Google+ Badge

sexta-feira, 19 de junho de 2015

PORTUGAL: O PORTO DO GRAAL - UM PORTAL PARA 22 IMAGENS E MENSAGENS SAGRADAS...


SÃO 22 FRASES OU PEQUENOS TEXTOS SOBRE O PODER DA IMAGEM E TENDO COMO FUNDO INSPIRATIVO IMAGENS DE PORTUGAL, TANTO NATURAIS QUANTO ARQUITETÔNICAS E O PODER DA MÍSTICA DA NAÇÃO SOBRE AS LENDAS DO GRAAL, TEMPLÁRIOS E NAVEGANTES...AS CANÇÕES TAMBÉM PORTUGUESAS, ENVOLVEM A TRADICIONAL PORTUGUESA PASSANDO PELA GALEGA/PORTUGUESA, CELTA, SACRA E MEDIEVAL.

VALTER LUDWIG TALIESIN


Certas imagens são tão potentes e poderosas que ousam despertar dentro de nós os pontos certos para que haja um
a total mudança de enfoque pela alma dos rumos que tem seguido até então. São imagens/portais que verdadeiramente nos elevam aos deuses(as) que podemos ser em Deus(a).

Valter Ludwig Taliesin
Embaixo...
Algarve...Aljezur...Carrapeira...
Praia do Amado.
Foto compartilhada por DESCOBRIR PORTUGAL através de Jose Figueiredo.




Ainda existe muitas imagens neste mundo que tem tal tempero de eternidade nelas que fica impossível aceitar a teoria de que este mundo é obra de um Demiurgo do mal. O máximo que aceito é que um mundo criado para ser o reflexo da eternidade no espaço/tempo foi usurpado por algo alheio a sua vontade por mistérios passados de escolhas e livre arbítrio de seus habitantes, sujeitando-se ao ego dominador, que nos foge agora os detalhes e parâmetros a não ser o do mito velador na figura de um regente do Mal sobre ele.

Valter Ludwig Taliesin

Embaixo:
Ribeira da Janela, Madeira - Portugal.
Foto compartilhada por DESCOBRIR PORTUGAL através de Duarte Sol.





Em busca de uma imagem ideal externa, que lhe aconchegue, que lhe aproxime nem que seja provisoriamente do céu que carrega, do paraíso que traz dentro de si, a alma caminha pelo mundo tocando lugares, tocando coisas, montando acampamentos, fazendo casas, criando posses, na expectativa de que ao menos nos dias que aqui ficar possa se sentir abraçada pela imagem que melhor lhe traduz seu verdadeiro lar.

Valter Ludwig Taliesin

Embaixo:
Paisagem do alentejo profundo, Alentejo - Portugal.
Compartilhado por Alentejo em imagens através de Manuel Ruivo Fotografia.



A Imagem vem na alma de um ponto onde a consciência traduz o que sente antes do que vê. Geralmente quando encontramos algo que nos encanta fora é porque já a trazemos misteriosamente impressa, dentro, e então há uma verdadeira explosão de luz quando nos encontramos no ambiente e situação que de forma tão absoluta trazemos dentro de nós. O externo é então como que uma manifestação, uma exteriorização do que há no mais profundo recesso de nosso ser.
Valter Ludwig Taliesin

Embaixo:
Gimonde - Portugal
compartilhada por DESCOBRIR PORTUGAL através de Paulo Miranda




Os aglomerados humanos em torno de fontes de água, de rios e mares, mostra como o elemento água continua presente no nosso inconsciente coletivo.
Mesmo sabendo que não respiramos(?) mais dentro das águas, que nosso dito passado anfíbio de há muito ficou para trás, ainda assim continuamos presos a água. Tendo o corpo formado por uma constituição em sua maioria aquosa e tendo necessidade de tê-la ao nosso redor como um útero que nos envolva!
As imagens dos grandes lagos, dos rios caudalosos, das fontes prazerosas e dos mares cintilantes enchem nossa alma de paz e felicidades sem limites.
Mesmo sabendo que borrascas terríveis possam brotar destes mesmos leitos que nos transmitem tanta paz e tudo engolir e engolfar não conseguimos deixar de ter estas imagens gravadas a ferro e fogo, ou melhor  á água, dentro de nós.

Valter Ludwig Taliesin

Embaixo:
Porto - Portugal -
Compartilhado por WWW.LISBONLUX.COM



A Imagem não pode ser confundida com a Fonte mas também não pode ser descartada como algo inútil. Na imagem estão impressas as digitais do original, e assim quando sabemos ler nas imagens estas digitais, estas impressões teremos acesso aos segredos do original. Por isto o maior dos sinais místicos, o NOME DIVINO, era conhecido por poucos escolhidos nas grandes tradições pois este conhecimento deveria ser velado e somente revelado a quem soubesse manipular as energias que Ele desencadeava. Enfim, a imagem é algo poderoso quando lida, decifrada e compreendida pois é como um portal para a realidade que vela.
Valter Ludwig Taliesin

Embaixo:
A lagoa do fogo - Açores - Portugal
compartilhado por DESCOBRIR PORTUGAL através de Chistophe Afonso fotografia...





Um coração amante traz a imagem da alma amada impressa dentro de si, como em um altar sagrado, em um relicário. Todavia não estamos a falar do amor adoração ou idealização mas do amor entrega. Aquele que não mede tempo nem esforços para ser e fazer feliz! Sempre! 

Valter Ludwig Taliesin

Embaixo:

Autumn Colors - Coimbra - Portugal foto de Monica Charrua





Imagem e Sedução...
Duas coisas que se confundem na cabeça das pessoas.
A imagem pode passar muitas vezes algo que na realidade é fictício.
O fato é que existem imagens que revelam a alma e imagens que empanam
o discernimento. 
Ou seja; criar uma imagem em torno de si forçada que não bate
com tua realidade interior é maya é ilusão. 
Refletir no mundo uma imagem do que trazes
em tua alma é convidar o mundo, as pessoas a lerem teu coração derramado nestas
imagens e que traduzem com veracidade teu próprio interior...isto é revelação, é manifestação.

Valter Ludwig Taliesin

Embaixo:
Rio Formosa - Cacela Velha - Algarve - Portugal -
Compartilhado por DESCOBRINDO PORTUGAL através de Photografica





Viver num mundo cheio de conflitos e não trazer dentro de si a imagem do infinito impressa nos pontos de amor, fé e esperança é caminhar no árido sem sentir o gosto do prazeroso descer das cristalinas águas através dos lábios ressequidos e da garganta sedenta.
A imagem do Infinito, do Eterno dentro do humano é o que o faz avançar ciente de que as possibilidades são sem limites e o Encontro pode estar ali, na próxima curva, na próxima duna, no próximo monte altaneiro, nos bosques floridos, nas planícies sem fim, nos vales cortados de rios ou simplesmente num simples olhar.
Esta imagem do Eterno, do Infinito em si lhe diz que a vida é muito mais que os conflitos que as personalidades distantes do contato íntimo com a Fonte de vida criam por suas livres escolhas.
Há que se restaurar este senso de sagrado dentro de si se realmente quiser-se ampliar os sentidos não só para fora mas para dentro, rumo ao mais profundo cerne onde esta o portal que lhe abre os horizontes sem fim!

Valter Ludwig Taliesin

Embaixo:
Praia da Adraga - Sintra - Portugal -
Compartilhada por DESCOBRIR PORTUGAL através de João Batista


Imagem não pode ser fraudada.
A Imagem é como um retrato, uma foto daquilo que registra.
Se fraudada for perde sua função de registrar no espaço um tempo,
de trazer uma imagem externa de alguém, de algo, de algum lugar e
muitas vezes para quem tem olhos para ver até revelar o que se passava
na alma do fotografado, as energias que estavam em torno dele e da situação
em questão
Nas tais 7 cidades dos açores existe um mistério...
Ali sensitivos tem tido acesso a um portal que os leva diretamente para a 
antiga Atlântida.
Alguns podem achar que isto seja não verdadeiro.
Mas todas as vezes que contemplo este lago das sete cidades e lembro da história
da princesa atlante que nestas águas perdeu suas chinelinhas de pedras preciosas
na fuga da grande destruição, mais percebo nas imagens resquícios de um mundo
onde a lenda trás um pouco das energias daquele tempo.

Valter Ludwig Taliesin


Embaixo:
7 cidades - Ilha de São Miguel - Açores - Portugal -
Compartilhada por DESCOBRINDO PORTUGAL através de Pedro Vaz de Carvalho.




O mundo esta carente de pessoas sagradas.
De verdadeiras imagens do sagrado reveladas ao mundo.
Cada ser humano que desperta em si seus potenciais latentes revela
em si a imagem do sagrado, do divino.
Deixar nosso potencial aflorar, deixar nosso melhor se manifestar cada
dia, cada instante, 
nisto, estamos sendo um reflexo do Deus morante em nós,
do divino que traz a o céu para a terra.

Valter Ludwig Taliesin
Embaixo:
Postal de Espinho - Portugal
compartilhada em DESCOBRINDO PORTUGAL através de Fátima Ribeiro...




Imagem das revoluções do mundo.
Do caminhar dos humanos nele.
Do ir e vir das ondas migratórias.
Suas marcas tentando penetrar os veios
da terra, tentando criar suas cidades.
A odisseia humana deixa a crosta da Terra
repleta de cicatrizes, de figuras, de imagens
que traduzem a busca do humano por um
lugar, um lugar que reflita a angustia de sua 
alma por não se sentir bem em lugar algum.

Valter Ludwig Taliesin
Embaixo:
Minhas de São Domingos - Mértola - Portugal -
Compartilhada por DESCOBRINDO PORTUGAL através de Antonio Prazeres...




Na paz de um lugar, nos braços de quem amamos
sentimos um pouco do que deve ser o céu.
No amor esta o esteio da vida; seja pouco ou seja muito
o nosso tempo na Terra, o amor de um lar, o amor
da pessoa amada, o amor por Deus em tudo e em
todos nos sustenta, nos alimenta e nos fortalece.
A Imagem então de um lar, de um lugar abençoado
pelo amor traz em si todo o poder daquele momento,
daquele instante, daquelas pessoas.
Deus se faz presente em tudo que haja amor real,
verdadeiro e de fato.

Valter Ludwig Taliesin


Embaixo:
Choupal - Coimbra - Portugal
Compartilhado por PORTAIS PORTUGAL - canalblog.com



Imaginário...
O reino interior onde a imaginação cria as formas interiores da imagem, imagens que nascem, se fundem, se criam, se recriam, entram, saem, se transformam e se a alma for forte o suficiente e atuar através da personalidade com poder e força recriam inclusive o que tocam ao seu redor.
O imaginário assim pode ser um centro de criação divina ou um circo de horrores, só depende do tipo de imagem que a alma faça nascer de si, aquilo que ela prioriza quando sente em si a dualidade da vida manifesta.

Valter Ludwig Taliesin

Embaixo:
Hortências do meu Alentejo - Portagem - Marvão - Portugal -
Compartilhado por ALENTEJO EM IMAGENS através de Vitor Laranjeiro Photography - 



O poder da imaginação é a prova de que o humano tem algo divino dentro de si.
Entretanto como energia divina e não como o divino em Si consciente e atuante,
o poder da imaginação pode ser luz ou trevas, pode ser criação de Heaven ou de Hell.
Só depende do ser humano!
Veja ela não deixa de ser divina, mas enquanto potencial divino no humano ela não é
O DIVINO, não é o Ser, auto consciente de que EU SOU, ela é o potencial criativo em nós,
para bem ou mal. Se colocado na mão do Eu Sou teremos Deus em ação se colocada a
serviço do Ego exacerbado eis ai o tal do Diabo teológico.

Valter Ludwig Taliesin

Embaixo:
Monsaraz - Portugal -
Compartilhado por DESCOBRIR PORTUGAL através de Alvaro Almeida -




A imagem natural do ventre da Mãe da Vida, vem e revela o que as sementes de vida tem dentro de si.
Cada árvore, cada planta, cada flor, cada rosa, cada fruto, cada grama, cada mato, cada verde ou vegetação contem em si, dentro de si a imagem, o projeto de vida que lhes possibilita vir a ser, vir a se manifestar na pele da Grande Mãe nutrindo o mundo e os humanos das delícias dos perfumes mais variados e da alimentação tão necessária.

Valter Ludwig Taliesin

Embaixo:
Reserva Natural de Paul de Arzila - Coimbra - Portugal -
Compartilhado por COIMBRA PORTUGAL através de httpa//umpigodeluz.blogspot.pt/


Sagrada, uma imagem...
Imagem que traz a face da Mãe...
Da Mãe do Cristo...
De certa forma imagem que evoca algo mais ancestral;
A MÃE DO MUNDO!
Uma hipóstase de SOPHIA!
Da Sabedoria divina!
Ou seria um etê? Como muitos hoje sugerem?
O fato é que a imagem externa, a estátua, o santuário,
reflete algo mais profundo, algo inexplicável pelas teorias humanas
e algo que em verdade respondeu um clamor interno daquele tempo
e de todos os tempos!
O clamor dos aflitos, dos que buscam dos que querem um novo mundo
pois em suas mensagens encontramos a promessa disto!
Fátima o nome de uma grande Mãe do Islã unindo-se a imagem, a
manifestação da grande Mãe cristã, mostrando que as diferenças humanas
nada contam no cerne do ser pois há tradições que dizem que ali era um 
centro ainda mais antigo de culto a grande Mãe.

Valter Ludwig Taliesin

Embaixo:
Santuário de Fátima - Portugal -
Compartilhado por WWW.VISITPORTUGAL.COM


Um toque de criatividade, uma mão leve e talentosa...
Um pincel, um lápis, uma caneta, um cinzel, um esquadro, um prumo...
Ferramentas que em mãos criativas fazem imagens se tornarem
obras, e muitas destas obras primas, verdadeiras joias no mundo.
Obras que atestam que algo dentro de nós é a Imagem do nosso
Pai/Mãe da Vida expressando-se criativamente.
Algo que fala em nós mais fluentemente que as palavras, com um
poder tal que nenhum designativo fala melhor que o olhar embevecido 
de quem olha, a emoção de quem toca, e do que gera dentro daquele
que se sente tocado profundamente pela obra.
Falei de palavras; exato, mesmo na obra escrita este senso de perene, dentro
das letras transcende a escrita em si, a formação das frases e são como o
espírito por trás das mesmas e é isto o que realmente nos toca e renova mundos
dando um novo senso de Presença no que esta a morrer para depois renascer
algo novo.

Valter Ludwig Taliesin

Embaixo:
Jardim e Miradouro de São Pedro de Alcântara - Lisboa - Portugal
Compartilhado por DESCOBRIR PORTUGAL através de Orlando Nunes


Renascer é a imagem do Novo Mundo!
Quando falamos; fulano renasceu estamos a dizer: 
UM NOVO MUNDO SE FEZ! 
Não tem nada a ver o renascer com o mundo antigo, tem
a ver com um novo mundo que nasce a partir do renascimento
daquele ente, daquela pessoa!
Mesmo que algo fique do passado, afinal não podemos dizer:
ISTO NÃO VIVI, temos que ter consciência que fica como alicerce,
como recriação deste novo mundo. Como material de construção desta
nova identidade em ser o Ser sempre criativamente, profundamente, 
para frente.

Valter Ludwig Taliesin

Embaixo:
Jardim Botânico - Coimbra - Portugal -
Compartilhado por erasmusu.com



O poderoso reino templário podemos chamar assim, que vigorou por quase 300 anos entre os reinos instituídos da Europa teve em Tomar um de seus mais importantes centros.
Tomar é uma imagem perfeita da grandeza templária e tem ligação direta com o posterior acobertamento destes em outras organizações secretas que vieram com o tempo.
A Ordem de Cristo cujo maior expoente foi o infante Don Henrique o navegador nada mais é que o ramo templário português com outro nome, basta reparar nas naus cabralinas e em suas cruzes que veremos isto.
Assim, podemos dizer que a Imagem do Templo de Salomão se perpetua através de outras imagens que foram forjadas depois da extinção oficial da Ordem sendo a maçonaria, o rosacrucianismo e o iluminismo outros ramos.
Existe até um livro, o Papa negro de Ernesto Mezzabota(anti jesuíta e pró maçonaria diga-se)que advoga que em verdade tanto Maçonaria quanto os Jesuítas, inimigos figadais um do outro foram formados por templários descendentes da Ordem os quais tomaram caminhos opostos tentando implementar a visão de Reino de Deus desta.
O conceito de imagem aqui portanto esta no conceito REINO DE DEUS, que os templários tanto defenderam, que herdaram dos grupos messiânicos; primeiro judeus, depois cristãos, depois do ciclo arturiano e que vem como conceito como algo que transcende religiões, desde priscas eras com os Reis Sacerdotes, desde passado remoto e seus reinos ideais.
Esta imagem, do Reino de Deus, foi um dos motivos centrais da pregação do Cristo, e para Ele antes de tudo, este reino é uma IMAGEM INTERNA, NASCIDA NO CENTRO DO SER, DA IMAGINAÇÃO DIVINA OPERADA NESTE E QUE TRAZ PARA FORA O PODER E A ENERGIA DESTE REINO, CRIANDO AQUI FORA O QUE EM VERDADE ESTA DENTRO!
Neste sentido cada ser crístico seria um rei sacerdote deste reino sagrado pois o manifesta no mundo!
Valter Ludwig Taliesin
Embaixo:
Tomar, cidade templária - Portugal -
Compartilhado por WWW.HOTELKAMANGA.COM


Imagem...Imaginação...
A imaginação é o poder da imagem interior que quer se exteriorizar, que quer mostrar o que tem a alma dentro de si, que quer revelar-se e no processo toda a energia de vida que vai dentro da pessoa.
O poder da imaginação é considerado tão sagrado que é associado ao ato original de Deus de pensar a criação antes de ordenar a mesma. 
Assim antes da Imagem veio a Imaginação divina de tudo o que existe, dali é que saíram as formas das letras sagradas que são o fundamento do universos ou universos e dimensões para sermos mais lacto. Dali saíram a Ordem, a Palavra Criativa e o Som imperioso que se propagou por todo o espaço.
Se podemos de alguma forma compararmos todo este processo com Deus podemos dizer que Deus o Pai é Ain o Nada conceitual, Deusa a Mãe é Ain Soph a Imaginação, o Espaço Infinito onde Ain projeta-se, as Letras ou Palavras de poder são Ain Soph Aur ou a Luz ilimitada, Deus o Filho que surge desta interação de Ain e Ain Soph mas que como ambos sempre preexistiu ali, ainda que não conceituado, depois temos o Som que advém destas Palavras que se propaga e cria as Imagens sagradas ou mundos de expansão, ou seja; Deusa a Filha, o verdadeiro útero do qual tudo nasce. Misteriosamente oculto em tudo isto esta o Espírito Divino Uno que se propaga e se manifesta nestes termos e que é sugerido na Sefiroth oculta D'aath, que não faz parte manifesta na grande Árvore da Vida mas é um conceito de unicidade de Deus oculto por trás dela. Assim temos Pai, Mãe, Filho, Filha e Espírito Santo, um único e mesmo mistério divino com nomes que revelam sua manifestação no VIR A SER a Vida Universal, uma manifestação quíntupla que nasce da unidade essencial, da dualidade primeira, da primeira geração que forma uma trindade, da segunda geração e da união destas duas  como um casal divino e que forma a quadratura da manifestação da vida e o retorno ou melhor a constante presença desta unicidade por trás de todo o processo no quinto elemento ou seja; na Imago Dei suprema da manifestação o ser humano, o quíntuplo que contém dentro de si o Espírito Santo a fagulha a Centelha divina antes expressa como Pai, Mãe Filho e Filha,agora como um mistério oculto dentro de cada criatura divina. Ain, Ain Soph são o Deus Transcendente puro, Ain Soph Aur é o Deus Transcendente que esta tornando-se Emanente, A Árvore da Vida e do Conhecimento do Bem e do Mal é Deus Emanente e o Espírito Divino em nós o Deus Imanente.

Valter Ludwig Taliesin

Embaixo:
Praia da Ursa - Sintra - Portugal -
Compartilhado por DESCOBRINDO PORTUGAL através de TozéFonsecaPhotography -



Uma imagem do presente pode nos remeter a um passado ainda mais remoto do que a própria antiguidade do lugar que a imagem evoca.
Vejam a belíssima, mágica e antiga cidade portuguesa de Coimbra, de tremenda importância nacional e quiça universal já que foi capital do império que dominou os mares do qual somos aqui no Brasil(nome aliás, nenhum pouco casual, já que quem o deu, diferente do que falam, que foi por causa do tal do pau brasil ...pois o próprio pau recebe este nome do verdadeiro cerne e germe deste nome: HY BRAZIL, a mítica cidade, ilha ou civilização que deveria existir em certa latitude do oceano Atlântico e que tudo indica, existe sim mas em outro plano, e que seria uma das ilhas atlantes)resultado mais imediato e até agora mais vistoso e grandioso deste grande império marítimo de passado recente, evocando um outro de passado ainda mais remoto;  sendo que Portugal(Porto do Graal) e Brasil( Hy Brazil - a imagem externa da civilização interna, presente no etéreo e que dizem ter agora seu centro no Roncador e não mais no centro do atlântico ) formam duas colunas do Templo do fim cujo centro será a Jerusalém terrestre imagem da celeste, no antigo Israel e as outras colunas nos EUA, na Inglaterra, nas duas Coreias e França! Formando todas os 7 anjos da presença em forma de grupos e civilizações que liderarão o novo mundo que virá!
Reparem no formado da construção de Coimbra, seu monte original, como se assemelha a muitas das imagens que evocam a antiga cidade de Poseidonis, a capital atlante última!
Percebam nas imagens da grande cidade portuguesa e universal atual as formas arquitetônicas e espaciais da grande cidade mítica universal, celeiro de civilizações e vidas!
Nada neste mundo é gratuito e podemos estar diante de uma imagem que evoca a grandeza de um povo mais recente mas que tem seus alicerces em passado ainda mais remoto!
A Atlântida é uma verdade poderosa que encontra ecos no espaço e no tempo, e quem tem olhos para ver sempre consegue percebe-la nos lugares onde outros só veem o natural ou a mensagem básica do presente ou de passado recente.

Valter Ludwig Taliesin

Embaixo:
Cidade de Coimbra  - Portugal -
Compartilhado por TRIP-SUGGEST.COM através de João Azeve

FONTES DE VÍDEO YOUTUBE

Nenhum comentário:

Postar um comentário