Google+ Badge

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

A ETERNIDADE DE UM MOMENTO...


    A eternidade da fraternidade
    A eternidade do amor familiar
      A eternidade da comunhão com o sagrado
        A eternidade da Paz em cada um de nós

Fonte Google imagens


Um momento fica eternizado quando o acontecimento nele vivenciado se torna significativo na vidas das pessoas envolvidas.


É uma eternidade metafórica, alimentada na alma eterna dos humanos envolvidos naquele acontecido no tempo e espaço.


Somos seres finitos por um lado mas eternos por outro.


Nossos corpos, os átomos que os formam tem prazo de validade...


Mas dentro de cada um destes átomos que formam o corpo humano vibra uma energia sagrada que parte daquele Centro Vital do Ser que nunca fenece e nunca perece.


É este Ser, que em ultima instância é eterno e imortal em nós.


É ele que anima e vitaliza os átomos de nossos corpos através da energia de vida, o Chi universal, o prana divino que dele se manifesta.


Este centro sagrado é a Centelha Divina em nós.


Uma partícula manifesta do Único manifesto que se faz muitos para que estes muitos expressem o que Ele é em essência ainda que sendo só partículas.


Entretanto tais Centelhas, tais partículas contém em si todo o potencial divino de onde surgiram.


Um mistério inextrincável neste nosso atual estágio evolutivo, um paradoxo que somente o UNO compreende e nos revela na medida em que dele mais nos aproximamos.


Como ser Centelha de alguém que na verdade mesmo manifestando toda a vida universal nada perdeu de sua integridade?


Entretanto...


Sua integridade permanece viva dentro de cada uma destas centelhas como uma união simbiótica infinita eterna e imutável.


É a Divindade além de conceituação se tornando Deus em todos e em tudo.


É o Grande NADA NEGATIVO, além de todos os adjetivos humanos possíveis se tornando O UNO POSITIVO....eterno, ilimitado, imutável,transcendente, O todo e o tudo, através de sua criação manifesta-se por Amor, a energia de vida que cria e mantém todas as formas de vida e as leva pelo caminho da transformação(o espaço/tempo da manifestação) através de círculos concêntricos cada vez mais espirituais e ascendentes até o Centro Sagrado de sua Divindade.


A eternidade de um momento assim é aquele minuto conceitual que torna-se significativo na vida de um ser imortal e eterno.


Um beijo na pessoa amada, uma abraço carregado de afeto, uma palavra dada ou ouvida, um ganho ou uma perca, todos os momentos que trazem significação e mudança na vida dos envolvidos tornam-se momentos eternos, retirados do espaço tempo usual e trazidos para uma outra esfera do Ser pelas entidades eternas e imortais que os protagonizam.


E isto estamos falando sem entrarmos no mérito do significado de termos como Livro da Vida , Registros cármicos ou Akáshicos da religião e do esoterismo, que parecem sinalizar que toda a ação humana importante ou corriqueira fica registrada em algo ou algum lugar quer de um céu objetivo ou metafórico significando um local no centro do próprio Ser.


Estamos só focando aqueles momentos que com o tempo, entendemos, definiram pessoas, povos, nações e o futuro da humanidade.


A eternidade de um olhar que trás à luz todo um mundo de interações entre duas pessoas que a partir de então constroem suas vidas não perde-se nas brumas do tempo mas alimenta-se cada dia que passa com as novas energias que a vida oferece para tais seres mesmo que a distância, o tempo ou qualquer outra coisa os separem inclusive as situações de rompimento porque o sentimento mudou.


A eternidade daquele momento se alimenta mostrando a capacidade de cada ser se reinventar e trazer um novo rumo para sua vida ou de realimentar aquele sentimento aparentemente morto mas na verdade apenas dormente... pelo ente amado.


É esta capacidade de poesia, de poética que enobrece nossas vidas e nos torna capazes de feitos notáveis.


A tragicidade humana se ficasse só na esfera da perca poderia ser considerada danosa mas nossa capacidade de trazer vida e significado as coisas, mesmos os piores momentos de nossas vidas nos mostra que algumas das piores tragédias humanas trouxeram à luz qualidades excepcionais de muitos dos envolvidos que talvez nem eles mesmos suspeitavam ter.


Um 11 de Setembro NUNCA SERÁ JUSTIFICÁVEL, nem o Holocausto perpetrado por Hitler e seus asseclas, os pogrons de Stálin,o afundamento do Titanic, a carnificina das cruzadas ou qualquer outra das formas com que os humanos encontram para tornarem a vida dos semelhantes um inferno.


A eternidade de um momento que definiu o século 21.

    A eternidade de um momento que definiu a século 20
      A eternidade de um momento que definiu  o fim de uma Era(a vitoriana)


    A eternidade de um momento que polarizou  Oriente e Ocidente com consequências até hoje no 11 de Setembro e sequente.
    Fonte: Google imagens

Entretanto a perenidade trágica destes momentos incrustados na memória coletiva humanas podem despertar as energias dormentes que nos elevem deste caos total para um novo significado de Ser e de  Existir.


Se não a todos ao menos para aqueles que se abrem para o significado maior de tais momentos.


A tal da "MASSA CRÍTICA" que pode despertar e ser usada como um catalizador de despertamento para os demais.


Quer entendidos como insanos ou resgates cármicos tais momentos podem definir todo o contexto de uma civilização rumo a um bem maior por mais doloroso que o mesmo seja.


Deus em sua infinita sabedoria nos capacitou com o livre arbítrio mas também nos outorgou a Lei da Vida com a qual podemos dirigir nossos passos pelo Caminho seguro.


A tragédia advém de fugirmos desta lei em direção a outras coisas.


Mas mesmo quando isto é feito e o preço é cobrado tem junto de si a capacidade de mudar para melhor a vida dos envolvidos se for canalizado da forma correta.


Seria maravilhoso se pudéssemos evoluir somente na bonança e na alegria mas sabemos que neste mundo dual isto atualmente é impossível, assim sendo a dor também torna-se uma mestra portentosa.


A eternidade de um momento nos convida a repensarmos nossas vidas para através do crescimento interior prolongarmos ao máximo aqueles momentos de plenitude interior mesmo que as condições externas ditem o contrário pois esta constância em direção a um viver mais pleno pode atrair cada vez mais coisas boas e significativas na transformação de toda a situação.


Em cada momento podemos encontrar Deus...


Assim sabendo disto toda nossa vida torna-se significativa a ponto de cada vez mais cada respiração nossa ser um verdadeiro culto ao sagrado.


Onde vou, o que falo, como falo,com quem falo, como olho, como sinto,como percebo o mundo, tudo passa a ser importante quando nos encontramos diante da iluminação genuína e verdadeira.


Deus se revela então a nós em toda a sua majestade misteriosa na medida em que crescemos no conhecimento de sua atuação em nossas vidas, em cada minuto dela.


Dai quem sabe poderemos olhar para trás e descobrirmos que não um ou outro mas TODOS os momentos de nossas vidas se tornaram sagrados e eternos pois estão impregnados da fraguância da comunhão com Deus.







Agora um vídeo de luz para nós...Loreena McKennitt...com a belíssima, The Mummers' Dance.




Fonte:Youtube


Abraços


Pax e Lux


VALTER TALIESIN

Nenhum comentário:

Postar um comentário