Google+ Badge

quarta-feira, 22 de junho de 2011

A REINVENÇÃO DE NÓS MESMOS....

"Este mês será para vós o PRINCÍPIO dos meses; será o primeiro mês do ano." Ex.12.2.


Com estas palavras YHVH,prescreve para Moisés e Aarão, líderes do povo israelita no Egito os ritos pascais.


Independentemente de dogmatismos e fundamentalismos o que vemos aqui é uma grande óde, um grande hino de louvação à Liberdade!


Um povo oprimido por uma tirania cruel encontra sua identidade como povo e sua unidade na espiritualidade dinâmica e atuante!


O Deus revelado aqui é presente, é atuante na vida de seu povo!


Se interessa por todos os detalhes de sua vida a tal ponto que há verdadeiro anthropos ou seja humanização da divindade! 


Deus fala, Deus ouve, Deus se alegra, Deus se enfurece, Deus cuida e vela, Deus castiga e pune.

Sim, para nossos ouvidos atuais, embotados pelas eras e pelas areias do tempo implacável soa estranho.

Mas experimente se colocar no lugar de pessoas assim, que por anos, centenas de anos , estão sob o jugo opressor...


Você iria gastar o seu tempo com teologismos,filosofismos e conceitos sobre a transcendência do Divino, ou você encararia aquela tábua de salvação como o próprio Sopro Divino em sua alma?


Hoje discute-se a veracidade ou não destes fatos.

A aparente contradição desta revelação divina com nossa visão mais digamos,perfeita de Deus...


Mas para um povo oprimido o que valeria mais?

Discursos sobre; a grandeza , a intangibilidade, a transcendência, a todo bondade Divina?

Ou a visão forte e poderosa praticamente hipostática da coluna de fogo nas negras nuvens, operando sinais e prodígios?(sim pode ser só lenda mas entremos no espírito do texto e tentemos olhar com os olhos da literalidade a titulo de exercício de leitura pelo menos uma vez vai...só para nos colocarmos na dita situação!)...


Qual tipo de visão Divina encanta o sofredor, o oprimido? 


O Deus distante e etérico dos filósofos e estudiosos ou o Deus das atitudes, que atua , que faz? 


E por fim... 


Haverá incompatibilidade entre estas duas visões sobre Deus ou somente má compreensão do homem quando vê suas maravilhas dando-lhes roupagens antropomórficas?


O Deus Transcendente pode ser visto como Emanado e Imanente?


E vendo-o como Emanado e Imanente... não seria digamos.....explicável....compreendermos a linguagem antropomórfica e literalista da Bíblia ou Toráh...como a compreensão limitada no TEMPO E ESPAÇO de um povo, de uma humanidade de 4 mil anos atrás recém saída de um contexto opressivo tanto socialmente quanto espiritualmente onde a revelação original e bela da religião egípcia de outrora outorgada pelos Grandes Thoth,Ptah,Osíris,Isis,Hórus e Hathor havia se conspurcado em um materialismo hediondo que em NADA lembrava os profundos conceitos metafísicos dos Filhos de Aton/Amon/Rá e no qual os faraós 'QUE NÃO CONHECERAM JOSÉ'(Ex.1.8) em outras palavras....o Deus de José ou mais especificamente os faraós que se afastaram de SUAS PRÓPRIAS TRADIÇÕES ESPIRITUAIS DE LUZ, passaram a perseguir,escravizar e matar os hebreus; tradições estas que no passado faziam com que tranquilamente um hebreu monoteista como José participasse da vida social e espiritual egípcia ...INCLUSIVE CASANDO-SE COM A FILHA DO SUMO-SACERDOTE DE AMON/RÁ EM HELIÓPOLIS-On- vide... Gn.41.45,50-52 ... sem nenhum tipo de conflito e por anos a fio convivessem ambos os povos bebendo da mesma fonte sócio/espiritual(Gn.50.3-14;ex.1.7)!?


Penso que é normalíssimo que esta Imanência e esta Emanência Divina fossem antropomorfizada desta forma em uma época tão remota e que atitudes de um povo guerreiro e conquistador forjado no calor da provação do deserto e antes na opressão da escravidão se confundissem no relato literal com a própria atuação da Divindade revelada....AINDA HOJE NÓS TEMOS ESTE TIPO DE SITUAÇÃO BASTA VER O INFERNO FUNDAMENTALISTA QUE AMEAÇA INCENDIAR O MUNDO....quanto mais naqueles tempos tão recuados...


A páscoa portanto é liberdade! É a reinvenção, a recriação de nós mesmos como sêres livres por Deus!


E neste mesmo caminho.....


Amanhã o catolicismo comemora o Corpus Christi ou Corpo de Cristo....presente real e substancialmente na eucaristia.


Segundo minha compreensão Páscoa e Corpus Christi são festividades complementares enquanto focalizando a presença do Libertador, do Salvador; primeiro através do Cordeiro Pascal no seu trabalho de Redentor depois através do Cordeiro na Eucaristia... o memorial do que Ele fez na mitica pascoal...


Já entre os evangélicos existe o memorial, o simbolismo no pão e no vinho referente ao corpo e sangue do Cristo mas não uma compreensão literal da realidade e substancialidade do mesmo nestes.
Ou seja; o pão e o vinho após a sagração se tornam santificados  e para alguns capacitores inclusive de energias curativas, mágicas e com certeza unitivas de adorador para adorado mas nunca literalmente o corpo e o sangue crístico.


Seja como for o conceito de recriar-se pode ser visto em ambas as as miticas e simbologias das duas festividades religiosas...


Se enquanto Páscoa este recriar-se significa sair do Egito ou do mundo hodierno,materialista,hedonista e ir para uma terra que 'mana leite e mel' DEPOIS de atravessar-se as provações do deserto da iniciação, no Corpus Christi o homem se torna um com a Entidade Crística não só aceitando sua obra salvífica mas unitivamente através da comunhão.


A Eucaristia Católica ou  A Santa Ceia Evangélica se tornam assim figuras deste despertar maior, deste recriar um novo tipo de ser humano e da comunhão com a Entidade mais poderosa atualmente para nosso contexto evolutivo(O Cristo) tanto quanto a páscoa judaica ou cristã.


Liberdade é um conceito tão poderoso e profundo que até hoje os humanos e suas teologias, filosofias e ideologias tentam destrinchá-lo, entendê-lo,atingí-lo mas....


Poucos de nós verdadeiramente entendemos o mesmo e menos ainda o vivenciamos...


Exemplo; muitas pessoas dizem-se livres das religiões dogmáticas e fundamentalistas, dos ortodoxismos e literalismos teológicos mil MAS...na primeira oportunidade que tem as mesmas ao invés de demonstrarem esta dita liberdade com uma atitude tolerante,critica mas não amarga,de total soltura das amarras daquilo que um dia supostamente lhes prendeu todavia mostram pelas suas palavras e suas ações que no fundo ainda continuam escravas destas doutrinas e religiões.


Agora esta escravidão não é a do seguidor, do discípulo mas a do detrador do perseguidor.


Contemplem o exemplo de Stalin... de futuro religioso ortodoxo num dos mais ferozes inimigos da Igreja e da religião e pior; de seu próprio povo....no fundo ele continuava escravo da religião que supostamente o oprimia enquanto seguidor pois nunca cortara de fato o cordão da dependência desta só mudando o foco e a forma como a encarava em sua servidão.
Do escravo subserviente e obediente ao Senhor ele se tornou num escravo da sombra deste Senhor por toda sua vida.


Por outro lado uma pessoa que verdadeiramente se liberta daquilo que entende por conceitos sobre Deus e religião castrantes ou ultrapassados em primeiro lugar é uma pessoa GRATA...sim GRATA....por aquele período de aprendizagem evolutiva naquele grupo,pois entende que para aquele seu momento era o que se apresentava mais promissor,depois procura ser TOLERANTE com aquilo que entende ultrapassado na antiga visão,debatendo sobretudo IDÉIAS NÃO AMARGURAS...não é que você não seja repito, crítico daquilo que entende equivoco ou erro(se é que podemos dizer assim quando se trata de religião, algo tão subjetivo)você o é, mas temperado com a tolerância e a humildade de também perceber-se um descobridor....mesmo que de repente... com um colírio mais eficaz que outrora!


Recriar-se assim é sobretudo um exercício CONTÍNUO desta liberdade de nos fazermos a cada dia mais conformes a Centelha Divina dentro de nós.


Recriar-se é olhar a vida de uma forma onde o ontem, o hoje e o amanhã tenham a mesma e paradoxalmente NENHUMA significância pois o AGORA é o tempo perene deste tipo de alma!


'EIS QUE FAÇO NOVAS TODAS AS COISAS...'


Diz a Palavra sacra; e isto é um convite primeiro a reflexão depois para a ação de fazermos um mundo novo a partir de nosso interior recriado!


LUZ INFINITA À TODOS...


PAX E LUX


VALTER HOLÍSTICO





Nenhum comentário:

Postar um comentário