Google+ Badge

domingo, 25 de julho de 2010

O CANDELABRO

Sou um Candelabro
De ouro brilhante
Na casa do Rei
Sirvo a Rainha
Sete Lâmpadas a luzir
Mistério entre mistérios
Sete Romãs brilhantes
Iluminando todo o interior
Revelando meandros ocultos

Sou um Candelabro
De ouro puro
Centrado, no meio, no cerne
Para daqui a além luzir
Trazendo total abrangência
Ao Cenáculo templário
Lugar de comunhão
Lugar do enlace sagrado
Do nascimento ritual do Ente Divino

Sou um Candelabro
De ouro batido
Forte ,altivo, adornado
Para poder ser útil
Para poder ser usual
O Rei e a Rainha me presam muito
O Real Espírito A Realeza Alma
Chamam-me de Consciência Cristalina
E através de mim velam o Corpo templário!

Nenhum comentário:

Postar um comentário