Google+ Badge

sábado, 22 de agosto de 2015

A FELICIDADE E A SIMPLICIDADE: A GEOMETRIA SAGRADA ENTRE UMA E OUTRA...


Ser feliz é ser simples...

Não é ser fácil ser feliz dizem alguns...mas para ser-se feliz há que ser simples.

Quanto mais complicamos a vida, quanto mais achamos subterfúgios para escapar das grandes decisões, quanto mais nos fazemos de vítima, quanto mais isto ou aquilo menos felicidade se há.

Saber acordar todos os dias grato, saber chorar quando se estar triste, saber sorrir quando se esta alegre, saber ser sincero consigo mesmo, saber falar somente o necessário, saber ouvir mais que falar, mas por outro lado contar piada, anedota, e jogar conversa fora quando se esta com vontade de simplesmente papaguear...

E desta simplicidade de ser que falamos...



Mas ser simples não é sinônimo de ser alienado...uma pessoa simples pode buscar conhecimento, pode se abrir à sabedoria dentro de si, aliás; vemos tanta sabedoria em pessoas com ações simples quanto pouca nos que gostam de florear demais na vida.

Complicar demais o viver é sinônimo de infelicidade...é sinônimo de pessoas que estão tão tristes consigo mesmas as quais criam subterfúgios e coisas para se distraírem como importantes para que o viver ganhe significado. E neste pacote entra principalmente a Religião!

Deus TEM que ser uma realidade DENTRO de nós... ponto!

Não deve haver ansiedade na busca por Deus!

Se há ansiedade no Caminho é porque não se é feliz!

A felicidade lança fora a ansiedade!

Isto não significa que eu saiba todas as respostas para todas as questões da vida mas que neste momento do meu caminhar eu estou a fazer o meu melhor com o que conheço.



Obviamente que existem pessoas que estão fazendo com suas vidas uma grande e gigantesca besteira!

Isto é óbvio!

E com certeza não há felicidade nenhuma nisto!

Não há felicidade nenhuma em fazer de sua vida e da vida dos outros... um inferno!

Claro, tudo pode ser encarado como experiência, como evolução, mas só DEPOIS que tu atravessaste o nível que separa a autodestruição da reconstrução...até lá as coisas ruins que fazes consigo e com os outros, são o que são...COISAS RUINS...só se tornam boas, sinônimo de alavancas evolutivas, quando pegas tudo isto e transmutas no cadinho de seu coração e começas em cima destas lições ruins a aproveitar o material para construíres seu castelo sagrado.

A grande dificuldade que estamos a ver nestas definições é que as pessoas atualmente associam felicidade com ter!



Tenho que ter isto, aquilo, aquilo outro, inclusive coisas que considero virtudes para ser feliz!

NÃO!

Tu já sois feliz agora, neste ponto em que estais ai...

Nesta mansão, nesta tapera, debaixo da ponte, na cadeia, na cama de hospital...

Mas espera ai, tu disseste antes que existe sim situações ruins, coisas ruins e quando estou nisto obviamente não estou e não sou feliz...

Espere...repare no que disse...

Existe um momento...um nível...em que tens que DESPERTAR para a dura realidade em que estais...e é EXATAMENTE NESTE MOMENTO QUE DESCOBRES QUE SOIS FELIZ DENTRO DE SI...QUE SOIS PREDESTINADO À FELICIDADE DESDE SEMPRE E ELA É UM DIREITO SEU NATO! NÃO IMPORTA O QUE ESTEJAS PASSANDO E VIVENCIADO HOJE!

Portanto há que haver uma nova consciência aqui e agora, NESTE PONTO em que estais da sua vida, um reconhecimento absoluto de que JÁ SOIS, AQUI E AGORA FELIZ para que então como que por osmose este ambiente em torno de si se adegue ao que verdadeiramente te tornaste no interior!

Obviamente que existe situações limites a que certas pessoas se colocaram por escolhas erradas na vida que praticamente uma mudança externa neste mundo em que estamos não é mais uma possibilidade...uma pessoa condenada à prisão perpétua por exemplo, por crimes realmente graves e comprovados! Ou pessoas no corredor da morte pelos mesmo crimes!



É AQUI NESTE PONTO que lhes recomendo um dos mais belos e poderosos livros que já li em minha vida...O ANDARILHO DAS ESTRELAS DE JACK LONDON...

Nele o autor apresenta o caso de uma pessoa nesta situação e como progressivamente ao descobrir DENTRO de si a felicidade, esta pessoa mudou sua consciência e mudando sua consciência(ou seria o oposto? por favor não compliquem rs...) ele mudou seus sentimentos, suas emoções, pensamentos, palavras, ações e mesmo sabendo que o que lhe estava reservado externamente era inevitável, se sentiu tão livre e leve dentro de si que aquela prisão se tornou seu...TABERNÁCULO!

SIM!

Bem isto!

Peguei tais exemplos extremos exatamente para demonstrar que este SENSO DE FELICIDADE independe do que esta no nosso entorno mas TUDO tem a ver com o que trazemos dentro de nós, o que nós permitimos crescer em nós.

Nisto esta a simplicidade de Ser e neste ser o Ser esta a nossa Felicidade!

Pode haver um poderoso fiat de lux que liberte uma pessoa de uma situação externa extrema, mesmo uma destas que citei acima que são praticamente incontornáveis?



CLARO!

Mas aqui entraremos no campo da Fé, da perfeita Vontade de Deus em si para aquele momento, do que o Carma pessoal lhe diz, do quanto a libertação externa de uma situação que tu atraíste para tua vida por ações externas errôneas pode trazer de benefícios não ao seu ego, ao teu senso de livre ser por fora, mas ao coletivo, aos demais...SIM... nem sempre o 'pagar por um crime" tem que verdadeiramente ser corroborado por estar indefinidamente atrás das grades ou morrer, muitas vezes como um Paulo, haverá que ter um outro tipo de compensação que envolta o total desprendimento e entrega daquela alma ao caminho espiritual e social para o bem de MUITOS, para ressarcir o peso da balança...mas repito...ISTO NÃO É PRIORITÁRIO PARA A LEI MAIOR...para a lei maior o prioritário é que aquele que é errado MUDE, independente do que vivencie externamente, se sinta livre dentro de si, encontre a verdadeira felicidade em Ser em Deus o seu melhor com o que lhe apresenta o momento e então...O QUE TIVER QUE SER...SERÁ...NATURALMENTE!



Pura simplicidade...nada de embromações!

Me lembro neste momento de um caso aqui no Brasil de uma pessoa que como muitas outras que vivem apregoando noite e dia..." ENCONTROU JESUS" na cadeia...
Esta pessoa era um justiceiro, matava as pessoas porque entendia que tinha que livrar o mundo de "quem não prestava"...bem, foi preso, julgado, e condenado como réu confesso...
Um belo dia se converteu a uma destas seitas do cristianismo que pregam em prisões...
Bem, geralmente quando acontece isto a tendência é a pessoa fazer de tudo para mostrar  perante a lei que mudou e querer sair de onde se encontra para "testemunhar" ao mundo a "grande libertação" que Deus lhe fez!
Sim, muito "nobre" mas...
Será que com a conversão vem automaticamente a libertação das consequências dos erros?
Ou o verdadeiro perdão de Deus NADA tem a ver com isto?
Bom, para este homem parece que sim, pois quando insistiram para que ele buscasse os benefícios que a lei permite a quem comete tais crimes dizendo mudar, ele foi taxativo...
- NÃO QUERO...JÁ ESTOU LIVRE!...Sinto-me livre por dentro e penso que devo continuar aqui até cumprir minha pena pois assim entendo ser o justo pelo que fiz!
E foi o que fez!
Quando liberto foi, sabia que estava na mira de muitos para vingança...instado a mudar para bem longe, fazer de tudo para se esconder disse...
- NÃO...vou continuar onde quero estar...e ficou...atuando na sua religião, com sua família e amigos...um dia ao chegar em casa foi vitima de uma emboscada e veio a óbito...alguém pode dizer:
-  De que lhe adiantou mudar? Aceitar Jesus? etc...



Bem,

Pelo olhar carnal NADA já que apesar de cumprir sua pena integralmente os que lhe juraram vingança executaram sua sentença, mas para ele e Deus, para ele e o divino em si...o que lhe importava era a paz de espírito e a certeza plena do perdão divino e de sua nova vida boem como ajudar e servir de exemplo para todos que pudessem com ele aprender a mudar e ser um diferencial no mundo para melhor!

Portanto diante de Deus e de suas vítimas PAGOU seu débito integralmente...enquanto aqueles que nele se vingaram serão réus de seu sangue se não seguirem o mesmo caminho...assim define a lei divina e o carma de cada um de nós...

A felicidade desta forma é algo que construímos na simplicidade de ser...

Tanto o personagem do livro de London quanto esta pessoa que citei acima agiram pura e simplesmente com esta simplicidade diante do certo e do errado, do que se fez e do que se esta a fazer agora,  e do que se pode fazer mais adiante...entenderam a simplicidade do existir mesmo diante de situações extremas que atraíram para si mesmos,  e com certeza, vivenciaram dentro de si aquilo que somente os verdadeiramente livres vivenciam...

A FELICIDADE DE SER NESTA SIMPLICIDADE!



Em Amor e Luz

Valter Ludwig Taliesin

Paz e Bem

VÍDEOS SAGRADOS

Cada um destes mega clássicos do rock, verdadeiras obras primas, contém no poder de suas interpretações, na beleza de suas músicas e principalmente na inspiração de suas letras um pouco de tudo o que falamos neste texto hoje...
Espero que gostem da seleção...

Lynyrd Skynyrd - Simple Man

Pink Floyd - Wish You Were Here

Led Zeppelin - Stairway to Heaven

Beatles - Let It Be

Emerson, Lake & Palmer - C'est La Vie

Donovan - Catch The Wind

Elvis Presley - Suspicious Minds

Sting - Desert Rose

David Bowie - Heroes

Fonte Youtube








FONTE  DE IMAGENS GOOGLE

Nenhum comentário:

Postar um comentário