Google+ Badge

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

MISTERIUM MYSTIKOS... INTERNOS E EXTERNOS..



As esferas em que estamos lidando atualmente são também ondas de manifestação.

Esfera nos transmite a ideia de algo estratificado, limitado enquanto onda nos passa a ideia de algo que vem e vai indefinidamente.

Mas a vida é exatamente isto.

Uma onda infinita de probabilidades e esferas de possibilidades!

Tanto o limitado da esfera quanto o ir e vir das ondas no fundo não passam de pura ilusão!

É a expressão do mundo quântico em que vivemos ...ponto e onda!

E no fundo tanto o ponto quanto a onda são a mesma expressão e manifestação!

Formamos esferas ou mundos paralelos de possibilidades sempre que interagimos no mundo, sempre que usamos nosso livre arbítrio.

E estas mesmas manifestações funcionam qual ondas, num ir e vir de escolhas e manifestações.

Nem as esferas são estáticas nem as ondas são erráticas, mas uma coesão e perfeição paradoxal poderosa parece vigorar entre observador e observado na criação de nossos mundos interiores com expressões exteriores.

Mas o que é interior e exterior mesmo num mundo assim?

Percebem onde nos leva o mistério?

As questões e perguntas que surgem?

E como as respostas parecem cada vez mais insuficientes?

DEUS assim deixa de ser um mistério local, um mistério de uma pessoa, de uma família, de um grupo, de uma nação, de uma raça, de um planeta somente e passa a ser a própria manutenção misteriosa da vida..é tanto uma esfera de compreensão localizada do mistério, um universo de conhecimentos e conceitos quanto a onda que vai e vem, dizendo e as vezes até se contradizendo e redizendo o dito, reinventando-se e criando novas interfaces de relação.

Nenhuma das duas formas de vermos as coisas é mais divina que a outra, nem a esfera do universo pessoal e grupal de cada um nem a onda aparentemente sem controle e sem definição...

O que temos é Deus olhando e interpretando Deus!

Deus em nós e através de nós, as esferas ou universos de manifestação observando e interagindo com a onda infinita, o oceano infinito de divindade!

Deus imanente observando Deus emanente e transcendente...mas será que algo ou alguém além dos universos de esferas e universos em manifestação foi o primeiro e de fato é o ÚNICO observador?

Isto é bom do mistério... as respostas continuarão a serem variadas sobre esta questão enquanto não aprendermos a VIVER e SER mais que falar e fazer.

Amor e Luz

Valter Taliesin


A teia de Indra é um dos mais intrigantes e fascinantes conceitos de universos interligados, de formas de expressão de vida que as religiões já propôs.

Indra é a grande divindade manifesta no emanente, o senhor do céu visível uma espécie de grande pan hindu e seu reino é representado como uma grande teia de luz onde universos e universos de vida se manifestam e interagem entre si aumentando e criando novas interfaces infinitas de manifestações.

Se quisermos comparar a divindade a algo do mundo material neste conceito podemos imaginar uma grande aranha tecendo os fios de perfeita sincronia, sutileza e beleza e quando vem a presa e nela se prende podemos ver nitidamente uma metáfora do samsara explicitado.

Aquela presa é um exemplo de si , de mim, de nós quando nos prendemos na grande teia da vida e nos enrolamos cada vez mais nos carmas e carmas negativos e positivos, dualidade pura de manifestações.

Aqui Deus ou a divindade surge tão tremenda que criaram-se a imagem ou do demiurgo ou do Satan para explicar-se ou explicitar-se o sofrimento no meio do qual nos vemos presos e enredados.

SIM, Indra é de certa forma o conceito hindu do demiurgo gnóstico, como o é do grande Pan grego dos mistérios e como a grande aranha da vida que coordena o samsara da teia não fugiria de comparações com o Satan cristão ainda que na iconografia de comparações entre religiões seja mais visto como São Miguel.

Mas estamos falando de conceitos objetivos em cima de um universo subjetivo e neste ponto só podemos tentar compreender o melhor possível não a inteireza do mistério.

Este permanecerá um mistério velado até que aprendamos ver além dos véus de Isis, além das teias de Indra, além das manifestações da vida e MAIS; além dos conceitos de bem e mal tão caros a nós e que nos fazem fazer da vida manifesta um tormento e de um ideal mundo divino um céu idílico e pior; abaixo do véu deste mundo de Indra um verdadeiro inferno.

Quando aprendermos ver o UM em tudo, virá a libertação!

Amor e Luz!

Valter Taliesin



E haverá um tempo como nunca houve outro igual, onde finalmente sentaremos calmos, serenos e tranquilos e partilharemos o pão e beberemos o vinho em perfeita comunhão entre o humano e o divino em nós. Sem barreiras de nenhum tipo e de nenhuma ideologia e filosofia. Somente amando e sendo amados em Cristo no Cristo vivo dentro de nós, aquele que Jesus tão bem nos revelou e que não carrega nome algum que não O NOVO NOME que cada um terá no sagrado diante do oceano da vida.

E neste tempo finalmente se levantarão os deuses criadores de novos universos e palmilharão novos planetas, novos sistemas estelares, novos enxames de constelações e galáxias, ultrapassarão universos e dimensões e tornarão o mistério que carregam na alma algo universal.

Cristo Jesus o Cristo cósmico e cada Cristo manifesto na terra a partir do centro do Ser espalharão a novidade de vida por mundos ainda presos nas ilusão, agora não mais como mensageiros do sofrimento mas como mestres e mestras de luz nas alturas celestes velando pelos novos mundos.

Um novo tempo esta agora nascendo dentro de cada um de nós e manifestando-se cada dia, cada momento de nossas vidas através de nossos pensamentos, emoções, desejos e sentimentos consagrados na luz deste Cristo Interno e sagrado em nós.

Um novo tempo que mostrará finalmente para que tanto sofrimento e tanta dor neste mundo, porque nos fixamos tanto na ilusão e no passageiro, porque abrimos mão da luz infinita sem nem olharmos para trás(dentro) com saudade e dúvida.

Um novo tempo que trará não o que deveríamos ter sido mas algo ainda maior e mais eterno e infinito pois teremos unido em nós os contrários e os opostos de todos os mundos, teremos entendido finalmente que o Paraíso nunca foi perdido mas oculto no mistério do que chamamos Queda...oculto dentro de cada um de nós e quando se manifestar de novo não será mais um reino de inocência mas um reino de deuses e sacerdotes segundo a ordem de Melquizedeque!

E as cores do mundo refletirão as cores de nossas almas e as energias do mundo serão as energias requalificadas e transmutadas pelo amor divino, pela vontade divina e pela sabedoria divina em cada um de nós.

E seremos UM SÓ e não haverá mais divisão alguma, e manifestaremos noite e dia esta sagrada marca de divino, não a marca do caído mais mas a marca do renascido, do transmutado, do ascendido , do divinizado.

E FINALMENTE HAVERÁ PAZ E AMOR EM TODA A TERRA...FOREVER!

Amor e Luz

Valter Taliesin


VÍDEOS SAGRADOS

LESIEM














FONTE YOUTUBE








FONTE GOOGLE IMAGENS



Nenhum comentário:

Postar um comentário