Google+ Badge

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

AMOR NÃO É MULETA...AMOR É BASE, CENTRO, FONTE DE VIDA...AMOR É TROCA, PARTILHA, INTERATIVIDADE, SINTONIA...


"Os olhos são o espelho da alma...eles revelam o que vai dentro de cada coração...ao olharmos nos olhos da pessoa amada vemos tão fundo quanto nossa intuição deixar...pois ali esta esperando só ser decifrado... intuído...percebido...as emoções, desejos, sentimentos mais íntimos de quem amamos"...

ValterTaliesin





"Eu insisto porque sei que a felicidade vale a pena...

Insisto em buscar porque sei que quando achar me sentirei preenchido por uma alegria indizível que não somente me trará satisfação mas mais motivações para desejar coisas ainda mais sublimes...por isso jamais deixarei de insistir na felicidade...no desejo de ser e fazer feliz...pois este é um direito de cada humano da terra..mas tudo temperado pela liberdade de ser e agir...pelo direito de cada um escolher o que quer fazer de sua vida"...


Valter Taliesin





"Vou penetrando nas brumas do tempo como se penetrasse tua alma...

Estejas onde você estiver...saibas que eu sou teu desbravador, teu conquistador, teu Colombo...teu Cabral...

Não tenhas medo nem receio de mim... NUNCA TE FARIA NENHUM MAU ...muito pelo contrário; se sentisse na hora que estava te magoando partiria para nunca mais voltar de tanto que desejo teu bem...

E só fico longe porque é isto...desejo teu bem...teu bem é meu bem...teu bem é meu zen...teu bem é o mais puro além...

Na realidade não existe conquista e conquistador nesta história se você lê minha alma do jeito que eu leio a sua...

Somos ambos caçador e caça...dominadores e dominados...poetas e poesias...criadores e criação...

VOCÊ E EU...EU E VOCÊ...

Num baile SHIVA/SHAKTI dos bons... sideral...cósmico...divino...magistral...um eterno ir e vir de energias de amor...interação...e vida...

Será possível?

Não sei...aliás; nem sei o que comerei amanhã...ou o que farei no próximo segundo e nem o que você pensa de tudo isto só sei o que sinto e que sinto é um desejo imenso que sejamos felizes...conjuntos ou sozinhos...quiça dores cruéis até com outras pessoas mas meu amor é bálsamo e cura, alimento e vinho novo...não tem vontade de te perder mas não tem nenhuma vontade de ser tirano, visceral e pirata...

Quer ser apenas o que é amor...fluídico, seguro, intenso, mágico, tranquilo, fortalecedor, iluminado e vivo...muito vivo no dia a dia que encontraremos pela frente...

Onde você estiver seja feliz...estou feliz porque sei que tudo esta nas mão do divino e Ele tudo sabe e tudo provê...nada foge de seu olhar, do seu falar e do seu agir...

ASSIM A FELICIDADE É O NOSSO ETERNO DESTINO E O AMOR NOSSA SINA GLORIOSA...

Do jeito que tem e quisermos que seja e Deus assinar nas linhas de nossas vidas...

LUZ PARA TI...PARA MIM...PARA NÓS E PARA TODAS AS PESSOAS QUE LEREM ESTAS LINHAS ESCRITAS SOB O PODER DO LUMINOSO CLARÃO DO AMOR VERDADEIRO...

Namastê querida..."

Valter Taliesin






A BELA CANÇÃO CELTA/GOSPEL...YOU RAISE ME UP...UM DOS MAIORES CLÁSSICOS DE TODOS OS TEMPOS...NA MARAVILHOSA INTERPRETAÇÃO DAS CELTIC WOMAN....esta música tem sido ouvida tanto como hino sacro(referindo-se a Jesus ou Deus), musica de amor(referindo-se ao ente amado) ou de auto ajuda(referindo-se ao Eu interno) já que sua letra possui o dom de nos arremeter a qualquer relacionamento sagrado...





Você Me Levanta
Quando eu estou abatido e minha alma tão cansada
Quando preocupações surgem e meu coração fica carregado
Então, eu me acalmo e espero aqui em silêncio
Até você vir e sentar-se por algum tempo comigo.

Você me levanta, então eu posso ficar em pé sobre as montanhas
Você me levanta para andar sobre mares tempestuosos
Eu sou forte quando estou em seus braços
Você me levanta mais do que eu posso ser

Você me levanta, então eu posso ficar em pé sobre as montanhas
Você me levanta para andar sobre mares tempestuosos
Eu sou forte quando estou em seus braços
Você me levanta mais do que eu posso ser

Não há vida - não há vida sem este desejo
Cada batida do coração impaciente bate tão imperfeitamente
Mas quando você chega, eu me surpreendo
Às vezes, eu acho ter vislumbrado a eternidade.

Você me levanta, então eu posso ficar em pé sobre as montanhas
Você me levanta para andar sobre mares tempestuosos
Eu sou forte quando estou em seus braços
Você me levanta mais do que eu posso ser

Você me levanta, então eu posso ficar em pé sobre as montanhas
Você me levanta para andar sobre mares tempestuosos
Eu sou forte quando estou em seus braços
Você me levanta mais do que eu posso ser

Você me levanta mais do que eu posso ser



Não temos dúvidas em afirmar que aqueles que fazem do amor muletas existenciais quebram a cara...


Um relacionamento não pode ser usado como muleta para nenhum dos envolvidos porque obviamente tira a liberdade de ação das duas pessoas...

Percebo que todas as vezes em que fico dependente de algo ou de alguém minha faculdade discriminativa e de discernimento padece...sem contar que a outra pessoa deve se sentir constrangida a beça com o 'enrosco' ali em cima como uma sombra constante...

Luto para sair desta situação o mais rápido possível porque entendo que se o amor é de verdade uma das coisas salutares do verdadeiro amor é SER e deixar SER...se uma pessoa não quer ficar com você isto é um DIREITO inalienável dela e a recíproca é verdadeira...

Amor que não se traduz em liberdade de ir e vir é escravidão, tirania, domínio...

A 'prisão' tem que ser natural, a pessoa tem que se sentir magneticamente presa a você e vice e versa, o que liga,o que segura é a energia de troca, de empatia, de sintonia, de vontade conjunta, de desejo recíproco...

Quando alguém diz ...'não posso viver sem você' tem que ser neste contexto de co dependência, de troca pois se for na absoluta dependência de uma parte e predomínio de outra a frase vira veneno para ambos...

Esta frase na verdade define o IDEAL DO RELACIONAMENTO ou seja; a ideia de que duas pessoas são tão intimamente ligadas, verdadeiras almas gêmeas ou no mínimo almas amigas, irmãs ou enamoradas, que uma não vive sem a outra, pois na verdade formam de fato e de direito...UMA UNIDADE...mas percebam...TEM QUE SER RECÍPROCO...tem que haver na dualidade personal a unidade do sentimento...do desejo...da vontade...não pode ser algo unilateral...de um só para o(a) outro(a)...

Todas as vezes que vacilei nisto literalmente 'comi o pão que o bicho feio amassou' e graças a Deus em cada uma delas aprendi mais e mais sobre liberdade de Ser e Fazer... sintonia e interatividades verdadeiras...

Nada se perde no universo e com certeza aprendemos com nossos erros e nossas pisadas de bola quando estamos abertos para mudanças significativas...

Meu desejo é estar ao lado de quem amo mas esta pessoa tem que querer também pois só isto me define como um ser amado e amante...

Tenho amor para amar sozinho claro, meu amor não depende dela me amar ou não mas ele só pode ser expressado, vivenciado...A DOIS...ou seja; ela também tem que querer pois não suporto a ideia de que eu esteja atravancando a vida de ninguém já que se fosse o oposto não gostaria que fizessem isto comigo...

Claro que até chegar neste ponto de compreensão as vezes sofremos um bocado pois o coração tem suas próprias regras de entender estas coisas bem diferentes da lucidez de razão dai o porque de colocar uma imagem onde se diz que o amor esta além da razão...

Mas se ele esta além da razão não significa que somos irracionais quando amamos mas que o amor enquanto DEFINIÇÃO esta além das palavras e dos conceitos...não do auto controle e do discernimento...

É uma delicia amar mas melhor ainda é respeitar a pessoa amada e suas escolhas na vida...

O verdadeiro amos implica em renuncia quando a pessoa amada nos quer ver bem longe dela...

Não temos o direito de impedir seja quem for PRINCIPALMENTE as pessoas que amamos irem para onde quiserem e fazerem o que quiserem fazer de suas vidas e vice e versa...

A sinceridade da pessoa inclusive tem que ser avaliada a seu favor pois nos respeitou e não nos enganou quanto aos seus sentimentos e sua vontade...

Sem duvida alguma o namorado chiclete ou a namorada chiclete só é bom para quem gosta de encosto e vudu dos bravos e são estes, os chicletes que não suportam a separação e depois prejudicam tanto a vida da pessoa amada a ponto de muitas pessoas terem que sumir no mundo se quiserem ter sossego...isto para não falar em casos mais graves, patológicos mesmo onde o(a) rejeitado(a) atentou e muitas vezes conseguiu contra a própria vida da pessoa que dizia amar...um tremendo contra senso já que o amor implica NO BEM da pessoa amada e definitivamente estas coisas são TUDO menos o bem de quem se ama...

Esta musica fantástica YOU RAISE ME UP foi composta originalmente para simbolizar nossa relação com Deus mas com o passar do tempo veio significar todo relacionamento significativo dos humanos tanto consigo mesmo, com seu Eu maior quanto com a alma sagrada(ou as almas) que enfrenta a aventura da vida conosco...

Percebam a beleza da melodia, a profundidade e grandeza da letra pois quer simbolize Jesus, Deus, a alma eleita ou nosso Eu maior implica em um relacionamento tão íntimo, tão vasto, tão profundo que se torna um centro no qual encontramos vazão para nossos sentimentos mais sagrados...alguns poderiam até entender tais palavras como dependência e muletas mas na verdade elas focam no relacionamento ideal, no relacionamento que flui plenamente porque ele tem por base o amor e a liberdade e na verdade a alma ao ser alcançada pelo amor do(a) outro(a) se vê livre de um estado de escravidão de sentidos para a plenitude do amor legítimo, verdadeiro é pura interação...
co dependência...sintonia...pois em nenhum momento você se torna um peso, um embaraço para ela mas uma presença mais do que desejável....

Deus nos ama e nos quer com Ele e tem prazer em nos ajudar sempre que seja para nosso benefício e sente alegria com nosso amor integral por ele, Jesus idem, nosso Eu maior a mesma coisa e uma pessoa que realmente nos ame também...

É um ir e vir de energia cada vez mais unificante e envolvente que envolve as duas partes tornando-as progressivamente e profundamente NUM ÚNICO MISTÉRIO DE AMOR...

Um ideal que não é inalcançável, nem inatingível mas plenamente possível quando as duas partes são maduras o suficiente para se permitirem tudo o que lhes agrade sem desagradar o(a) outro(a) e principalmente...ter discernimento para perceber o que é essencial do que é perfeitamente supérfluo e pode ser tranquilamente descartado...

E o que é essencial?

Aquilo que define as duas pessoas como entidades livres, pensantes e amantes...ou seja; caráter e valores...

O que é supérfluo?

Aquilo que tem mais a ver com gostos e desgostos e não com caráter e valores...

A negociação e a vontade de abrir mão na área do supérfluo, do gostos e desgostos, é que demonstrara definitivamente O QUANTO existe de amor nesta relação...

Entretanto se alguém exigir abrir-se mão de algo essencial concernente a caráter e valores para 'justificar' amor por ela é prova contumaz de que esta pessoa não ama de verdade mas acha que a outra pessoa é um mero objeto satisfazedor de desejos seus...

Cada dia que passa eu me lapido mais, uso minhas falhas anteriores para melhorar e ser o melhor humano possível, principalmente para a pessoa que eu amo, reconheço que nem sempre sou feliz nisto, mas VONTADE não me falta, DESEJO também, mesmo errando uso cada minuto para tentar ser meu melhor...

Acho que talvez este seja o grande 'TCHAM' desta questão do amor...não é a perfeição de SER que faz um relacionamento dar certo mas... um relacionamento da certo porque o que une as duas pessoas transcende suas virtudes e defeitos(podemos ver aqui também a tal razão) e transforma cada momento num eterno aprendizado de ser e fazer feliz...

Penso que é isto...






OM TAT SAT

Abraços

Paz profunda

Valter Taliesin





Fonte de imagens...Google...


Nenhum comentário:

Postar um comentário