Google+ Badge

segunda-feira, 12 de maio de 2014

A MAGIA E A(O) MAGA(O) ...
















O que é a Magia?
Esta pergunta tem sido feita a milhares e milhares de anos, quiça milhões!
E a resposta mais ou menos consensual é esta:
'MAGIA É A ARTE DE INFLUIR SOBRE O MEIO AMBIENTE - OU NUMA SITUAÇÃO ESPECÍFICA - ATRAVÉS DA VONTADE'
Esta a meu ver é a definição de ato mágico não de Magia.
A Magia a meu ver é ENERGIA DIVINA...energia criativa divina de onde tudo veio e para onde tudo vai e de onde tudo absolutamente é manifesto.
Neste sentido Deus foi o primeiro Mago ao pensar e evocar através da vontade toda a criação universal!
O universo, a criação existe através de um ato mágico de um grande mago cósmico ou como diz a teoria quântica, um observador!
Deus é o grande observador que influiu primeiro no que observou!
Deus aqui, entendo O Logos original, o primeiro fiat de lux manifesto do grande Imanifesto...
Ele observa, sente e vê a Mãe Negra, o útero da Mãe em seu entorno, a matéria plena de energia em potencial, o material pronto para ser manipulado e é o que faz, tornando-se assim o grande G.A.D.U.
O GRANDE MAGO E OBSERVADOR ORIGINAL!
O GRANDE ARQUITETO UNIVERSAL!
Interessante esta imagem abaixo.
Num ambiente clássico do que traduzimos por mágico um homem que lembra o ator Ian McKellen, o Gandalf de Senhor dos anéis e que per si já evocava a mítica figura de Merlin das sagas arturianas parece dar a entender que tem o mundo inteiro, o universo inteiro em suas mãos.
A coruja atrás de si(ou em seu ombro), a vela acesa, a mesa de trabalho cheia de grimórios místicos, a janela aberta como uma fresta ao mundo 'lá de fora' , o quarto em uma penumbra toda azulada...
Mas nada se destaca mais do que este universo entre suas mãos, sua barba como uma cachoeira de estrelas parece ser um berço. um nascedouro das mesmas...
Seu semblante venerável e sereno transmite através dos olhos; poder, força, confiança, segurança, fé, altruísmo uma entrega total aos mistérios do universo.
Suas vestes compõem no corpo junto com o basto e branco/dourado cabelo, mais o simbolo entre os olhos os adereços ideais de um grande iniciado.
Magia portanto é a energia divina que move os mundos!
A energia divina que em si não é boa e nem má!
Por isto me detive tanto em analisar a figura do mago pois quem define se uma magia é branca ou negra é seu coração, consciência, seu ego, sua mente, e sua alma!
Nós somos o grande veículo do mistério!
Os grandes oficiantes da Grande Obra!
Como disse o Supremo Mago dos magos Jesus o Cristo:
'Se teus olhos forem bons todo o teu corpo será bom mas se teus olhos forem maus, quão grande serão tuas trevas!'...
Aplicando isto à magia percebemos que mesmo uma imagem como esta carrega a energia de quem a criou e digo mais; a energia de que ela representa.
Não sei vocês mas para mim esta imagem evoca tudo de bom que tem no coração e mente humanos.
Através dos olhos do mago posso ver a tal luz que o Mestre Supremo nos fala, uma luz que revela a alma luminosa dele e consequentemente um olhar que ilumina tudo que vê!
Já me vi diante de imagens aparentemente belas, significativas, mas de uma energia absolutamente trevosa, que evocava nitidamente o lado trevoso da força em nós.
Não sei se todos os que verem esta imagem sentirão o mesmo que eu. Provavelmente alguém ligado à energia do preconceito religioso sinta algo diferente, não bom.
Um mago negro então nem se fala!
Não estou aqui a comparar alguém bom, mas que por motivos religiosos fundamentalistas veriam aqui algo digamos, diabólico e um trevoso que seja rival de um mago da luz.
O que quero dizer é que se até Cristo foi visto por muitos(e algumas até pessoas boas, praticantes de religião etc) por charlatão e embusteiro, quanto mais o seria o mago desta foto!
Em suma; mesmo sentindo que esta imagem transmite a meu ver coisas MUITO BOAS tenho que entender que ela, tanto aos que sentem coisa boas ao vê-la ou que aos não sentem, verão e receberão o que seus graus conscienciais nela acharem.
Luz e trevas assim passa a ser como o mestre diz, algo muito particular dentro de cada um. As quais se percebem, ao mirarmos MUITO bem seus olhos e os quais percebem o mundo em torno de si quer bom ou mal segundo estes mesmos olhos...
Mas a magia em si, continuará ser o que ela sempre foi...
ENERGIA DIVINA...
pura e simplesmente"

Amor e Luz

Valter 




"Eu pensei que pensar fosse só um ato inconsequente durante um bom tempo, nada me fascinava mais que pensar, que viajar na tal maionese sem nenhum tipo de compromisso outro que não satisfazer meus próprios e descontrolados ilusionismos.
Mas fui percebendo cada dia que passava que pensar é como um desenhista, um projetista...
Você imagina dentro de si mundos de possibilidades, de realidades, cria formas, brinca com cores, com estética, nada parece impossível para si mas quando você sente a grandeza deste ato...o pensar, você percebe como que uma métrica, aquilo que os gregos definiriam como metron sinalizando dentro de sua mente, do centro, da usina dos seus pensamentos até onde você pode ir neste mar de infinitude sem destruir a finitude da qual você ainda faz parte como corpo e como membro coletivo que é o casal, sua família, seu grupo social ou religioso mais próximo, o lugar em que vive, toda coletividade humana e muito mais além abarcando todas as formas de vida ao seu redor, visíveis e invisíveis.
Assim você usa este metron, esta régua, este prumo, este fundamentum interior para que seus pensamentos, suas imaginações, mesmo cientes de que podem ter plena liberdade sejam entretanto responsáveis, equilibrados(as), amorosos(as) e justos(as).
Imaginar passa assim a ser um ato não só seu mas de todos aqueles que você pode atingir através dele, direta ou indiretamente.
Você realmente não tem compromisso com ninguém, com o sonho e idealizações de ninguém mas jamais se permitirá usar seu pensamento, sua forma de pensar para violar formas de pensar alheias que na realidade formam consigo uma só grande cadeia de vida.
Este metron, este respeito, esta responsabilidade interior, te dará segurança não só para tu fazeres o que queres, como queres, do jeito que queres mas sem que com isto machuque de liberadamente o sonho alheio pois terás DISCERNIMENTO operante em ti.
Dois sonhos, duas visões de mundo se chocam?
A sua e a de outrem!
Dentro desta liberdade sagrada que tens dentro de si sentirás no profundo de teu ser o que é mais sagrado, mais genuíno; aquele que realmente nasce com autoridade do sagrado para ser prioridade e MESMO que não seja o seu sonho tu o apoiarás como se o fosse.
Mas se ao contrário percebes ser o seu sonho a expressa vontade do sagrado em si diante do teu oposto tu o defenderás com unhas e dentes contra tudo e todos que se levantem contra ele.
Isto é um viver sagrado!
Dai, de grande projetista tu passarás para arquiteto universal!
Construirás em e com tua vida, no seu mundo, em todo o mundo, aquele mundo sagrado que sonhaste, idealizaste, imaginaste, projetaste dentro de ti e passaste ao mundo!
E A OBRA ASSIM SE FARÁ: COESA, SEM CHOQUES E COM O PREVALECER DA VISÃO MAIS SINTÔNICA COM O SAGRADO!"

Amor e Luz

Amém

Valter


" O mais belo e luminoso mito nasce, brota, e viceja no coração mais nobre, na alma mais sagrada e na mente mais poderosa.
Existe um ser mágico em potencial dentro de cada um de nós...alguns nascem com consciência disto e agem a vida inteira neste plano assim... como se vivessem além dos planos.
Outros precisam descobrir-se pouco a pouco, perceber-se em cada canto e recanto desta vida onde a aventura suprema lhes leva.
Às vezes esta aventura suprema se revela disfarçada de rotina e lá vai o(a) iniciado(a) descobrir o fio de seda dourada em meio a tanto arame farpado do dia a dia para poder construir seu reino de glória.
Glória aqui nada tem de ufanismo mas de verdade essencial, verdade daquele lugar de onde tudo procede ou mais especificamente, 'não lugar', mas Ponto de manifestação.
E assim descobrindo e construindo seu reino de glória a partir de si, de dentro de seu ser, ele/ela passa a interagir de forma diferente, renovada e sagrada com tudo e todos que faziam parte de seu contexto de vida e logo ou ele(a) transforma tudo o que toca e comunica em algo semelhante a si ou pouco a pouco atrai um novo mundo para seu entorno e assim semelhante atrairá semelhante ou transmutará em semelhante o que antes parecia-lhe antagônico!
Eis o grande segredo dos magos, das magas, dos criadores de mundos em nome do sagrado!"

Amor e Luz

Valter



"O poder interior abre portas diante do mago.
A Vontade Férrea deste é o veículo deste poder
ambos simbolizados pelo cajado e pelo bastão.
A Vontade simbolizada no cajado fala do pastor,
do condutor de povos, do fazedor de reis, do construtor
de reinos e realidades.
O mago, a maga é o canal da vontade divina revelada para
àqueles que ainda, seja por quais motivos for não conseguem
acessar o mundo sagrado facilmente.
Dai advém uma imensa responsabilidade.
E esta é simbolizada pelo bastão de poder!
O bastão de poder fala do poder interior que este usa e SEM
ABUSO deve atuar em prol da humanidade.
Estamos vivendo em um mundo maravilhoso, um momento
maravilhoso de evolução. Estranho dizer isto diante de tudo
o que estamos vivenciando de dor, de angustia existencial mas enquanto OPORTUNIDADE evolutiva não tem igual.
NUNCA em qualquer tempo terrestre humanos tiveram condições
de se descobrirem individual ou coletivamente, descobrirem seus poderes interiores, o acesso ao sagrado como agora.
Estamos numa era forjadora de um reino de magia como nunca visto antes!
A Bíblia chama este reino no Apocalipse de Reino de Sacerdotes, o sacerdote hebreu era o grande hierofante do povo, o canal por meio do qual o sagrado se manifestava através do Santo dos santos e o canal que elevava as suplicas oficiais do povo através dos sacrifícios a este sagrado.
Os mago exerciam a mesma função nos reinos ditos pagãos!
Portanto uma era de magos e de sacerdotes significa um mundo onde o contato com o sagrado não mais dependerá de uma ou outra pessoa especial mas TODOS poderão ser magos, magas, profetas, sacerdotes, sacerdotisas...
Todos poderão Ser enfim, o Ser sagrado em si morante.
Todos nós poderemos construir em harmonia, amor, poder um novo mundo, o mundo antevisto pelos olhos iluminados de todas as eras..."

Valter


"A espada do poder é outro símbolo mágico vital na grande arte.
Todos os grandes mitos de magia possuem sua espada mágica sendo que EXCALIBUR a mítica espada do rei Arthur é de longe a mais célebre.
Entretanto na corte de um outro grande rei mítico Carlos Magno existia uma outra espada mítica famosa DURINDANA só que ao invés do rei quem a empunhava era seu principal cavaleiro... Rolando.
EXCALIBUR E DURINDANA não são lâminas comuns, foram forjadas com metal especial ou liga de metais especiais, em fogo sagrado, banhadas em poções mágicas poderosas, escritas com runas que formam frases que são verdadeiros portais para energias sagradas, enfim, nada a ver com espadas comuns de guerreiros comuns e assim quem as empunha não podem ser pessoas comuns.
Geralmente são doadas aos seus portadores por  grandes magos como Merlin e que tirada da rocha pelo rei, ali depositada pelo grande mago, ou recebida no lago mítico das mãos da grande dama elas encarnam em si o ideal de um mundo justo, verdadeiro, sagrado, harmonioso e feliz.
Elas não são como as demais armas instrumentos de morte mas símbolos de poder real, de poder do guerreiro ideal e sagrado.
Suas funções básicas não são matar outros seres vivos(ainda que o façam diga-se) mas de serem canais transmissores de energia dos reinos superiores para os reinos da terra.
O conceito de reino sagrado e espada sagrada mais rei sagrado são indissociáveis no mito mais até do que a coroa que este ostenta sobre a cabeça ou o cetro que traz em suas mãos ou mesmo o trono sobre o qual se assenta para reinar e julgar os povos segundo as leis reveladas pelos reinos superiores
Estamos adentrando contudo a era onde a lei divina estará como diz em Ezequiel ESCRITA NOS CORAÇÕES de cada um de nós, um mundo onde automaticamente cada um saberá como acessar o divino em si e como fazer o que é correto e justo no mundo.
Dai excalibur e durindana estará incrustada dentro de cada um de nós como um símbolo de verdade e justiça e da divindade nata que haveremos de perceber e manifestar em nós e através de nós !

Amor e Luz

Valter


" O(A) Mago(a) é um ser atemporal encarnado no tempo não somente como um ente espiritual revestido de carne pois que todos o são mas um ente plenamente consciente de onde é, de como abrir portais ou detectá-los para lá chegar de novo, como encontrar passagens entre vários mundos de diversos espaços e tempos, de assumir várias facetas e máscaras para desempenhar o papel que elegeu para si mesmo(a) desde o dia em que percebeu-se uno(a) com a Fonte.
O(A) Mago(a) não se explica, não se exemplifica...explicar magia e magisters é o mesmo que explicar Deus, porque?
Porque o(a) mago(a) tornou-se uma extensão deste ao encarnar em si o poder da vontade de mover e criar mundos.
O(A) Mago(a) não teme inimigos, entende que os mesmos existem, os mesmos se manifestam e tentam obstruir a rota, e mais; tentam levá-lo(a) para o outro lado da energia, o conspurcado, o trevoso...
Quanto mais poderoso(a) for o(a) mago(a) maior será o assédio dos trevosos para cooptá-lo(a)...mas ele(a) simplesmente permanece tranquilo(a) enquanto as ondas do mar bravio da vida assusta a gregos e a troianos.
Até o Cristo, o supremo magister da luz foi testado pelo supremo magister do outro lado e mesmo depois, virava e mexia e os dois se defrontavam através dos seus discípulos e emissários...aliás; até hoje fazem isto e o combate ficou tão 'cinza' entre os dois que tem muitos ditos 'de Jesus' que NADA TEM DELE mas muito do rival dele...e muitos demonizados por certos 'servos de Jesus' que são mais luz que toda a luz de todas as denominações cristãs juntas!
Assim outra coisa importante a considerar; o potencial de magister tanto luz quanto trevas estão DENTRO de cada maga e mago...
É ESTE, É ESTA QUE DETERMINA ATRAVÉS DE SUA INTENÇÃO SE SERÁ A ENERGIA DIVINA PURA QUE SE MANIFESTARÁ ATRAVÉS DE SI COMO CRISTO FAZIA OU SE SERÁ A MESMA CONSPURCADA, DAQUELE QUE RECEBE TANTOS NOMES EM TANTAS TRADIÇÕES E ADORA QUE DUVIDEM QUE ELE EXISTA...
O MAL EM SI NÃO TEM UMA CARA DEFINIDA MAS TEM ENTIDADES QUE OPTAM POR ELE, POR DESVIRTUAREM A ENERGIA DIVINA E ENTRE ESTES UM MAGISTER SUPREMO!
Anakin Skywalker do meigo garoto e do rompante jovem, potencial talento para o bem torna-se no tenebroso Darth Vader, tão ou até mais poderoso que o mago supremo trevoso Papaltine exatamente porque não administrou dentro de si uma perca atroz.
Tanto ele quanto Papaltine exemplificam na mitologia Star Wars o mesmo símbolo e figura que Satã/Lúcifer na mitologia cristã, Mara na hindu, Set na egípcia, Loki e Surtur na escandinava, Exu na africana, o deus morcego na maia/azteca, Hades na greco/romana e por ai se vai...o grande magister supremo das trevas, da energia divina desvirtuada!
Assim pode um(a) mago(a) dito de luz tornar-se trevoso(a)?
SIM!
Pois por mais poderoso que seja o mago, a maga, a magia neles ou atuante neles, em seus atos mágicos... há perdas. Há vitórias assombrosas mas também derrotas fragorosas mas o mago, a maga genuínos fazem disto tudo um épico, um clássico, um mito para constar nos anais dos povos e sua aparente derrota como Merlin preso no sono de amor insano de Nimuhê na caverna de cristal enquanto Arthur e Camelot sossobravam sob os pés do mago trevoso Mordred se tornam numa lenda ainda mais poderosa de futura restauração e renovação de mundo.
Assim, se o(a) mago(a) verdadeiramente conhece quem é e de onde veio nunca será tarde para Avalon voltar das brumas, Camelot renascer das cinzas , a távola redonda se refazer e o rei supremo ser de novo por ele coroado e cumprir sua missão pois ele esta tanto presente no mundo da aparente desdita quanto no mundo onde a glória mais intensa e fulgurante reina mas sabe que ambas são maya perto do Centro de onde vem todas as coisas.

Valter 

"3 reis míticos que mudaram o rumo da História.
Magos, não sabemos onde realmente exerciam o ofício sagrado nem em que consistia esta junção de realeza e magia neles.
Geralmente são apontados como sendo de pátrias e cores diferentes(Babilônia ou Índia, Pérsia e Egito as nações mais citadas) e se vieram de um mesmo local ou se cada um em sua terra souberam do acontecido e se encontraram no caminho.
A impressão que temos ao lermos o texto sacro é que estavam juntos em um mesmo lugar e lá observando as estrelas souberam do que estava próximo a ocorrer.
Contudo a verdade por trás do véu do mito pode ser talvez até mais fabulosa e maravilhosa que isto e nem vou entrar no mérito aqui do que pudesse ou não ser a tal dita 'estrela de Belém'.
Talvez fizessem parte de uma confraria que a milênios preparava o mundo para o que se deu na palestina naqueles dias, uma confraria que alguns apontam o Egito antigo como origem outros a Índia ou a Pérsia e alguns mais afoitos reinos perdidos como Atlântida e Lemúria.
Talvez tal confraria de altos iniciados, hermeticamente fechada mas espalhada por inúmeros países importantes nos tempos antigos tenham não só previsto pelos véus das probabilidades cósmicas mas até mesmo preparado a vinda do seu maior iniciado para exercer um trabalho definitivo no contexto evolutivo humano.
Seus nomes mais comuns eram Melquior, Gaspar e Baltasar assim como seu número mais comum é 3 mas outros apontam um número bem maior. Mas claro, se eram altos iniciados, ricos, importantes, sendo realmente reis ou não com certeza não viajavam sozinhos como a imagem abaixo sugere mas com uma grande caravana envolvendo soldados, serviçais, discípulos etc...
Do oriente vieram e trouxeram até a palestina a grande noticia, ao retornarem cientes através dos portais dos mundos interiores das intenções do rei nefasto mudaram de rota e foram para outro rumo. Lenda ou fato real isto foi determinante para que a criança para a qual a estrela os guiou pudesse não só sobreviver mas vir a ser o que veio a ser...Jesus Cristo!
Vale salientar ainda os presentes que trouxeram ao menino...
- OURO...
Na alquimia transforma-se chumbo em ouro, transforma-se metal comum no dourado, mais belo, cobiçado e valioso dos metais.
O ouro portanto simbolizava a realeza espiritual do ente encarnado.
O rei do mundo, o reis da esfera de Malkuth, a encarnação de Adonai o Senhor das esferas arquetípicas celestes e o arquétipo supremo de todos os reis da terra.
O Grande Rei!
- INCENSO...
O Incenso na magia é um dos veículos para a evocação/invocação. Não só na magia mas no culto em si, de muitas religiões, a presença do incenso é essencial.
Ele eleva a alma despertando os sentidos para o sagrado... o cheiro é como um condutor dos sentidos para o mundo interior e deste para o divino.
O incenso nos fala portanto que além de rei o menino é o arquétipo de todos os sumos sacerdotes, de todos os grandes hierofantes, pontes ao divino de todos os tempos e de todas as nações e religiões da terra.
Ele é o grande intercessor, aquele que liga, que unifica dentro de si e através de si o humano ao divino.
Esta criança é não só um ente encarnado com uma função específica mas um símbolo da criança interior de todos os humanos que busca em si o humano e o divino através de seus sonhos e fantasias.
- MIRRA...
Além de Grande rei e Grande Hierofante a criança seria o Grande Profeta, o maior de todos os tempos.
Mirra nos fala também de unção, de consagração, do ministério sagrado que alguém deve exercer.
Por outro lado ao ser ungido com perfumes Cristo disse que isto prefigurava sua preparação para a sepultura. E realmente após descê-lo da cruz ungiram-no com perfumes.
Muitos interpretam portanto mirra com a dor e como ele mesmo disse: 'UM PROFETA NÃO TEM HONRA NA SUA CASA, ENTRE OS SEUS'...
Uma simbologia disto foi a vida de Cassandra, condenada a profetizar a verdade à sua família, seu povo, Troia e nunca ser acreditada até ser tarde demais.
Assim a dor da rejeição e até do martírio parece ser o quinhão da maioria dos profetas verdadeiros pois apesar de dizerem que buscam a Verdade os humanos quando se defrontam com ela, principalmente quando ela desafia suas ilusões mais queridas reagem violentamente contra o portador da mensagem não só rejeitando a mesma mas vingando no mensageiro a desilusão de seus sonhos ilusórios mais caros.
Estes são alguns dos insights que tivemos sobres tais oferendas.
Os magos então partem, livram o menino do rei nefasto e outorgam à humanidade futura uma das mais belas histórias quer verídica ou não dos nossos anais."

Amor e Luz

Valter



VÍDEOS SAGRADOS


DAVID ARKENSTONE - SLEEPSONG



DIANE ARKENSTONE - AVALON


GANDALF - THE PEACEFUL VILLAGE

LOREENA MCKENNITT - THE TWO TREES

BLACKMORE NIGHT - LORELEY


PENDRAGON - THE LAST MAN ON EARTH




FONTE YOUTUBE















FONTE DE IMAGENS GOOGLE

Nenhum comentário:

Postar um comentário