
 mas sempre um público quadrinístico, nunca fora dele como Spiderman e Hulk.


Até agora...


Com este filme lançado este ano, e com o sucesso que têve, o guerreiro supremo
dos nórdicos tornou-se assunto de bate papos , polêmica(com a decisão do diretor
Kenneth Brannagh em utilizar um ator negro para o papel do deus Hemdall o
onisciente porteiro celestial guardador da ponte do arco-íris) e com certeza
criou-se uma nova legião de fãs, alguns inclusive que já tinham sido acrescidos aos dos
quadrinhos um pouco antes com a série de desenhos de sucesso Os Supremos
um espécie de Vingadores de um universo alternativo(Ultimatte Marvell) e 
com a posterior série de MUITO sucesso dos próprios vingadores clássicos.


Vale lembrar ainda que o personagem também estrelou um desenho clássico
nos anos 60 que era basicamente apresentar na tela as tiras dos quadrinhos.


Mas realmente foi a adaptação do personagem para o cinema que tornou
Thor definitivamente um popstar mundial.


Fenômeno aliás que já havia acontecido anteriormente com Iron man que
de terceiro vingador mais importante por décadas(Capitão América e Thor
o precediam e Hulk ficou pouco no grupo quando este foi formado para contar) 
nos quadrinhos hoje tornou-se o carro chefe do grupo
e o segundo personagem de maior sucesso nos cinemas na pele do grande Robert Downey Jr 
e em menor escala com o Demolidor de Ben Affleck.


Se Thor não arrecadou tanto quanto o vingador dourado ficando pouco mais 
de 100 milhões atrás do primeiro e quase 200 do segundo contudo sua renda
é grande o suficiente para garantir sua franquia(até agora,quase 450 milhões)
e novos vôos no mundo fantástico dos deuses nórdicos.


É interessante analisarmos isto pois os criadores da Marvell viram em Thor 
a essência básica, o germe que se fazem os verdadeiros heróis.


E isto baseando-se num dos deuses de um dos panteões considerados mais
pagãos e violentos.


Os sacrifícios humanos eram comuns para Odin, Thor e cia entre os Vikings.


O problema é que Thor ANTECEDE aos Vikings clássicos em milhares de anos
e portanto nem sempre seu culto foi o que os Vikings fizeram dele.


Thor nas lendas nórdicas não é o herói estilo Superman que vemos nos quadrinhos
(se bem que nos ultimos anos os criadores tem tentado aproximá-lo cada vez mais
de suas origens) mas um herói no sentido original do termo.


Heróis na mitologia eram pessoas que viviam não para si mas para a tribo, o grupo
a familia , a sociedade.


Suas vidas eram vidas de feitos inenarráveis porque enchergavam o objetivo do grupo
em detrimento aos de si mesmos.


Mas não se pode negar que neste processo não houvesse também alta dose de 
narcisismo.


Afinal Áquiles não só defende a afronta que os Micenos receberam com o rapto de Helena
quanto tem por objetivo se eternizar na memória dos homens através de seus feitos
ainda que custe-lhe a vida.


Héracles se propõe pagar pelo pecado cometido de matar os próprios
filhos(foi enganado na verdade e viu nos filhos monstros)através de seus 12 trabalhos
e por fim alcançar a redenção na pira purificadora meramente pelo conceito de harmátia
e justiça e não da perenidade, mas antes viaja o mundo com Jasão e os argonautas em
busca do velocino de ouro e da glória que isto propiciaria .


O heroismo no mundo antigo era muito relativo ao contexto de cada povo mas se tinha
algo em comum era o desprendimento dos ditos heróis em se predisporem a fazer
coisas supostamente impossíveis ainda que lhes custasse a vida em pról da comunidade
que pertenciam.


Assim sendo Thor é o herói dos guerreiros...


O senhor das batalhas na mitologia nórdica era Tyr mas o guerreiro supremo era Thor!


Thor enquanto deus do trovão, raios e tempestades é uma força viva da natureza 
extremamente poderosa e metafórica.


Os nórdicos viam nestes fenômenos seu grande deus e imaginavam que naquele momento
ele estaria guerreando contra seus inimigos trolls,elfos ou gigantes do gelo.


Estes aliás eram o prato preferido de Thor.


Matar gigante do gelo era com ele mesmo!


Thor também seria o deus que no ultimo dos dias, o Raknarok, iria enfrentar ....matar mas no processo também ser morto a Serpente de Midgard uma metáfora para as energias 
que circundam a Terra e que supõem se tornarão descontroladas no ultimo dos dias
destruindo tudo e todos.


Thor será o ultimo deus que sobrará em pé diante dela e conseguirá destruí-la mas não antes
de que ela consiga seu intento que é a destruição do mundo e dos deuses inclusive Thor.


É uma lenda trágica e mostra no grande guerreiro a essência que se buscava nos heróis nórdicos.


Não importa o futuro, os vaticínios o herói deve seguir adiante e cumprir sua missão.


Thor enquanto metáfora do guerreiro encarna em si qualidades que veriamos em outros deuses
guerreiros de outras mitologias como Hórus na egípcia,Miguel(arcanjo) na judaica,
Héracles na grega,Gilgamesh na sumérica,Baal na cananéia,Arthur na celta e Indra na hindu dentre outros.


Mas tem um particular;


É uma divindade mais selvagem, natural, bárbara,com qualidades miticas mais ancestrais 
que seus congêneres mais digamos, civilizados.


Afinal não se poderia pensar menos do deus do trovão, das tempestades e dos raios!


Se na Marvell Thor recebeu um verniz clássico possibilitando um olhar menos crú
do original, contudo este original é tão naturalmente forte que pouco a pouco vai
sendo adaptado à sua própria adaptação quadrinística!


Hoje podemos dizer que Asgard, Valhalla,Yggdrassill,Midgard,Hell, estão ressurgindo
das cinzas do passado onde aparentemente tinham sido sepultadas pelo avanço do
Cristianismo nas terras nórdicas e Odin o senhor supremo de Asgard que neste tempo
todo tomou a forma do velho ancião sábio espreitando das esquinas teológicas da vida
só esperando a hora de dar o bote com seu olhar divinamente caolho e retomar seu
trono mitico, esta de novo na arena das divindades !


O paganismo ressurge(não só o nórdico) como uma força cada vez mais viva e presente
no mundo atual exatamente porque o mundo continua o MESMO e eu diria até PIORADO
 depois das conquistas monoteistas.


Olhem sinceramente para as ramificações do cristianismo,judaismo, islamismo e digam:


ESTAMOS VIVENDO EM UM MUNDO MELHOR!?


Onde uma religião específica tornou a vida diferenciada de outras religiões?


Se pensarem que sim lembremos...NÃO SE ESQUEÇAM DA NORUEGA, DO 11 DE SETEMBRO, DO MÊTRO DE MADRID E DE LONDRES,DAS DUAS GUERRA
 MUNDIAIS,DOS ESCRAVISTAS QUE JUSTIFICAVAM SEU COMÉRCIO
DIABÓLICO EM TEXTOS RETIRADOS A ESMO DO LIVRO SACRO,DA SIMONIA
CLERICAL,DAS INJUSTIÇAS SOCIAIS,DA GANÂNCIA CAPITALISTA CRISTÃ,
MAS TAMBÉM DO SOCIALISMO ANTI DEUS QUE TENTOU SE REBELAR CONTRA
TUDO ISTO MAS FOI PELO MESMO CAMINHO....


A volta do paganismo não significa que antes o mundo era melhor mas tão somente que
a ausência dele NÃO O TORNOU MELHOR!


Povos deixaram suas crenças ancestrais por um êngodo teológico de 'verdade' que
transforma e liberta para descobrirem milênios depois que são mais escravos ainda
do que eram antes!


A suposta 'verdade' não só não os libertou quanto mais fogo ainda colocou no mundo!


A volta do paganismo assim é saudada, não como um retorno do Éden na Terra mas
como a liberdade das pessoas crêrem naquilo que quiserem desde que respeitem 
as crenças de outrém.


Pessoas, como Blavatsky,Crowley,Leary,Bailey,Steiner,Osho  etc...só podem ser compreendidas
se olhadas pelo prisma da LIBERDADE... não do que é certo ou errado.


Elas são resultado da falência do monoteismo não os causadores de sua ruptura!


Demonizam-se estas pessoas como destruidores da fé e esquecem-se que a maioria delas
um dia foram de lares cristãos, de nações cristãs ou tiveram contato com cristãos.


O que realmente as fez mudarem de idéia?


Seria mera rebelião somente?


Ou um desencanto atroz com um mundo que se dizia seguidor da Verdade mas continha
em cada canto dele a prova da MENTIRA!?


Onde esta o amor, a paz, a justiça,a fraternidade, a igualdade, a liberdade, tão apregoados
pelos cultos e religiões que supostamente venceram o paganismo!?



Gandhi aliás; sabia muito bem o que significava o 'amor', a justiça, a igualdade e a 'paz' de  muitos cristãos!


ONDE ESTA A NOVIDADE DE VIDA!?


Que supostamente tem quem se converte aos cultos ortodoxos ou fundamentalistas salvacionistas seja de que religião for(mas em nosso contexto particular e ocidental os cristãos)?


Sinto que prometeram lebre mas serviram gato....vcs não!?


Quero que este texto seja entendido pelo prisma correto!


NÃO ESTOU AQUI FAZENDO APOLOGIA DO PAGANISMO!


Estou como cristão que me sinto e sou (ainda que não da ortodoxia claro)fazendo uma mea culpa
e revendo o mundo segundo AQUILO QUE FIZEMOS COM ELE NÃO SEGUNDO AQUILO QUE SUPOSTAMENTE CREMOS E PREGAMOS!


E sinceramente penso que CRISTO deve ver da mesma forma!


Basta olhar-se as cartas às 7 Igreja do Apocalipse que se percebe isto!


Thor o mitico senhor das tempestades escandinavo pode assim ser útil para
o contexto atual em que vivemos pois precisamos da ética do guerreiro e
do herói mais do que nunca!


Talvez por isto os cinemas estejam cheios de filmes com os tais!


'SALVE THOR O SENHOR DOS TROVÕES, DOS RAIOS
E DA TEMPESTADE...O GUERREIRO HERÓICO POR
EXCELÊNCIA!!!'




Abraços...


Pax e Lux




Valter Holístico









Nenhum comentário:

Postar um comentário