Google+ Badge

terça-feira, 7 de agosto de 2012

DRUIDAS os sacerdotes,juízes e profetas de AVALON

Os druidas são figuras tremendamente enigmáticas...

Na verdade as figura espirituais dos povos carregam este estigma.

Os profetas de Israel, os eremitas cristãos, os sufis islâmicos,os gurus indianos e os shamans das culturas mais arcaicas todos eles foram figura estranhas e enigmáticas entre seus povos.

Todavia os druidas diferiam no caso por serem um misto de diversas coisas...

Eles não eram só magos, bruxos, visionários, profetas mas também filósofos, bardos, poetas, conselheiros de reis e sacerdotes.

Um ser selvagem, sujo, estranho perdido nas floresta não é uma imagem justa para todos os druidas assim como a imagem do homem de mantos longos, brancos e barbas bastas é idealizada demais.

Por serem várias coisas e exercerem vários talentos os druidas podem muito bem confundirem os estudiosos se estes quiserem definir um estilo e um tipo para eles.

A espiritualidade na verdade quando exercida com dedicação e paixão parece conferir um conteúdo de estranho, de mistério no ser que se predispõe exercer tal ministério entre os demais.

Hoje, mesmo se analisarmos figuras de proa de religiões aparentemente comuns como as evangélicas veremos que entre eles as figuras com talentos espirituais, com qualidades tanto filosóficas, pastorais ou quando ditas mediúnicas como clarevidência, visão e profecia são elementos considerados estranhos para o geral.

Merlim é com certeza a figura druídica mais conhecida tanto com este nome quanto com o de Taliesin e também Mirddin.

Sua figura ora de bardo, ora de filósofo, ora de bruxo ou mago, ora de conselheiro, ora de líder e até segundo alguns de bispo cristão é a que mais é usada para que as figuras druídicas sejam discutidas e analisadas.

Merlim seria para o druidismo o que Abraão,Israel,José, Moisés,Samuel,Davi e Salomão seriam para os israelitas e hoje judeus e Jesus,Pedro, Paulo e os Joões... batista e evangelista dentre para os cristãos.Uma figura que alia a liderança com o sacerdócio e a magia...uma figura de rei/sacerdote/profeta ou seja; o iniciado perfeito.

São entidades de gigantesca evolução e influência em suas sociedades e Merlim é com certeza um dos tais.

O druidismo com ao advento do cristianismo na verdade progressivamente se mesclou e influenciou a nova religião dominante principalmente na Irlanda onde teve a Igreja características muito peculiares.

Dai porque alguns estudiosos entendem Merlim como um bispo cristão que com o tempo foi associado pela lenda a antiga religião no que são contestados exatamente com o oposto pelos que defendem o personagem eminentemente pagão.

Talvez a 'verdade' nestes casos principalmente em uma época de pura transição como era aquela na Bretanha esteja naquilo que chamamos de 'meio termo'...nem muito ferro , nem muito fogo....

O fato é que os druidas não podem jamais serem desconsiderados se quisermos entendem a cultura celta e o que de fato moviam suas ações no mundo antigo.

Muito da fama negativa do druidismo como sacrificadores humanos(não que talvez isto não existisse principalmente quando analisamos a imensa maioria das religiões antigas) vem dos relatos de seus mais ferozes inimigos...os romanos, e como a História é escrita pelos que vencem... César e seus asseclas podem muito bem terem digamos, EXAGERADO certos fatos para demonizar seus inimigos e dignificar seus próprios feitos.

Nunca nos esqueçamos que para os romanos dos tempos de perseguição cristã pelo império os cristãos eram... ateus,bebedores de sangue humano e antropófagos comedores de criancinhas.Se o cristianismo tivesse perdido a guerra espiritual contra a religião oficial do império e demais cultos que vigoravam em Roma por ocasião da ascensão de Constantino esta seria a fama cristã hoje em dia.

Avalon foi o centro espiritual do druidismo e de lá homens sagrados saíam e disseminavam a cultura e as leis celtas por toda sua civilização.

A dificuldade em localizar-se a ilha sagrada só demonstra que  quer factual ou apenas mítica a importância dela no culto celta é central.

Avalon era a alma do povo, da civilização celta!

E os druidas eram o corpo físico desta alma sagrada do povo celta.

Eram eles que, quais os missionários cristãos, disseminavam em todas as nações da civilização celta a mensagem do centro sagrado onde as sagradas mulheres da ilha reinavam absolutas.

O espírito de Avalon, a manifestação da Deusa e do Deus encontravam assim na alma que era o centro sacerdotal e mágico das druidesas de Avalon e no corpo que era os grandes sacerdotes e druidas o poder que regeu por milênios sua cultura.

Um mundo que não acabou de fato mas permanece vivo e nos dias atuais literalmente ressurgindo na mente e nos corações daqueles que NUNCA deixaram de ser filhos e filhas de Avalon...


OM TAT SAT

Abraços

Paz e Luz

VALTER TALIESIN


Site interessantes...








Vejamos agora vídeos interessantes sobre o tema...








FONTE YOUTUBE

















FONTE GOOGLE IMAGENS









Nenhum comentário:

Postar um comentário