Google+ Badge

sexta-feira, 10 de junho de 2011

MILITARES BOMBEIROS DO RIO...ENTRE A LEGALIDADE E A JUSTIÇA

LEGALIDADE E JUSTIÇA


Geralmente entendemos estas palavras como sinônimas(e talvez numa sociedade perfeita deveriam ser assim entendidas)mas na pratica não é bem assim.


A legalidade é prática e objetiva a justiça é ideológica e subjetiva...


Em outras palavras; nem sempre o que é legal é justo, utópico...a legalidade tem mais a ver com a aplicação objetiva das leis e compreensão das mesmas em uma sociedade enquanto a justiça é mais idealizada,conceitualizada  e subjetiva. 


A legalidade implica mais na compreensão de uma sociedade da forma como deve se gerir e ser gerida e muitas vezes na forma em que um governante ou grupo governante entendem isto(nas ditaduras por exemplo) do que na necessidade de atender plenamente as percas e ganhos das pessoas que as compõem.


A Justiça por ser subjetiva e idealizada clama igual ao sangue de Abel que clamava(eufemismo bíblico para dizer que Deus tudo ouve e tudo vê... o sangue derramado aqui tem a função de mostrar a onisciência Divina e sua justiça) ante Deus por ter sido assassinado pelo irmão Caim e com isto ter perdido o DIREITO de viver plenamente seus dias já que como eram supostamente os primeiros filhos dos primeiros pais da humanidade não teriam carma terrestre de um em relação ao outro para explicar a atitude Caínita, enquanto a legalidade estabelece uma pena para Caim e um sinal protetivo ou seja; de certa forma a legalidade foca não necessariamente o imediato da justiça, o clamor incessante do que sofre e padece mas os caminhos burocráticos e legais para que até o mais cruel dos malfeitores tenha chance de se arrepender.


Olhando as vezes com um olhar puramente carnal parece até que Caim foi premiado por matar o irmão do que castigado já que além de não ser morto imediatamente ainda recebeu um sinal protetivo que impediria qualquer pessoa de vingar Abel.


E geralmente muitas vezes este é o papel da Lei...tentar manter a sociedade andando da melhor forma possível... ainda que com isto a justiça tarde um pouco ou muitas vezes nem feita seja.


Tem um filme estrelado por Gerard  Butler e Jamie Foxx...CÓDIGO DE CONDUTA que exemplifica plenamente esta conflitância entre Lei e Justiça...Legal e Justificado.


O legal nem sempre soa justo e o justo nem sempre é entendido como legal...


Entretanto se olharmos com um olhar mais acurado veremos que o justiçamento de Caim foi até mais rigoroso do que supomos.


1.Foi afastado do convívio dos seus familiares.
2.Sua marca era ao mesmo instante protetora e incriminadora o que o tornou um pária rejeitado por tudo e todos.
3.Um dia fatalmente viria a morrer e segundo lendas de forma violenta, morto por uma flecha de um dos seus descendentes que caçava e o atingiu sem querer.
4.A certeza inexorável de ir para um lugar horroroso quer seja eterno como crêem os fundamentalistas ou passageiro e purgativo como crêem outras correntes e bem diferente do jardim de descanso e delícias onde estaria Abel.
5.Perdeu em vida e provavelmente depois da morte o contato e a aprovação que tanto anelava ter de Deus e pelo(a) qual matou o próprio irmão ao sentir-se rejeitado quando da apresentação de sua oferta ante Deus.
6.Tornou-se para sempre sinônimo de rebeldia, violência e maldade.


Demos esta volta que entendo necessária, para compreendermos as diferenças entre legal e justo... para entrarmos num assunto atual extremamente significativo para a análise destas duas palavras e que traduzem com uma clareza muito grande como se aplicam as mesmas ou seja.....


A GREVE DOS BOMBEIROS CARIOCAS!


Vimos durante estes dias um conflito claro e ético entre legalidade e justiça na cidade do Rio confrontando nas suas razões e desrazões Governo e Corporação de Bombeiros numa guerra não só verbal mas de confronto em que mais de 400 membros da corporação foram presos por indisciplina , insubordinação e invasão .


Entretanto se analizarmos esta triste história veremos que a legalidade aqui é usada como DESCULPA para a incompetência, o descaso e a desumanidade do Poder público!


Diferente do mitico caso de Caim e Abel este não contém na explícita 'misericórdia' Divina ao assassino a implícita condenação de seu ato e o preço a pagar ainda que este preço não fosse a morte imediata.


A legalidade, a letra fria e insensível da Lei foi usada pelo Governo carioca para 'justificar' -e a irônia do uso desta palavra neste caso é exemplar- sua atitude ante a revolta dos Combatentes do fogo!


Usou-se a letra fria do código militar, as leis que regem os fardados desde o tempo do onça para 'justificar' a violação dos direitos mais básicos destes.


Vemos neste caso o uso da Lei para enaltecer e superlativar DEVERES em detrimento de DIREITOS!


O democrático e justo EQUILÍBRIO entre um e outro foi jogado as traças!


Se houve invasão de quartel, greve, piquetes e afins teve-se motivação calcada no fator de que o Governo errou primeiro ao não cumprir com as promessas feitas e por não negociar com os grevistas tratando-os como párias e  agora insiste em punir ou exigir punição àqueles que primeiro destratou.


Nenhuma das violações do código foram gratuitas ou levianas mas todas aconteceram diante da absoluta falta de perspectiva de solução para as reivindicações da corporação.


Não estou aqui justificando tais ações da corporação mas tentando entendê-las pelo prisma correto!


Quem primeiro errou?


Quem faltou com a palavra evidentemente!


Quem não cumpriu com suas obrigações!


Quem fez ouvido mouco aos apelos de seus funcionários!


Isto não apaga o erro da corporação em invadir o quartel mas explica esta mesma invasão e até certo ponto a justifica!


Se o governo entende que se justifica agir como esta agindo diante do que reza o código militar e o 'bem comum' dos cidadãos então com mais direitos entendo se justificam as ações dos bombeiros diante do quadro de total abandono em que se encontravam com salário abaixo do imaginável para um serviço dito de utilidade pública e de tanta responsabilidade(essencial)...e pior; com a insensibilidade crônica do poder público em fazer como dizia o titulo do famoso filme de Spike Lee em português...'FAZER A COISA CERTA'... que seria negociar com clareza e objetividade com os manifestantes !


E que tipo de trabalho dito essencial é o dos bombeiros?


O mais essencial de todos pois além de implicar nas vidas de semelhantes...


Implica em colocar a própria vida em risco !


Sempre quando vemos falar de greves envolvendo categorias ditas essenciais para a sociedade como segurança,educação,judiciário,saúde,transporte...vemos um clamor generalizado de que tais movimentos não devam ser gerais, não devam envolver toda a categoria devido a necessidade mínima de gerir-se a sociedade etc...


Obviamente entendemos isto e gostariamos que esta fosse a forma das coisas acontecerem...MAS... primeiro; o percentual que se exige para que continuem os mesmos funcionando são tão altos que é como se greve não existisse...depois e mais importante...


SE SÃO TÃO ESSENCIAIS PORQUE NÃO SÃO TRATADOS PELOS GOVERNANTES COMO TAIS!?


É fácil chegar para uma pessoa e dizer.... olha; você é essencial aqui, não pode faltar nunca etc....e... NADA dar em troca ou pouco dar!


É de certa forma a escravidão legal!


Tem muitos setores ditos essenciais que trabalham APENAS pela comida e olha lá!


Como os escravos eram antigamente mantidos nas Senzalas!


Militares muitas vezes moram em barracões nas favelas, tendo inclusive que esconder sua condição da criminalidade local, ganhando um salário de fome que só dá para( quando dá) comer e pagar o aluguel!


Médicos tem que trabalhar em turnos abusivos para ganhar por mês muito abaixo do que gastaram por mês para fazer uma faculdade de medicina!


Professores trabalhando em N escolas para conseguirem ganhar o mínimo possível enfrentando um sistema de ensino fragilizado pelo curriculo de matérias  fraco e curriculum de mestres ídem,alunos desmotivados quando não totalmente alienados e sem nenhum incentivo ou cobrança para se esforçarem a estudar!


E vemos isto em todas as ditas categorias....ESSENCIAIS!


Que tipo de essencialidade é esta?


Na minha humilde cabecinha, se alguma coisa é considerada essencial, se uma pessoa é considerada da mesma forma ela mais que ninguém merece meu respeito, meu cuidado e mimos possíveis!


Em se tratando de uma categoria profissional entendo que devam ter os melhores planos de saúde, os melhores cursos profissionalizantes, os melhores salários,os melhores planos de carreira, os melhores aparelhamentos,os melhores ambientes de trabalho, enfim os melhores incentivos para que não só queiram continuar atuando nestas profissões quanto NÃO TENHAM DESCULPA para reivindicar absolutamente NADA  para exercê-las!


É aqui que mora o êngodo da legalidade evocada pelo governo carioca para justificar suas ações contra os bombeiros!


Ele governo, NADA ofereceu para que o dito serviço essencial e seus funcionários essenciais funcionassem a contento nesta dita... 'essencialidade'!


Nesta ótica vejo o 'crime' dos bombeiros infinitamente inferior ao CRIME dos governantes quando fecham seus olhos as suas obrigações....LEGAIS e exigem dos subordinados exatamente o oposto!


Criticou-se os bombeiros por fazerem greve geral e santa ironia; os delegados de um dos estados do nordeste por fazerem greve parcial ou seja;


Se o problema é atender a população e não parar todo o serviço.... PORQUE CRITICARAM OS DELEGADOS ENTÃO!?

Gente, é impossível agradar tanto gregos quanto troianos deste jeito!


Se é total é errada... se é parcial é errada... vão fazer o que então?


Abaixar a cabeça e aceitar as migalhas que lhes são oferecidas só porque são ....ESSENCIAIS!?


Interessante esta visão!


Sendo assim entendo que apesar da legalidade , da lei do código militar dizer que estes bombeiros erraram ao fazer o que fizeram a legalidade da lei CONSTITUCIONAL deste pais diz que o governo do Rio errou muito mais ao lhes negar o básico para com dignidade viverem suas vidas e colocarem as mesmas em risco todo o santo dia!


E A CONSTITUIÇÃO DE UM PAÍS ESTA ACIMA DE QUALQUER OUTRO CÓDIGO LEGAL!


E acima de todas as legalidades esta a JUSTIÇA esta verdadeira 'entidade abstrata'  divinizada inclusive no passado ou tida pelos monoteistas como um dos maiores atributos da Divindade de tão importante e decisiva que é para o contexto humano quiça...UNIVERSAL....a Justiça que é cega porque não julga segundo a visão da exclusividade, das preferências e dos gostos, a justiça que tem tudo em equilíbrio...direitos e deveres e julga segundo o proceder de TODOS os envolvidos diante destes dois opostos complementares!


Para mim diante da Lei maior desta nação... a nossa Constituição e da Justiça perene e eterna os bombeiros são VITIMAS...não réus desta situação...além dos HERÓIS que fatalmente são para uma população cada vez mais carente dos tais!


Que seja feita a Justiça e que a Lei maior seja cumprida!


Abraços....


Pax e Lux


Valter Holístico







3 comentários:

  1. Valter, sua indignação é minha também. Um Governo que não valoriza aqueles incumbidos de, com o risco de suas próprias vidas, salvar cidadãos em perigo e fazer , nas calamidades,todas aquelas essenciais e piores tarefas, deveria ser não só respeitado mas honrado com uma remuneração à altura de seu sacrifício. É uma tristeza e vergonha ver como são tratados esses trabalhadores, heróis "de rotina". Manifesto meu profundo repúdio ao descaso com que foram tratados.

    ResponderExcluir
  2. Exatamente Maiza e não contente com as péssimas repercussões as suas atitudes o governo continua insistindo em manter muitos presos como 'exemplo' para a corporação...

    É lamentável e triste toda esta situação e espero que nas próximas eleições a população do Rio NÃO ESQUEÇA dos protagonistas desta história nem principalmente dos verdadeiros vilões.

    Abraços...

    ResponderExcluir
  3. Em tempo....atualizando a informação: agorinha foram soltos os ultimos bombeiros que estavam presos...como durante todo o dia não tive acesso a informações novas estava com os dados de ontem na cabeça quando escrevi o comentário acima.

    ResponderExcluir