Google+ Badge

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

O MEDO(excessivo) É O ASSASSINO DA MENTE...



O MEDO É O ASSASSINO DA MENTE...

Esta é a litania Bene Gesserit da clássica obra prima de FRANK HERBERT...DUNA tornada filme em pelo menos duas versões....

“Eu não temerei.
O medo é o assassino da mente.
O Medo é a morte pequena que traz a obliteração total.
Enfrentarei meu medo.
Não permitirei que ele passe sobre mim E através de mim.
E, quando ele se fôr,
voltarei minha visão interna para olhar sua trilha.
Por onde o medo passou nada restou.

Apena eu permaneço

A cena é principalmente determinante para as mesmas ( a irmandade Bene Gesserit, que cuida do elemento espiritual do império e é um misto das atuais irmandades das freiras católicas com as praticantes de wicca ou bruxaria - a História se passa em uma galáxia distante, tanto no tempo quanto no espaço de nossa atual humanidade; num futuro hipotético dos descendentes da humanidade terrestre espalhados pelo cosmo)escolherem quem entende ser humano de quem é animal ou seja; quem atingiu consciência de ser de quem é puro instinto apenas...o Gon Jabbar é uma caixa tipo matricial, onde colocando a mão a pessoa não deveria tirá-la de forma alguma antes da ordem da iniciadora sob pena de morrer sob uma agulha envenenada que esta colocava no pescoço do iniciado(a)...e os efeitos psíquicos surgidos deste mero colocar da mão na caixa acreditem; era terrificante!

Cenas do filme Duna de 1984 do cineasta DAVID LYNCH onde o personagem principal da trama - PAUL ATREIDES - passa pelo teste do Gon Jabbar...


Entretanto...

Ter medo é normal, absolutamente normal; e diria até, vital para a evolução!
Sem o medo, aquilo que nos sinaliza perigo, o nosso "metron" ou seja; até onde podemos ir ou temos, como diz  ditado; "garrafa para vender', pode ser ultrapassado e o dano ser irrevogável.

Os gregos antigos falavam do "metron" como sendo este limite, o ponto máximo em que cada ser humano deveria ir, além do qual a probabilidade de fracasso seria enorme. Pátroclo, por exemplo, excedeu seu "metron" ao desafiar Heitor em combate singular, e com isto foi morto. Áquiles depois vingou a morte do amigo, matando e conspurcando o corpo de Heitor; mas o fato é que foi seu amigo, o grande responsável por perdesse. Não havia necessidade alguma em confrontar o guerreiro superior a si, ele o fez por sua própria conta e risco e pagou o preço disto. Não foi uma atitude defensiva, mas afrontosa e com isto veio-lhe a inevitável derrota e morte.

Saber nossos limites é essencial para que tudo vá bem em nossas vidas!

Ultrapassar limites é possível?

SIM!

Desde que que haja realmente necessidade evolutiva, principalmente espiritual disto!

Não é que estejamos engessados, sem podermos avançar, mas o avanço deve ser responsável. Deve ser fincando tanto na intuição quanto na lógica. Os dois hemisférios cerebrais conjuntos para a Grande Obra!

Portanto, evolutivamente falando, NADA HÁ de errado em sentir medo como um alerta dos caminhos que devemos tomar, direções sinalizadas, pessoas que chegam e "nossa antena fica ligada", enfim; aquilo que é definido como...SADIO!

Se estamos andando em uma rua e vemos diante de nós alguém em atitude suspeita e temos condições de voltar atrás, entrar em algum lugar ou tomar outra direção, e não fazemos isto por uma atitude de confronto desnecessária, o que vier dai, inclusive o pior, será consequência de nossa temeridade...simples assim...se não houver como, então dai podemos entender como fatalidade.

Nunca me esqueço da fala de um dos maiores astros de cinema que este mundo já viu. O saudoso  ator americano - um dos grandes ícones dos anos 60/70 - STEVE McQUEEN, astro de grandes clássicos e sucessos como: SETE HOMENS E UM DESTINO, FUGINDO DO INFERNO, CANHONEIROS DO YANG TSÊ, NEVADA SMITH, BULLIT, CROWN O MAGNÍFICO, AS 24 HORAS DE LE MANS E INFERNO NA TORRE dentre outros, morto em 1980... Diante de uma desta cenas de ação mirabolantes, que os diretores inventam para seus heróis nos filmes, e que queriam que ele fizesse ele disse:

-" OLHA, DE ONDE EU VENHO(ele era das regiões ditas de "cabra macho" dos EUA), NINGUÉM, NEM O MAIS CORAJOSO DOS HOMENS, QUANDO É CONFRONTADO POR UM GRUPO DE ARRUACEIROS, ENCARA-OS DESTE JEITO. A NÃO SER QUE SEJA ESTRITAMENTE NECESSÁRIO, OU SEJA; CASO ESTES PARTAM DIRETO PARA A AGRESSÃO! DO CONTRÁRIO, SE FICAR SÓ NAS OFENSAS, O SUJEITO VAI PARA CASA E DEPOIS VOLTA E PEGA UM POR UM, ISOLADAMENTE."

Em suma; McQueen mostra a diferença entre coragem e burrice! Coragem e temeridade! E o medo em seu papel benéfico e evolutivo! O mesmo medo, que fazia nossos ancestrais andarem em grupo, dormirem em cavernas e subirem em árvores para se protegerem de predadores; os mesmos que em situações limites, onde não haveria outra opção que não se defender, ousavam enfrentar os mesmos custasse o que custasse!

Steve McQueen


MAS...

O medo pode se transformar no pior inimigo do ser humano!

O medo pode paralisar a mente, congelar o coração, tolher os passos de tal forma que o senso de escolha e julgamento da pessoa seja anulado completamente!

Um pessoa dominada pelo medo é uma covarde, uma pessoa covarde não vive a plena potencialidade de sua vida, e não viver a plena potencialidade de sua vida gera carma negativo!

Deixar-se dominar pelo medo é o que fazem os ditos bons, quando os maus colocam sua carranca de fora e uma minoria nefasta domina milhões destes supostos bons!

O filme MATAR OU MORRER(HIGH NOON) grande clássico, obra prima da sétima arte, um dos maiores westerns e filmes em geral de todos os tempos, dirigida por FRED ZINNEMANN, e que, se não me engano, deu o segundo oscar de melhor ator para o mítico mega astro GARY COOPER e revelou ao mundo o talento da não menos mítica e oscarizada GRACE KELLY(depois, princesa Grace de Mônaco), nos mostra isto com proficiência.

Cooper vive o papel do xeriffe Will Kane, de pequena cidade do western, e que na hora de seu casamento com Amy(Grace Kelly) fica sabendo que um criminoso recém saído da cadeia, que ele prendeu, estará ao meio dia chegando a cidade para vingar-se dele Will, com sua gangue. Amy, sua noiva quaker, quer que ele fuja, mas Will sabe que neste caso a fuga é impossível, pois será perseguido o resto de seus dias, não terá sossego, pois a estirpe de Frank Miller(Ian Mcdonald) o bandido que vem em seu encalço, é daquela que jamais descansa enquanto não se vingar. Will então conclama a cidade a resistir com ele, a mesma cidade que defenderá com zelo, mas os moradores, com medo e receosos, dizem não, e o filme transcorre entre os ponteiros do relógio que sinaliza a chegada do infame e o ajuntamento de seus asseclas para pegarem Will até o gran finale. Este final é antológico, e tu vês o medo nos olhos de Will, mas também vê algo mais; vê a compreensão de que seu "metron" naquele instante determinante de sua vida é enfrentar este medo; à situação e quem lhe trás este medo, sob pena de viver sob o poder do medo e à mercê de seu algoz até o fim de seus dias. NESTE caso, a atitude certa não é o não confronto, mas o confronto é a ÚNICA forma de agir certo...DÊ NO QUE DÊ... pois a probabilidade de Will estar morto no fim do dia e MUITO maior que o contrário...mas ficar e se defender, NESTE caso, não é temeridade mas a mais pura sensatez!



Enfrentar nossos medos nos momentos determinantes de nossas vidas requer alguns passos interiores...

1. DEVEMOS TER CONSCIÊNCIA DE NOSSO METRON...

Sem saber de que somos feitos, sem consciência do que realmente queremos e podemos ter e fazer é complicado ter-se qualquer atitude proveitosa na vida. Existe dúvida disto e daquilo mas quando a dúvida paralisa ela é tão nociva quanto medo! À priori podemos ser, ter e fazer qualquer coisa que resolvermos empreender, contudo na prática sabemos que somente quem "conhece a si mesmo", o que LHE VAI NA ALMA, realmente chega a bom porto! Ser o que realmente não se quer ser, ter realmente o que não se precisa ter, fazer o que realmente não há necessidade nenhuma de fazer, só para provar ao mundo que podemos, é tão derrota quanto o não conseguir o que se quer!

2. DEVEMOS PERCEBER O MOMENTO DE RECUAR, DE RESISTIR OU DE AVANÇAR...

Somente quem se conhece, somente quem conhece o que lhe move a alma percebe quando é momento de desistir de algo infrutuoso, resistir por algo que vale a pena e avançar para algo que mereça conquistar-se!

3. DEVEMOS ESTAR EM ESTADO DE REPOUSO ATENTO...

O que é o estado de repouso atento?

É o coração e a mente que estando em paz todavia estão absolutamente aptos a lutarem se necessário pelo que vale a pena ser defendido! É o estar constantemente vestidos da armadura divina!

Paulo no livro de Efésios nos apresenta esta armadura que deve estar constantemente nos protegendo:

" No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder.
Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.
Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.
Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes.
Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça;
E calçados os pés na preparação do evangelho da paz;
Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno.
Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus;
Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos,"
Efésios 6:10 -18...



No nível da vibração em que temos que viver neste mundo a ÚNICA postura do(a) iniciado(a) deve ser esta exposta por Paulo ou seja; a do(a) guerreiro(a) da luz! Que é uma vibração MUITO acima da vibração normal(o correto seria anormal em verdade !!!) deste mundo, mas condizente como RESISTÊNCIA à esta vibração de forma eficiente!

A Terra desde o evento conhecido como "Queda" tornou-se um planeta de expiação e como tal, pode ser definido como um "mundo prisão" apesar de todas as belezas naturais que aqui encontramos!

Vemos isto até na natureza, nos animais, que se alimentam violentamente um dos outros!

Pode-se falar o que quiser de negativo sobre o dito livro de Gênesis da Bíblia mas entre tantas verdades metafóricas, figuradas, simbólicas, espirituais ali encontradas há contudo uma verdade que pode ser compreendida em todos os níveis de leitura, inclusive o literal... "O IDEAL DIVINO DE MUNDO EVOLUTIVO EM TERCEIRA DIMENSÃO É UM MUNDO ONDE OS SERES VIVOS SE ALIMENTEM TÃO SOMENTE DOS FRUTOS DOS VEGETAIS"... mas calma, vamos desenvolver melhor este tema sem extremismos... (E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda a erva que dê semente, que está sobre a face de toda a terra; e toda a árvore, em que há fruto que dê semente, ser-vos-á para mantimento.
E a todo o animal da terra, e a toda a ave dos céus, e a todo o réptil da terra, em que há alma vivente, toda a erva verde será para mantimento; e assim foi.
Gênesis 1:29,30) Parece que o conceito de "doação para alimentação", como uma missão evolutiva é prioritariamente do mundo vegetal. Isto em um mundo onde a evolução ocorre sem os traumas que aqui ocorreram....nele, os vegetais tem por missão evolutiva ALIMENTAR os demais seres e isto não lhes causa dor mas ...PRAZER!

Os relatos sobre a causa do dilúvio, parece ser EXATAMENTE a violência que tomou conta da Terra, com os filhos dos Elohim, miscigenados destes com os humanos, os Nefilim, inaugurando uma era de carnificina sem tamanho contra o mundo animal e até contra os humanos! Podemos entender este termo "VIOLÊNCIA" de forma muito ampla(por exemplo; uma civilização despótica, altamente evoluída mas destituída de espiritualidade), mas um deles parece ter sido o consumo, por parte destes Nefilins não só de animais mas até humana!

Depois do dito dilúvio as condições(cármicas, geológicas, espirituais etc...) parecem ter mudado de alguma forma e ao humano e aos animais passa a ser permitido o alimentar-se um do outro(E o temor de vós e o pavor de vós virão sobre todo o animal da terra, e sobre toda a ave dos céus; tudo o que se move sobre a terra, e todos os peixes do mar, nas vossas mãos são entregues.
Gênesis 9:2 Tudo quanto se move, que é vivente, será para vosso mantimento; tudo vos tenho dado como a erva verde.
A carne, porém, com sua vida, isto é, com seu sangue, não comereis.
Certamente requererei o vosso sangue, o sangue das vossas vidas; da mão de todo o animal o requererei; como também da mão do homem, e da mão do irmão de cada um requererei a vida do homem.
Gênesis 9:3-5 Quem derramar o sangue do homem, pelo homem o seu sangue será derramado; porque Deus fez o homem conforme a sua imagem.
Gênesis 9:6) apenas o sangue, por ser símbolo da vida não deve ser consumido pelos seres humanos...mas é óbvio que aos animais não há este limite!



Porque houve esta mudança?

Bem, primeiro o texto tem que ser visto na perspectiva correta...o autor procura primeiro explicar o que é uma vida plena e  em perfeita harmonia na terceira dimensão onde todos os seres se irmanam e onde os únicos seres que servem de alimento aos outros produzem FRUTOS para isto...segundo, ele tenta explicar um mundo decaído, deixado de ser um mundo de evolução normal para regredir a um mundo prisão, de expiações, e neste cenário há a permissão do alimento carnal mas com regras a serem observadas pelos seres ditos conscientes! Não precisamos nem dizer que a forma de criação e consumo de animais até um tempo atrás e como é feita hoje em dia é completamente diferente e, se algo que já não era visto como  o ideal, agora se tornou verdadeiramente um absurdo tal o nível de crueldade com que são feitos estes abates! Mas convém fazermos um adendo: 

EM UM MUNDO ONDE MAIS DA METADE DA POPULAÇÃO MUNDIAL PADECE DE FOME SERIA JUSTO EXIGIRMOS QUE AS PESSOAS SEJAM VEGETARIANAS OU VEGANAS?

Vejam portanto a grande IMPIEDADE deste mundo em que vivemos:

De um lado excesso, desperdício de alimentos, alimentos transgênicos, alimentos repletos de venenos, animais criados de forma ignóbil, mortos de forma cruel, alimentos feitos de tal forma que trazem lucro à meia duzia e prejuízo de saúde para bilhões e tão caros que levam a fome a outros bilhões!

TUDO, esta errado neste mundo!

Num cenário assim, a alimentação correta, deve seguir a uma conversão interior correta dos seres humanos a tal ponto em que a distribuição dos bens de consumo seja o mais equânime possível, pois ser vegano ou vegetariano no mundo atual não é ideal mas LUXO, que somente alguns poucos privilegiados que tem GRANA para pagar por produtos naturais, podem se dar! Os demais se adequam COMO PODEM àquilo que lhes é oferecido, QUANDO lhes é oferecido!



E é exatamente aqui, neste cenário do mundo em queda que surge o medo...medo nos humanos, medo nos animais!

O medo é o sinal da degradação dos humanos e do jugo que estes botaram na criação ao seu redor através de suas escolhas erradas!

E o temor de vós e o pavor de vós virão sobre todo o animal da terra, e sobre toda a ave dos céus; tudo o que se move sobre a terra, e todos os peixes do mar, nas vossas mãos são entregues.
Gênesis 9:2

O que o texto bíblico apresenta como "vontade de Deus" em verdade é CONSEQUÊNCIA das escolhas humanas se formos criteriosos! 

O medo surge da violência e portanto o ancestral que reportamos lá em cima, que aprendeu com seus medos, não é o ancestral original, de um mundo de evolução perfeito dentro da dispensação divina mas de um mundo decaído, tornado prisão, de almas cármicas dentro desta mesma dispensação à qual lida tanto com a perfeita vontade divina(este mundo de evolução natural e pleno) como com o resultado do livre arbítrio de sua criação consciente que desta vontade se distancia(este mundo que herdamos de nossos ancestrais e seus medos)...

TUDO o que esta ligado ao medo tem origem na violência, tudo o que gera violência nasce das más escolhas e as más escolhas só nascem porque é ultrapassado o metron, como miticamente aliás, os ditos Adão e Eva fizeram.

Estar em estado de repouso atento em um mundo como o nosso é usufruir de TODAS as possibilidades evolutivas que temos, com a consciência que tivermos no divino NESTE momento e sempre atentos para mudanças desta consciência para novos níveis do Ser, os quais não comportarão mais à este humano permanecer no velho modo de ser.

Penso que estes 3 pontos definem bem o que quis dizer.



Estamos em um momento na Terra em que posições evolutivas precisam ser tomadas sob o risco de nos perdermos para sempre! SIM! Acredito na vitória final do Bem maior, mas gostaria que o MÁXIMO de pessoas usufruíssem disto e no menor tempo possível para tanto, pois quanto mais protelamos pior se torna o cenário, e a possibilidade de muitos terem que REPETIR de ano se torna evidente e até quando será possível depois, em outros lugares, recuperar-se; sinceramente não sei...

Temos geralmente a noção de que isto é ilimitado, que nunca terminará, mas por outro lado, será que Deus não seria um tirano se obrigasse alguém a ser bom? SIM! Pois se cremos que estamos destinados a um dia, mais cedo ou tarde acordarmos e nos descobrirmos luz, não estaríamos tirando de quem NÃO QUER DEUS, ser o que de fato gostaria de ser? E como Deus é a Vida, se não querem definitivamente Deus abrem mão da Vida e se abrem mão da vida....DEIXAM DE VIVER...portanto talvez o NÃO SER seja o estado ideal FINAL dos renitentes...um voltar aos elementos básicos da criação!....e o Ser seja o estado ideal FINAL de quem REALIZA por livre e espontânea vontade ...DEUS EM SI!

O medo, enquanto elemento de um mundo prisão, de um mundo de expiação, tem uma missão importante para os seres que aqui vivem, todavia em doses homeopáticas; quando perde-se os limites, ele se torna num monstro devorador, no ASSASSINO DA MENTE do título...um monstro devorador que devora a coragem, a paz, a fé, a esperança, encurrala a alma de tal forma que somente um tremendo chacoalho existencial pode tirar-lhe desta prisão.

Permitir que Deus em nós progressivamente assuma o controle de nossas escolhas, de nossos interesses penso que é o grande passo para vencer o medo em sua carranca mais hedionda, de monstro devorador, e mantê-lo na perspectiva que tem que ter neste mundo. Quando dizemos um senhor SIM, ao divino em nós, Ele assume isto como ponto de honra de Si mesmo! De seu Nome...e Seu Nome se torna vivo e Vida em nós....perene, poderosa e nos torna Coragem de viver frente à TODOS os desafios que tivermos que conscientemente enfrentar!

E mais...o tempo da Terra como planeta de expiação esta chegando ao fim...NOVA JERUSALÉM surge adiante e à Terra esta destinada, não voltar a ser um planeta de evolução, mas muito mais!...tornar-se UM PLANETA REAL...DE DEUSES CRIADORES!....um dos polos universais de vida criativa! Este é o grande futuro que acenasse para a Terra e isto vai MUITO além da vida útil desta no plano físico, tanto dela quanto do Sol deste sistema; pois assim como nós, estas grandes entidades planetárias também ascendem, e passam para novas vibrações do Ser! 
E são INÚMERAS estas dimensões!...
Será um crescer perene no divino vivo, a matéria se tornando dignificada pela vida divina em si revelada! O grande propósito da densificação na matéria será então finalmente conhecido!

" ESFORÇA-TE E TEM BOM ÂNIMO... NÃO PASMES(tenhas medo) NEM TE ESPANTES(te assustes) PORQUE O SENHOR TEU DEUS É CONTIGO POR ONDE QUER QUE ANDES!"
Josué  01. 09...



Em Amor e Luz

Valter Ludwig Taliesin

VÍDEOS SAGRADOS

DUNA, estrelado por KYLE MAcLACHLAN, com SEAN YOUNG E JOSE FERRER dentre outros... - MUSICA DE BRIAN ENO E TOTO


HIGH NOON estrelado por GARY COOPER, com GRACE KELLY E KATY JURADO dentre outros... - CANÇÃO TEMA - DO NOT FORSAKE ME, MY DARLING....

 TRILHA DE SETE HOMENS E UM DESTINO estrelado por YUL BRYNNER, STEVE Mc QUEEN E CHARLES BRONSON dentre outros....

MEDO DA CHUVA DE RAUL SEIXAS




2 comentários: