Google+ Badge

quarta-feira, 7 de maio de 2014

A IMENSIDÃO DO MUNDO INTERIOR













"A imensidão do universo ainda é nada diante da imensidade de uma alma sagrada."

Valter


"Receber do divino em si, do sagrado no centro de seu Ser e manifestá-lo ao mundo não é missão para quem quer, é para quem pode. Quem alcançou o ponto exato de sintonia entre fonte e receptor e nada, ninguém, coisa alguma pode afastá-lo de sua missão.
O mundo esta cheio de gurus, profetas, líderes espirituais etc...mas só tem realmente validade, credibilidade quem VIVE DEUS dentro de si, quem abdicou da ilusória falácia do personalismo e abraçou plenamente o grande mistério."

Valter

" A pratica da bondade é algo absolutamente natural e sem doutrinamento. Entretanto o ensino é salutar em um sociedade que esqueceu de ouvir o coração e a alma sobre diversas questões. As vezes precisamos ouvir 'falar de' para relembrarmos o que realmente somos,devemos e podemos."

Embaixo duas visões sobre a bondade de dois famosos pensadores e até onde se prove o contrário, praticantes da mesma.

Valter



" Que possamos olhar além do horizonte e vermos aquela estrela guia...nem de longe nem de perto pois o além do horizonte nasce aqui e agora, dentro de nós e só soa além por causa de nossa necessidade de localização, descrição, explicação.
Que ela brilhe, brilhe intensamente anunciando um novo tempo para mim, para ti, para nós, para o mundo.
Um tempo que traga em si a promessa de absolutamente tudo e nada ou seja; tudo será possível mas nada será o conceito deste tudo e deste todo.
Nada explicando mas tudo vivenciando!
Um novo humano, um novo mundo, um novo tempo, uma nova era
Você quer?
Eis a questão, o quanto queremos...
O quanto vibramos para isto!"

Valter


"Numerosos são os descaminhos que podemos tomar para nos afastar do rumo e do prumo sagrado.
Quando Cristo disse:' Largo e espaçoso é o caminho que conduz à perdição' ele mirava exatamente esta quantidade absurda de 'opções' que podemos tomar e que nos afastam de nossa missão de vida.
Um único caminho é o correto; NOSSA MISSÃO DE VIDA, todos os demais são errados...TUDO o que te afasta do Cristo em ti, do divino morante em tua alma conduz à perdição. Entenda-se a mesma como quiser o básico é: AFASTAR-SE DO CAMINHO DE VIDA, daquilo que a alma nasceu proposta a realizar na vida é ser conduzido à perdição.
Perde-se tempo, perde-se ocasião, perde-se foco, perde-se almas queridas, perde-se oportunidades, perde-se momentos sagrados, perde-se sobretudo contato com a alma(o famoso 'perder a sua alma' implica em se ver distante de sua parte divina) e com o divino morante.
PERDE-SE...simplesmente!"

Valter


"Abrir-se ao infinito estando aqui, encarnado, é tremendamente dificultoso por dois motivos:
1. Mentes e corações fracos podem perder-se completamente e nada proveitoso para si ou para a humanidade pode ser aferido disto.
2. Mentes e corações estreitos podem sistematizar o que sente e o que vê, transformar em verdades literais coisas que são meramente simbólicas e pior; estabelecer feudos de tais 'verdades' uma rival e inimiga declarada e sangrenta da outra.
Mas por causa disto não iremos fazê-lo?
De forma nenhuma!
Abrir-se ao infinito estando encarnado é a missão de vida de todos os seres humanos mesmo isto implicando em perigos e más compreensões.
Exatamente por isto deve ser feito, cada um testando-se, percebendo-se, tentando sentir Deus em si e fora de si, com liberdade de poder errar ou acertar. Obviamente que enquanto estivermos diante desta dicotomia...acerto e erro, haverá confrontos e conflitos, mas a medida que cada um vai se iluminando, transcendendo opostos e separatividades, vamos percebendo que Deus é uma realidade que nos desafia, desafia os encarnados a se libertarem progressivamente dos dois erros de visão comentados acima e em verdade crescer e evoluir rumo a este infinito(que a bem da verdade esta dentro de nós ainda que embrionário) implica encarar riscos, até o risco de perder-se, mas segundo o Cristo...quem tem medo de perder-se ou perder sua vida, acaba fazendo infelizmente o que mais teme."

Valter




"Este tem sido um momento culminante na História humana.
Somente quem esta encarnado neste momento presente diante de todos os desafios que estamos atravessando poderá um dia definir em SI MESMO aos demais que aqui não estarão o poder deste momentum.
Costumamos achar que quem é bom não esta ou não estará aqui, que este é somente um momento de expiações, de dores, de gente que tem muito para pagar e nada ou quase nada a dar.
Todavia este é um momento de síntese, um momento de Kaly Yuga sim, mas um momento de síntese onde no pior dos momentos evolutivos almas são testadas e algumas delas de grande evolução interior e outras aqui estão como missionárias.
Neste tipo de cadinho a possibilidade de libertação e ascensão é muito grande pois a quantidade de energia despendida pelas almas no processo de busca é inacreditável.
E neste inacreditável esta toda a imensidão da obra, a imensidão do que deve ser feito e de como deve ser feito.
Escrevo estas coisas percebendo nitidamente como algumas pessoas estão perdendo esta batalha interna por falta de um pouco só de paciência.
Esta insatisfação e necessidade de satisfação rápida, momentânea talvez seja o mais cruel dos sintomas que estamos enfrentando.
Os sintomas são assim percebidos como a causa e não o efeito e corremos a tentar cura para as mesmas enquanto a causa continua ali inalterável.
A grande causa é a separação de Deus!
Não que isto seja uma realidade de fato mas a grande ilusão coletiva que contamos uns aos outros há muito tempo e que só faz recrudescer.
Sem curar-se esta causa os sintomas como esta insatisfação coletiva e todos o demais, se tornarão cada vez maiores e mais dolorosos pois a causa continua ali, firme e forte, mais endurecida do que nunca alimentada tanto pelos que descreem de Deus, quanto pelos que dizem crer mas criam mais cisão e divisão com tais crenças que outras coisas.
Neste momento todo radicalismo é mais venenoso e diabólico do que qualquer outra coisa. O ideal é equilíbrio...uma geração que pese prós e contras e aja com equilíbrio, sem isto...nem quero dizer o que antevejo."

Amor e Luz

Valter

"Desejamos voar...
Desejamos Ser acima de tudo...
Sentimos que precisamos...
Que nada realmente nos interessa de fato e de direito.
Sentimos que perdemos tempo, espaço, evolução quando não o fazemos.
Sentimos que nossa vida se fecha para a verdadeira vida.
Sentimos que o medo nos aprisiona, nos fere, nos mata.
Sentimos que nossa alma aprisionada quer alçar voo
ainda que não seja a grande águia plena de potencialidades
e possibilidades, ao menos o pequeno pássaro de asas curtas
mas belas pode ser.
SIM!
A beleza não esta no tamanho mas no pleno Ser.
O importante é sair da gaiola dourada, daquilo que nos aprisiona e na maioria das vezes nem percebemos ser prisão.
O pássaro engaiolado é assim, esta tão acostumado aos ditos confortos de sua prisão diária que muitos, mesmo com a janela aberta não alçam voo e outros titubeiam e voltam.
A grande águia que somos contempla o pequeno pássaro engaiolado e diferente do instinto da águia original não quer devorá-lo mas ao envolver o corpo num poderoso abraço de asas, é como se energizasse todo o ser para que o pequeno pássaro engaiolado voasse livre, leve e solto.
É um grande totem, assim como o pássaro uma grande metáfora.
Tudo aqui é UM no Ser.
Tudo revela a busca milenar de nossas almas...
LIBERDADE!
Plena, completa e total!"

Valter

"Abra seus olhos e veja o mundo ao redor...
Pessoas passam, pessoas conversam,
pessoas olham de volta para você.
Olhamos constantemente... claro, falo de
quem nasceu com tal possibilidade, todavia
quantas vezes realmente vemos?
Quantas vezes nossos olhares penetram
nas cenas, nos dramas, nas comédias,
nas alegrias e tristeza, na vida, no interior
das almas das pessoas que caminham no
nosso entorno? Que conosco convivem?
Olhar é o primeiro passo, ver o seguinte,
contemplar o terceiro, penetrar o quarto,
e perceber o quinto.
Penetrar é envolver-se intimamente com
as vidas que tocamos.
Obviamente NÃO PODEMOS faze isto
com todas as pessoas que passam,
todas as pessoas que nos rodeiam,
mas mesmo assim quando somos
extremamente sensitivos percebemos
claramente que exercícios interiores
devem ser feitos se não quisermos sem
querer, por osmose, 'pegar' coisas dos
outros, sintonizar energias nada
interessantes penetrar em vidas que
não nos dizem respeito.
Assim devemos 'olhar' mais que o mero
olhar corriqueiro a vida e as pessoas.
Algumas devemos ir mais além e vermos
com mais cuidado, examinarmos com mais
atenção. Claro, disfarçadamente porque nestes
tempos em que olho no olho é logo cantada
é meio perigoso rs.
Outras devemos contemplar o bale da vida;
elas inspiram, elevam, dá gosto ver como
vivem suas vidas, seu dia a dia. São constante
fonte de inspiração para muitos.
Algumas por fim nos tornamos íntimos,
penetramos, adentramos o recinto do coração,
da alma, amizades verdadeiras, amores sagrados,
ligações profundas, vidas que realmente se tocam.
Mas só percebemos de verdade, só sentimos
a compreensão sagrada quando os olhos de
nossa percepção interior contata os olhos da
percepção interior delas...dai faz-se a luz!
Mas como disse, é seletivo, não é com qualquer
pessoa até porque afinidades existem e como!
E o inverso também!
E nem todo contato é benéfico para ambas as
partes ou para aquela mais sensível.
Enfim...
O importante é estarmos abertos às experiências...
COM CONSCIÊNCIA!

Esta imagem abaixo traduz bem o que digo...
Um olhar perdido em meio a um oceano como que
penetrando-o...
A humanidade na Bíblia é comparada ao oceano,
podemos aqui ver uma metáfora de um olhar que
perdido em meio ao grande oceano humano procura
ler almas e descobrir a afinidade entre elas.

Amor e Luz

Valter


"Que nada possa nos separar da verdadeira aventura que nossa alma buscou ao encarnar-se:
O cumprimento integral de nossa missão de vida...
Mais nada nos fará felizes pois NELA, em nossa missão de vida, estão incluídos; o amor de nossas vidas, família, amigos e amigas, vocação, e absolutamente tudo o que nos faz realizados diante das marés favoráveis ou contrárias da existência humana...
Um humano realizado é um humano feliz!
Um humano feliz é um humano realizado!
Nenhuma das duas coisas é possível se você fugir de sua missão de vida, se você virar as costas ao que aqui veio fazer.
E como saber o que vim fazer aqui, perguntas?
A resposta esta na sinceridade com que encaras tua vida...gostos e desgostos, idas e vinda...
Na importância que dás às virtudes mais que aos sentimentos, aos sentimentos mais que as sensações, as sensações mais que as emoções, aos valores embutidos em cada uma delas(es) mais que as aquisições que supostamente elas(es) trazem enfim...
Ao Ser mais que ao fazer...cada dia de sua vida.
É assim que finalmente ouvirás a VOZ dentro de ti, inconfundível, graciosa mas tão clara como o som do clarim dizendo-te É ISTO!
E perceberás finalmente qual tua missão, qual teu propósito de vida e pulsante em virtudes sagradas como amor, paz, fé, esperança manifestaras sentimentos dignos de tua missão e os mesmos sentirão o mundo de uma forma única, sagrada, cujas sensações te trarão a captação da vida unitiva em torno de si e progressivamente suas emoções se manifestarão não como um rio caudaloso e incontrolável mas como um ribeiro cristalino, suave e leve caminhando e serpenteando pela vida, algumas vezes mais rápido outras mais vagaroso, em alguns momentos mais raso outros mais profundo, estreito noutras largo e espaçoso em outras mas nunca inundando, transbordando de forma invasiva e destrutiva quer sua vida ou a de outrem, quer seu espaço ou o de outro pois sentirás que em cada sentimento, sensação e emoção estarão valores sagrados embutidos neles, valores que se originaram de sua abertura original às virtudes advindas da VOZ, do sagrado em ti...
E NADA MAIS TE SEGURARÁ!  "

Amor e luz

Valter

"HOJE...
Este é o nome do momento que deves viver.
Deixe o passado para trás curando-o com seu perdão e com amor incondicional.
VIVA seu presente com amor incondicional mas também objetivo ou seja; de valor a quem te ama agora, hoje e que sentes amar...de valor às tuas atuais conquistas na vida e não às eventuais perdas, de seu melhor às pessoas que te valorizam e não quem nunca te deu uma grama de atenção ou insuficiente, VIVA o seu melhor para as melhores pessoas de sua vida... estes que querem estar consigo, os seus melhores momentos... estes que estão ocorrendo AGORA, NO AGORA, neste espaço/tempo.
Reflita sim mas aja sempre que sentires dentro de ti o ide imperioso que a alma invoca(do eu maior), evoca(de si mesma) e convoca(de teu ego)!
Liberte-se de todo o tipo de medo que não seja racional(o medo na dose certa como tudo na vida é bom e protetor pois foi por ele que se preservaram nossos ancestrais ante as grandes feras do passado jamais sendo temerários mas sabendo usar a inteligência e a força na hora certa para sobrepujarem predadores maiores e mais poderosos tanto humanos quanto sub humanos e até supra humanos)...
Deixe a luz do Cristo guiar-te pelos caminhos que deves seguir e "NÃO RESISTAIS AO MAL" como diz o texto sacro mas "VENÇA-O COM O BEM"  e vencer com o bem é vencer no amor e na justiça, fazendo o que você acha correto e certo diante do que o Dharma coloca diante dos humanos pois a Verdade é relativa apenas enquanto COMPREENSÃO particular e grupal dela nunca enquanto MANIFESTAÇÃO, REVELAÇÃO UNIVERSAL de si mesma pois violar as leis universais quando desconhecidas já é catastrófico, quando reconhecidas então nem se fala. Não importa o quanto saibamos sobre as mesmas, quanto tenhamos conhecimento ou não de sua natureza, origem, poder...é simplesmente querer chumbo grosso nas ventas violá-las agora, com conhecimento, seja ele raso, médio, profundo ou diversificado... é querer gerar carma negativo ao saber-se com o que se brinca!
Uma pessoa com o juízo em dia e certo grau de inteligência sabe o que o machuca e se o machuca sabe que machuca o outro e se sabe que machuca o outro e continua fazendo TEM SIM CONHECIMENTO das leis universais independente do que sofreu e deixou de sofrer na vida, teve ou deixou de ter...o correto diante do mal que nos fizeram é fazermos exatamente o oposto quando nos vermos na mesma situação, principalmente quando a pessoa diante de nós é outra.
Agora o(a) cara é abusado na infância e quando cresce ao invés de tentar botar quem abusou de si atrás das grades e tentar ter uma relação de respeito e reverência com o corpo seu e dos outros  vai e abusa de outras pessoas com a desculpa que fizeram isto com ele?
Tem lógica um troço destes?
Explica mas não justifica!
Assim não existe maior Verdade universal do que... " AMAR A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS(reconhecer que tudo é sagrado e que o divino é presente em tudo) E AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO(reconhecer que EU SOU Deus em ação em mim e nele/nela também)...
Quem assim faz não faz aos outros o que não quer que se faça com eles, mais ainda se um dia alguém fez pois ele sentiu NA PELE E NA ALMA a maldade visceral daquilo ENTÃO ACABA NELE CORTA-SE NELE O MAL ATRAVÉS DO BEM!
E por outro lado devemos também fazer aos outros o que desejamos que nos façam, ainda que em algum momento do passado isto não tenha sido feito conosco...se a humanidade tivesse observado estes dois mandamentos não estaríamos mais aqui falando deles...o mundo seria pura sintonia, sincronicidade, criatividade, interatividade sem medo, liberdade pura, fraternidade universal e igualdade na diversidade...um troço complicado dos preconceituosos ativos do mundo entenderem mas absolutamente cristalino para quem tem olhos e ouvidos interiores para ver e obedecer ao eu maior APESAR de algum preconceito passivo que tenha dentro de si, matando-o na raiz, pois perfeito ninguém é mas devemos deixar fluir só o que é bom e benéfico o ruim e maléfico cortamos pela raiz transmutando as energias..."

Paz e Bem

Valter

"A busca por uma religiosidade sadia não é algo novo.
Cada grande reformador, avatar, doutrinador de todas
as eras enxergaram a ferida, viram o câncer e tentaram
com o que receberam do sagrado ou do quanto de sagrado
manifestaram em si(no caso avatárico), mudar este quadro absurdo.
Um movimento espiritual genuíno(nem entrarei no mérito dos espúrios) nasce com seu fundador e na grande maioria das vezes na geração seguinte (cerca de 40 anos depois) já começa a dar os primeiros sinais de cisão e deterioração. Geralmente esta última leva um tempo maior que as cisões mas 100 anos quando muito bastam para que muitos movimentos virem verdadeiros arremedos do que surgiu no coração de seus fundadores.
As grandes e longevas religiões de hoje em que pese os pesares tiveram fundadores extremamente poderosos e mensagens muito potentes e sinais de deterioração geralmente são combatidos dentro delas mesmas com a criação de novos ramos renovados ou renovações no grande ramo central por outros grandes líderes.
Todavia mesmo elas chegarão em um ponto onde a deterioração poderá ser irreversível e somente um novo paradigma espiritual poderá sustentar por mais alguns milênios a alma e a sede dos humanos pelo sagrado. Os sinais disto no ocidente estão cada vez mais visíveis nos últimos 50 anos! No oriente o tranquilo recato com que viveram longe das grandes revoluções filosóficas e ideológicas que acossaram o ocidente desde o iluminismo até bem pouco tempo
pareceu preservar as religiões ali dominantes mais ou menos estáveis mas os primeiros sinais de choque chegaram com a crescente ocidentalização destas regiões ou oposição à ela através da aceitação do comunismo euro-asiático soviético de raiz ainda assim ocidental - de Karl Marx, alemão residente em Londres dentre outros-(meados do século 20) e mais agora com a era cibernética.
O que advirá disto tudo?
Bem, como um bom shivaísta( canal das energias de Shiva de destruição e renovação do mundo) entendo que se a ruptura e a destruição forem necessárias para que algo novo, mais vitalizado e real nasça então que seja!
Cristo se lermos com clareza os textos sobre ele tinha a MESMA visão, apesar de revisionistas quererem tirar todo o elemento escatológico dos ditos do mestre da Galileia e deixar apenas o elemento sapiencial.
Isto é ridículo, estamos tão distantes dele a esta altura que fazer diferenciação entre o que ele disse e não disse somente alicerçados
na Bíblia e interpretações dela é missão mais ingrata que procurar agulha em palheiro.
Claro, existem as tais interpolações reconhecidamente tardias nos textos mas MESMO se as mesmas forem retiradas o que sobra é muito de sapiencial e escatológico misturados para serem descartados os últimos como não sendo de Cristo.
Se for assim melhor seria então rejeitar tudo como suspeito do que ter a pachorra de dizer o que o Cristo disse ou não disse, ainda mais ao sabermos que quando ele se manifesta  entre os judeus foi um grande período messiânico onde líderes espirituais anunciavam por todos os lados a iminente chegada do reino(isto vai desde uns cem anos antes dele até a última grande revolta judaica de Bar Kochba pouco mais de cem anos depois) e antecedido e acompanhado por sinais e prodígios naturais e sobrenaturais que abalariam as estruturas podres dos reinos vigentes e se estabeleceria finalmente...as visões de Daniel eram o tchan do momento naqueles tempos de grande expectativa!
É bem verdade que Cristo disse que o reino não viria em forma exterior, que as pessoas não diriam; ele esta ali ou lá mas que seria como um fiat de lux instantâneo iluminando tudo e todos pois estava DENTRO dos humanos só esperando esta massa crítica de despertos se manifestarem ...mas ele não parece descartar o elemento escatológico apenas vê-lo em perspectiva mais espetacular ainda!!!
Não viria de nada externo...deuses, deusas, anjos, demônios, mas de uma iluminação coletiva desencadeada por um grupo desencadeador do mesmo a partir de si mesmos e mais; não seria logo, iminente, como esperavam os judeus mas algo ainda no espaço e no tempo terrestres bem mais à frente e se isto, se este despertar, criasse no mundo um ambiente propício à catástrofes naturais não seria nada  incomum como podemos entender por certas partes de seus sermões sobre a futura vinda do filho do homem(mais que uma referência a si mesmo ao futuro ser humano iluminado) como um relâmpago que brilha de um ao outro canto do céu envolvendo não só o contexto judeu mas o humano como um todo.
Cristo assim parece entender sua vinda naqueles tempos como sendo para desmistificar uma vinda externa do reino e do rei e focalizar a partir de então a mente, coração e consciência humana para o elemento interno, o verdadeiro desencadeador dele...
Para muitos ele naufragou como messias porque o reino não veio...tolice...o reino veio e eles não o reconheceram...o reino se manifestou a partir de dentro do mestre divino e como que por osmose foi desperto nos corações dos seus discípulos e a partir de então vem maturando em cada coração que verdadeiramente acorda para esta verdade até o MOMENTUM antevisto pelo Cristo naqueles tempos no nosso futuro espaço/tempo, onde o FILHO DO HOMEM, a nova humanidade, surgiria como um fiat de lux, instantaneamente em todo o mundo, e então... NADA MAIS SERÁ O MESMO!"

Amor e Luz

Valter

VÍDEO SAGRADOS

ÓPERAS DE VERDI

RIGOLETTO



ATTILA



LA TRAVIATTA



AIDA



NABUCO

JERUSALÉM
FONTE YOUTUBE

FONTE DE IMAGENS GOOGLE

Nenhum comentário:

Postar um comentário