Google+ Badge

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

O sorriso de Isabela

Texto escrito em (18/05/2008)

 Estes dias estava lendo um texto na Internet, em que a imprensa estrangeira, mais especificamente o jornal francês Le Monde,dizia que o Brasil foi capturado pelo sorriso da menina Isabela, enfeitiçado, assim como algum tempo atrás os britânicos o foram pelo de Madeleinne.
O texto seguia com a matéria onde o articulista francês achava estranho que em um pais onde há 50 mil mortes por ano as pessoas se identificassem tanto assim com uma delas só.
Chegava à conclusão que a mesma se dava por ser a menina de classe média e que tal comoção se dava principalmente por causa da extensa divulgação da mídia e da identificação das pessoas com alguém de seu mesmo extrato social.


Bom, não sei se isto procede ou não.Mas com certeza fomos capturados pelo sorriso da pequena Isabela.Eu não me envergonho disto.Assim como algúm tempo atrás o fui por Madeleinne, por João Hélio, por representarem estas ampla maioria de crianças sofridas, vitimadas por violências mil em um mundo insano.
Nos seus olhinhos docês e meigos, em seus semblantes de esperança tolhida pude ver cd um destes menos favorecidos que os jornais citam quase que em nota de rodapé ,qdo citam.
São eles exemplos de um extrato superior em termos financeiros mas não menos ausentes de dor, selvageria e maldade.São eles os semblantes bem alimentados,vestidos, estudados mas que estão irmanados nos mesmos laços de tragédia que seus irmãos descalços e esfarrapados.
São eles a prova conclusiva que algo esta tremendamente errado na e com a humanidade pois se antes conseguiamos explicar toda dor, toda violência baseados apenas no estado de degradação física ou social que viviam as pessoas hj vemos que não há mais este tipo de desculpa.

Atingimos um fundo do poço tal de degração social,fisica, moral e espiritual que o monstro da vez pode morar em nossa esquina chique, em nossa casa espaçosa, em nossos belos palacetes!

No sorriso de Isabela eu vi o sorriso de cd criança destruída pelo hediondo abismo que existe entre o nossos ideais mais caros e a sociedade que construimos aqui!
 
No sorriso de Isabela pude ver os abortos das gestações inconsequentes(aquelas  em que as pessoas fazem sexo só porque querem curtir mais um pouquinho, tirar mais um sarrinho,mais um baratinho ,sem preservativos e sem proteção nenhuma e pior...SEM AMOR ALGÚM),as crianças trazidas ao mundo sem planejamento familiar e que se tornam mais uma boca a alimentar somente e não um ente digno e merecedor de td amor possível, as crianças nascidas pelo hodioso ato do estupro,as crianças pedintes das vias públicas, os cheiradores de cola e esmalte, os aviões do tráfico, mas tb os embebedados e drogados pelos jogos de videogame,internet,celulares da moda,iphones,visitas constantes ao shopping numa fúria consumista que beira a loucura insana.
Uma infância tolhida,castrada ,separada da companhia de pais ausentes, do convívio social com pessoas de carne e osso interessada nelas e por elas, de pequenos burgueses alimentados em fast foot e com td sorte de quinquilharias eletrônico/cibernéticas da era moderna, como se alimentam bichos para a matança.


No sorriso de Isabela pude ver cada orfão de pais vivos, cd abandonado à própria sorte trazido à vida(?) nos ultimos tempos!

Um sorriso tímido, meigo, docê, mas triste... como se já soubesse que iria virar mais uma estatística, mais um número, mais uma na multidão dos que se foram de forma brutal e violenta.

Porisso independente de que seja ela uma bem nascida(?) ou não quero que este crime seja apurado e punido com rigor para que ela sirva de triste exemplo para que em futuro não tão distante, quem sabe, seus irmazinhos e irmazinhas menos favorecidos tenham (a esperança sempre esta presente)um pouco mais de segurança por algo que se faça AGORA,JÁ.. contra este mar de impunidade que impera e ameaça nos tragar de vez!
 
Abs e Vida PLENA a todos nós...
 
Valter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário