Google+ Badge

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

A COLHEITA...





Rosamund acordou naquele dia com uma estranha impressão. Como se aquele fosse um dia capital, crucial, aqueles estranhos dias em que acontecem as coisas mais estranhas, as coisas mais estapafúrdias e que por sinal mudam nossas vidas de um momento para o outro de forma absurda.

Levantou-se, sentou-se na cama sentindo as pernas rijas e doloridas, como se tivessem sido surradas impiedosamente numa sessão sádica de tortura.

Demorou-se um pouco mais espreguiçando-se e esticando as pernas para sentir o sangue esquentar e poder caminhar e foi neste momento que reparou algo que lhe chamou a atenção... a luz que entrava, filtrada pela cortina rendada e com forro azul marinho, pela pequena fresta entre as junções das duas partes estava...RUBRA...sim...rubra, vermelha, um facho rubro que se tornava uma poça vermelha sanguino lenta na parede branca do quarto.

Dirigiu-se até a janela ainda sentindo câimbras nas pernas pois a curiosidade venceu as dores e abriu de chofre as cortinas...

- Oh! Deus mas o que...

As palavras morreram em sua boca engolindo seco o resto que não ousou pronunciar.

Somente seus olhos passeavam frenéticos pelo cenário que se descortinava ante seus olhos, uma imagem que nem mesmo um Dali em seus dias mais delirantes poderia imaginar e criar.

Os céus pareciam uma gosma borbulhante de sangue, como se as nuvens estivessem todas impregnadas de rios sanguino lentos e coagulantes do líquido vital da vida terrestre.

Para qualquer canto em que se olhava era a mesma cena, o mesmo cenário, percebeu que muitos outros olhares curiosos e assustados como os seus estavam em outras janelas de prédios vizinhos e frontais com cara de que faziam as mesmas perguntas estarrecidas que ela.

O telefone tocou...

Foi atender com dificuldade ainda, do outro lado uma voz esganiçada, comicamente estridente foi ouvida...era Humbert seu marido que saíra poucas horas antes, parecendo um lunático, gritando a pleno pulmões e revelando uma fragilidade que nunca virá Rosamund.

- Querida, sou eu, não saia de casa, não saia, tudo estranho, coisa louca, ai meu Deus!, coisa louca...

- Calma querido, respira...

- Pessoas, pessoas sumiram diante de nós pessoas, pessoas desapareceram querida, coisa esquisita, desapareceramm entende?

- Como desapareceram Humby?

- Estou te falando Rose, pessoas sumiram, desapareceram diante de meus olhos, coisa de louco, nossa, pouco antes do céu ficar assim entende? Pouco antes, ai mãe! Que palpitação, parece que o coração vai sair pela boca aff...

- Calma Humby, respira!

- Foi como se um rasgo fosse feito no ar querida, como se um zíper fosse aberto, e elas entrassem, sei lá, noutro mundo, coisa maluca, muito maluca!!!

- Caminhei vários quarteirões já e por onde ando vejo a mesma cena; pessoas falando histericamente, uma com as outras, sozinhas, ao celular como eu, olhando os céus, olhando-se estarrecidas nas vitrines das lojas vendo as imagens de TV em exposição que mostram noticiários sem parar, ligue a TV veja o que dizem...

Rosamund foi até o controle remoto da TV em sua cabeceira e ligou o aparelho.

Um fiat de luz levemente azulado encheu o ambiente e de um estúdio de última geração  o noticiário extra ordinário da mais importante TV do país dava os detalhes do estranho fenômeno, assim, vendo a imagem e falando ao telefone, Rose sentou-se na imensa poltrona aos pés da cama do casal e diante de si as imagens mais loucas desfilavam, imagens que mostravam momentos onde pessoas simples mente sumiam numa coisa estranha, espécie de rasgo no espaço/tempo como se houvessem encontrado a saída deste para um outro mundo... de início percebeu que as próprias pessoas não se sentiam surpreendidas mas é como se esperassem, como se soubessem que aquilo iria ocorrer. Percebeu inclusive o olhar de felicidade, de enlevo de muitas delas, como se contemplassem mais que um outro mundo, algo maravilhoso soberbo do outro lado, ela mesma só podia ver um facho de luz branco leitosa, madre pérola, mas elas pareciam ver algo supra natural, soberbo , supremo, pois muitas pareciam chorar e sorrir ao mesmo tempo, como se estivessem se libertando de algo tremendo, desolador, terrificante,  que as estivessem escravizando a muito tempo e olhavam para sua libertação, para algo que as chamava qual um imã ao metal.

- Caráca, soltou Rosamund, Humby as pessoas parecem que estavam esperando o que lhes aconteceu, amor, você viu?

- Sim Rose, vi uma senhorinha diante dos meus olhos, sumiu na minha cara mulher, ouvi ela dizer, - oh! sim, sim, estou indo, sim oh! que maravilha!

- Foi antes de perceber esta doideira generalizada, achei que ela estava lelé, maluca, zuada mesmo, mas foi ai que notei a estranha fenda diante dela e logo ela entrou e sumiu e tudo ficou como se nunca houvesse existido nada ali...maluco, mulher, estou falando, maluco, parece até que fumei erva, coisa louca!

A campainha do apartamento tocou...

- Humby querido, estão tocando a campainha!

- Tá vai lá atender vou desligar, até porque já estou chegando no prédio e pelo que vejo hoje não vai ter é 'p....' nenhuma tal o acumulo de pessoas histéricas que vejo aqui em frente...beijo amor, tchau...

- Tchau Humby...

Rose se levantou, vestiu o roupão por cima da camisola e foi atender a porta, olhou pelo vigilante e viu o rosto assustado de Margareth a vizinha de andar, abriu a porta e Margareth fuzilou-a porta adentro com um grito histérico..
- YYYYYYYYYYYYYYYYYEEEEEEEEEEEEEEKKKKKKKKKKKKKKK!!!!

Caiu ao chão aos prantos e socos e gritava enlouquecidamente; Jocelyn, Jocelyn, Jocelyn!!!!

Rose correu até a mais que vizinha, amiga sua e de Humbert, abraçou-a, e por alguns momentos tentou controlar-lhe os movimentos mas Margie estava completamente fora de si, apenas gritando o nome da filha, seu bebê, de alguns meses...
- JOCELYN, OH! JOCELYN! JOCELYN!

- O que aconteceu Margie com Jocelyn, Margie, fale comigo, Margie!

- Jocelyn, Jocelyn!

- Sim querida, Jocelyn, mas o que aconteceu?

- Jocelyn se foi Rose, Jocelyn se foi do meu colo, do meu peito, Oh ! Deus! vou enlouquecer, algo, alguma coisa levou Jocelyn de mim entende? Levaram Jocelyn e eu não pude fazer nada!!! Nada!!!
Oh! Deus!!!

- Como foi querida?

- Apenas vi um brilho ofuscante diante de mim, e vi Jocelyn ser como que sugada por uma luz, tremenda para dentro de um rasgo, sei lá, um treco que se abriu diante dos meus olhos, como se abre uma cortina Rose, Oh! Deus! E quando vi meu bebé tinha ido embora, ido embora!!! Yeeeeeeeeeeeeekkkkkkkkkkkkkk!!!!

- Calma, querida, calma!

- Como me acalmar mulher? Minha filha foi tirada de mim sem que eu pudesse nem piscar!

Abraçaram-se e quando Rose viu chorava assustada abraçada a Margie!

Ficaram assim por um tempo que pareceu tão dolorosamente longo, tão comprido como se estivessem estirando um elástico que resistia em romper-se!

Finalmente uma delas falou...

- Rose, você viu o céu? Rose o que esta acontecendo?

- Não sei querida, Humby acabou de ligar contando coisas enlouquecedoras e olha,  ouves no quarto? Liguei a TV e vi cenas que parecem ficção, coisas de Senhor dos anéis, loucura total, nem sei descrever!

- Como? Então você quer dizer que...

- Sim Margie, é geral, pessoas estão sumindo no mundo todo, ou melhor sumiram pois parece que já acabou, sei lá, muito doido, muito doido querida!

- Então Jocelyn...

- Sim, Jocelyn não foi a única !

- YYYYYYYYYYYeeeeeeeeeeeeeeekkkkkkkkkk!!!

- Calma querida!

- Como calma Rose, que loucura é esta???

- Não sei querida, não sei, se soubesse não estaria aqui assim, consigo!

- Porque não me levaram então com Jocelyn se outros foram??? Porque??? Oh!!! Jocelyn!!!

Rose não pode dizer, aliás duvidava sinceramente que alguém, em algum lugar pudesse dizer alguma coisa coerente, interessante e que colocasse luz naquilo tudo...

O dia passou, Margie se foi depois de horas com sua dor quando o marido desta, Clark, chegou da empresa onde por motivos óbvios expediente não existira, logo chegou também Humbert e depois de chorarem abraçados, ambos foram até a sala de TV ansiosos por mais noticias.

Pouco a pouco foram entendendo a dimensão do que acontecerá...

Foi realmente um evento planetário, universal!

Pessoas de TODAS as idades mas e principalmente crianças de até 12 anos sumiram sem deixar nenhum vestígio! Como se num passe diabólico de mágica, e nada e nem ninguém aparecera para explicar, até agora, mais de 4 horas das primeiras informações... o governo mantinha-se estranhamente calado, na Casa branca via um amontoado de pessoas em frente, dentro dos jardins tudo armado para uma grande coletiva à imprensa mas até agora nada... em outros países a mesma imagem; Londres, Paris, Brasília, Lisboa, Berlim, Tóquio, Pequim, Moscou, Madrid, Jerusalém... para onde se olhava no mundo os governos estavam recolhidos mas o cenário armado para que alguém dissesse algo existia, por todos os lugares....
Na ONU, uma assembléia extra ordinária havia sido convocada e os representantes dos países estavam chegando um a um, o céu rubro parecia deixar tudo ainda mais tenebroso e amedrontador, como se fosse uma pincelada do destino na alma dos humanos que ficaram...ficaram? Seria este o termo mesmo? Ninguém sabia dizer!

Exatamente 5 horas após os eventos acima relatados finalmente o presidente dos EUA em horário cronometrado com cada líder mundial de todos os países da Terra apareceu nos jardins da Casa  Branca, ou melhor, A SENHORA PRESIDENTA, como gostava de ser chamada Anne Lynn a senhora de aço das Américas, a republicana mais republicana que a Casa Branca já virá!

- As respirações no mundo inteiro parecem tem se sincronizado quando em cada país cada líder começou a falar com seu povo!

- Caros cidadãos americanos - Anne Lynn, começou - estamos diante de um evento de proporções macabras, global, nunca antes presenciado...até hoje tínhamos tido tufões, maremotos, terremotos, cada vez mais devastadores por todo o planeta, e percebíamos que algo estava errado com a natureza mas NADA, repito, nada nos preparou para o que ocorreu hoje!

Anne Lynn, parou, parecia que iria chorar, seus olhos aflitos, correram a imensa platéia de repórteres de todas as redações de todos os tipos de noticiários possíveis e imagináveis, e a impressão que tinha-se era que ela simples mente não queria estar ali, a senhora de aço, a Margareth Thatcher, a Dilma Roussef, a Angela Merkel das Américas estava a beira de um colapso público.

Foi então que Rose reparou em um dos acessores de Anne Lynn, a princípio nem lembrava quem era, mas reparou no olhar dele, no jeito com que mirava pelas costas a presidenta e dela a plateia e estranhamente as camêras de TV, sim parecia que ele olhava diretamente para ela Rose, dentro de seus olhos, dentro de sua alma, nunca houverá reparado naquela figura antes, ou será porque antes aquela figura não se fizera notar?

Rose não sabia, mas só sentia que algo profundamente perturbador vinham daqueles olhos...devoradores...sim devoradores...devorada, foi como ela se sentiu quando percebeu que aqueles olhos pareciam olhar direto dentro dela, devorada e estranhamente seduzida, como se por um amante sedento e irressistivelmente atraente! Sentiu-se corar pois estas idéias eram loucas, ainda mais com Humby ali, deitada em seus ombros...mas sentiu que as mãos de Humby, suavam intensamente segurando suas mãos, e seus olhos pareciam fixos, fixos, Rose olhou e...Oh! Deus! ele também esta fascinado pela figura!

Atrás de Anne Lynn, a mulher mais poderosa do mundo estava um homem, deveria ter mais ou menos uns 40 anos se tanto. Alto, um corpo atlético bem temperado pelas academias da vida trans pareciam através de um terno todo preto com camisa absurdamente branca e gravata preta. Parecia até um uniforme...louro, cabelos bem cortados e bem penteados, um óculos escuro de grife no rosto e entretanto parecia que seus olhos penetravam o espaço/tempo e entravam dentro de Rose, aliás; dentro de cada pessoa que via e ouvia aquela transmissão.

Rose reparou depois nas chamadas de outros lugares que em cada canto do globo havia um homem praticamente semelhante aquele atrás dos líderes mundiais em seus discursos, e todas as vezes que percebera-os sentira o mesmo arrepio e invasão dentro de si.

Não eram todavia o mesmo homem, não é possível, não poderia ser, deve ser fruto de minha imaginação pensou Rose, mas não, a imagem era muito clara, pareciam clones um do outro, clones espalhados pelo mundo todo, atrás de cada líder global.

O discurso de Anne Lynn durara em torno de 66 minutos e estranhos 6 segundos...o  mesmo de cada um dos líderes globais, todos falaram praticamente a mesma coisa:

1. A partir de hoje haveria uma intensa pesquisa científica para saber-se o porque do céu rubro.

2. Estava instituído um toque de recolher global que funcionaria entre as 21 horas da noite até as 06 horas da manhã por tempo indeterminado e quem o violasse a não ser socorristas, bombeiros e os demais serviços essenciais seria detido.

3. Haveria necessidade de um amplo cadastro e registro de cada um dos restantes, das pessoas que não sumiram, uma necessidade de leitura de iris e principalmente um chipe a ser colocado no corpo para imediata detecção de cada pessoa... onde tudo, absolutamente tudo sobre ela estaria registrado, antes disto o toque de recolher não seria retirado.

4. Os países do globo se unificariam sob um só governo, cada país elegeria um representante especificamente escolhido para representar cada país nas nações unidas e dentre estes haveria após um tempo de apresentações e debates, a escolha, primeiro de 10 líderes de 10 regiões que seriam criadas em todo o globo e estes líderes passariam a governar globalmente estas regiões sob a diretiva daquele que obtivesse via internet o maior número de votos de todos os humanos restantes no planeta...SIM, seria algo amplamente democrático para não pairarem duvidas sobre as escolhas, tanto dos 10 líderes da região quanto do líder global...primeiro a votação escolhendo os 10 depois entre os que restassem a votação escolhendo o líder supremo...o melhor ficaria para o fim diziam!

5. Estes 11 líderes estariam responsáveis por criar uma nova sociedade sobre a terra, algo diferente de tudo o que até então existira pois o que acontecera no planeta também era inédito!

6. Seriamos finalmente apresentados aos 'irmãos' do espaço, uma raça 'amiga' de seres das regiões mais abissais do céus que a anos  vinha colaborando com o governo da terra para preservar a humanidade deste momento, e que eram eles os responsáveis por manterem quem sobrará na terra, e que os demais que sumiram foram vítimas de uma raça alienígena de outra dimensão, inimiga dos humanos que os levara para serem escravizados em sua dimensão. Estes irmãos do espaço se apresentavam com aparência humana pois sabiam o quanto pelo correr dos anos sua verdadeira aparência tinha sido conspurcada pelos aliens inimigos, mas breve eles se revelariam em toda a sua gloriosa face reptiliana a todos os humanos, uma face 'amiga' como olhos que ajudariam a 'curar' o sentimento de perca que cobria todo o globo...aliás, as leituras das iris eram exatamente para isto, para que cada humano olhasse para um objeto de alta tecnologia nos olhos destes 'irmãos do espaço' o que permitiria que TODO DOR que estivessem sofrendo pela perda de entes queridos fosse acalmada, suprida e que a segurança de que os 'irmãos' dos espaço fariam tudo para resgatá-los e melhor, IRIAM resgatá-los, seria uma certeza!

7. Que houvesse uma absoluta confiança nos líderes globais que seriam escolhidos pois TODOS os representantes das nações que seriam escolhidos para irem ao quorum de votação global seriam 'híbridos' de humanos com esta raça alienígena, que num gesto de 'boa vontade' e 'fraternidade' para conosco cederá gentilmente seus corpos, genes e mente altamente evoluídos para mesclarem-se com excelentes, os melhores tipos dentre os humanos e gerarem seres de alto grau evolutivo para direcionarem a Terra à fraternidade universal a qual eles representavam...

ESTAS SERIAM AS 7 CABEÇAS SAGRADAS, AS 7 DIRETRIZES FUNDADORAS   DO CORPO DA GRANDE NAÇÃO GLOBAL QUE SE TORNARIA A TERRA E OS 10  LÍDERES MAIS O LÍDER SUPREMO OS CHIFRES SAGRADOS, OU SINAIS DE PODER DESTA NOVA ENTIDADE QUE O MUNDO SE TORNAVA!!!

1. CIÊNCIA AVANÇADA
2. OBEDIÊNCIA ABSOLUTA
3. CONTROLE ABSOLUTO
4. DEMOCRACIA PLENA DA MAIORIA
5. UMA NOVA SOCIEDADE GLOBAL UNIFICADA
6. FRATERNIDADE UNIVERSAL COM OS IRMÃOS DO ESPAÇO
7. UMA ELITE SAGRADA DE LÍDERES HÍBRIDOS ENTRE AS DUAS RAÇAS.

Rose e Humbert não conseguiram dormir naquela noite, foram assombrados por aqueles olhos atrás das lentes escuras como se fossem dois faróis seduzindo-os, entretanto algo dentro deles os inquietava...amanheceu o dia e se viram fazendo as malas, pegaram tudo, absolutamente tudo o que tinha de valor e poderiam carregar e colocaram nas malas... antes conversaram com alguns amigos entre eles Margie e Clark e foram todos para um lugar afastado, dentro das montanhas do estado...um pequeno mas aconchegante sítio rural de um casal brilhante chamados Hórus e Isis...ambos filho e mãe...

Sim, ambos tinham o nome dos dois grandes deuses egípcios e o mesmo grau de relacionamento!

Depois de horas de viagem o pequeno grupo em 3 vans desceram em frente a casa central do sítio de um conjunto de 12 construções...este era incrustado dentro das montanhas, cercado por uma densa mata e Rose notou que um pequeno riacho corria por entre as terras do mesmo....foram recepcionados por 4 pessoas muito amistosas e perceberam que já estavam dentro da grande casa várias outras pessoas, ao todo quando entraram Rose contou com eles umas 50 pessoas...percebeu que Hórus e Isis( que até então eram conhecidos por eles como Marian e Joshua) estava sentados de olhos fechados como em meditação num grande palco neste que parecia um salão de conferências para algo em torno de 100 pessoas.

Passado um certo tempo ambos abriram os olhos e Rose os viu como nunca os percebera antes, sempre achará o casal simpático, mas a luz e a paz que sentira quando abriram os olhos foi algo soberbo, maravilhoso, bem diferente daquela coisa... sensual e invasiva que sentirá com os tais homens dos discursos!

Marian ficou em pé e tomou a palavra...

- Amigos e amigas queridos, por favor sentem-se, mais alguns irmãos e irmãs vossos ainda chegarão mas não já, assim penso que é importante começar colocando-os a par de todos os eventos e tirar as dúvidas que assomam vossos corações.

- Eu e Hórus, que voces conheceram por Marian e Joshua somos seres de quinta dimensão  e estamos em vossa dimensão a muito tempo exatamente para este momento portentoso pelo qual vocês passaram...aquilo que os noticiários alertam sobre nós é falso, não só não somos inimigos dos humanos quanto o que se deu foi algo natural de vossa evolução espiritual...o que se passou foi que um grupo de humanos alcançou dentro DENTRO DE SI o estágio da quinta dimensão e com isto esta massa critica abriu o espaço/tempo terrestre para esta nova dimensão do ser...foi para lá que todos foram, um lugar que permanece sendo este mesmo lugar em que vocês estão mas duas vibrações acima do normal do mundo tri dimensional...Vocês que ficaram aqui mas foram convocados por pessoas como nós no resto do mundo, não foram porque não estavam nesta onda de vibração de quinta dimensão mas estão vibrando uma onda acima dos demais humanos que ficaram, na quarta, e portanto serão preparados por nós que ficamos como tutores de vocês para conseguirem atingir o coeficiente de luz vibracional interno de quinta dimensão para fazerem com o tempo o mesmo processo...os demais humanos infelizmente serão engodados pelos seres que se auto denominam 'amigos' da humanidade e uma ditadura global tomará conta de toda a terceira dimensão cujo céu rubro é um símbolo do que esta por vir...este estado de cisão durará por um espaço de 1000 anos terrestres ao fim do qual finalmente a terra será ela toda alçada a quinta dimensão do ser e aqueles que estiverem em outras vibrações que não a quinta mas abaixo, serão retirados daqui para outros planetas de terceira dimensão onde continuarão seu processo evolutivo de forma retardataria aos demais que ficarem na terra, já as entidades reptilianas serão aprisionadas e expulsas de vez da terra pois esta se tornará um planeta inviolável  para este tipo de energia que representam.

Rose ouvia tudo com o coração palpitante, percebia enfim, que a vida realmente tinha sentido, ela nunca fora religiosa ou algo do gênero, e sentia que nem precisava sê-lo pois o que estavam tratando ali era de evolução de consciência, de ver-se a vida com mais amor, liberdade, fraternidade e que a vibração na luz era o fator determinante para o que ocorrera, não crença ou descrença nisto e naquilo, óbvio era que o senso de divindade interna como mais para frente observou no discurso de Isis, era salutar mas as questões doutrinais e teológicas que separavam crenças e religiões nada tinha a ver com isto aliás, percebia nos olhares ali uma ausência completa de fanatismo...se eles não eram digamos, dignos de terem participado da 'primeira colheita' foi assim que Isis se referira ao evento, estariam aptas ao próximo evento dali a 7 anos quando os instrutores que ficaram de guardiães esperavam terem preparado a próxima leva para a nova abertura do portal...os quais seriam retirados daqui por eles para a quinta dimensão deixando o resto do globo sob a visão nebulosa da ilusão nos mil anos que viriam de domínio reptiliano sobre a terceira dimensão até a futura ascensão global.

Rose sentiu os olhos marejarem de lágrimas, sentiu dentro de si um amor imenso pelos demais humanos que não conseguiriam fazer a transição a tempo, sentiu uma dor imensa pelo tempo que sofreriam nas mãos dos reptilianos, sentiu uma dor imensa pela ilusão que tomaria conta daquele mundo que bem ou mau amava mas sabia que infelizmente era assim que estes vibravam, era assim que estes escolhiam viver e receberiam o que plantaram...

Rose abriu sua mente e seu coração e se viu radiante de luz nos 7 anos que viriam e que como agentes da luz ajudariam não só se auto prepararem mas ajudarem a despertar o máximo de irmãos que pudessem serem livres da ilusão dos reptilianos e de seus títeres globais...

Rose sentiu-se finalmente parte de algo, de alguma coisa realmente relevante e que a  vida tinha o significado que um dia seu coração desejou que tivesse.

Diante de si, Hórus e Isis, brilhavam numa luz transcendente e as ondas de amor que sentia vir daqueles seres que optaram em ficar com eles, ao invés de irem com os demais, para ajudá-los na transição dos 7 anos seguintes e a quem mais pudesse ser ajudado era intensa...envolvente...

Rose à noite pouco antes de dormir olhou os céus rubros e percebeu que as estrelas tinham um tom diferente do normal, mesmo com a chegada da noite, tal o efeito daquele céus avermelhados...mas dentro de si sentiu uma paz, uma tranquilidade maravilhosa dominando-a... desde as palavras de Isis, sentia-se finalmente una com o universo de uma forma como nunca sentira...percebera-se finalmente livre de coisas que até então lhe assomavam a alma; doenças, afazeres, compras, etc...sentiu que a vida finalmente  mostrava pela primeira vez sua face sem os véus que toldavam a visão dos humanos...sentiu-se feliz enfim, mesmo não estando com os demais da colheita, sentia-se uma SEGADORA, pronta não só para ser colhida mas para colher quem pudesse se colhido nos anos que viriam...e foi assim que surgiu a lenda no milênio seguinte... dos misteriosos coletores de humanos...que de tempos em tempos(sim , ao longo dos mil anos, varias vezes o portal se abriu e conseguiu levar um ou outro humano em número reduzido já que a ilusão era mais forte que em qualquer outro tempo, mas ainda assim sempre encontrava alguém para levar) levavam humanos por um portal para um rumo ignorado mas veementemente proibido pela elite reinante na terra como um reino de dragões e monstros assustadores devoradores de almas.

E EXATOS MIL ANOS DEPOIS UM RAIO DE LUZ UNIVERSAL BRILHOU EM TODA A TERRA, EM TODAS AS SUAS DIMENSÕES DESDE A PRIMEIRA SUBINDO E CHEGANDO NUM NÍVEL DE LUZ OFUSCANTE DE QUINTO GRAU E O MUNDO SE VIU COMPLETAMENTE LIVRE DAS NÉVOAS VERMELHAS E ENVOLTO TOTALMENTE POR UMA LUZ MADRE PÉROLA E CADA SER VIVO DA TERRA SE PERCEBEU UNO EM SI E COM OS DEMAIS COMO NUNCA ANTES FORA...
UMA NOVA ERA VERDADEIRAMENTE COMEÇAVA E ROSE E HUMBERT COM OS DEMAIS ESTAVAM ALI, NO CENTRO DE TODA AQUELA ESFERA DE LUZ E OLHAVAM PARA UM LUGAR ONDE ONDAS E ONDAS DE ESFERAS ASCENDENTES DE LUZ ACENAVAM COM MAIS E MAIS ASCENSÕES A PERDER-SE DE VISTA NO CENTRO DO OCEANO DA DIVINDADE...
A VIDA FINALMENTE SE REVELARA COM TODA SUA GRANDEZA E MISTÉRIO...E NOS LÁBIOS ILUMINADOS DE ROSE UM SORRISO PERPETUOU-SE FECHANDO O MUNDO EM INTENSA FELICIDADE...

MARANATA!!!

Valter Taliesin


Vídeos sagrados

GANDALF







Fonte Youtube







Fonte de imagens Google


Nenhum comentário:

Postar um comentário