Google+ Badge

quinta-feira, 3 de abril de 2014

SERVIR, VIVER E SER...LUZ...3 Estágios sagrados no Caminho da Ascensão...


Nossas lembranças, são lembranças de bençãos quando nos fixamos na luz que em nós governa.

Nosso presente se torna um presente de realizações quando nos fixamos na luz de cada momento.

Nosso futuro se torna luminoso quando o observamos da perspectiva da esperança, da fé e deste contemplar a luz em tudo presente!

Bem, a luz governa seu Ser?

Esta é definitivamente a primeira questão depois da constatação de que dentro de nós temos e somos luz e fora de nós, em tudo há luz, até na mais densa e insuspeita treva ali há o potência lucífero.

Assim a luz é nossa origem o centro de nossa manifestação!

Dela viemos e para ela voltaremos!

A constatação de que a luz esta em nós é primária no despertar, mas logo em seguida vem a inquirição...

A LUZ GOVERNA MINHA VIDA?

Ou mais...

A luz governa minha alma?

Minha alma governada pela luz governa minha mente e meu coração?

Meu coração e minha mente governados pela minha alma que é submissa a luz em mim governam minha personalidade?

Minha personalidade reflexo do meu coração e de minha mente governados por minha alma é por meio desta um fluxo de luz no mundo?

Meu corpo reflete este governo da luz em mim?

Minha aura é o reflexo perfeito desta luz dia a dia, momento a momento, segundo a segundo?

Quando as pessoas olham para mim o que veem?

Qual a imagem que recebem?

Quem é da luz(que vibra nela) sente sintonia comigo?

Quem busca a luz, que se sente carente e necessitada(o) dela sente-se em paz e recebe bençãos através de minha luz quando defronte a mim?

Quem é assediado pelas trevas, que é vítima dela se sente desconfortável diante de mim, da luz que em mim esta e o que tem de ruim nele foge com o rabo entre as pernas deixando-o liberto ou pelo menos propenso a isto?

Quem optou conscientemente pelo caos e pelas trevas em sua vida se sente não só impotente diante da luz que em mim há mas sente verdadeiro terror por se defrontar com esta luz?

São estas perguntas atinentes que devem ser feitas se sirvo a luz, se vivo na luz, se sou a luz...

Vejam que é algo progressivo...

SERVIR A LUZ...

É quando você é um discípulo iniciante no caminho, seu contato com a luz é mais de ouvir dizer, de ler, de perceber nos outros mais evoluídos que te rodeiam, mas seu desejo por servir, por fazer o bem, por fazer a diferença É SIM computado a teu favor...é o tal UM talento...aquele que não deve se enterrar mas que deve-se procurar multiplicar-se...ser fiel no pouco para que o muito chegue e que estejamos preparados para ele.

Servir pode de início trazer mais dores e dessabores que prazer e satisfação pois tanto mente quanto coração estão aprendendo a ouvir as novas diretrizes da alma e mais ainda; a personalidade, o ego, precisa se submeter aprender e assim tudo ainda é aprendizado... o tal do 'jugo suave' e do 'fardo leve' que fala o Cristo mas a sensação NÃO DEIXA de ser de jugo, de fardo, de servidão e nem sempre estamos preparados para uma submissão total, imediata nem muito menos preparados para satisfação com isto. 
Entretanto com o tempo, conforme a alma se assenhoreia dos demais corpos de expressão da entidade humana pouco a pouco percebemos que diante das lutas e provas um senso de direção, de pertencimento, de participação em algo maior e mais vasto começa a trazer paz, equilíbrio e luz no nosso caminhar e pouco a pouco encontramos naquilo que para outros...'OS DE FORA'(porque escolhem estar de fora bem dito e não por nenhum mérito maior nosso que o de querer pertencer)desta vida sagrada e de entrega parece loucura e escravidão...paz, sentido, direção, realização.

VIVER NA LUZ...

Dai a pessoa esta no próximo passo da ascensão...entretanto entenda...no primeiro passo existem DIVERSOS graus de estado de consciência, existem pessoas que instantaneamente se iluminam, queimam etapas e pulam do estado de crueza total para o último estagio e se o fazem, creio eu, é por méritos anteriores no caminho, de outras vidas, pois se até ali viveram na cegueira e de repente se fez a luz, esta luz veio de dentro e se trouxe mais que despertar, realização é porque esta alma em algum momento alcançou méritos para que isto se desse caso o despertar e o reconhecer-se a si mesmo tarda-se...é como um código secreto que é acionado pela alma encarnante para que se lembre...RELEMBRE e que no momento x ou y de perigo evolutivo é acionado e traz a lume o que se foi e o que se deve ser...mas excetuando estes casos...

Voltando ao segundo ponto, viver na luz é o próximo passo, aqui a alma não se sente mas um servidor da luz mas completamente ligada a ela. Tudo o que faz vem da luz, tudo o que pensa é dela, nada existe em si que não luz...é o iniciado...o discípulo que torna-se então um iniciado e seu caminhar agora é de pura luz, as coisas que escolhe como lazer, suas relações sexuais, todos os seus relacionamentos, tudo ele abençoa na luz, ele entrega tudo à luz e nada retem para si sem que esta diga sim ou não. 
Sim, diga sim ou não pois apesar de viver na luz ele ainda tem momentos de dúvida, de insegurança e ai quando pára para escutar o que a luz tem a dizer ele ouve e segue automaticamente o que for dito, o conflito termina na hora em que fala a luz...não há guerra entre carne(ego) e espírito(Eu Sou) em que a alma sofra no meio, o conflito não é em fazer ou não fazer o que tem que ser feito, não! O conflito dura só o tempo da ignorância ou seja, do desconhecimento do que tem que ser feito(pois assim como existem muitos graus no servir à luz existem também muitos graus no viver na luz e cada iniciado esta num deles) depois disto quando a luz fala com sua voz mansa e suave simplesmente a pessoa vai...E FAZ...PONTO! 

Acabou o conflito...

Depois finalmente estamos no terceiro passo da ascensão...

EU SOU A LUZ...

Aqui o discípulo do servir, tornado iniciado no viver torna-se mestre no SER e a ascensão na esfera terrestre é concluída... Sim, na terrestre pois o caminho rumo ao Pai é quase infinito e eterno, temos muitas etapas, iniciações e ascensões até chegarmos à estatura de varão(varoa) perfeito(a); discipulados, iniciações e ascensões: solar, deste sistema, desta constelação, galático, universal, super universal, depois dos 7 super universos ascendentes até o Centro divino único de onde tudo e todos se manifestaram conhecido em algumas tradições como Ilha Paraíso...

Entretanto eis aqui um mistério; no momento em que NA TERRA um humano ascensona ele se torna Luz, uno com a Luz divina em si que é exatamente a mesma luz de onde tudo procede...
Difícil de entender? 
Sim, pois este é um dos grandes paradoxos da vida! 
Se fosse fácil não seria Deus apesar de dizermos que Deus é extremamente simples e É, entretanto é um simples(essência) que contém em si o germe de todas as coisas mais complexas ou seja, é a multiplicidade da vida que faz a complexidade das coisas e estas coisas e os seres múltiplos passam a ter dificuldade em entender o simples ponto de onde tudo proveio... 
Assim é nesta complexidade que nos perdemos e marcamos passo antes de vermos a simplicidade da divindade em nós e além de nós.

Desta forma um humano iluminado aqui, ascenso aqui, pode automaticamente se tornar Deus aqui e em se tornando Deus aqui estas escalas de ascensão complicadas e didáticas se tornam meras referências escatológicas nada mais!

Para mim ou para você de fora da realização deste ser estas escalas tem e faz todo o sentido mas para ele é meramente maia pois ele é...

DEUS EM AÇÃO NO MUNDO E PODERÁ VIR A SER DEUS EM AÇÃO ONDE DEUS QUISER OU ELE QUISER SER(pois estando unido com Deus são uma só vontade) A PARTIR DE ENTÃO...

Então isto significa que as hierarquias ascendentes terminaram para mim se ascensionar e me tornar Deus em ação no mundo? 

NÃO!

Eis aqui o simples que se torna complexo que falei!

Porque não?

Porque nesta divindade que EU SOU existe a plena consciência tanto da unidade de todas as coisas como da manifestação delas e de que, excetuando  o Ser no centro de todo o drama cósmico, todos os demais seres realizados permanecem em maior ou menos grau com sua individualidade latente e SÃO ESTAS que por merecimento, tempo de serviço, vibração na luz ou este senso de SER Deus na criação por mais tempo que outros(pois se no reconhecimento e na efetividade em essência se tornaram unas com Deus e neste sentido todos são um tanto o que se realizou a 1 trilhão de anos quanto ao que acabou de se realizar todavia em atividade ainda fazem parte do espaço/tempo quer este seja gradativamente mais concreto ou mais sutilizado) são os regentes das diversas esferas do ser, desde os planetas, passando por sistemas solares, grupos de sistemas solares, constelações, galáxias, universos locais, super universos desde o último manifesto... caminhando por todos os demais até o primeiro( num total de 7, conhecidos como 7 céus na tradição) até a Ilha Paraíso ou 'ponto não ponto' onde Deus primeiro disse: 

FAÇA-SE A LUZ!

Existem mais dimensões do ser?

Bem, ao afirmar sobre os 7 universos ou super universos me fixo mais na tradição antiga dos 7 céus mas isto não significa que eles sejam dimensões em si nem que em o sendo não existam outras fora deles(as) mas que tão somente... É O QUE NOS FOI REVELADO ATÉ AGORA COM MAIS CLAREZA!

Podemos estar diante de UMA DIMENSÃO que engloba 7 super universos cujo centro é a Ilha paraíso ou podemos estar diante de 7 dimensões conhecidas como Super universos...e NENHUMA destas teorias ou leituras das tradições sagradas negam(e nem afirmam diga-se)que possam existir outras dimensões.

De qualquer forma percebemos que ao tornar-se EU SOU LUZ a entidade humana se torna UNA com todo este mistério vasto, grandioso, complexo em sua manifestação mas que NESTE EU SOU se revelará simples para o ser realizado pois ele apenas SERÁ, pura e simplesmente...SEM COMPLICAÇÕES, sem detalhamentos, sem explicações, até porque para quem esta nos demais passos do caminho(servir, viver) nenhuma explicação será suficientemente elucidativa mais que o SER...

Portanto temos diante de nós O Caminho, A Senda onde ao sermos despertos passamos a SERVIR o mistério, depois de lutas e embates ferrenhos, passamos a VIVER este mistério e mesmo com uma ou outra limitação nos tornamos mais semelhantes a ele depois finalmente nos tornamos o mistério...SOMOS... e aqui cessam as complexidades para nós e tudo é puramente SER, simplesmente ser que nos torna um enigma para os demais que ainda esta 'lá fora'...um enigma tão misterioso quanto o Deus que ainda procuram fora de si sem entender que fora e dentro são conceituações de percepção e que quando encontramos Deus em nós(imanente) percebemos o Deus em todas as coisas(emanente) e o Deus além de tudo e todos (transcendente) como UM...

Cessam enfim as complexidades e paradoxismos e SOMOS a pura  simplicidade de Deus.

Amor e Luz

Valter Taliesin 



VÍDEO SAGRADOS

OCEAN MUSIC














FONTE YOUTUBE




FONTE DE IMAGENS GOOGLE











Nenhum comentário:

Postar um comentário