Google+ Badge

sexta-feira, 1 de março de 2013

POESIA...a deusa de todos os mistérios e encantamentos...





Poesia....

O canto das musas através da mente e do coração dos humanos...

Poesia... 

O caminho para o oculto o profundo o sagrado dentro de cada um de nós e mais além...

Poesia....

A voz dos amantes repletas de desejo, emoção e dramaticidade mas também de muita alegria e plenitude....

Poesia...

O ato de encantar e cantar com versos, de fazer da vida uma ode sagrada, uma jornada iluminada rumo a destinos incertos mas repletos de sonhos de aventuras....

Poesia...

Como um ramalhete de flores é colhida por quem recebe e como um verdadeiro graal divino doado por quem compõe...

Poesia...

Um frasco fresco da ambrosia dos deuses deixados à disposição dos humanos para fazerem de suas vidas algo belo, colorido....menos laborioso....

Poesia...

A forma mais perene e imortal de santificarmos as pessoas que amamos como o centro de nossas vidas e de nossos mundos...

Poesia....

Tanto quem faz como que ouve ou lê participam do mesmo mistério, dos mesmos segredos que só os verdadeiro iniciados na e da vida conhecem...

Poesia...

A face feminina de Deus ....A Deusa revelada em toda a sua plenitude amorosa, gloriosa, bela , majestosa e misteriosa....

Poesia...Poetizar ....Poetar....Poente...Poeta...Ponte...Pontífice.....

Todos os significados de beleza, amor, ligação, nascimento, morte, intercessor...

Sim....o poeta é uma ponte entre o humano e o sagrado....um pontífice dos mistérios divinos e do amor....um eterno poetizar poetar da alma da Deusa, da Poesia para o mundo e vida dos humanos....e um cicerone que nos leva para a misteriosa jornada final mais além ...no sol poente....

Salve a grande Deusa em sua face mais luminosa....

SALVE A POESIA...

SALVE SEUS SACERDOTES E SACERDOTISAS...OS POETAS E POETIZAS....

OM TAT SAT....

Valter Taliesin....





Quandos os deuses e deusas criativos, as forças divinas conhecidas COMO ELOHIM criaram o mundo no nome do UNO elas forjaram cada linha da teia da vida com uma nota, um número, uma palavra e um som....

A poesia tem a capacidade de nos transportar para este reino estranho e maravilhoso dos criadores quando juntas as estrelas d'alvas cantavam a canção criativa da vida enquanto o universo ou mais especificamente....universos e dimensões eram formados...

A Poesia surgia assim com a face de um destes grandes elohins....um ser majestoso, belo, o mais belo e enigmático semblante da Mãe universal entre todas as deusas....

Por ela o regente supremo do coro celeste LÚCIFER apaixonou-se a ponto de cortejá-la acintosamente diante do próprio UNO...seu desejo pela grande deusa foi tanto que perdeu-se literalmente de paixão e decaiu das altas esferas celestes e etéreas para a densidade da matéria mais baixa...

Dizem que até hoje pode se ouvir o choro do grande arcanjo tentando dedilhar em sua harpa canções de amor para sua antiga musa mas o que lhe aparece em frente é sempre sua sombria consorte....A morte... que nos seus olhos tristes trás tudo... menos o brilho que o arcanjo via em Poesia...

Mas a poesia condoeu-se do grande anjo e ao perceber que muitos lhe seguiram na queda talvez tão fascinados por ela quanto ele... ela também desceu, tomou o nome e a forma humana de SOFIA e resolveu se encarnar anos a fio entre os mundos densos para com sua poesia, sua nobre arte encantar de novo os caídos para quem sabe com isto alçar-lhes de novo às alturas celestes agora com um amor mais fraterno e divino e menos luxurioso por sua pessoa...

Mas seu maior intento, o grande arcanjo caído, continua a ser o seu maior desafio...entre rompantes de orgulho e dor ele rejeita cada verso verdadeiro vindo dos lábios dos grandes poetas e tenta insuflar-lhes sua visão distorcida da arte sagrada da grande deusa...

E seus versos são tecidos de dor, de morte, de sangue, de suor, de lágrimas, de intrigas, de contendas, de destruições, de traições, de ardis e todas as coisas que os humanos definiram com tragédia e entenderam ter nela toda a graça do mundo para que a vida tivesse... graça...

E o amor, e o encantamento, a alegria, a felicidade, o maravilhamento ante a criação, o domínio completo dos elementos pela nobre arte de poetizar ficou perdido como uma lenda distante, um conto de fadas, um objetivo inalcançável para os humanos...

Em sua relutância em se render a verdadeira essência de sua amada Lúcifer forjou no seu lugar um arremedo de SOFIA, uma amante e a chamou de grande prostituta e tenta fazer com ela todas as coisas permissivas que imagina poder fazer com Sofia ou Poesia... 

Esta grande prostituta se tornou a comédia, o deboche, o mambembe com que o grande arcanjo encara com cinismo sua condição e a vida como um todo....

Distante do reino das ideias ele hoje se tornou um iconoclasta, um irônico, um cínico , um rebelde e muitas das filosofias desagregadoras que perfilaram na casta dos humanos tem origem exatamente nestes sentimentos tortos do grande anjo....

Antes que alguém me acuse de crer no anjo trevoso digo já que isto aqui é mais um conto livre...mais um exercício lírico e de certa forma, ainda que pobre devo admitir... poético de ver a origem do mal no universo do perfeito...

Não tem em nenhum momento intenção de provar a existência do príncipe trevoso nem de defender tais deidades como de fato existentes....ainda que algo lá no fundo me diga que talvez como se dizia naquela canção... ' a verdadeira verdade' não esteja de todo distante da minha humilde arte diletante...

O fato é que em sua missão de resgate hoje Sofia antes Poesia conta com a ajuda do irmão gêmeo de Lúcifer ....Lúcifer era a fonte de toda música de toda arte e seu irmão...  o Cristos , A Palavra, O Logos formava com ele e Poesia um triunvirato sagrado que governava o mundo das ideias em nome do Uno....Lúcifer era inspiração....Cristos o conhecimento e Poesia a sabedoria...os 3 revelavam a face tripla do grande uno para o mundo dos imortais....

Alguns entendem que Lúcifer esta condenado para sempre...bem, se olharmos da perspectiva DELE e de sua rebeldia ....SIM...pois ele jamais intenciona mudar.... mas se olharmos da perspectiva do Cristos e de Sofia NÃO... pois ambos estão aqui exatamente para redimirem o irmão sagrado caído e alçá-lo a uma glória ainda maior do que a anterior e agora com a vasta experiência adquirida na queda....

HERESIA....dizem alguns...pode ser....mas eu prefiro ver um universo divino onde ABSOLUTAMENTE TODAS as criaturas divinas tenham livre arbítrio tanto de ir e vir quanto se quiserem também se arrependerem e mudarem seus itinerários....não suporto a ideia de um Deus que considere alguém imperdoável....foge completamente da lógica e da essência do amor divino....assim Lúcifer se existir e não for só carochinha pode SIM se quiser se arrepender e alçar-se à glória antiga...

E algo me diz que nos eons futuros ainda veremos os 3 irmãos  que misteriosamente tem  3 faces cada um perfazendo assim os nove dons do divino à criação ....reunidos novamente ....cantando, agora uma nova canção... que fala de amor, de paz e de....resgate de si mesmo...algo que só um redimido pode conhecer...




OM TAT SAT....

Abraços

Paz profunda

Valter Taliesin


Vídeos sagrados

Era Divano
Loreena Mackennitt do cd ANCIENT MUSE- Beneath a Phrygian sky -

Pink Floyd - Whish you were here -

Fonte Youtube

Vamos ver agora como estas 3 letras batem com nossa pequena história sobre Poesia e toda a tragédia envolvendo a si, seus irmãos e quem veio de roldão na queda?



Esta letra fala do Logos do Cristos como salvador...e em contrapartida de sua contraparte Sofia a sabedoria...salvadores do mundo decaído do irmão....

ERA - Divino

Crianças, orem!
Se tiver como, preguem!
Reinem no centro, iluminem a terra!
É a Era de Deus

Crianças, orem!
Se tiver como, preguem!
E as almas
Purifiquem!
Menino-Deus, rei
Das crianças de graça

Divino
Divino Me...
Divino Messi...
Divino Messias
Divino Messias

Divino,
Divino Me...
Divino Messi...
Divino Messias

Crianças, orem!
Se tiver como, preguem!
Reinem no centro, iluminem a terra!
É a Era de Deus

Crianças, orem!
Se tiver como, preguem!
E as almas
Purifiquem!
Menino-Deus, rei
Das crianças de graça

Divino
Divino Me...
Divino Messi...
Divino Messias
Divino Messias

Divino,
Divino Me...
Divino Messi...
Divino Messias

Divino
Divino Me...
Divino Messi...
Divino Messias
Divino Messias

Divino
Divino Me...
Divino Messi...
Divino Messias

Divino
Divino Me...
Divino Messi...
Divino Messias
Divino Messias

Divino
Divino Me...
Divino Messi...
Divino Messias

Divino
Divino Me...
Divino Messi...
Divino Messias
Divino Messias

Divino
Divino Me...
Divino Messi...
Divino Messias

Esta musica fala da eterna luta de Sofia e Cristos para resgatar a humanidade na figura de seu irmão caído o fomentador de todo mal no mundo inclusive no meio daqueles que se dizem de Deus....

Loreena McKennitt

Beneath A Phrygian Sky (Tradução)

A luz da lua estava dançando
Nas ondas, lá no mar
As estrelas do firmamento suspiraram
Em uma galáxia que brilhava vagamente

Uma voz através das eras
Na caça dessa canção
Essas pedras antigas irão nos contar
Nosso amor deve nos fazer fortes

A brisa me abraçou
Enquanto eu permanecia na praia
E eu ouvi essa voz
Como eu nunca tinha ouvido antes

Nossas batalhas, elas irão nos encontrar
As escolhas não serão nossas
Mas mantenha seu estandarte orgulhosamente
A verdade nos libertará

Minha mente foi chamada através dos anos
De ira e de discussões
De toda a miséria humana
E todo o desperdício de vida

Nós nos perguntamos onde nosso Deus estava
Ao se deparar com tanta dor
Eu olhei para as estrelas acima
Para procurar você novamente

Nós viajamos vastos oceanos
Ouvimos muitos chamar o seu nome
Com espara e arma e ódio
Tudo parecia muito do mesmo

Alguns usaram seu nome pela glória
Alguns usaram para ganho próprio
Mesmo quando a liberdade jazia desejando
Nenhuma vida foi perdida em vão

Não é nosso lugar para imaginar
Porque o céu cai em lágrimas
E todas as criaturas vivas
Olham com um medo mortal

É para nós segurar o estandarte
É nosso para segurá-lo por um tempo
É para nós carregá-lo adiante
Nosso amor deve nos fazer fortes

E enquanto o quente vento carregava
Essa canção pela noite
Eu fechei meus olhos esperei
Até a luz da manhã

E enquanto a última estrela brilhava vagamente
E o sol do novo dia dava a luz
Foi nesse momento mágico
Que veio essa prece pela Mãe Terra

A luz da lua estava dançando
Nas ondas, lá no mar
As estrelas do firmamento suspiraram
Em uma galáxia que brilhava vagamente

Uma voz através das eras
Na caça dessa canção
Essas pedras antigas irão nos contar
Nosso amor deve nos fazer fortes

Esta terceira canção é a própria odisseia da queda...um homem e uma mulher buscando juntos a redenção...podemos ver aqui tanto Cristos e Sofia em sua luta pelo irmão perdido a ponto de se perderem também como um homem qualquer tentando resgatar na parceira a ideia original de ambos sobre a vida e o que vieram aqui fazer....

Pink Floyd
Entao
Entao Guia Você Acha Que consegue diferenciar
O Paraíso do inferno
CEUs Azuis da Dor
Guia Você consegue diferenciar hum Campo Verde
De hum frio Trilho de Aço?
Hum hum Véu de Sorriso?
Guia Você Acha Que consegue diferenciar?

Fizeram Você. trocarte
Fantasmas SEUS Heróis POR?
Cinzas Quentes POR arvores?
Ar Quente POR UMA brisa fria?
O Conforto do Frio Pela mudança?
Guia Você trocou
Uma Caminhada nd nd Parte guerra
Por hum principais Papel cela NUMA?

Como eu queria, Como eu queria Que Aqui Você. estivesse
Somos apenas Duas Almas Perdidas
Num aquário nadando
Ano apos Ano
Correndo sobre Este MESMO Velho Chão
O Que encontramos?
Os mesmos velhos medos
Queria Que Você. Aqui estivesse






Fonte de imagens...Google...

Nenhum comentário:

Postar um comentário