Google+ Badge

segunda-feira, 13 de maio de 2013

HUMANO E UNIVERSO...a sintonia da vibração...


O universo nos trás o que enviamos a ele...

Se enviarmos pensamentos de amor, fé, paz, alegria, força, poder, felicidade receberemos dele quadruplicado em energias sagradas deste mesmo teor...

Porque?

Porque somos dentro de nós um microcosmo, um micro universo que vibra e funciona conforme o universo em torno de nós...

Assim se percebemos a vida e o que nos rodeia como algo caótico, ruim, mau, devastador é porque na verdade estamos dentro de nós vibrando nesta sintonia, estamos dando energia para estes padrões dentro de nós.

Nada acontece no mundo por acaso, acaso é outro nome que damos para tentarmos explicar o porque coisas ruins acontecem...não surgiu nem tanto para explicar as coisas boas mas as ruins...geralmente na maioria das vezes quando acontecem coisas boas o ser humano interpreta isto como bençãos, como coisas que ele recebe porque de alguma forma Deus(a), deuses(as) etc...acham-no merecedor...entretanto quando o mal nos ronda a primeira atitude que temos é nos vitimizar, nos considerarmos injustamente punido pelos deuses(as) ou Deus(a) e não que de alguma forma tenhamos cooperado para que aquilo aconteça...

Esta dicotomia em vermos nas trevas punições injustas e na luz favor merecido é uma constante que cria os eleitos de um lado e os perdidos de outro...

Entretanto quando passamos a ver o mundo não como um canal de retribuições ou de acaso mas de vibração...percebemos que a espiritualidade genuína menos que moralista ou vitimizadora ela é vibratória...

Você recebe o que você vibra, você recebe o que você dá, você recebe o que você doa...

Mas é só fazer o bem? 

É só sair fazendo caridade por ai?

NÃO!!!

Conheço pessoas muito boas que fazem muita caridade mas sofrem como se fizessem o oposto, como explicar isto? 

Somente pelo carma?

Bem, ninguém que foi tão mau em uma vida passada vem e é tão bom, tão luminoso nesta logo em seguida; o correto é haver uma melhora gradual da alma rumo à luz de vida a vida, mas mesmo se houvesse um esclarecer repentino, uma iluminação poderosa que fizesse com que de um tirano cruel em uma vida a alma fosse para imediatamente um santo curador em outra, tal alma vivenciaria um misto de luz e trevas em seu caminho não meramente uma coisa ou outra não só o mal da vida passada...

Assim surge a pergunta...ser bom ou fazer o bem é passaporte para sermos abençoados?

SIM E NÃO!

Sim quando interpretamos isto como vibração...não se entendermos isto somente do ponto de vista moral...

A vibração implica menos em merecimento e mais em mudança de foco...assim tanto um santo quanto um pecador podem ao mudar sua vibração, mudarem contextos em suas vidas porque mudaram a forma com que encara as coisas...

Não é que todos os pecados do pecador foram esquecidos pela lei maior quando ele passa a vibrar na luz ou que todo o bem feito pelo santo deixou de ser bom se ele passa a vibrar nas trevas mas sim que ao mudar o foco, a forma como vê a vida tanto um quanto o outro acessa o poder oculto empático que sustem todas as coisas...

Claro, esta mudança de foco demora um pouco para surtir efeito conforme o grau de vibração(fé) que direcionamos em torno de nós mas uma mudança de mente e coração verdadeiros mais cedo ou mais tarde vai atrair o que vibrou de bom para si...

Mas então não existe uma lei moral universal que pune quem merece e abençoa quem tem condição para tanto?

Sim, mas isto não é impositivo ou seja; Deus(a) não tem nenhuma obrigação disto fazer se a pessoa em questão não agir da forma correta para receber o bem que Ele(a) tem para dar a todos os que se abrem para tanto só porque faz o bem...

Temos que ter uma cabeça e um coração amorosos, pacíficos, alegres, felizes, fortes, prósperos para que estas energias de vida nos encontrem como canais receptivos para coisas boas...não é somente fazer o bem mas fazer o bem e SERMOS este bem noite e dia sem cessar...não focando resultados mas focando nossa transformação pessoal...não focando se estamos bem ou mau mas focando na divindade dentro de nós e nosso desejo em que seja Ela o centro de nossas vidas...

Tem uma enorme diferença entre fazer o bem porque a lei moral de Deus(a) no universo manda e fazer o bem porque nos entendemos este bem, nos entendemos este bom... não porque nossos egos o sejam mas porque Deus(a) em nós é quem opera tudo o que é bom e benéfico...

Ser Imago Dei no mundo é isto, é vivermos como se fossemos perfeitos...Jesus nos disse...'SEDE PERFEITOS COMO É PERFEITO VOSSO PAI DO CÉU'...Deus(a) disse a Abraão...'ANDA NA MINHA PRESENÇA E SÊ PERFEITO'...e mais...foi dito de Enoque...'E ANDOU ENOQUE COM DEUS'...

Este andar com Deus, esta perfeição, não significam inerrância mas UMA TOMADA DE POSIÇÃO... em palavras modernas...VIBRAÇÃO...concernente à luz e a Deus(a)...

Nós dizemos um NÃO taxativo ao ego limitante e falho e suas idiossincrasias e aceitamos cabalmente o Eu maior como absoluto em nossas vidas...

Ser perfeito assim é uma opção consciente do ser humano em vibrar à luz divina na terra...ACONTEÇA O QUE ACONTECER...

Se observarmos o que aconteceu com Jesus e a batalha de vida de  Abraão perceberemos que viver com Deus(a) andar com Ele(a), ser perfeito, não implica em nunca errarmos e muito menos em não termos lutas na vida...implica sim numa nova visão de nossas vidas, num novo olhar para nós...

Do mesmo Abraão é dito que quando ainda não filhos Deus(a) levou-o a contemplar o estrelado céu noturno e tentar contar as mesmas pois sua descendência seria tão numerosa quanto as estrelas...reparem; ele nem filho(a) tinha e não era um garoto, um jovem, muito pelo contrário; era um homem de quase 100 anos e sua mulher de quase 90 a se crer nas idades literais do texto...mas quer literal ou figurada o que esta o texto a nos dizer? 

QUE O QUE IMPORTA NA VIDA É A FORMA COMO VOCÊ VIVE A VIDA NÃO OS DESAFIOS QUE VOCÊ ENCONTRA NO CAMINHO OU AS FACILIDADES...

Abraão se fixarmos apenas no certo e errado das coisas tanto fez coisas boas como ruins, tanto teve fé viva em Deus quanto se acovardou em algumas ocasiões a ponto de quase perder a mulher para Faraó, mas JAMAIS mesmo errando saiu da posição em que se colocou, de canal de Deus na Terra, jamais negou o que de fato era, e qual foi o resultado disto? 

SEMPRE FOI SOCORRIDO NO MOMENTO OPORTUNO E O APARENTE MAU QUE PARECIA, IRIAM LHE FAZER SE TORNAVA EM BEM PARA ELE...

Esta é a moral da história se alguma moral há aqui...

SE NOS COLOCAMOS NA POSIÇÃO CORRETA, SE ASSUMIMOS O QUE DE FATO SOMOS EM ESSÊNCIA, SE VIVEMOS NA PERFEIÇÃO DE(A) DEUS(A) EM NÓS INDEPENDENTES DOS NOSSOS ACERTOS E ERROS PERCEBEREMOS O MUNDO COM OS OLHOS DELE(A) E O APARENTE MAU DE CERTAS CIRCUNSTÂNCIAS E DE CERTOS ACONTECIMENTOS COOPERARÃO PARA UM BEM QUE NEM SE QUER SUSPEITAMOS E NO FINAL VEREMOS QUE TUDO ACONTECEU COMO TINHA QUE ACONTECER INDEPENDENTE DO QUE ENCONTRAMOS NO CAMINHO...

Tem pessoas que não gostam que os livros sacros sejam citados na nova espiritualidade...Toráh, Bíblia, Bhagavad Gita, Vedas, Upanishads, Alcorão etc...entendem que o tempo de livros 'autorizados', 'inspirados' passou e que agora só é importante o contato com o Eu maior...entretanto o que estes não entendem é que quem contata o Eu maior não rejeita livros sagrados que foram escritos exatamente por pessoas que contataram Ele mas muito pelo contrário; a pessoa encontra o sentido real, a profundeza exata que o Eu maior quis passar através de tais escritos...entende que a aura, a egregora milenar em torno de tais escritos podem ser usadas incomensuravelmente com mais eficácia que qualquer escrito moderno pois o poder que contém, de vibração neles encontra autoridade não só na inspiração com que foram escritos mas nas vibrações ancestrais, tradicionais que os mesmos contém afinal quantas vidas não foram mudadas e transmutadas pelos mesmos

Este poder sagrado do bem é superior pois vem do Eu maior em cada um dos transmutados e supera toda e qualquer inversão de valores que as pessoas possam ter feito ao longo das eras com os mesmos a ponto de 'matarem em nome de Deus' ...

Esta inversão ABSURDA de conhecimento e interpretação dos tais, dos valores que exaram não invalida nem a INSPIRAÇÃO ORIGINAL dos mesmos nem O PODEROSO EFEITO TRANSMUTADOR que eles desencadeiam no buscador quando os lê na perspectiva e com o olhar corretos...

Ser perfeito assim é você ser o que és...Deus(a) em potencia, Deus(a) em manifestação, Imago Dei...

É você ser e se entender como o microcosmo em sintonia com o macrocosmo, é você vibrar na luz, no amor, na paz ou seja; na mesma sintonia em que Deus(a) esta...unitivo a Ele(a), unitivo a vida universal...pulsando em sintonia com as coisas que espelham o real em nós...

Chegou a hora de deixarmos de sermos apenas ouvintes e murmuradores de frases de efeito e SERMOS o que SOMOS EM ESSÊNCIA...plenamente... com acertos e erros mas convictos que no percurso estamos sendo cada vez mais moldados no ego conforme somos em espírito, no Eu maior...

Deus(a) em ação no mundo...

O universo esta lá(ou melhor dizendo; ao nosso redor) apenas esperando para que a frequência certa seja expedida no momento certo e que esta frequência seja luz. 

Coisas boas é relevantes, e isto implica em ser para nós, não para ele, ele apenas nos retribuirá conforme o que nós mesmos somos e fazemos na vida...

Paz profunda...

OM TAT SAT...

Valter Taliesin


VÍDEOS SAGRADOS...

Um pouco de rock progressivo de excelente qualidade...

Pendragon - Esta terra verde e agradável...

Pallas  - Atlantis...

Thomas Bergesen - Sonera....

E por fim os magistrais e imortais PINK FLOYD e a obra prima...THE DARK SIDE OF THE MOON...
Fonte de vídeos Youtube




Fonte de imagens Google...

Nenhum comentário:

Postar um comentário