Google+ Badge

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

A VIDA e tudo o que ela nos reserva...

A vida tem desafios e promessas que podem ou não se tornarem determinantes em nossa existência.


Entretanto tenho observado que os desafios independem de querermos ou não que eles existam,eles muitas vezes aparecem diante de nós à revelia de nossas vontades e desejos enquanto as promessas geralmente contextua lizadas como boas,dependem enormemente de nosso empenho,disposição e de certa forma fé em torná-las o mais reais e plenas possíveis.


No entanto na maioria das vezes um veio , um fio misterioso parece ligar estes desafios alheios as nossas vontades com estas promessas que a vida nos faz ou trás.


Os desafios muitas vezes tornam-se o fio condutor que efetivarão como realidade em nossas vidas tais promessas.


Desta forma quando estivermos diante de um muro aparente mente intransponível de dificuldades seja dai que surja dentro de nós a promessa de uma realização maior e plenificante caso superemos quer por engenhosidade,criatividade,fé ou de terminação o que aparente mente nos obstrui o caminho.


Aliás; a palavra desafio em sua raiz tanto significa problemas como oportunidades pois tem a ver com ser desafiado, desafiar, jogo, peleja....e tem suas origens segundo alguns nas disputas gregas e árabes entre músicos, cantores e poetas.


Os repentistas por exemplo podem ser inseridos nesta categoria...


Promessa enquanto isto tanto significa com promisso feito por nós em relação a outrem quanto o oposto. Também não se limita a coisas absolutamente certas mas pode(na ampla maioria das vezes inclusive) estar alicerçada em provabilidades como a promessa de um bom tempo etc...


Desta forma podemos dizer que as promessas que a vida( e aqui metafonicamente a vida simboliza o Divino em e além de nós) nos oferece se encaixam no segundo grupo ou seja; o das PROVABILIDADES enquanto que no primeiro grupo poderíamos colocar basicamente coisas fundamentais como as leis que regem a vida universal como o nosso Livre-arbítrio, nas quais tanto os desafios quanto as provabilidades encontram escoro ou seja;são leis evolutivas do Ser, atuantes no Ser e através do Ser que permitem que as respostas que damos aos desafios da vida estabeleçam os veios de provabilidades de sucesso ou fracasso(estamos falando em termos relativos pois sucesso e fracasso são pura Maia quando olha-se a vida pelos Olhos do Eterno....pois para Ele e Nele tudo é evolução, até nossos supostos fracassos pois de uma forma ou de outra estaremos aprendendo). 


Sendo assim, ganha-se corpo a vida como a visão hindu das teias da vida de Indra, a manifestação Divina cor respondente ao Demiurgo criador ocidental e a outras hipóstases divinas ligadas ao Sol como originador da vida.


Segundo esta visão Indra governa toda a vida em nosso sistema solar através de invisíveis linhas,que ligam todos os seres vivos uns aos outros quer cientes, inconscientes ou em estado mais primitivos... como uma verdadeira teia.


Entretanto neste esquema universal os seres cientes tornam-se na verdade os atores conscientes de todo o palco da vida(e os mais privilegiados pois ser um Ser CONSCIENTE é um privilégio supremo no Plano Cósmico) e consequentemente os que podem ou não optar em cumprirem seus DARMAS(aquilo que na visão ocidental seria o PLANO DE DEUS para cada vida)e gerarem a partir dai CARMAS positivos ou negativos....dependendo de suas ESCOLHAS.


Significa contudo que sempre que nós atuamos positivamente teremos sucesso diante dos desafios?


NÃO!


Significa que nossa REAÇÃO ao suposto sucesso ou fracasso e mais importante ainda do que nossa suposta ação positiva para atrair o dito sucesso.


Basta prestar atenção na parábola do semeador de Cristo para percebermos que a ATITUDE interna quer diante do aparente sucesso ou fracasso é o mais importante:
A semente(que aqui neste texto significaria nossa visão positiva da vida) pode cair entre espinhos e ser sufocada, entre pedras e não criar raiz, na beira do caminho e virem as aves dos céus(qualquer tipo de oposição que tivermos.... e comerem-na) ou por fim em terra boa e frutificar e dar muitos e muitos frutos mas o essencial na parábola não é a semente mas o SEMEADOR...todos os olhos estão voltados para ele, para suas reações diante dos fracassos e dos sucessos.
Sua atitude sempre decisiva e positiva de SEMEAR independente dos resultados, baseado puramente em sua integridade como semeador do Bem é o foco central da parábola!


Em suma;a lei da Evolução(e aqui a Evolução tem o sentido amplo da Teosofia e não do Darwinismo materialista) pede que nós sejamos sempre íntegros DENTRO DE NÓS como seres humanos mortais  mas principalmente moradas das Centelhas Divinas, Templos do Divino.
Íntegros SEMPRE...
Pois quem assim age quer receba todos os louros do mundo,toda saúde e riquezas da Terra como alguns supostamente afortunados que parecem mover Céus e Terra com sua fé ou pensamento positivo, quanto um Luther King ou um Gandhi,que pagaram com a VIDA sua integridade....É UM VENCEDOR!


A vitória esta em nossa INTEGRIDADE!


Na nossa sinceridade conosco e com o Divino em e além de nós!


Se com isto atrairemos ou não provabilidades de sucesso no mundo tri dimensional é um mistério entre nosso EU INTERNO e A FONTE DE TODOS OS EUS!


NOSSA OBRIGAÇÃO É SERMOS ÍNTEGROS...Inteiros....Verdadeiros!


Assim a vida nos convida a fazer de TUDO, inclusive dos desafios o veículo condutor das promessas de uma existência e mundo melhores.
Ainda que este mundo ou este sonho de um mundo melhor nos faça exemplos de sucesso material ou ....MÁRTIRES!


E assim sendo, quando fazemos as escolhas certas, guiados pelas motivações certas, até os caminhos dificultosos se tornam aplainados para executarmos o balé da vida, ainda que os resultados finais para quem olha com o olhar carnal pareça 'um fracasso'!


Que o digam o Cristo ou o Buda que tomaram decisões extremamente difíceis segundo a integridade de suas vidas interiores e aparente mente perderam, mas ganharam um prêmio acima de todos os seres humanos que já viveram  e talvez que viverão!




Abraços e REALIZAÇÕES a todos!


Pax e Lux


Valter Taliesin

2 comentários: