Google+ Badge

sábado, 24 de dezembro de 2011

MISTÉRIOS DE NATAL

    A SAGRADA FAMÍLIA
Fonte: Google imagens


Que imagem sagrada é esta que enxergamos estampada no rosto de cada pessoa humana neste dia memorável?

Porque uma vez ao ano nosso coração se sente tão enternecido a ponto de sucumbir a sentimentos que no correr do ano jazem sepultados e encobertos entre preocupações e cuidados mil?

Neste terceiro e último texto meu neste ano a respeito do Natal gostaria de meditar um pouco convosco sobre isto.

O que nos faz, ou pelo menos boa parte de nós mais tolerantes, sensíveis, amorosos nesta época do ano.

Isto é bom ou é ruim?

Bom, creio que depende...

Se nos fecha a porta completamente no restante do ano para a solidariedade é ruim...

Se é o pico de um trabalho que fazemos de forma limitada mas ainda assim fazemos, no correr do ano me parece bom...

Estas datas sínteses tem poderes que nos fogem , que nos escampam!

A mítica em torno das tais são de outro orbe e as energias que nelas fluem também!

Cristo Jesus nos disse que devemos SER...sim...sim e não ...não...pois o que passa disto é de procedência maligna.

Desta forma não adianta com certeza uma pessoa posar de santinha no natal e fazer caridade que isto não mudará nada em termos carmáticos para ela.

Ser sim sim ou não não é ser ponta firme não só em palavras mas atos.

Uma pessoa boa fará ou não fará obras de caridade o ano todo mas quando as fizer serão obras sagradas repletas de energias sagradas que abençoam e curam as demais.

Não o fará por vã glória, por egoismo, por orgulho, porque lhe sobeja ou qualquer outro motivo a não ser ....O AMOR.

E se não o fizer também não se sentirá o pior dos humanos...

Fará aquilo que lhe toca o coração e ponto.

Afinal por mais que façamos SEMPRE haverá mais a fazer enquanto o mundo inteiro não for tocado pela luz do Cristo.

Desta forma não devemos nos desesperar no FAZER nem sossegarmos no NÃO FAZER mas fazermos segundo nossas possibilidades, durante todo o ano, as obras de amor que o Pai Universal nos colocar sob responsabilidade.

SIM!

Isto é deveras salutar!

Este senso , este sentido de direção interior é o melhor parâmetro para fazermos obras de amor de verdade e não obras 'meritocráticas' sem sentido real e verdadeiro.

Os mistérios do Natal assim só serão conhecidos por aqueles que são tocados desta forma!

Que se abrem deste jeito para a atuação do Cristo em suas vidas.

Eu em minha vida já ouvi tanta história magnífica de milagres inenarráveis que aconteceram nesta noite entre 24 para 25 de Dezembro que seja ou não este o dia real do natalício do Cristo acredito ser o mesmo uma data tremendamente especial no inconsciente coletivo e mítico humano e isto não podemos ignorar de forma alguma.

Eu mesmo já relatei algo que aconteceu comigo deste teor aqui no primeiro texto que postei a este respeito e creio que muitos outros também poderiam vir aqui relatar fatos se não idênticos, de igual envergadura supranatural.

EU NÃO TENHO DUVIDA ALGUMA QUE JESUS MISTERIOSAMENTE RATIFICOU A ESCOLHA DESTA DATA MÍTICA COMO A DATA DE SEU NATALÍCIO QUER SEJA OU NÃO DE FATO!

Não tenho nenhuma dúvida quanto ao poder destes 2 dias do ano!

24 e 25 de Dezembro!

O solstício de inverno no hemisfério norte!

O nascimento do Sol Invictus das grandes tradições espirituais!

Um dia para ser vivenciado no recado do ser muito mais que nas comilanças e bebedeiras ou o consumismo desbragado!

Dar presentes sim, confraternizar idem mas sobretudo comungar no recesso do SER com o aniversariante!

Sentir o cheiro e a fragrância mítica deste dia, de todos os deuses salvadores que emprestaram suas histórias para a tecitura do mesmo!

Jesus hoje é sem dúvida o aniversariante major do dia na mítica mundial mas não podemos nos esquecer que esta é uma data mítica e sobretudo simbólica DO QUE ELE  ERA EM ESSÊNCIA e não do dia exato de sua chegada aqui!
    Fonte: Google imagens
Assim outros deuses salvadores que emprestaram suas histórias para a consagração deste mito podem e devem ser lembrados também nesta data onde o Cristo é Rei nos corações de seus fiéis!

Afinal todos estes deuses salvadores nada mais são do que a mitificação do contexto crístico em nosso meio.

Todos eles falam da luz sagrada, divina, solar, salvífica descida dos céus do coração de Deus/Deusa para a salvação do humano .

A entidade Cristo se sobrepõe no mito sobre os entes encarnados que podem ou não terem vivido realmente encarnado-a na terra, inclusive o homem Jesus(se bem que eu não tenha duvida sobre a existência real deste ser em nosso meio e dos demais avatares de luz que aqui vieram), mas é sobretudo ela além do espaço tempo o real aniversariante do Natal!

Permitamos que sua luz seja nossa luz!

Sua glória seja nossa glória!

Sua vida seja nossa vida!

SHALOM ADONAI!


Agora um vídeo interessante...Noite feliz... uma canção de um minuto com montagem bem legal...

Fonte: Youtube

Abraços

Pax e Lux

VALTER TALIESIN

Nenhum comentário:

Postar um comentário