Google+ Badge

sábado, 1 de agosto de 2015

FOLHA DOS ESCRITOS DO CORAÇÃO...

Mudar faz parte do ciclo da minha vida, embora a essência seja sempre a mesma. Quando encontrei um obstáculo grande na vida, não desanimei ao passar, pois com o tempo ele se tornou pequeno. Não porque diminuiu, mas porque eu cresci!
Sofia de Melo Volante

Para alcançar a paz interior devemos verdadeiramente dar nossa vida, não só nossos pertences. Quando por fim dermos nossa vida - alinhando nossas crenças com a maneira de viver - então, e só então, podemos começar a encontrar a paz interior.
Sofia de Melo Volante
Não se espante com a mudança nas pessoas, 
Você mesmo tem dias de “noite” e dias de “dia”, 
Momentos em que a alegria te contagia, e outros em que a tristeza te pega fundo.
Por isso, não queira entender o próximo, busque antes, amar sem restrições, sem cobranças ou imagens formadas.
Sofia de Melo Volante
Perdoar pelos erros cometidos...
Entender atitudes por outrora incompreendidos...
Assumir culpas e defeitos...
Valorizar pequenas vitórias que pareciam sem importância...

Nada disso aconteceria se não houvesse os altos,
Os baixos, as curva, e também, por vezes as quedas...
Nada eh por acaso... Nenhum sofrimento é todo mal...
Basta mudar o foco... tudo é válido...
Então experimente tirar os pés do chão,
Suba, desça, gire, fique de ponta cabeça, perceba, escolha...
O que vai acontecer depois?? Não sei...
Mas não custa nada tentar para ver,
e começar a enxergar de verdade a vida...
Sofia de Melo Volante
Nossos caminhos são agora um só caminho, nossas almas, uma só alma. Cantarão para nós os mesmos pássaros, e os mesmos anjos desdobrarão sobre nós as invisíveis asas. Temos agora por espelho os nossos olhos; o teu riso dirá a minha alegria, e o teu pranto, a minha tristeza. Se eu fechar os olhos, tu estarás presente; se eu adormecer, serás o meu sonho; e serás, ao despertar, o sol que desponta.
Nossos mapas serão iguais, e traçaremos juntos os mesmos roteiros 
que conduzam às fontes escondidas e aos tesouros ocultos.
Na mesma página do Evangelho encontraremos o Cristo, partiremos na ceia o mesmo pão; meus amigos serão os teus amigos, perdoaremos com iguais palavras aqueles que nos invejam.
Será nossa leitura à luz da mesma lâmpada, aqueceremos as mãos ao mesmo fogo e veremos em silêncio desabrochar no jardim a primeira rosa da Primavera. Iremos depois nos descobrindo nos filhos que crescem, e não mais saberemos distinguir em cada um os meus traços e os teus, o meu e o teu gesto, e então nos tornaremos parecidos. E nem o mundo nem a guerra nem a morte, nada mais poderá separar-nos, pois seremos mais que nunca, em cada filho, uma só carne e um só coração.
Que o homem não separe o que Deus uniu. Que o tempo não destrua a aliança que nos prende, nem os amores, o amor.
Que eu não tenha outro repouso que o teu peito, outro amparo que a tua mão, outro alimento que o teu sorriso. E, quando eu fechar os olhos para a grande noite, sejam tuas as mãos que hão de fechá-los. E, quando os abrir para a visão de Deus, possa contemplar-te como o caminho que me levou, dia após dia, à fonte de todo amor.
Nossos caminhos são agora um só caminho, nossas almas, uma só alma. Já não preciso estender a mão para alcançar-te, já não precisas falar para que eu te escute...
Sofia de Melo Volante

Sua presença é um presente para o mundo.
Você é único e só há um igual a você.
Sua vida pode ser o que quiser que ela seja.
Viva os dias, apenas um de cada vez.
Conte suas bênçãos, não seus problemas.
Você os superará venha o que vier.
Dentro de você há muitas respostas.
Compreenda, tenha coragem, seja forte.
Não coloque limites em si mesmo.
Muitos sonhos estão esperando para serem realizados.
As decisões são muito importantes para serem deixada ao acaso.
Alcance seu máximo, seu melhor e seu prêmio.
Nada consome mais energia do que a preocupação.
Quanto mais tempo se carrega um problema, mais pesado ele fica.
Não leve as coisas tão a sério.
Viva uma vida de serenidade, não de arrependimentos.
Lembre-se de que um pouco de amor dura muito.
Lembre-se muito disso: "dura para sempre".
Lembre-se que a amizade é um investimento sábio.
Os tesouros da vida são todas as pessoas.
Perceba que nunca é tarde demais.
Sofia de Melo Volante
Temos a mania de achar que o amor é algo que se busca. Buscamos o amor nos bares, buscamos o amor na internet, buscamos o amor na parada de ônibus.
Como num jogo de esconde-esconde, procuramos pelo amor que está oculto dentro das boates, nas salas de aula, nas plateias dos teatros.
Ele certamente está por ali, você quase pode sentir seu cheiro, precisa apenas descobri-lo e agarrá-lo o mais rápido possível, pois só o amor constrói,só o amor salva, só o amor traz felicidade.
Há quem acredite que amor é medicamento. Pelo contrário. Se você está deprimido, histérico ou ansioso demais, o amor não se aproxima, e, caso o faça, vai frustrar sua expectativa, porque o amor quer ser recebido com saúde e leveza, ele não suporta a ideia de ser ingerido de quatro em quatro horas, como um antibiótico para combater as bactérias da solidão e da falta de auto-estima.
Você já ouviu muitas vezes alguém dizer:
"Quando eu menos esperava, quando eu havia desistido de procurar, o amor apareceu". Claro, o amor não é bobo, quer ser bem tratado, por isso escolhe as pessoas que, antes de tudo, tratam bem de si mesmas.
O amor, ao contrário do que se pensa, não tem de vir antes de tudo.
Antes de estabilizar a carreira profissional, antes de fazer amigos, de viajar pelo mundo, de curtir a vida. Ele não é uma garantia de que, a partir de seu surgimento, tudo o mais dará certo. Queremos o amor como pré-requisito para o sucesso nos outros sectores, quando, na verdade, o amor espera primeiro você ser feliz para só então surgir, sem máscara e sem fantasia.
É esta a condição. É pegar ou largar. Para quem acha que isso é chantagem, arrisco-me a sair em defesa do amor:
Ser feliz é uma exigência razoável, e não é tarefa tão complicada. Felizes são aqueles que aprendem a administrar seus conflitos, que aceitam suas oscilações de humor, que dão o melhor de si e não se autoflagelam por causa dos erros que cometem. Felicidade é serenidade.
Não tem nada a ver com piscinas, carros e muito menos com príncipe encantados.
O amor é o prémio para quem relaxa.
Para completar, cito um famoso jornalista e escritor americano, Norman Mailer"As pessoas ficam procurando o amor como solução para todos os seus problemas quando, na realidade, o amor é a recompensa por você ter resolvido os seus problemas.
Sofia de Melo Volante

É Tempo de Paz

O que é o tempo, senão
uma sucessão de acontecimentos,
momentos promissores para
se pensar em construir a paz
entre povos e nações?
Mas, para que as sementes
de paz germinem em toda a terra,
é necessário encontrar
semeadores de boa vontade,
terreno cultivável onde
a justiça se desenvolva
num clima que favoreça o
eqüitativo crescimento de todos.
Portanto, é urgente se
pensar na humanização dos
povos e nações, no respeito
às diversidade étnicas,
costumes e crenças.
No estabelecimento de
uma nova ordem mundial,
fundamentada na compreensão
e valorização dos seres humanos.
Como falar de paz quando
se vive num mundo
que promove a guerra,
que mutila e mata,
que gera ódio e vingnças,
que cria massa de gente
faminta,
de pobres esfarrapados,
crianças assustadas,
pessoas tristes,
sem perspectiva de
um futuro melhor?
Neste panorama quase
sem esperança,
sente-se, porém, que
um novo mundo está surgindo.
E como aurora de paz
renasce a solidariedade
e a partilha do amor entre
os diferentes povos.
É a paz que nasce dos
escombros da guerra!
É o novo tempo de construir
o que foi destruído!
É o convite para todos
se unirem num mutirão de paz!
Vamos dar as mãos
para ajudar aqueles
que engrandecem a
existência humana,
oferendo a nossa
colaboração na tarefa
de promover
tantas vidas que o
egoísmo e a ambição mutilaram.
Sejamos artífices da paz,
na luta para engrandecer
a dignidade humana de
quem foi excluído
pelo desamor e pela injustiça.
É tempo de sermos
semeadores(as) de paz!
É tempo de convivermos
em paz!
FIQUEM BEM....COM MUITA PAZ
Sofia de Melo Volante

ENYA - FAIRYTALE
ERIK BERGLUND - ANGEL OF THE HEALING WATERS



CONSTANCE DEMBY - THE DAWNING

AEOLIAH - ANGELS OF THE PRESENCE
LAURA POWERS - SAILING HOME

DAN GIBSON - PEACE AND COMPASSION


FONTE YOUTUBE
FONTE DE IMAGENS GOOGLE




Nenhum comentário:

Postar um comentário