Google+ Badge

sexta-feira, 4 de abril de 2014

ENTRADAS E SAÍDAS...O curso e o intercurso das almas iluminadas no mundos...

E tu, Belém Efrata, posto que pequena entre os milhares de Judá, de ti me sairá o que governará em Israel, e cujas saídas são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade.

Miquéias 5:2




Em todos os tempos da História Humana ouvimos falar de homens e mulheres sagrados(as), entidades de luz que aqui vieram encarnando-se, trazendo mensagens transformadoras através de suas palavras, vidas, atos sagrados, memoráveis que fizeram para ajudarem no processo de libertação dos humanos.

O grau destas entidades é variado desde os mais simples emissários de luz até os supremos avatares, considerados emanação direta e especial do divino para um propósito específico. E até dentre estes houve diferenciação. 
Aqueles que trouxeram uma mensagem localizada, para um povo ou grupo e aqueles considerados universais, os quais atingiram quer eras específicas da terra ou mais ainda; todas as eras passadas, presente e futuras da humanidade.

I.Neste último caso - Os salvadores do mundo - eu colocaria entidades como Cristo, Krishna, Mitra, Osíris, Hórus, Dioniso, Quetzalcoatl e Buda que trazem em si a mítica do salvador do mundo, dos deuses salvadores nascidos para redimir o conjunto social humano. Geralmente associados ao sol invictus seus nascimentos míticos em sua maioria é no dia 25 de Dezembro, suas mortes quase sempre sacrificiais, suas vidas tem paralelos interessantes como se os escritores que as escrevessem tivessem bebido na mesma fonte ou como se tais entidades encenassem no decorrer dos milênios e milênios de História Humana o mesmo drama mítico... 

1.Como se elas como personalidades encarnadas fossem apenas uma extensão de uma única alma crística e cósmica que esta sim, encena este drama perene até a salvação completa do mundo. 

2.Ou então todas elas são a mesma e única personalidade encarnando-se ao longo do tempo e a única que revela em si, até o momento pelo menos até cada humano fazer por si mesmo, o Cristo cósmico ou sua fagulha em cada um de nós.

3.Há uma outra hipótese, de que diversas entidade míticas ao longo do tempo acenaram para uma única encarnação real desta entidade, ou seja; TODAS elas são de fato ela mas só uma delas é de fato uma encarnação tri dimensional....no espaço/tempo...

4.Por fim alguns entendem que todas elas são o que são; mitos sem realidade tri dimensional nenhuma mas dramas de verdades cósmicas internas.

Seja como for este é um grupo muito seleto de almas iluminadas. O mesmo pode-se dizer do seguinte.... 

II.Os grandes avatares de eras ou civilizadores... 
Homens e mulheres elevados e escolhidos para não só manifestarem a um povo os mistérios do reino de Deus quanto tornarem suas mensagens marcantes ao longo de eras específicas que influam no mundo todo por tempos e tempos a fim.
Neste grupo eu incluiria entidades que nunca se assumiram ou foram nomeadas como salvadoras do mundo ou encarnações do divino em si(ainda que algumas o fossem) mas geralmente eram vistas como dispenseiras de uma verdade universal mas principalmente transformadoras através do espalhar desta mensagem e não salvadoras. As entidades acima de certa forma sempre foram vistas como virtuosas em si para além de suas mensagens, transformadoras elas mesmas em si de todo o ambiente que tocam, desencadeando pelo poder de seus corpos sagrados momentos de renovação no contexto evolutivo humano como um todo a partir daquele sagrado momentum que encarnam nelas mesmas. Estas que cito agora apesar de vidas poderosas, sagradas, sempre tiveram em mais importância o que traziam, a mensagem que espalhavam mais que a transformação aliadas à suas vidas em si(algumas até tidas como mensageiras das acima) ainda assim é ÓBVIO que pela própria envergadura das mensagens trazidas por eles deveriam ser alma ímpares. 
Rama, Zoroastro, Enoque, Hermes Trismegistus, Noé, Manu, Utnapishtim, Abrahão, Moisés, Akhenaton, Orfeu, Mehmet, João Batista dentre outros poderiam ser elencados aqui.

III.Temos também almas que influenciaram áreas específicas do saber, da cultura, da condução geo política dos povos, geralmente locais ou no máximo imperiais, mas tal foi a envergadura destas influências que com o tempo assumiram contextos universais. 
Nem sempre em alguns deles  a virtude parece ser muito destacada mas alguma coisa DENTRO deles parecia solapar, sublimar melhor dizendo, uma ou outra falha de caráter e acenar para algo mais; para uma alma verdadeiramente iluminada encapada por um ou outro desvio de caráter...
MAS em sua ampla maioria eles eram SIM muito virtuosos e de moral ilibada. 
Dentre estes destacaria: José do Egito, Ramsés 2, Josué, Samuel, Davi, Salomão, Alexandre, César, Pitágoras, Sócrates, Platão, Aristóteles, Daniel, Paulo, Pedro, João evangelista, Arthur Pendragon, Merlin, Ashoka, Mehmet 2, Constantino, Pacal Votan, Ciro o grande etc...

IV.Também poderíamos destacar aquelas almas proféticas, cheias de magia, conselheiras, geralmente atuantes nos bastidores(poderia ser o caso de Merlin aqui mas seu mito tomou proporções um pouco maiores e assim preferi vê-lo no outro andar) ...são entidades que de uma ou de outra maneira influíram nos povos em que nasceram e atuaram e alguns até com o tempo mais além...Elias, Eliseu, Isaías, Jeremias, Ezequiel, José pai de Jesus, José de Arimathéia, Sêneca, Homero, Dante, Virgílio, Imhothep...dentre outros

V.Depois teríamos a categoria dos heróis, homens de grande fama que viveram vidas espetaculares que serviram de influência para muitos em todos os tempos, geralmente não se destacaram tanto em política, cultura, moralidade ou religião(claro que há grandes exceções; diz-se de Herácles que era extremamente virtuoso além de valente e poderoso) mas geralmente ajudando outros a se estabelecerem no poder(curiosamente alguns bem inferiores a eles em caráter como o caso de Ulisses e Aquiles em relação a Agamenon) mas seus feitos estiveram e estão gravados na memória de muitos e muitos humanos...
Ninrod(além de herói foi um grande governante), Gilgamesh(também grande governante), Héracles, Jasão(grande herói mas governante não muito virtuoso), Teseu(como governante muito bom mas falhou fragorosamente com sua amada, Ariadne), Perseu, Áquiles, Ulisses(grande sábio, astuto e excelente governante), Heitor, Sansão, Boudica(um primor de rainha), Lancelot, Gawaine, Rolando, El Cid, Joana d'Arc etc...

Confesso que meu conhecimento das figuras do oriente mais distante é bem escassa se atento as mais famosas e conhecidas no ocidente, mas com certeza devem ter havido entidades assim em toda a terra, entidades que de uma ou de outra forma se tornaram capitulares, decisivas na História de povos, de eras ou até de toda nossa História.

Estranho também só vermos homens aqui  à exceção de Joana D'Arc e Boudica e isto vai de duas coisas; do patriarcalismo arraigado na maioria das grandes culturas universais que fizeram em 6 mil anos de História com que mulheres fantásticas se tornassem notas de rodapé e o mais interessante...

Resolvi enfocá-las por um outro ângulo do mito das almas iluminadas...

VI.O MITO DAS DEUSAS ENCARNADAS!

SIM!

Estas entidades são tão elevadas que se nivelam aos dos avatares universais e de todas as eras, os grandes salvadores do mundo!

Virgem Maria, Maria Madalena, Isis, Devaki, Maia, Morgana, Viviane, Guineverre, Nimuhê, Rute, Esther, Kwan Yin, Mama Pacha, Sita, Ariadne - a deusa aranha - (que depois de abandonada por Teseu se tornou consorte do grande deus salvador Dioniso)  etc...todas elas e mais outras tiveram um papel sagrado como Mãe divinas ou Consortes divinas quer de uma das divindades salvadoras, ou das civilizadoras de eras...são entidades onde a Grande Deusa, a Shekináh sagrada a Sofia Divina encontrou plena potencial de manifestação. Assim se os grandes avatares universais masculinos são manifestações mitológicas e personalísticas da figura do Logos, do Cristo Cósmico as femininas o são de Sofia, A Glória divina...aquela que envolve o mundo para que nele e dele seja gerado o grande emissário da luz...assim é óbvio que as mulheres que a encarnaram na terra sejam tão sagradas e iluminadas quanto os seres que deram a luz ou se casaram com eles no hieros gamos!

Assim A Palavra nasce da Sabedoria no mundo tridimensional!

Esta é a grande verdade do mistério da encarnação do Logos por meio de Sofia, do Deus pela Deusa ou do casamento sagrado entre ambos!

E mais; se repararmos BEM nos versos de Miqueias a entidade sagrada que ele profetiza e que nasceria em Belém da judeia é uma entidade cujas SAÍDAS são desde tempos antigos, desde os dias da eternidade ou seja; desde a primeira aparição da luz em meio as trevas eternas...ELE É O FIAT DE LUX ORIGINAL de onde tudo procede!

Uma entidade ímpar portanto, que aqui é associada a Israel, ao povo hebreu mas se meditarmos profundamente nos termos que o verso usa veremos que, como Rama, Krishna e Buda na Índia, Osíris e Hórus no Egito, Mitra na Pérsia, Dioniso na Grécia esta entidade transcende de forma misteriosa espaço, tempo , povo e raça...
Ele é sim o guia do povo hebreu mas no cerne de seu mistério esta um germe que o eleva e leva infinitamente mais além no espaço tempo!

O texto dá a entender que aquela não era sua primeira saída mas que muitas outras saídas tinham acontecido desta entidade desde que o primeiro Fiat de Lux disse EU SOU em meio as trevas abissais!

Em algumas traduções a palavra aparece traduzida por 'origens'...ou seja; cujas origens são desde tempos antigos, desde os dias de eternidade...claro, esta tradução foca na origem do ente sagrado, de que ele é a Luz original, a vida em si e retira o problema de imaginar-se que ele já tenha se manifestado outras vezes. 
Não é o caso do termo saídas. O termo saídas implica tanto em reconhecer que aquela entidade é a luz original encarnada como também de que houve desde sua primeira manifestação VÁRIAS saídas dela...
Obviamente que as correntes teológicas se dividem sobre o tema já que o hebraico tanto possibilita uma como outra leitura e estas saídas são entendidas quer como epifanias de Cristo antes de seu encarne(pelos teólogos cristãos claro) como outros encarnes do Filho divino na esfera do humano quer através de cada humano parcialmente iluminado por sua luz antes de seu encarne pessoal e real quer entendendo-se literalmente que várias foram as entradas e saídas desta entidade na nossa corrente evolutiva...

Assim todas as entidades míticas poderiam ser encarnações desta entidade!

Obviamente que a ortodoxia jamais aceitaria esta versão pois retira completamente a originalidade do Cristo...e aqui eles unem o sentido de origem do Ser no passado eterno como o grande fiat de lux com o de única encarnação desta entidade no nosso espaço/tempo e como construtor de nossa eternidade futura!

Por outro lado uma leitura mais abrangente do termo poderia tornar o próprio Cristo a meu ver ainda mais misterioso e fantástico...
Para mim o termo tanto implica em origem, como a Luz Original de onde tudo procede quanto que esta luz ao perceber o constante recrudescer na matéria das diversas luzinhas que de si emanará emite um facho personalizado e consciente de si mesma a este emaranhado de ilusão e este facho personalizado em diferentes eras vai trazendo a mensagem de libertação aos humanos até explodir de vez na personalidade de Cristo Jesus. Talvez o termo mais correto para se referir a esta entidade e sua manifestação seria ALMA MANIFESTA e não personalidade pois personalidades seriam as diversas encarnações desta única e mesma alma desde os dias primevos da queda na ilusão por parte das luzinhaS advindas da ORIGEM até a vinda do Cristo Jesus a última e suprema encarnação personal desta alma mundi crística e cósmica.

Enfim, uma frase definitivamente capitular que suscita mais perguntas que respostas e até por causa disto extremamente excitante e muito moderna e real!

É a frase que a meu ver define não só esta entidade, O Cristo cósmico eternamente saindo do seio da Mãe divina para sarar e recriar o mundo quanto para despertar cada um de seus irmãos e irmãs, as luzinhas, esquecidas de sua divindade intrínseca para o infinito potencial que trazem dentro de si mesmas. 
Que Ele e elas...são UM! 
E define também por tabela outras entidades avatáricas de outros graus que a serviço da Origem e da Fonte, em plena comunhão com ela executam ao longo dos tempos o trabalho de despertarem seus irmãos e irmãs para este supremo mistério de sermos UM com ela!

Amor e Luz!

Valter Taliesin




VÍDEOS SAGRADOS

COSMOS MUSIC

OCEAN MUSIC

TANTRA MUSIC

MUSIC OF THE SPHERES

MUSIC DIVINE

CAMINHO DE SHAMBHALLA

MUSICA DO UNIVERSO

FONTE YOUTUBE






FONTE DE IMAGENS GOOGLE





Nenhum comentário:

Postar um comentário