Google+ Badge

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Mistérios de VEGA

VEGA



Fonte: Google imagens.







Alpha Lyrae (α Lyr), mais conhecida como Vega, é a estrela mais brilhante da constelação de Lira e a quinta estrela mais brilhante do céu nocturno, separada do nosso sistema solar por 25 anos-luz o que equivale a 236 520 000 000 000 de quilômetros da terra (aproximadamente 1 576 800 UA de distância), o que a torna uma das estrelas mais próximas do nosso Sol.

Vega tem como diâmetro 4 315 000 km, 338 vezes maior que o da Terra (12 756 km).
Considerada uma estrela nova, com pouco mais de 1 milhão de anos desde sua formação, um décimo do tempo do nosso Sol, tem duas vezes e meia a massa, 3 vezes o diâmetro e cinqüenta vezes mais intensidade de brilho que nossa estrela. Astrônomos calcularam a temperatura da estrela em cerca de 10 000 Kelvin nas regiões polares e 7 600 Kelvin na linha equatorial.
Vega tem um anel de poeira e gases a sua volta, o que na época de sua descoberta, nos anos 80, imaginou-se ser um início de formação planetária, mas estudos mais recentes chegaram a conclusão de que mais provavelmente se trata de detritos de massas celestes, devido exatamente a idade relativamente jovem de Vega. Mesmo que ali existam planetas, é pouco provável que exista vida neles, devido ao pouco tempo de formação da estrela.
O famoso cientista e escritor Carl Sagan, ao escrever um de seus maiores sucessos literários, Contato - estrelado no cinema pela atriz Jodie Foster – coloca Vega como ponto de encontro de uma civilização infinitamente mais adiantada que a nossa.

 

Etimologia

Vega é uma palavra de origem no árabe e significa "águia mergulhando"

Fonte: Wikipédia...


Mitologia

A estrela "VEGA" também é conhecida por "ÁGUIA CAÍDA" ou "ESTRELA DA HARPA". O nome VEGA, vem do árabe e significa ave de rapina, sendo uma estrela azul esbranquiçada. Na mitologia existem as lendas dos deuses e a constelação de Lira, onde se situa VEGA, está associada a um deles, que é ORFEU.
Fonte:http://cibeleferrari.blogspot.com/2008/05/estrela-vega.html

Possível planeta em torno da estrela Vega

2002-01-18

A presença de duas bolsas de poeira pode ser a assinatura de um planeta invísivel com uma órbita muito excêntrica. Crédito: Harvard-Smithsonian Center for Astrophysics (CfA), EUA.
Astrónomos do Centro de Astrofísica de Harvard-Smithsonian (CfA), EUA, anunciaram que observaram certas características na poeira circunstelar de Vega
Vega
Vega é a estrela mais brilhante da constelação da Lira e a quinta estrela mais brilhante do céu nocturno. Trata-se de uma estrela adulta (dita da sequência principal) de classe espectral A, a uma distância de 25 anos-luz.
que sugerem a existência de um planeta
planeta
Um planeta é um objecto que se forma no disco que circunda uma estrela em formação e cuja massa é superior à de Plutão (1/500 da massa da Terra) e inferior a 10 vezes a massa de Júpiter. Ao contrário das estrelas, os planetas não produzem luz, apenas reflectem a luz da estrela que orbitam.
com uma órbita excêntrica
à volta da estrela
estrela
Uma estrela é um objecto celeste gasoso que gera energia no seu núcleo através de reacções de fusão nuclear. Para que tal possa suceder, é necessário que o objecto possua uma massa superior a 8% da massa do Sol. Existem vários tipos de estrelas, de acordo com as suas temperaturas efectivas, cores, idades e composição química.
.


A se confirmar, este resultado vem mostrar que os efeitos gravitacionais exercidos pelos planetas extra-solares
na poeira circunstelar permitem inferir a sua presença e as suas propriedades orbitais.


Um processo semelhante ocorre no Sistema Solar
Sistema Solar
O Sistema Solar é constituído pelo Sol e por todos os objectos que lhe estão gravitacionalmente ligados: planetas e suas luas, asteróides, cometas, material interplanetário.
mas a uma escala muito menor. As partículas de poeira criadas pelas colisões de asteróides
asteróide
Um asteróide é um pequeno corpo rochoso que orbita em torno do Sol, com uma dimensão que pode ir desde os 100 m até aos 1000 km. A maioria dos asteróides encontra-se entre as órbitas de Marte e de Júpiter. Também são designados por planetas menores.
e durante a evaporação dos cometas
cometa
Os cometas são pequenos corpos irregulares, compostos por gelos (de água e outros) e poeiras. Os cometas têm órbitas de grande excentricidade à volta do Sol. As estruturas mais importantes dos cometas são o núcleo, a cabeleira e as caudas.
descrevem órbitas
órbita
A órbita de um corpo em movimento é a trajectória que o corpo percorre no espaço.
espirais em direcção ao Sol
Sol
O Sol é a estrela nossa vizinha, que se encontra no centro do Sistema Solar. Trata-se de uma estrela anã adulta (dita da sequência principal) de classe espectral G. A temperatura na sua superfície é aproximadamente 5800 graus centígrados e o seu raio atinge os 700 mil quilómetros.
. A simples presença dos planetas afecta a distribuição destas partículas em torno do Sol, produzindo zonas em que a sua densidade
é maior e outras em que é menor devido a ressonâncias. Como exemplo, o planeta Terra induz o aparecimento de um anel de poeira na sua órbita em torno do Sol.


Quando observado a grandes distâncias e se a quantidade de poeira for elevada, uma das formas para detectar a presença de um planeta poderá ser através da assinatura deste na poeira circunstelar. Uma forma de visualizarmos o que acontece é imaginarmo-nos a sobrevoar, a grande altitude, um lago onde se vêem ondas na superfície. Sabemos que essas ondas são produzidas por algo, muito provavelmente um pequeno barco, que devido à grande distância a que nos encontramos não é observado. O mesmo se passa com o disco circunstelar de poeira em Vega, em que o planeta é o pequeno barco.


As novas observações de Vega foram efectuadas recorrendo ao interferómetro Plateau de Bure Interferometer (PdBI) do Institut de RadioAstronomie Millimetrique (IRAM), um conjunto de 5 antenas de 15 metros de diâmetro localizadas nos Alpes franceses. Estas observações são sensíveis a estruturas com diâmetros da ordem da órbita de Saturno
Saturno
Saturno é o sexto planeta do Sistema Solar, a contar do Sol. Com um diâmetro cerca de 10 vezes o da Terra, é o segundo maior planeta do Sistema Solar. A sua característica mais marcante são os belos anéis que o rodeiam.
.


Uma das grandes vantagens de se observar em comprimentos de onda
comprimento de onda
Designa-se por comprimento de onda a distância entre dois pontos sucessivos de amplitude máxima (ou mínima) de uma onda.
tão elevados (1,3 milímetros) é que o contraste entre a estrela e as partículas de poeira é muito menor do que no domínio óptico. Desta forma podemos observar a poeira que era invísivel em outros comprimentos de onda.


O sistema Vega é um alvo preferêncial de estudo pois o seu plano equatorial encontra-se quase perpendicular à nossa linha de visão, permitindo que análises detalhadas da poeira circunstelar sejam efectuadas. As novas observações de alta resolução detectaram duas bolsas de emissão de poeira. Uma das bolsas está localizada a 60 UA
unidade astronómica (UA)
Unidade de distância, definida como a distância média entre a Terra e o Sol, que corresponde a 149 597 870 km, ou 8,3 minutos-luz.
(Unidades Astronómicas) sudoeste de Vega e a outra a 75 UA nordeste. Segundo Wilner, "A existência de dois picos de emissão e tão distantes entre si são explicados naturalmente se admitirmos a influência dinâmica de um planeta invisível".


Simulações numéricas mostram que um planeta no seio de uma nuvem de poeira com movimento em espiral produz duas zonas de maior densidade de poeira a distâncias diferentes da estrela, fora da órbita do planeta, e não alinhadas com a estrela. Isto é exactamente o que foi observado por esta equipe de astrónomos. No entanto, são necessárias mais observações para se confirmarem estes resulatdos.


Fonte da notícia: http://cfa-www.harvard.edu/cfa/ep/pressrel/wilner_aas02.html
Fonte:http://www.portaldoastronomo.org/noticia.php?id=27


O brilho da Estrela Vega

Podemos dizer que esta estrela é a mais próxima do sol, e a 5º estrela mais brilhante do céu! Ela faz parte da constelação de Lyra. Esta constelação é uma das mais brilhantes do hemisfério norte, principalmente no verão.


Constelação Lyra

Ela está há 25 anos-luz ou 236.520.000.000.000 de quilômetros da terra. Os astrônomos a consideram uma estrela muito jovem ou recente, pois ela só se formou há 1 milhão de anos, e tem duas vezes e meia a massa, e cinquenta vezes mais intensidade de brilho que nossa estrela.


A intensidade da Estrela Vega

A estrela “Vega” também é conhecida por “Águia Caída” ou “Estrela da Harpa”. O nome Vega, vem do árabe e significa ave de rapina, sendo uma estrela azul esbranquiçada. A melhor época de visibilidade é durante os meses da estação de inverno, quando ela aparece bem alta no céu.

O brilho azul da estrela
Vega foi uma das primeiras estrelas a ser detectada no sistema planetário, há quase 20 anos, em 1983. Os planetas ainda estão em formação e por causa de sua grande distância não dá para saber se há vida nesse sistema planetário. Por causa disto essa estrela ficou bastante conhecida, chegando a virar tema do filme “Contato”, estreado em Hollywood, em 1997, pela atriz Jodie Foster. Este filme, baseado na obra do astrônomo Carl Sagan, acredita que seres humanos conseguem se comunicar com seres que vivem em um planeta de Vega.

Fonte:http://todocanalplus.wordpress.com/2010/08/05/o-brilho-da-estrela-vega/


Chuva de meteóros sobre Vega

12/04/2006 - 15h20
Vega, uma estrela bombardeada por cometas e asteróides
PARIS, 12 abr (AFP) - Vega, a quinta estrela mais brilhante em céu visível, é rodeada por um disco no qual, pela primeira vez, foram detectados restos de cometas e asteróides, segundo um estudo publicado pela revista Astronomy and Astrophysics.

Astro principal da constelação de Lira, Vega (ou Alfa Lyrae) é uma estrela situada a apenas 25 anos-luz do Sol. Durante muito tempo foi considerada uma referência, em particular por seu brilho em relação às outras. Comparada com o Sol, Vega tem um volume aproximadamente três vezes maior, é 60 vezes mais brilhante e, principalmente, muito mais jovem, com 350 milhões de anos contra 4,5 bilhões.

Com a utilização combinada dos telescópios CHARA da Universidade do Estado da Geórgia (Estados Unidos) e do instrumento francês FLUOR, uma equipe internacional de astrônomos detectou em seus arredores uma tênue emissão infra-vermelha, que parece se originar de partículas aquecidas pela estrela até 1.300 graus Celsius.

Essas partículas aparentemente têm uma composição química distinta das do sistema solar, com um predomínio de compostos de carbono (como o grafite) e não de silicatos, que são maioria em nosso sistema. Normalmente, explicam os investigadores, partículas tão minúsculas deveriam ser repelidas pela pressão criada pela irradiação da Vega. Sua abundância prova então que sua produção é permanente, provavelmente durante um período de intenso bombardeio de meteoritos e cometas como o que atingiu a Terra nas origens do sistema solar.

A taxa de produção das partículas corresponderia à passagem diária de 13 grandes cometas nas proximidades de Vega.

Apesar de a presença desse pó frio (-170ºC) em torno de Vega já ser conhecido, nada se sabia sobre a parte interna destes discos de dejetos, nos quais supostamente se formam os planetas similares à Terra, segundo os cientistas.

Fonte:http://noticias.uol.com.br/ultnot/afp/2006/04/12/ult1806u3719.jhtm



Vega será a próxima estrela polar 


A astronomia é fundamental na Teoria da Correlação de Bauval.  Em um ciclo de 26 mil anos, o eixo do nosso planeta oscila levemente e isso leva a uma mudança aparente na posição das estrelas.  Esse fenômeno é conhecido pleno nome de precessão.  Enquanto a Terra oscila, a Estrela Polar que marca o Pólo norte celeste vai mudando.  Atualmente, a estrela Polaris marca esse ponto, mas, na época das pirâmides, no lugar dela estava Thuban, da constelação Draconis.  Dentro de dez anos, a estrela Vega, da constelação de Lira, irá ser o pólo norte celeste(obs: nem todos pensam assim...vide http://cibeleferrari.blogspot.com/2008/05/estrela-vega.html no terceiro parágrafo )


Fonte:http://www.caminhosdeluz.org/A-104C.htm  décimo sétimo parágrafo.


A IMPORTÂNCIA DA ESTRELA VEGA

A estrela VEGA, vai muito além de sua beleza e seu brilho. No hemisfério norte no verão a orientação do céu é feita pelo triângulo de verão representado pelas constelaçoes de LIRA, CISNE E ÁGUIA.

Em cada constelação, pela ordem, as estrelas que mais brilham são VEGA, DENEB E ALTAIR.
Por estar mais próxima da terra, VEGA se destaca e por isso sua importância. Independente disto na espiritualidade o sistema VEGA estaria em destaque por ser o lugar, onde, situa-se o comando dos quadrantes do sistema, onde estaria localizado o comando da "FEDERAÇÃO UNIDA DOS PLANETAS" e o "CONSELHO SUPREMO DA FRATERNIDADE BRANCA " que foi destaque no egito antigo.

Como nada acontece ao acaso escolhemos o nome de nosso projeto, como sendo VEGA pelas características básicas apresentadas acima e que significa de volta as estrelas.

Fonte:http://cibeleferrari.blogspot.com/2008/05/estrela-vega.html


Vejam também: Projeto Vega: A estrela Vega... já apresentado no texto sobre Lyra em  http://www.projetovega.com.br/novo/?page_id=19


Comentando...

Bem, como podemos ver a quantidade de textos sobre Vega é enorme, dai que a importância da mesma é igual.

Apesar de já ter enfocado sua constelação... Lyra, não poderia deixar de fazer o mesmo com ela à parte.

Vega segundo um dos textos acima será dentro de muito pouco tempo nossa estrela polar.

E conforme alguns estudiosos(se bem entendi rs)... uma estrela polar domina nos céus celestes por 12 mil anos!

Dai que Vega se tornando nossa estrela polar o será até o ano 14 mil e alguma coisa.

Até agora temos nos ultimos 12 mil anos o reinado de POLARIS nos céus desde algo em torno de 10 mil AC e antes dela tivemos ALPHA DRACONIS.

Alguns creem inclusive que foi durante o reinado de Alpha Draconis que tivemos as famosas quedas do Éden, destruição de Lemúria e Atlantis e que desta estrela teriam chegado os tais anjos caídos da Bíblia.

Quando Polaris surgiu no horizonte como estrela Polar depois de 10 mil AC um novo mundo já se fazia presente...antigos impérios como Lemúria, Atlântida e Rama se tornaram meras lembranças e com o tempo mitologia e mais ainda....lenda.

Hoje no alvorecer de uma Nova Era, VEGA desponta no horizonte como a estrela máter da Terra.

Diante do que já lemos sobre ela parece que seu reinado será extremamente benfazejo para a humanidade.

Vemos que o simbolismo do nome de Vega é muito interessante....a ÁGUIA CAÍDA!

A Águia é a grande rainha dos céus; a ave suprema de nosso planeta.
Diversos tipos destas aves existem, diversas espécies sendo que algumas são verdadeiramente monumentais.

A Águia pelo porte régio sempre simbolizou junto com o Leão,o Lobo, o Tigre,o Dragão,a Serpente,o Falcão e o Golfinho tótens de espiritualidade e realeza quiça divindade...em mais alto grau.

YHVH, Zeus, Orfeu, um dos Querubins são alguns dos nomes Divinos associados a Águia.

A águia também é uma predadora e Vega como uma águia caída pode simbolizar duas coisas: ou ela representa a classe dos anjos caídos de outrora ou simboliza uma águia que ABDICOU de seu status quo predador.

No primeiro caso dependendo da corrente espiritual da pessoa isto é ruim no segundo é benéfico seja que corrente for pois como uma águia caida Vega não se despe de sua majestade mas de seu poder predatório e dai suas vibrações serão extremamente benéficas.

Já em seu significado de ESTRELA DA HARPA Vega surge como a grande estrela da nobre e poéticamente bela constelação de Lyra...

Também trás um significado de musica, de arte, de criatividade incomuns.

Ter Vega bem aspectado no mapa natal deve influir positivamente na carreira de uma pessoa a se crer na influência dos astros.




O 'problema' ...Lúcifer,Vega, Jesus

Talvez por isto muitos associem Lúcifer como o Anjo responsável pelo louvor ante Deus pois Vega como Águia caída e Estrela da Harpa trás esta forte conotação mitológica e como alguns podem associar o dito anjo a ela....dai que a visão que cre ser ela a estrela polar de 12 mil anos atrás no Norte se torna extremamente forte já que segundo um dos textos bíblicos associados a queda luciferiana a mesma se deu no Norte celeste(Isaías.14.12-14) sabemos que este texto é extremamente hermético mas literalmente refere-se ao rei de Babilônia e todo o poder da cidade de Babel que honrava nos céus Ishtar a rainha dos ceús e miríade de deuses e deusas e YHVH define seu juízo em cima dela e do seu rei por causa de sua soberbia.

Mas a milênios alguns estudiosos vêem oculto neste texto a figura do arcanjo rebelde de forma metafórica/figurada.

O problema entretanto é que ver Lúcifer ou Estrela da Manhã(Detalhe: na Bíblia NUNCA Satan ou Diabo foi chamado de Lúcifer a não ser por ANALOGIA neste texto) como título de anjo caído depõe contra o próprio titulo atual do Cristo nos céus(Apocalipse.22.16) alguns fazem um floreado teológico lascado ao dizer que em Apocalipse o Cristo é 'a brilhante estrela da manhã' enquanto em Isaías fala-se apenas da 'estrela da manhã 'somente....pura semântica e jogo de palavras.

O fato é que se algum dia existiu um Lúcifer que caiu... das duas uma....ou ele perdeu este nome glorioso e já não pode mais ser designado assim passando este titulo a outrém, no caso Cristo, ou ele se REDIMIU e voltou aos favores do PAI/MÃE podendo usar de novo este nome....coisa que alguns ramos sectários advogam, incluso indo mais além, dizendo ser ele e o Cristo...UM SÓ...


Nesta visão Cristo não veio mais fazer que sua obrigação que era salvar o que ele mesmo havia perdido nos tempos de sua rebelião....TREMENDA HERESIA NÃO!? 


Poderão dizer alguns!

Pois é....mas existe gente que pensa assim e interpreta desta forma estes contextos todos !

Não conseguem entender porque Cristo é chamado pelo titulo de um suposto ser caído na Bíblia se não se entender ser ele este caído ....redimido, restaurado por sua obra de vida carnal,morte e ressurreição e agora restaurador de todo aquele que um dia fez cair...

Tema realmente fascinante!

Obs:
ESPERO QUE OS AMIGOS MAIS ORTODOXOS ENTENDAM O QUE DISSE LOGO ACIMA...FIZ UMA DIGRESSÃO SOBRE CRENÇAS ALTERNATIVAS SOBRE O TEMA.... NÃO AFIRMAÇÕES TAXATIVAS DE NADA OK?!




Por fim...

 Vega é tida como séde da GRANDE FRATERNIDADE BRANCA E DO COMANDO GALÁCTICO.


Estas entidades seriam(ou estariam, já que elas vão ascensionando no correr dos tempos e dai outros assumem suas antigas funções etc...) responsáveis por toda a evolução de nossa galáxia!


Seriam seres de altíssimo nível espiritual e intelectual cuja grandeza seria difícil descrever-se em linguagem humana....enfim;seriam verdadeiras divindades!


NÃO A DIVINDADE UNA ou DIVINDADES EXCLUSIVAS!


Mas seres à Imagem e semelhança Desta como nós mas MUITO adiantados no CAMINHO da Árvore da Vida e em constante evolução rumo ao Seio do Pai e Mãe Universal e absoluto!


E que atuariam agora em pról dos que estão abaixo de si na escalada evolucionária espiritual!


Neste contexto podem existir DIVERSAS correntes evolutivas paralelas e diferentes da humana mas todas no final teriam por objetivo ascensionar os seres de cada uma desta correntes evolutivas ao Pai/Mãe...


Desta forma um anjo não seria um ser perfeito mas um ser que busca a perfeição dentro da sua corrente evolutiva...dai talvez os antigos textos condenarem como erradas uniões entre humanos e seres inumanos ou suprahumanos como duendes,sereias elfos, fadas, trolls, anjos, elohins etc...pois cada um teria suas evoluções específica e energias específicas nestes contextos ....entretanto não sabemos taxativamente se é possível após a morte por exemplo mudar-se de corrente evolutiva ou não!


Pelo menos eu não sei afiançar conclusivamente a não ser o que já me foi revelado... 'que é a diversidade de correntes evolutivas e cada uma ascensionando rumo ao Divino EM SI e ALÉM de SI.'..!


Fiquemos por aqui porque senão gastaremos muito espaço pois o tema é profundo e vasto!




Para meditação de todos o vídeo e música...DE VEGA SECRETS... espero que gostem.

Fonte Youtube


Abraços


Pax e Lux


Valter Taliesin






Nenhum comentário:

Postar um comentário