Google+ Badge

sábado, 9 de fevereiro de 2013

IMAGEM...Semelhanças e simbolismos ideais ou realistas ?


Vamos falar hoje de imagem...

O que é uma imagem?

Vejamos uma definição clássica...





Imagem (do latimimago) significa a representação visual de um objecto.[1][2][3] Em grego antigo corresponde ao termo eidosraiz etimológica do termo idea ou eidea, cujo conceito foi desenvolvido por Platão. À teoria de Platão, o idealismo, considerava a ideia da coisa, a sua imagem, como sendo uma projeção da menteAristóteles, pelo contrário, considerava a imagem como sendo uma aquisição pelos sentidos, a representação mental de um objeto real, fundando a teoria do realismo. A controvérsia estava lançada e chegaria aos nosso dias, mantendo-se viva em praticamente todos os domínios do conhecimento.
Em senso comum, envolve tanto o conceito de imagem adquirida como a gerada pelo ser humano, em muitos domínios, quer na criação pela arte, quer como simples registro foto-mecânico, na pintura, no desenho, na gravura, em qualquer forma visual de expressão da idria.
Nas ciências exatas, como a matemática, o termo "imagem" é entendido como representação de um objeto especializado, que exige técnicas eferramentas especiais.
Em senso comum, hoje em dia, entre outras, imagens são as veiculadas pelos anúncios publicitários impressos em páginas de revistas ou expostos nas paredes de edifícios; os cartazes afixados em muros e murais; a própria arquitetura dos edifícios e das obras de engenharia; os utensílios domésticos e todas as ferramentas; as vestimentas; os veículos de transporte; as representações sagradas; todo material impresso e finalmente toda exibição em telas de cinema e de televisão.

Fonte ...http://pt.wikipedia.org/wiki/Imagem



Como pudemos perceber nem na alta esfera da filosofia existe concordância explícita e definitiva sobre o que seria uma imagem...Platão e Aristóteles...mestre e discípulo que formam com Sócrates o triunvirato supremo da filosofia universal divergiam sobre o que significaria o termo imagem...vamos tentar analisar a imagem dentro de suas visões e na medida do possível humildemente dar nosso pitaco também...

 À teoria de Platão, o idealismo, considerava a ideia da coisa, a sua imagem, como sendo uma projeção da mente

Platão cria no mundo das ideias, dos arquétipos como origem do nosso mundo...assim nada mais natural para ele do que supor que imagem é uma ideia da mente...uma projeção desta...idealizar portanto seria construir a imagem da coisa antes que a mesma viesse existir...de certa forma podemos entender que através da mente nós manifestamos no mundo as imagens do mundo ideal...dos arquétipos...a duvida seria somente se existe um tal mundo dos ideais  e dos arquétipos em potencial ou em manifestação em algum sentido...se a ideia só surge quando manifestamo-a pela mente ou se existia de alguma forma num estado fora do nosso e o que fizemos foi acessar a mesma...

Aristóteles, pelo contrário, considerava a imagem como sendo uma aquisição pelos sentidos, a representação mental de um objeto real, fundando a teoria do realismo

Como percebemos seu discípulo ia no caminho oposto...para ele criamos uma imagem de coisas visíveis , daquilo que vemos, observamos...criamos a partir dai uma imagem mental do observado...'do real'...o realismo portanto é a imagem ser uma representação de uma coisa ou objeto do nosso mundo criado pela mente através da observação...

E é exatamente aqui, nas visões platônicas e aristotélicas, que podemos perceber e ler uma das maiores querelas espirituais de todos os tempos...adorar-se ou não imagens como sendo representações do sagrado...e mais especificamente...imagens  de coisas terrestres...

Segundo a Bíblia o ser humano foi criado pelo divindade à sua imagem...conforme a sua semelhança(Gênesis 1 26-27) portanto estritamente o texto bíblico da razão a Aristóteles de que uma imagem é a representação de algo real pois Deus é o que se tem de mais real pois é a Fonte de toda vida...mas de forma lata é Platão que tem razão pois Deus é a ideia abstrata por excelência...Deus na verdade representa algo que transcende o 'real' dos humanos já que o 'mundo real' dos humanos, ou que os humanos e Aristóteles se referem é o nosso mundo sensorial que pode ser contemplado pelos olhos enquanto que numa visão espiritual na verdade este seria um mundo mais material, mais tangível mas MENOS REAL que o espiritual pois é FRUTO deste e não o oposto...Deus portanto enquanto SER não teria digamos, uma forma que os humanos pudessem aferir para dizer que fomos criados a uma imagem literal de Deus, assim ao longo dos tempos a visão que se sobressai nesta IMAGO DEI por parte da maioria dos estudiosos é de que estamos tratando de uma semelhança de ordem; consciencial e moral e não de ordem física.

Portanto se olharmos de forma lata Platão tem razão; fomos criados de um mundo ideal, e todas as coisas vieram à manifestação através da mente de Deus,onde estávamos em potencia aguardando sua ordem sagrada para SERMOS...mas em sentido estrito é Aristóteles que tem razão quando vê a imagem como representação de algo, alguma coisa que já existe pois se somos  IMAGO DEI... o original, Deus, e não nós é que vem antes se estamos falando de quem origina o que...

Partindo deste ponto a mesma Bíblia proíbe adoração de imagens de escultura representando coisas vivas como se estas fossem sagradas ou imaginando a divindade, MAS não impede, pelo contrário; incentiva a criação de imagens SIMBÓLICAS das coisas do mundo das idéias ou de Deus...Assim a arca da aliança não é a IMAGEM DE DEUS mas SIMBOLIZA a presença de Deus em meio ao povo ou seja; Deus não seria um ser de forma semelhante a ostentada pela arca  literalmente mas o conceito que a arca simboliza é identificado com os atributos divinos...portanto em sentido LATO não podemos afirmar como Aristóteles, que a arca reproduz a imagem exata de Deus mas sim como Platão que ela representa o IDEAL de Deus entre os homens por outro lado no sentido estrito Aristóteles tem razão ao dizer que ela simboliza coisas vistas pois na Bíblia se diz que Moisés construiu tudo conforme o MODELO que recebera no monte Sinai(Ex. 25.9;26.30)...portanto a arca era tanto uma imagem de algo supostamente real que Moisés vira no monte(realismo) quanto simbolizava a presença de algo que NÃO VIRA ou que não retrataria de forma literal mas figurada...simbólica...DEUS...portanto um ideal(idealismo)...


O tabernáculo israelita recebido por Moisés segundo um modelo, um arquétipo divino no monte Sinai...


Adorar imagens de esculturas de animais, de plantas, de pessoas como se estas fossem divinas ou representassem o divino era um grande pecado para os israelitas porque a imagem ou o conceito de imagem para eles consistia de mero simbolismo do que o humano via, do que ele podia captar das realidades espirituais e representava um ente e um mundo além dos critérios de definição humanos(Isaías 42.8; Deuteronômio 4.15-19; Isaías 30.22; Romanos 1. 23)...

Assim se estavam distantes dos critérios de descrição humanos não poderiam ser considerados nem representações fiéis destes, de suas aparências físicas nem pior ainda... como as próprias...

Qualquer imagem sagrada o era por simbolizar algo não para ser adorado como sendo este algo...eram artifícios usados para contemplação e meditação não adoração...

Da mesma forma hoje em dia vemos a contenda entre cristãos quando do assunto imagens de escultura...

O catolicismo por exemplo ostenta em seus templos diversas imagens de santos, de Jesus etc....enquanto os templos protestantes não, mas seriam os mesmos ausentes de objetos que simbolizem o sagrado?

NÃO!!!

Nos templos protestantes objetos como o altar, os cálices de comunhão e principalmente o livro.... A BÍBLIA exercem a mesma função que os objetos do templo hebreu para os israelitas como simbolismo e figura e representando o ideal da manifestação do divino entre nós...

Por esta causa estes últimos acusam o catolicismo de idolatria entendendo que os mesmos não só veneram imagens de esculturas mas imagens de humanos como sendo intercessores entre os humanos e a divindade...

Já os católicos entendem suas imagens como alegorias, simbolismos de pessoas sagradas e não veículos de adoração...para eles as imagens são tão simbólicas quanto o são a Bíblia ou o altar para um protestante...simbolizam a presença divina, a voz divina mas não são representações literais deste...

Percebem o contexto aristotélico e platônicos embutidos aqui nas duas visões?

Ao criticar os católicos os protestantes agem como platônicos... imaginam que as imagens simbolizam o mundo dos ideais, de Deus...projeções de nossas mentes, do que imaginamos ser a presença divina e não podem ser encaradas como representações de coisas de nosso mundo...assim um altar apesar de ser algo de nosso mundo enquanto matéria tem em sua forma o puro abstracionismo da imagem e da ideia e sua identificação com Deus é meramente por inferência não literal...o mesmo se diz da Bíblia... enquanto forma é um livro fisicamente falando mas enquanto conceito para os mesmos é A PALAVRA DE  DEUS... a revelação de Deus ao mundo...o pão e o cálice não se transformam para eles literalmente no corpo e sangue de Cristo na eucaristia(transubstanciação) conforme a visão católica realista mas apenas na alegoria, no simbolismo de sua visão idealista do que seja a 'santa ceia'( se bem que em alguns círculos a verdadeira veneração que recebe a Bíblia beira um ícone ortodoxo ou uma imagem romana)...

Já os católicos  são aristotélicos quando aceitam -além do que já falamos da transubstanciação- plenamente que imagens de coisas de nosso mundo, como cruzes, relíquias, imagens de santos etc sejam sagradas ou representem o sagrado e assim atestam como os aristotélicos que as mesmas, as imagens, nascem  de coisas que já existem enxergadas com um olhar piedoso pelo fiel como simbolo de alguém espiritualmente evoluído(relíquias e imagens dos santo) ou de Deus(relíquias e imagens ligados a Jesus ...Deus encarnado na visão cristã)...

Portanto a forma como o termo imagem é entendido, o modo como a definição é aceita- ainda que hoje em dia talvez de forma completamente implícita já que por anos de doutrinamento as duas correntes cristãs adquiriram por osmose tais visões - demonstra que o cristianismo esta na verdade dividido concetualmente entre platônicos(idealistas) na pessoa dos protestantes e aristotélicos(realistas) na pessoa dos católicos concernente ao tema...imagem...e isto acaba se refletindo até em suas doutrinas escatológicas...os protestantes são de longa data idealistas ao imaginarem o retorno do Cristo do mundo dos céus(das idéias) para a terra para estabelecer aqui o reino de Deus enquanto os católicos entendem a Igreja como o reino de Deus na terra e em última instância aquela que transformará o mundo inteiro no reino de Deus...portanto uma visão completamente realista já que implica no humano ,com o que tem em suas mãos, fazer com que a visão ideal do reino de Deus se efetive...os protestantes miram assim a Jerusalém celeste que de alguma forma se materializará aqui e os católicos a terrestre...que tornará a terra sagrada através da Igreja...

A imagem portanto de algo, de alguma coisa, quer seja como é interpretada....ideal ou realista...  basicamente significa o conceito que o humano tem do que ela representa...seja como visão ideal ou realista ela potencializa dentro de nós o que ela representa...suas qualidades...atributos...e presença em nossas vidas...a mítica portanto dos objetos enquanto representações do sagrado ou de certas verdades para nós é extremamente salutar para a saúde espiritual de nossa sociedade...precisamos de mitos...precisamos de imagens...precisamos de descrições que avivem dentro de nós os conceitos sagrados que nos definiram ao longo dos tempos como entidades criadas a imagem e semelhança de um Deus ainda que em conceituação ...abstrata...ideal... mas enquanto origem e fonte da vida....extremamente real...

OM TAT SAT



Abraços

Paz profunda

Valter Taliesin


Vídeos musicais interessantes com 4 dos maiores expoentes da musica new age nacional com projeção internacional...

Universalis - Aureo Corrá -

Terra - Marcus Viana


Arcanjo Rafael - Corciolli -


Sitar - Alberto Marsicano -


Fonte Youtube




Fonte de imagens...Google...

Nenhum comentário:

Postar um comentário