Google+ Badge

domingo, 12 de janeiro de 2014

CAOS E CURA...


Seja o qual for o sentimento que aborda teu coração nesse momento
Ele é passageiro como tudo que ocorre nesse mudo de dualidade.
A dor que perfura teu peito é um pequeno espinho criado pelo teu próprio orgulho.
Repousa tua mente em Deus.
E verás essas nuvens escuras se dissiparem quase instantaneamente.
E a Luz brilhar na tua alma.
Todos os remédios, para todos os males, encontram-se no amor Divino.
Ele é o lenitivo para todas as dores que nos atingem.
Não se desespere, não se entristeça frente ao que enfrentas na vida.
Nada há que não possa ser modificado pela vontade Divinal.
Sorria. Um novo dia está a começar.
Haverá outros atropelos, haverá outras alegrias.
A taça da vida humana é assim composta de felicidade e dor.
É natural que algumas vezes o coração se abale e se entristeça.
Mas, passa. Tudo passa.
E repentinamente verás o sorriso nos teus lábios, a esperança no teu coração, a promessa de nova vida.
Levanta teus olhos e eleva uma prece.
Serás atendido sempre.
Ele está presente determinando o melhor para cada uma de suas criaturas.
Que elas lhes compreendam ou não.


Sofia de Melo Volante

Sei que na minha caminhada tem um destino e uma direção,
por isso devo medir meus passos, prestar atenção no que faço
e no que fazem os que por mim também passam ou pelos quais passo eu...
Que eu não me iluda com o ânimo
e o vigor dos primeiros trechos, porque
chegará o dia em que os pés não terão tanta força
e se ferirão no caminho e se cansarão mais cedo...
Todavia, quando o cansaço houver,
que eu não me desespere e acredite que ainda terei forças para continuar,
principalmente quando houver quem me auxilie...
É oportuno que, em meus sorrisos,
eu me lembre de que existem os que choram, que, assim,
meu riso não ofenda a mágoa dos que sofrem:
por outro lado, quando chegar a minha vez de chorar,
que eu não me deixe dominar pela desesperança,
mas que eu entenda o sentido do sofrimento,
que me nivela, que me iguala, que torna todos os homens iguais...
Quando eu tiver tudo, farnel e coragem, água no cantil,
e ânimo no coração, bota nos pés e chapéu na cabeça,
e, assim, não temer o vento e o frio, a chuva e o tempo.
Que eu não me considere melhor do que aqueles que ficarão atrás,
porque pode vir o dia em que nada terei
mais para minha jornada e aqueles,
que ultrapassei na caminhada, me alcançarão
e também poderão fazer como eu fiz e nada de fato fazer por mim,
que ficarei no caminho sem concluí-lo...
Quando o dia brilhar, que eu tenha vontade de ver a noite
em que a caminhda será mais fácil e mais amena; quando for noite,
porém e a escuridão tornar mais difícil a chegada,
que eu saiba esperar o dia como aurora, o calor como bênção...
Que eu perceba que a caminhada sozinho pode ser mais rápida,
mas muito mais vazia...Quando eu tiver sede,
que encontre a fonte no caminho,
quando eu me perder, que ache a indicação, a seta, a direção...
Que eu não siga os que desviam,
mas que ninguém se desvie seguindo os meus passos...
Que a pressa em chegar não me afaste da alegria de ver as flores simples
que estão a beira da estrada,
que eu não pertube a caminhada de ninguém,
que eu entenda que seguir faz bem, mas que, às vezes,
é preciso ter-se a bravura de voltar atrás
e recomeçar e tomar outra direção...
Que eu não caminhe sem rumo,
que eu não me perca nas encruzilhadas,
mas que eu não tema os que assaltam-me, os que embuçam,
mas que eu vá onde devo ir e,
se eu cair no meio do caminho,
que fique a lembrança de minha queda para impedir
que outros caiam no mesmo abismo...
Que eu chegue, sim, mas, ainda mais importante,
que eu faça chegar quem me perguntar,
quem me pedir conselho,
e acima de tudo, me seguir, confiando em mim!

Sofia de Melo Volante
Elas entram na vida da gente e deixam sinais. Como a sonoridade do vento ao final da tarde.

Como a sonoridade do vento ao final da tarde. Como os ataques de guitarras e metais presentes em cada clarão da manhã.

Olhe a pessoa que está ao seu lado e você vai descobrir, olhando fundo, que há uma melodia brilhando no disco do olhar. 

Procure escutar. Pessoas foram compostas para serem ouvidas, sentidas, compreendidas, interpretadas. Para tocarem nossas vidas com a mesma força do instante em que foram criadas, para tocarem suas próprias vidas com toda essa magia de serem músicas.

E de poderem alçar todos os vôos , de poderem vibrar com todas as notas, de poderem cumprir, afinal, todo o sentido que a elas foi dado pelo Compositor.

Pessoas são músicas como você.

Sofia de Melo Volante

Não se preocupe em ter o brilho da lua...

Você já tem seu próprio valor...

Deus te deu o dom da vida

Aproveite este presente e brilhe...

Não queira agradar a todos

Isso será quase impossível...

Mas trate as pessoas com amor

e procure falar a verdade

Você pode não agradar a todos

Mas terá o amor de muitos

Principalmente dos amigos sinceros.


Sofia de Melo Volante


Quando há pureza os outros não ficam com medo de nós nem nós ficamos com medo dos outros.
Não há ameaça de perda ou dano, somente amor puro.
Amor puro reconhece a individualidade inerente
de cada pessoa e a respeita. Não há categorias.
Não há rótulos. Deus nunca nos rotula.
Ele vê cada um de nós como seres humanos únicos.
Ao conhecer nossa singularidade eterna ele nunca
tenta nos tornar algo diferente do que somos.
Nossa felicidade está em ser o que somos.

Sofia de Melo Volante

A morte não é nada.
Eu somente passei
para o outro lado do Caminho.

Eu sou eu, vocês são vocês.
O que eu era para vocês,
eu continuarei sendo.

Me dêem o nome
que vocês sempre me deram,
falem comigo
como vocês sempre fizeram.

Vocês continuam vivendo
no mundo das criaturas,
eu estou vivendo
no mundo do Criador.

Não utilizem um tom solene
ou triste, continuem a rir
daquilo que nos fazia rir juntos.

Rezem, sorriam, pensem em mim.
Rezem por mim.

Que meu nome seja pronunciado
como sempre foi,
sem ênfase de nenhum tipo.
Sem nenhum traço de sombra
ou tristeza.

A vida significa tudo
o que ela sempre significou,
o fio não foi cortado.
Porque eu estaria fora
de seus pensamentos,
agora que estou apenas fora
de suas vistas?

Eu não estou longe,
apenas estou
do outro lado do Caminho...

Você que aí ficou, siga em frente,
a vida continua, linda e bela
como sempre foi.

Sofia de Melo Volante


Merecimento é conquista, mas conquista é Deus em nós, tornando-nos maiores.

O justo diante dos sofrimentos não sofre como os demais. Está acostumado a tirar, das experiências dolorosas, todos os tipos de glórias da vida.

Responde a todos os ataques com um sorriso, envolvido em profundo amor.

Se queres melhorar por fora, melhora por dentro, faz da tua mente um santuário divino, porque tu és o Espírito-Deus que habita no corpo.


Sofia de Melo Volante

Os anos passam... As lembranças são eternas, A saudade permanente e nossos olhos em busca de cenas de tempos vividos. Os anos passam... Vivemos lições de vida, aprendemos a vasculhar nas nossas recordações do coração e a acariciar lindos momentos que se foram para não mais voltar Os anos passam...

Crescemos na alma, mas sempre seremos frágeis no amor Os anos passam... muitos virão ou quem sabe... nossa estada nesta vida seja curta nada sabemos do amanhã... nem quando vamos...

Os anos continuam a desfilar na passarela do aprendizado e nós protagonistas da vida, enfrentamos os momentos que nos fazem infelizes e nos deliciamos com os felizes!

Resumimos que a vida é um grande baile em que almas se encontram, se esbarram, se unem e se separam... Cada qual bailando nos conflitos, nas esperanças e nas suavidades de momentos de amor De todos os anos que se foram, concluo que viver...

É ser cada qual, em sua essência adquirida. Com todas as adversidades, com as lágrimas derramadas, ainda assim, a alegria de viver é o maior presente embrulhado em papéis de brilhos de momentos...

Relembrar é viver um pouco mais Viva a sua vida pois ela é curta. Valorize e ame a você mesmo pois ninguém mais que você, te conhece. E não se esqueça... Ninguém lembrará o que fez de bem Mas, ... Todos lembrarão dos seus erros.

Sofia de Melo volante

Vídeos Sagrados

ALAN JACKSON







FONTE YOUTUBE





Fonte de imagens Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário