Google+ Badge

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Mistérios de ARCTURUS

ARCTURUS

Fonte : Google Imagens







Arcturo (α Boo, α Boötis, Alpha Boötis), também conhecida como Arturo ou Arcturus,[1] é a estrela mais brilhante da constelação do Boieiro. É a quarta estrela mais brilhante no céu nocturno.[2]

Pertence à classe espectral K do sistema de classificação estelar proposto por Annie Jump Cannon. O diâmetro de Arcturus é de aproximadamente 22.101.000 km, o que corresponde a 30 vezes maior que o do Sol e 1733 vezes maior do que o planeta Terra, a sua temperatura chega aos 4300 K (aproximadamente 4000 °C). É considerada como uma das estrelas que mais tende a durar (cerca de 9,3 bilhões de anos) devida a sua magnitude média (magnitude aparente de -0,04 e uma magnitude absoluta de 0,2). Antigamente era classificada como uma Gigante Vermelha, mas na reclassificação proposta pela NASA é considerada atualmente como uma média alaranjada. Está cerca de 33 anos-luz do sistema solar e é uma das estrelas mais brilhantes no céu terrestre.

 Mitologia romana

Na mitologia romana, conforme relatado por Higino, Arcturus é o ateniense Icário. Ele morava com sua filha virgem Erígone e seu cão Maera. Ele hospedou Liber Pater, que o ensinou o segredo do vinho. Icário deu o vinho a uns pastores que, acreditando que Icário os tinha envenenado, o mataram a pauladas. Seu cão Maera, latindo sobre o corpo morto do dono, chamou Erígone, que se enforcou. Liber Pater então afligiu as mulheres atenienses com uma praga, que só terminou quando eles puniram os pastores e instituiram um festival em honra dos dois. Os deuses então transformaram ambos em estrelas: Erígone virou a constelação de Virgem e Icário a estrela Arcturus.

Fonte : Wikipédia



Arcturus
Arcturus é a estrela mais brilhante no hemisfério Norte. Embora emita 180 vezes mais energia do que o Sol, ela parece somente 110 vezes mais brilhante, pois grande parte da luz que emana é infravermelha e invisível ao olho humano.

Arcturus está a 37 anos-luz de distância de nós e poderia ser uma estrela binária, mas sua companheira é vinte vezes menos brilhante e muito difícil de ser vista.

Arcturus possui o mesmo nome do antigo grego Arktouros, que significa “guardião do urso”, porque é a estrela mais brilhante próxima às Ursas Maior e Menor.

Susan Caroll

Arcturus
Fonte: Google imagens


A História dos habitantes de Arcturus


Os Arcturianos são uma das civilizações mais adiantadas de toda nossa galáxia. Arcturus é uma supergigante estrela vermelha na constelação Bootes, e a estrela mais brilhante daquela constelação, distando 36 anos-luz da Terra. É visível do Hemisfério Norte de Março a Novembro. Estrelas supergigantes vermelhas são precursoras das super-novas, estrelas de neutrões, e buracos negros (assim se acredita).
     Edgar Cayce disse em seus ensinamentos que Arcturus é uma das mais avançadas nesta galáxia. É uma civilização de quinta dimensão que é o protótipo do futuro da Terra. Sua energia funciona como terapia tanto emocional, mental, como espiritual para a humanidade. É também um portal de energia pelo qual humanos passam durante a morte e renascimento. Ele funciona como uma estação onde consciências não físicas se acostumam à fisicalidade. O Livro do Conhecimento: As Chaves de Enoch descreve este portal como um centro de programação intermediário, usado pela fraternidade física deste universo para governar os vários tipos de experiências com "físicos" neste fim de galáxia.
Podemos obter algumas informações fascinantes de um livro chamado Nós, os Arcturianos, de Norma Milanovich, que é altamente recomendado.
     Em Arcturus, todos os aspectos da sociedade estão focalizados na realização do caminho de Deus. Os Arcturianos ensinam que o ingrediente fundamental para viver na quinta dimensão é AMOR. Negatividade, medo e culpa devem ser transformados em amor e luz! Os Arcturianos trabalham em conexão directa com os mestres ascencionados, a quem eles chamam de Irmandade do Tudo. Eles também trabalham próximos ao que chamam como Comando Galáctico. Esta civilização viaja pelo espaço em suas espaçonaves, que são algumas das mais avançadas em todo universo. Uma das razões pela qual a Terra ainda não foi invadida por civilizações bélicas de extraterrestres, é o grande medo que eles têm das naves dos Arcturianos. Elas são como obras-de-arte tecnológicas, estando muito além de tudo o que tenha sido mencionado até aqui. Uma das espaçonaves circulando a Terra chama-se Athena, em homenagem à deusa grega. A sociedade Arcturiana é governada pelos Anciões, reverenciados pelo povo de Arcturus pelo seu avançado conhecimento, sabedoria, e pelas suas frequências vibracionais extremamente altas. Quanto maior a frequência vibracional, mais perto o ser encontra-se da Luz, do Espírito, de Deus. Os Arcturianos são fisicamente pequenos, têm mais ou menos um metro, um metro e trinta centímetros de altura, e esbeltos. Eles se parecem bastante uns com os outros, e isto é apreciado porque elimina a banalidade da comparação física tão predominante em nossas sociedades terráqueas.
     Os Arcturianos são os mais amorosos e compreensivos seres que se possa imaginar. A sua pele tem uma cor esverdeada. Têm olhos muito grandes e amendoados. Têm somente três dedos, têm a habilidade de mover objectos com o poder das suas mentes, e são completamente telepáticos. A sua fonte de alimento é um líquido efervescente que é altamente vitalizante para todo o seu ser. Seus olhos são castanho-escuro ou pretos. Seu principal órgão de visão é na realidade a sua natureza telepática. Também têm capacidade sensorial atrás das suas cabeças. A longevidade destes seres é de 350 a 400 anos de vida. A sua natureza espiritual altamente desenvolvida permite-lhes evitar o envelhecimento, uma vez que têm capacidade de transcender tempo e espaço. Eles terminam a sua existência quando o contrato que foi arranjado nesse sentido chega ao fim. Não há doença em Arcturus; elas foram eliminadas há séculos atrás.
     No sistema Arcturiano não há temperaturas extremas. A sua civilização é uma das que transcendeu a dualidade e vive em unicidade. As profissões em Arcturus são determinadas pela frequência vibracional e as cores na sua aura. Por exemplo, aqueles que tem o cargo de cuidar de crianças devem ter violeta como cor predominante nas suas auras, pois somente as almas mais sensatas têm a permissão de conviver com os pequeninos. O mesmo é verdade para aqueles que têm permissão de procriar. Eles são analisados e testados nos termos de suas frequências áuricas e vibracionais, e quando escolhidos pelos Anciões para procriar uma criança Arcturiana, os candidatos passam por um surpreendente processo. As vibrações de ambos os indivíduos envolvidos são elevadas a uma frequência de sétima dimensão no processo de concepção para assegurar que sejam concebidos seres com almas altamente evoluídas. (A frequência vibracional da sétima dimensão é a frequência dos Mestres Ascencionados). Reprodução é uma honra em Arcturus e uma das profissões mais respeitadas.
     O ato reprodutivo não se dá de forma física como na Terra. Em Arcturus isto é feito através de uma ligação mental na qual a energia do macho e da fêmea estão perfeitamente equilibradas. Através deste processo de procriação, uma espécie de força electrónica flúi entre os dois seres, e cria outro ser que é uma réplica da união. A nova forma de vida é então levada para uma sala especial que emana as frequências vibratórias apropriadas até que ele esteja pronto para integrar uma família Arcturiana.
     Muitos seres de Arcturus são espalhados em outros planetas porque o alto conselho considera isto como uma grande atitude. Em Arcturus não há competições. Cada pensamento, palavra, acto e produto é julgado por sua habilidade de elevar a vibração à proximidade de Deus. A frequência vibracional de cada pessoa é directamente relacionada ao domínio que a pessoa exerce sobre o seu corpo, emoções, pensamentos, acções, e criações. Os Arcturianos têm total domínio sobre estes aspectos do "eu".

 
 Frequência Vibratória

"Descobrimos que a frequência na qual um Ser vibra está diretamente
relacionada ao controle que ele tem sobre seus pensamentos, palavras e
emoções. Quando um Ser vibra numa frequência mais baixa, permite a muitas outras formas de energia se misturarem e se fundirem com seu reservatório de energia e seus ciclos. Quando isso acontece, os pensamentos têm a tendência de ficar confusos, o que leva o Ser a sentir frustração. Nesse estado de
Ser, aquele que está operando nesta frequência pode ficar muito desanimado e deprimido, o que, por sua vez, tem a tendência de manter o nível vibratório num plano permanentemente baixo.
Quando a pessoa eleva a própria frequência vibratória até a frequência
da velocidade da luz, ela começa aí o processo de domínio. Isso significa que o Ser agora tem acesso a mais informações da Consciência Universal...
que o Ser pode ditar o que vai ou não passar pelo filtro. Nesse processo de transformação, o Ser passa a ficar centrado e as configurações energéticas são mais ordenadas, holísticas e harmônicas.
Quando estamos centrados, temos acesso ao código universal e, quando entramos em contato com essa frequência, compreendemos também as estruturas
energéticas dos outros. Porque, repito, somos todos um só. Na Unidade dessa existência, temos condições de transmitir e receber mensagens; e, o que é mais importante, podemos nos transformar no remetente e no destinatário de mensagens, com uma compreensão perfeita."
Dra. Norma Milanovich, em "We, the Arcturians"

Fonte:http://www.anjodeluz.com.br/arcturianos/extraterrestres___arcturianos.htm



Este trabalho interessante sobre Arcturus escrito por José Arguelles é um dos melhores registros espiritualistas sobre o assunto.


Arguelles tinha uma visão muito pessoal sobre o tema e colocou tudo isto em suas obras.

Seria salutar a quem tem interesse pelo tema adquiri-las.




Bom, penetrando na mitologia greco-romana podemos ver mais uma vez que a explicação dos antigos para as estrelas e constelações eram os drama humanos.

Icário e sua filha Erígone ao receberem o grande Deus Liber Pater e serem hospedeiros deste recebem do deus a dádiva de um vinho saboroso.

Continuando em sua índole hospedeira Icário serve do mesmo vinho aos pastores da região e estes ao notarem a estranheza do vinho sagrado matam-no pensando que estavam sendo envenenados.

O mito mais uma vez mostra a beleza trágica da poética greco-romana.

Após sua morte a filha desesperada suicida-se e o grande Deus compadecido e agradecido por tudo o que lhe fizeram transforma-os ; ela na constelação de Virgem e ele na estrela Arcturus.

Dai que também deste mito depreendemos que....

O bem nem sempre é compreendido pela humanidade e as coisas divinas no paladar usual humano soam como verdadeiro veneno. 

Icário e sua filha por vibrarem em uma sintonia mais alta não só bebem e gostam quanto entendem a importância do que receberam.

Aquele vinho é muito mais que uma bebida comum, mas o próprio néctar dos deuses ensinado pelo deus para Icário fazer.

Já os pastores por estarem num nível inferior de sintonia não só não conseguem gostar do vinho quanto pensam ser ele algo nocivo e matam o seu benfeitor.

Assim é a VERDADE para a humanidade...

A Verdade tem diversas... facetas, lados, sentidos, formas... para cada grau de humanos deste planeta.

O fato de A ou B acessarem uma destas nuances não significa que atingiu-se a PLENITUDE da Verdade mas tão somente que este compreendeu o que dela poderia apreender no seu atual nível evolutivo.

As guerras fraticidas que dominam o mundo advém do fato de os humanos não compreenderem esta simples faceta da Verdade ou seja; que cada um de nós apreendemos da Verdade Absoluta aquilo que nossa evolução atual permite.

Se isto fosse apreendido e compreendido ....as guerras terminariam, pois haveria respeito pela evolução de cada um e uma reverência maior diante daquilo que o outro compreendeu desta Verdade.

Não haveria guerras em nome da Verdade mas debates, interação,comunhão, aprendizado e troca de idéias.

Os Livros de Arguelles ao enfocarem Arcturus não só exemplificam sua grande evolução tecnológica e espiritual quanto sua associação com os acontecimentos atuais da Terra e o que virá.

Para ele 2012 e toda a mitica em torno dele tem tudo a ver com a civilização Arcturiana dentre outras.

No texto espiritualista que postei acima pudemos ver como esta mitica espiritualista vê os supostos habitantes desta estrela do Boieiro.

Interessante também frisar-se que esta sociedade é descrita aqui de uma forma extremamente paradisíaca.

Arcturus também nos remete ao nome do famoso rei Arthur da mitologia ocidental e o fato de ser considerada a guardiã da Ursa só fortalece isto.

Arthur é associado ou mais especificamente, seu carro, as duas Ursas.

Assim a mitica de Arcturus nos mostra que esta estrela simboliza um nível, um grau de civilização e espiritualidade altíssimo que poderemos um dia alcançar aqui na Terra.

Arcturus é assim uma das civilizações mestras, professorais da humanidade que tenta nos passar as verdades ocultas por trás dos mitos, escritos e livros sacros.

OS ELOHINS


Elohins... Arcturus e Diana

Os Elohim, ou Deuses Criadores, são de um reino de seres diferentes do reino humano. São seres de Pura Luz, sem forma física. Eles são os construtores de Formas mais elevadas. Desempenham um papel muito importante na Construção deste Sistema Solar e na preparação da Terra para a habitação.
Os poderosos Arcturus e Diana são os Elohim do Fogo Violeta, da misericórdia e da compaixão, do apelo, do ritmo e da liberdade. Ele serve neste raio, cuja Chama tem a propriedade de elevar a vibração dos elétrons, átomos, moléculas e substância de que os corpos se compõem.

Fonte:http://premasai.blogspot.com/2011_05_01_archive.html



Vídeo ...Arcturus- 2012 The secret code to new technologies
Fonte Youtube


Abraços....

Pax  e Lux


VALTER TALIESIN








Nenhum comentário:

Postar um comentário