Google+ Badge

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

A HORA DA PAZ...

É mais inteligente quem empenha-se em "SER" do que em "TER". O que você é, o será para sempre; o que você tem, passará.

Sofia de Melo Volante



Cada vez mais devemos exercer o nosso direito de buscar
o que queremos (sobretudo no amor).
Mas atenção: elegância e bom senso são fundamentais !
É preciso saber sentir o sentido das palavras,
para não deixar ninguém sentido...
Algo dito com sentido,
e sendo consentido,
não são palavras ao léu jogadas,
e não serão mal julgadas...
Mas, se são palavras ao acaso jogadas,
serão meras palavras cruzadas...
Sendo cruzadas com sentimento,
e tendo total consentimento,
haverá um fiel cruzamento,
entre o dito e o entendimento...
Não se apresse em julgar, para não magoar.



Sofia de Melo Volante


Em algum lugar do passado
Em algum lugar do passado
Tivemos tantas outras vidas,
vivemos outras histórias,
conhecemos muitas pessoas,
formamos laços afetivos,
Vivemos amores, sonhos,
aprendemos várias lições.
Fomos reis, rainhas,
serviçais e aprendizes.
Trilhamos muitos caminhos.
Hoje, sem saber,
encontramos velhos amigos
amores do passado,
resgatamos vivências,
mas também formamos novos laços,
novos amigos, novos amores...
Almas gêmeas que se encontram,
eternamente unidas pelo amor.
Assim é a roda da vida.
Nada se perde, estamos sempre
construindo nossa história eterna.
Continuamos aprendendo e caminhando.

Alguns se desencontram momentaneamente;
é quando a alma gêmea
caminha por outra dimensão,
quando resta a certeza
de que um dia voltarão a se encontrar
E ficarão unidas para sempre.
Um dia nos encontraremos.


Sofia de Melo Volante


Depois de algum tempo você aprende a sutil diferença de dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas. E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos diante com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança. E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porquê o terreno do amanhã é incerto demais para os planos e o muro tem o costume de cair em meio ao vão. E aprende que não importa quanto seja boa uma pessoa, ela leva-se anos para construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer em um instante das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida. E que bons amigos são a família que não nos permitiram escolher. 

Descobre que as pessoas com quem você mais se importa são tomadas de você muito depressa, pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que as circunstâncias e os ambientes têm influencia sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não devemos nos comparar com os outros, mas com o melhor que podemos ser. Aprende que nunca se deve dizer que sonhos são bobagens, poucas coisas são humilhantes e seria uma tragédia se acreditasse nisso. Aprende que quando está com raiva, tem o direito de estar com raiva, mas isto não te dá o direito de ser cruel. Aprende que, ou você controla seus atos ou eles controlam você. Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute, quando você cai, é uma das poucas que o ajuda a se levantar. Aprende que a maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas, do que com quantos aniversários você celebrou. 


Aprende que com a mesma severidade que você julga, você será em algum momento condenado. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer, não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas não sabem como demonstrar ou viver isso. Aprende que não importa em quantas partes seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar atrás, portanto plante seu próprio jardim e decore sua lama ao invés de esperar que alguém lhe traga flores e aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte, e que pode ir muito mais, levante depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida.

Sofia de Melo Volante

Ninguém conhece alguém por acaso… Nada nesta vida acontece por acaso. Ninguém chega até nós por um simples acaso. Existe um dito popular muito sábio que diz: ”As pessoas não se encontram por acaso, nem permanecem em nossa vida por causa desse simples acaso”.

Falamos sobre o destino de cada um: Passamos por momentos de plena felicidade em nossa vida. Momentos estes que nos marcam de uma forma surpreendente, e nos transformam, nos comovem, nos ensinam e muitas vezes, nos machucam profundamente.

As pessoas que entram em nossa vida, sempre entram por alguma razão, algum propósito. Elas nos encontram ou nós as encontramos meio que sem querer, não há programação da hora em que encontraremos estas pessoas.

Assim, tudo o que podemos pensar é que existe um destino, em que cada um encontra aquilo que é importante para si mesmo. Ainda que a pessoa que entrou em nossa vida, aparentemente, não nos ofereça nada, mas ela não entrou por acaso, não está passando por nós apenas por passar. O universo inteiro conspira para que as pessoas se encontrem e resgatem algo com as outras. Discutir o que cada um nos trará, não nos mostrará nada, e ainda nos fará perder tempo demais desperdiçando a oportunidade de conhecer a alma dessas pessoas.

Conhecer a alma significa conhecer o que as pessoas sentem, o que elas realmente desejam de nós, ou o que elas buscam no mundo, pois só assim é que poderemos tê-las por inteiro em nossa vida. A amizade é algo que importa muito na vida do ser humano, sem esse vínculo nós não teremos harmonia e nem paz. Precisamos de amigos para nos ensinar, compartilhar, nos conduzir, nos alegrar e também para cumprirmos nossa maior missão na terra: “Amar ao
próximo como a si mesmo”. E para que isso aconteça, é preciso que nos aceitemos em primeiro lugar, e depois olhemos para o próximo e enxerguemos o nosso reflexo. Essas pessoas entram na nossa vida, às vezes de maneira tão estranha, que nos intrigam até.

Mas cada uma delas é especial, mesmo que o momento seja breve, com certeza elas nos deixarão alguma coisa.


Observe a sua vida, comece a recordar todas as pessoas que já passaram por você, e o que cada uma deixou. Você estará buscando a sua própria identidade, que foi sendo construída aos poucos, de momentos que aconteceram na sua vida, e que até hoje interferem em seu caminho.

Quando sentir que alguém não lhe agrada, dê uma segunda chance de conhecê-lo melhor, você poderá ter muitas surpresas cedendo mais uma oportunidade.

Quando sentir que alguém é especial para você, diga a ele o que sente, e terá feito um momento de felicidade na vida de alguém. Não deixe para fazer as coisas amanhã, poderá ser tarde demais. Faça hoje tudo o que tiver vontade. Abrace o seu amigo, os seus irmãos, os seus filhos. Dê um sorriso para todos, até ao seu inimigo. Se estiver amando, ame pra valer, viva cada minuto deste amor, sem medir esforços. Seja alegre todas a manhãs, mesmo que o dia não prometa nada de novo. Planeje o seu destino! Sopre aos ventos os seus sonhos, eles irão se espalhar pelos ares e voltar a você em forma de realidade.



Sofia de Melo Volante


E fez-se então, a hora da paz...

Os povos calaram-se
simultaneamente
E ouviram a voz das águas
Das montanhas, da natureza
Dos animais, e nada mais
O ar soprou forte
Fazendo folhas rodopiarem
Ninguém agiu nem falou
Ninguém se moveu
E então,
A humanidade entrou
Na imensidão do silêncio
E vivenciou
A mais perfeita paz
Naquela hora
Nenhuma arma foi acionada
Nenhuma máquina foi ligada
Nenhuma agressão foi cometida
Nenhuma sirene soou
Nenhum alarme disparou
Apenas funcionava
O que da vida cuidava
E, pela primeira vez
A humanidade conheceu a paz
Minutos antes de terminar
Todos estavam armados
Com uma pequena semente
Que ao soar o sinal programado
Foram lançadas à terra

Em todo o mundo
A paz foi semeada
Na Terra
E no coração
De cada um
O sábio que profetizou
A hora da paz
Proclamou à humanidade:
E uma nova linguagem há de vir
Há de vir para ficar
Que traduz união
Justiça, igualdade
É a linguagem da paz
Somos todos irmãos
Somos todos iguais
Somos filhos da Terra
do Sol, da Água, do Ar
Somos todos peregrinos
Por esta Terra a viajar
Entrando para o novo milênio
Com a mais intensa missão
A missão de promover a paz

Uma nova linguagem
Há de vir
Há de vir para pacificar
Que traduz a Fé
A esperança, o amor
É a linguagem da paz
Que será falada, sentida, cantada
De norte a sul, de leste a oeste
Em todo planeta terrestre
Ecoará pelos confins da alma
E se expandirá pelo imenso universo
É a linguagem da paz
Que todos conhecerão
Que virá de dentro de cada ser
Para promover a união
Até que um só povo
Um povo multicor
De mãos dadas dançará
Entoando a mais bela canção
Todos a uma só voz
Unidos

Em nome da PAZ



Sofia de Melo Volante

VÍDEOS SAGRADOS

MÚSICAS QUE NOS FALAM DE PAZ
























Nenhum comentário:

Postar um comentário