Google+ Badge

sexta-feira, 23 de maio de 2014

POR ENTRE MEDITAÇÕES E MISTÉRIOS...


"O amor não nos afasta de nossos sonhos, o amor realiza-os quando legítimos representantes da Vontade maior em nós, com toda a plenitude e magnitude do mundo."

Valter

" Amar também é um ato de vontade...De uma vontade superior a todas as vontades e oposições trevosas que o mundo insiste em colocar em nosso caminhos. Na Vontade maior depositamos nosso amor e ali descansamos certo de que nada poderá nos afastar dele."

Valter


" Quem verdadeiramente ama não conhece espaço e nem tempo. Quem verdadeiramente ama só conhece o amor em seu profundo esplendor e o ente amado bem no centro de todo este mistério.
O amor como diz Paulo não se porta em leviandades, ele não se permite brincar com sentimentos, desejos e emoções da pessoa amada porque na verdade sua grande ambição é saciá-las todas. Completamente e ambos queimarem na energia do amor todas as coisas que sejam contrárias ao bem maior que o mesmo deve propiciar. Por fim o próprio amor deixa de ser um objetivo em si e consequentemente todas as satisfações dele e ambos os amantes são plenificados naquilo que esta além do amor. 
Mas existe além do amor?
SIM!
O Nome que não se nomeia, pois o amor é a expressão vital Dele  e é Ele enquanto manifestação mas além desta manifestação esta o que verdadeiramente pode ser denominado com todas as letras e funções de... Mistério.
Assim um casal na shakti yoga esta simplesmente manifestação este amor manifesto em sua mais sublime e poderosa expressão; a união da kundalini, de Shakti com Shiva, para adentrarem enfim os portais além do amor, onde nomes e adjetivos deixam de fazer sentido algum."

Valter



"Amo-te...
Amo-te simplesmente por te amar...
Por querer-te bem...
Amo-te pelo que sois, pelo que transpiras...
Amo-te pela experiência de pertencer e
ser pertencido mas misteriosamente livres sermos.
Amo-te pelo contato tanto íntimo como pelo
espaço sem fim levando este amor pela sinfonia
dos ventos e pelo encanto dos devas.
Amo-te por ser inteiro...
Ninguém fraccionado pode realmente amar.
Amo-te porque o amor não precisa de ditos ou
não ditos mas de sinceridade e integridade no Ser.
Amo-te percebendo-te em cada nuance, em cada
tempinho dos dias que passam.
Amo-te com teus céus e teus infernos...
Com teu sol, com tua lua, com tuas estrelas.
Amo-te no meu silencio e nas minhas festas.
Amo-te no dia a dia e no Grande Dia,
aquele dia especial que fica marcado na mente,
na memória e sobretudo no coração e na alma.
Amo-te porque não tem coisa mais deliciosa no
mundo do que isto...amar-te.
Amo-te simplesmente por caminhares no mundo
por lutares tuas lutas, por fazeres no mundo seu caminho.
Amo-te por seres meu mimo, meu carinho, meu toque de fada,
minha rosa, minha flor, meu diadema, meu belo horizonte.
Amo-te porque o amor é simples, jamais complicado,
o verdadeiro pelo menos, aquele que nasce nas almas,
aquele que domina os corações por luz sem serem tiranos,
aqueles que tocam a mente, beijam-na, enchem--na sem
contudo serem possessão, obsessão, controle.
Amo-te porque amar é meu nome, amar é minha vocação,
amar é meu toque de Midas, mas detalhe;
deixa dourado mas não tira vidas...DOA!
Amo-te puramente...
Amo-te plenamente...
Amo-te..."

Valter 

"Uma mulher que nos ama e vê em nós o que nenhuma outra vê com a autoridade de uma alma sagrada é uma benção!
Uma rosa neste caso é o mais singelo e ao mesmo tempo grandioso símbolo que encontro para metaforizá-la pois na rosa encontramos não só a beleza delicada mas também o deslumbrante, o deslumbramento que nos faz colhê-las. Mas eis o problema, quando se colhe uma rosa automaticamente estamos MATANDO a mesma. Assim o que fazer com este deslumbramento?
Temos que simplesmente permitir que esta beleza nos impregne, nos inunde sem colher, sem apropriar-se, sem dominar...
MINHA MULHER é um termo que deve exemplificar sintonia, sincronicidade, empatia, amalgama não posse.
A recíproca com certeza é verdadeira!
Entretanto se há amor haverá respeito, nenhum dos dois fará algo que fira o outro intencionalmente e tudo será estabelecido antes pelos dois, as regras de convivência e relação.
Uma rosa também tem aromas saborosos, deliciosos que inundam nossos sentidos e trazem um colorido todo especial para nossas vidas.
Uma mulher que realmente se sinta NOSSA estará sempre presente em nossas vidas, não como algo dominante mas como um cheiro suave que tudo impregna sim mas trazendo sentimentos bons, sagrados sem contudo nos viciar...
Mas assim como existem rosas e rosas existem mulheres e mulheres.
O ópio é feito de uma flor!
O ópio encanta, deslumbra, mas vicia e mata!
Assim como nem tudo que reluz é ouro nem todas as rosas são benéficas, nem todas as flores são realmente boas ainda que possam o ser para outras coisas.
Sim, pois ninguém é realmente ruim, as pessoas se fazem boas ou ruins e mais; as pessoas sintonizam ou não umas com as outras.
O mesmo podemos dizer da flor que dá origem ao ópio pois NADA na criação é realmente mau muito pelo contrário; TUDO é intrinsecamente bom só que cada coisa tem sua função na vida.
Existem mulheres que são maravilhosas...mas não para nós, para nós são como a flor do ópio mas em algum canto do mundo terá ela alguém que lhe seja sintônico.
Estou falando de mulheres porque sou homem, mas no caso das mulheres o exemplo é equivalente.
Existem cravos e cravos neste mundo minhas amigas, e nem todos os cravos vos serão benéficos. Mas em algum lugar esta seu cravo.
Esta coisa genérica de 'todo homem não presta' é um dos grandes males dos relacionamentos humanos.
As pessoas a um bom tempo casam errado, pelos motivos errados, pelo desejo errado, da forma errada e consequentemente com pessoas erradas.
Outro termo 'consagrado' é 'mulher fatal', não existe mulher fatal se não existir homem vitimizado assim como não existirá 'homem que não presta' se não existir mulher que se dê - a tal 'dada' - para os tais.
Com estas visões de mundo estamos a muito tempo vivendo crise sobre crise no relacionamento homem/mulher sem sabermos onde estará o tal fio da meada.
Em algum lugar deve estar.
Eu sinceramente acredito que é na integridade de Ser.
Quando somos íntegros entendo que vibramos isto ao universo e ele nos trará exatamente o que vibrarmos.
Ou seja; nada é tão simples como imaginamos nos relacionamentos porque simplesmente complicamos tudo o que deveria ser absolutamente simples e sintônico com nossas crises egolátricas.
Nos libertando progressivamente disto viveremos relacionamentos cada vez mais gratificantes e abençoadores.
Eu SINTO isto!

Amor e Luz...

Valter

"Quero caminhar pelos caminhos do mundo e apreender o espírito da natureza.
Quero sentir a vida em torno de mim e penetrar na alma mundi sem medo de ser feliz.
Quero sentir o prana que tudo envolve tocar cada ponto de meu ser e neste tocar ouvir as canções das ninfas, dos sereias sem medo de feitiço mas saboreando o encanto, a percepção dos mundos dentre de mundos.
Que ouvir o som do voo de fadas, o caminhar de duendes e gnomos, o farfalhar das folhas quando os elfos observam curiosos o ir e vir do humanos e sentir a energia vibrante das salamandras.
Quero conversar com os devas e anjos e não me ater a problemáticas corriqueiras que afastam a alma da luz da vida ...
Uma coisa é sermos responsáveis por nossas vidas, pelas coisas realmente necessárias e importantes outra bem diferente é nos atermos a detalhes pequenos que só trazem preocupação, angustias e dor desnecessárias.
Quero inundar o mundo de luz otimista, criativa, fazer da magia o que ela é; a energia da vida divina criativa que tudo possibilita à alma que verdadeiramente conhece o segredo oculto do Ser maior.
Quero contatar além do ego a alma das pessoas, permitir-me lê-las quando receber permissão interior delas para isto, não afastar quem realmente que amizade verdadeira e genuína por medo de contato nem muito menos contatar com quem nada tem em comum apesar de a todos querer amar e abençoar. Entretanto sabemos que nem sempre tudo e todos estarão disponível a vibrar na mesma onda.
Quero amar aquela alma sagrada, aquela alma que me escolheu desde muito antes de todos os antes, nos tempos mais antigos que todos os antigos, de outras esferas do Ser e que sabe que é em mim e eu nela o grande mistério do amor.
Quero com esta alma amada não só construir uma vida mas sermos juntos pontes de luz entre o divino revelado e o divino potencial, desejando sempre e fazendo sempre nosso melhor para um mundo mais feliz.
Quero acima de tudo comungar com o divino em mim, nesta alma sagrada, em todas as almas amigas, em todas as almas em todos os seres vivos, em todas as esferas do Ser pois este perceber da divindade em nós, o perceber da sacralidade da criação, o sentir Deus em tudo e em todos é a grande dádiva dos seres cientes que se percebem SABENDO mais que falando...VIVENDO mais que existindo.
Quero querer sem medo de querer enfim o melhor da vida, e quero que este querer o melhor da vida se espalhe, se ilumine, se expanda, se expanda, se expanda envolvendo tudo, absolutamente tudo que fizer.
Quero por fim deixar de querer, pois a plena saciedade em Deus, a plena unicidade NELE nos faz absolutamente plenos e satisfeitos com a vida e com nossa completa integração nela...INTEGRALIDADE...INTEGRIDADE...INTEGRAÇÃO...eis o propósito de absolutamente tudo pelo que estou lutando aqui hoje.

Paz e Bem

Valter

"O Livro da Vida das escrituras não esta sendo escrito por Deus esta sendo escrito por cada um de nós.
Temos que entender os textos sacros da forma correta se quisermos aferir deles coisas realmente proveitosas para nossas vidas.
Imaginar Deus, mesmo antropomorfizando ao extremo tal figura, sentado em uma mesa com uma caneta tinteiro à mão ou um moderno tablet escrevendo um livro sobre cada pessoa viva e seus atos é realmente o supra sumo do sumo do sumo do fundamentalismo literalista extremo!
No esoterismo o equivalente de tal livro seriam os registros Akhásicos.
Nele como no Livro da vida estaria registrado tudo o que já se passou neste mundo.
A impressão que temos é que tal livro ou registros funcionaria como o tal inconsciente coletivo de Jung na psicanálise.
Como se tudo o que já foi pensando, dito e feito pelos humanos criasse uma verdadeira redoma energética em torno do planeta e assim pudessem ser acessados pelos grandes hierarcas da luz ou somatizado inconscientemente pela própria humanidade, criando aquilo que chamados de padrões, como se respondêssemos às questões da vida como que por osmose, automaticamente, robotizados por padrões de energia que influenciam nossa aura, nossa mente, coração  e centros de energia e consequentemente reforçando ainda mais o que lá existe.
Falam-se de egrégoras criadas no astral nascidas literalmente destas energias e também dos tais cascões astrais.
Seja como for o certo é que a meu ver ESTE é o conceito mais próximo da realidade espiritual do que deve ser o tal Livro da vida, o tal registro akhásico; o inconsciente coletivo humano e tudo o que já pensamos, falamos e fizemos na terra ali, influindo inclusive na humanidade atual.
Entretanto os fundamentalistas entendem o tal livro da vida como algo especial à parte, onde só estariam inscritos almas dignas, que tivessem alcançado honra para isto por causa de frases bíblicas como 'não foram achados inscritos no livro da vida' 'será tirado do livro da vida' e outras mais.
Penso que talvez o que tais textos queiram dizer é que tais pessoas futuramente não conseguirão ou conseguirão passar na prova evolutiva atual e assim seu deficit ou average registrado no astral ou etérico demonstraria que as mesmas não estariam ou estariam capacitadas a encarnarem na nova terra, no novo mundo que esta por vir. No futuro conceito evolutivo que estará acontecendo na terra.
Não seria portanto algo especial, à parte mas tão somente o registro ou selo de aprovação ou não sobre as almas no e do próprio registro akhásico.
Estou obviamente  tentando ser descritivo em algo que carece de termos humanos para sê-lo. Só podemos, entendo,  nos aproximarmos através do simbolismo do que isto seja. E isto a meu ver já esta de bom tamanho.
As pessoas religiosas fazem das tripas ao coração para estarem inscritas no livro da vida e somente precisamos viver vidas dignas, sagradas mais nada pois somos nós que estamos escrevendo bem ou mal este livro e seremos nós que nos selaremos ou não(algo que entendo interno inclusive), através de nossas vidas para estarmos ou não aqui na próxima ronda evolutiva onde um mundo infinitamente mais iluminado e sagrado do que este se revelará ante nossos olhos.
Seja o que for o livro da vida é você e não Deus o(a) seu(sua) autor(a) mas por outro lado é de Deus porque afinal toda a vida Nele tem origem e Ser!

Amor e Luz

Valter

"Os momentos em que Deus fala ao meu coração são os momentos que Anjo e Demônio presentes no coração SILENCIAM para ouvir.
Luz e Trevas interiores dobram os joelhos ante a VOZ do Altíssimo quando ela ecoa dentro de meu Ser...
Medos, angustias, tristezas, dores, horrores, 'presentes' do demônio interior assim como coragem, prazeres, alegrias, saúde, belezas 'presentes' do anjo interior se mostram absolutamente ilusórios e mutáveis diante do poder do fogo transmutador desta Voz.
Nele encontro de fato o que significa Vida e Felicidade...bem longe dos opostos conflitantes, bem distante das polaridades limitantes, num ponto onde a voz cria FUSÃO, cria integração, cria um novo mundo ao unificar estes dois opostos retirando deles o 'direito' de gerirem minha vida e dando ao Santo Cristo Pessoal TODO O PODER NO CÉU E NA TERRA!
Me torno assim por este ato sagrado num pleno Hierofante da luz..
SIM!
Pois nesta fusão descobrimos que tudo é luz, que tudo contém em si o potencial da luz... até o demônio mais trevoso e escuro morante em mentes e corações ou atuantes em meio a sociedade humana!
Descobrimos nesta Síntese que a Voz faz dentro de nós, esta chave para a suprema libertação, uma libertação não do mal em nós mas da aparência ilusória, conspurcada que este mal exercia a partir de nós no mundo.
Curamos a nós mesmos ao ouvirmos a Voz divina em nós!
Nós tornamos unos como humanos não rejeitando nossas trevas mas despertando o potencial luz oculto dentro delas!
Os pares de opostos se tornam UM e um novo e consagrado ser nasce na criação divina.
Um ser liberto, absolutamente coerente, integrado e perfeito como perfeito é o Pai/Mãe do Céu!
E somente então temos real poder de curarmos nossa sociedade...
Real poder de contemplarmos a face do mal dentro dos humanos, em meio a sociedade humana e chamá-lo pelo seu verdadeiro nome...
ILUSÃO!
Antes disto poderemos até ter o conhecimento intelectual disto,  mas não teremos a AUTORIDADE DO ALTO, do poder divino em nós que nos liberta e nos possibilita sermos um canal de libertação no mundo.
Sem esta autoridade do alto, do divino em nós, pereceremos se houvermos de confrontar o mal no mundo, mesmo que este mal seja o que é... ilusão. Todavia será algo tão palpável, duro e destruidor que obras boas em nome de Deus serão conspurcadas pelas trevas, caráter incólume será enlameado pela calúnia, corações amorosos serão tocados pela raiz de amargura, mentes privilegiadas perderão o rumo e o juízo antes de criarem um novo mundo, ideologias 'perfeitas' se tornarão a ditadura perfeita e o sabor de derrota jamais sairá dos nosso lábios.
Mas quando DO ALTO, do Eu Divino em nós, da Voz sagrada em nós vem a ordem: IDE... 'o inferno' literalmente estremece...Mara cai por terra e Maya abre seus véus brumosos para vermos além do véu o verdadeiro e real mundo do Ser!
Esperamos novos dias e novos tempos...
SIM eles virão, pois haverá em algum momento um número síntese de humanos, uma massa crítica que propiciará isto e estes são os que ouvirão a Voz do alto, a Voz divina em si mesmos e sairão e NADA LHES PODERÁ RESISTIR!

VONTADE E PODER

Valter

"Eu não mereço certas escolhas que faço.
Percebo que sou muito maior e melhor que tais escolhas e porque as faço?
Porque no fundo a mediocridade as vezes causa-nos inveja.
Inveja para estarmos com o rebanho, a massa, de não corrermos tantos riscos e perigos quando você faz o que realmente quer e escolhe ser.
Percebo que merecia MUITO mais que as escolhas do medo e do medíocre!
O maldito nivelar-se por baixo para que a massa não te trucide, te mastigue e te devore quando perceber que você é o que destoa do coral macabro do consentimento inconsequente.
Qual o preço que se paga por um sonho perdido?
Por uma ilusão abraçada para não ferir suscetibilidades ou não levantar a maré de indignação contra sua 'falta de humildade' e 'fraternidade'?
Qual o preço?
Como se fraternidade fosse dizer absolutamente sim para tudo que possa não 'ferir' o outro, mas eis o problema; tudo o que é novo, arrojado, desafiador, liberador, libertador, parece ferir a sensibilidade destes, a visão de mundo deles.
Tudo o que tem LUZ PRÓPRIA parece despertar neles o dodói do ego ferido.
Humildade?
Geralmente é o nome que muitos dão para o cala-te boca, o "deixe de pensar por si próprio e pense como a massa", para o "pare de querer mudar-se e ser melhor do que já sois pois seus 'irmãos' precisam te acompanhar, estar no teu compasso, no teu ritmo" e se eles não conseguem então o orgulhoso, o metido , o soberbo é você e não eles os obtusos, os fechados, os tapados e ensimesmados na corrente do "vou até onde o pastor, o padre, o chefe de centro, o guru, o isto ou o aquilo me permitem".
Qual o preço então?
O preço é nossa própria vida, deixamos de viver nossas vidas e vivemos as que os outros acham que deveríamos viver!
É um preço a meu ver terrível e custoso demais e que as mentes mais brilhantes e sagradas da humanidade rejeitam com veemência a pagar preferindo serem massacrados pelos cascos do aparentemente 'meigo' rebanho controlados por lobos devoradores do que o se fazerem um sem de fato sermos um.
O verdadeiro UM, a verdadeira sintonia, sincronia, empatia e amalgama não exige nossas vidas mas ao contrário, como disse o Cristo: 'AQUELE QUE QUISER PRESERVAR A SUA VIDA A PERDERÁ E AQUELE QUE PERDER A SUA VIDA POR AMOR A MIM(e entenda-se isto não a figura do homem Jesus mas do Cristo cósmico que ele representava e o Cristo interno que ele vivenciava e incentiva outros a vivenciarem)A SALVARÁ'...
O perder voluntário da vida ou seja; daquilo que nos faz medíocres, medrosos, e alinhados com um sistema diabólico que domina mentes e corações a milhares de anos para à entrega TOTAL ao eu maior, ao Cristo em nós e além de nós é a salvação suprema, a libertação total do samsara e a única coisa realmente importante a se fazer... não o voltar-se ao rebanho para nivelar-se a ele pois isto é a morte mas sim como um Bodhisattva voltarmos aos irmãos e dizer-lhes A VERDADE E VIVERMOS NOSSAS VIDAS COM CORAGEM E ABSOLUTA ENTREGA AO MISTÉRIO DAS GRANDES DESCOBERTAS INTERIORES SOBRE O SAGRADO QUE NÃO ESTÃO ESCRITAS EM NENHUM LIVRO MESMO O MAIS SAGRADO, pois estes agem como aios, mestres, cicerones do Caminho apenas, como aliás disse o próprio Paulo em um dos tais livros sagrados:
'O QUE O OLHO NÃO VIU E O OUVIDO NÃO OUVIU É O QUE DEUS PREPAROU PARA AQUELES QUE LHE AMAM'...custe o que custar, doa a quem doer...isto sim é amor, humildade e entrega real!
NESTE sentido ser a ovelha negra é absolutamente libertador e liberador"

Amor e Liberdade

Valter


"Como disse o Cristo:
'ESTAMOS NO MUNDO MAS NÃO SOMOS DO MUNDO"
E eu humildemente completo: 
NEM MUITO MENOS O MUNDO!
O que é o mundo?
Já disse neste blog várias vezes...
O mundo é este sistema construído por um egoísmo atroz e que privilegia a ilusão dos sentidos para nos fazer olhar a vida meramente de acordo com a satisfação dos mesmos.
Sobre o mundo quer literalmente ou metaforicamente existe uma entidade que o governa.
Esta entidade seja literal ou metafórica, até mesmo uma egregora criada por todo o inconsciente coletivo humano talvez encontre sua melhor expressão na figura de Mara o deus hindu das ilusões e dos submundos e por si só ele também uma grande ilusão. 
Mara e suas filhas representadas pelos desejos e pelos sentidos são totalmente reais nesta esfera material em que vivemos mas enquanto conceito de vida verdadeira NADA são!
Buda os venceu ao entender isto. 
Cristo o venceu com outro nome, quando o viu cair como um raio do céu(simbolo do mundo real) para o meio do inconsciente coletivo humano no entorno da terra e dai penetrar no sistema e tornar-se seu senhor. Foi nesta figura, de senhor do mundo da ilusão - não confundir esta criatura com o rei do mundo chefe da hierarquia branca por favor, este reina sobre o mundo enquanto Natureza e leis naturais e todos os seres vivos e dimensões da terra, em plena comunhão com Gaia o Espírito da terra e é um opositor do outro ferrenho sendo conhecido como Melquizedeque, de cuja linhagem sacerdotal o Cristo advém - que tentou Cristo como antes tinha tentado Buda como Mara prometendo-lhe mundos e fundos. Mas novamente foi vencido e dizem as teologias da vida que desta vez definitivamente.
Não sei!
Talvez este definitivamente seja a vitória individual de cada ser que ascende diante dele, vencendo-o, desta figura enigmática ainda que ilusória. E depois no ascender coletivo da terra onde quando o inconsciente coletivo humano for de todo purificado deixará de fornecer-lhe vida que qual vampiro a suga e provavelmente deixará de existir como Satan ou Mara e será tão transmutado quanto tudo o mais ou não, ou simplesmente cesse de 'ser' pura e simplesmente pois o seu ser é em si maya pura.
A tal Hierarquia trevosa que criou-se em torno desta entidade terá o mesmo destino; ou transmuta-se na energia original da vida que tudo criou ou se insistir em ficarem presos à ilusão dos sentidos que dá um poder material tremendo e que também chega até o etérico, o astral e o mental inferior(mas não vão mais avante) perceberão que terão que optar entre viverem plenamente ou perderem-se de vez no útero negro e caótico da Mãe negra, sem nenhuma consciência, sem nenhuma fagulha de Ser.
Assim este é o momento da escolha, o momento que nos forjaremos deuses ou nos perderemos no caos indiferenciado, na sopa primordial de onde tudo um dia veio."

Valter




VÍDEOS SAGRADOS



SAVE THE LAST DANCE FOR ME EM VÁRIAS VOZES



THE DRIFTHERS - ORIGINAL

PAUL ANKA


ELVIS PRESLEY & JERRY LEE LEWIS

BON JOVI


 THE CATS

BRUCE WILLIS

MICHAEL BUBLÉ

BRUCE SPRINGSTEEN

BEN E. KING


BEATLES
FONTE YOUTUBE





FONTE DE IMAGENS GOOGLE

Nenhum comentário:

Postar um comentário