Google+ Badge

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

CASAIS DIVINOS: LILITH E ADÃO

LILITH E ADÃO




Fonte : Google imagens


Uma das cartas mais famosas do tarô é a carta dos Enamorados...nela vemos um homem tendo que escolher entre duas mulheres...duas opções....dois caminhos...


Porque pensei nesta carta?


Porque acho que ela tem tudo a ver com os personagens em questão, do texto que escrevo agora.


Pouca gente sabe mas uma das tradições mais interessantes do judaísmo é sobre a figura de Lilith....


A PRIMEIRA MULHER DE ADÃO.



Fonte: Google Imagens


Adão e Lilith teriam sidos criados por Deus originalmente JUNTOS...ao mesmo tempo...


Segundo as tradições o relato de Gênesis capítulo 1. versos 26-27 se referem a esta criação original do homem e da mulher.


Mas este primeiro casal original não foi feliz...


E tudo segundo as más línguas pelo gênio independente de Lilith.


Lilith rejeitava ser submissa a Adão.


Rejeitava no sexo ser sempre a passiva.


Rejeitava todo o arcabouço patriarcal que estava sendo lhe imposto.


Lilith almejava não superar Adão mas ser tratada como uma igual...


Quando na lenda ela pergunta em relação as posições sexuais do casal....
'PORQUE EU QUE SEMPRE TENHO QUE FICAR POR BAIXO E NÃO VOCÊ?'
Menos lhe era interessante sobrepor-se a Adão e mais chamar a atenção deste para o fato de que AMBOS eram semelhantes.


Aliás; percebemos que tudo entre Lilith e Adão girava em torno do sexo...



Fonte: Google Imagens


Era um casal extremamente sexualizado e movidos por sexo, pelo desejo, pela paixão, pelos corpos; Sexo era uma realidade muito plena neles.


Podemos ver aqui uma critica oculta a liberdade sexual a milhares de anos atrás?


Eva por outro lado parece ser um conceito feminino mais digamos domesticável em se tratando de sexo. É sujeita ao marido, e depois se torna numa matrona exemplar...


Quanto a Lilith seria difícil imaginá-la no lugar de Eva...


Não sabemos o que a divindade criadora pensava das idéias sobre igualdade de Lilith mas sinceramente ....poderia discordar?


Afinal, se criou a ambos como sua imagem....


Mesmo na Bíblia a sujeição da mulher tanto sexualmente quanto socialmente ao homem é considerada uma punição por esta ter lhe dado do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal para comer(Gênesis 3.16) portanto como Lilith poderia se insurgir contra algo que nem existia?


Ou seja; a sujeição da fêmea ao macho?


Uma lei punitiva contra um pecado de outra???


Assim creio, esta visão tradicional carece de sentido com o próprio texto bíblico.


Para mim  temos que enxergar na atitude de Lilith algo mais profundo e na visão da tradição sobre ela a visão do patriarcado sobre o matriarcado que este combatia.


Lilith na realidade é o mais antigo e poderoso dos conceitos da Deusa Mãe...


Não encontrando ou propositalmente não querendo ligá-la a YHVH os antigos judeus devem ter imaginado ser melhor ligá-la a Adão.


E havia uma brecha textual para isto estes enigmáticos versículos de Gênesis capítulo 1 ...os versos 26-27.


Ali o texto diz...


DEUS CRIOU O HOMEM À SUA IMAGEM


À IMAGEM DE DEUS ELE O CRIOU,


HOMEM E MULHER ELE OS CRIOU.


Algumas coisas interessantes surgem aqui quando analisamos estes versos.


1. Deus usa o verbo plural para designar sua função criativa....FAÇAMOS...


Portanto é uma Divindade que FALA, AGE...SE MANIFESTA DE FORMA PLURAL... alguns entendem isto como forma majestática ou seja; o plural define os conceitos, os poderes, os atributos de Deus, outros vêem aqui a proto doutrina da Trindade....


EU JÁ VEJO O PAI E A MÃE DE TODOS!!!!




2.Este homem é criado a IMAGEM de Deus...a sua SEMELHANÇA...


O homem como dizia o Trismegistus é o micro que contém o potencial do macro e o macro é este potencial do micro plenamente manifesto.


Aqui o texto usa o termo 'homem' para designar toda a espécie humana porque é um texto escrito pela ótica do patriarcado se fosse matriarcal com certeza seria 'mulher', devemos contudo dar graças a Deus que ainda foi tido o pudor de logo mais abaixo manter-se o conceito de que este termo engloba os dois gêneros humanos ou seja; homem e mulher traduzindo assim a criação conjunta dos dois quer este homem original e espécie fosse um hermafrodita que contivesse em si tanto o masculino quanto o feminino(e é o que a Cabala faz com o conceito de ADAN KADMON) que é o que dá para se aferir se não quisermos ter conflito entre este texto e o do capítulo 2 que relata pormenorizadamente a criação de Eva ou de que ambos surgiram juntos, da mesma ordem criativa de Deus.




3.Sua função basicamente seria reger a criação de Deus.....


Não esta atitude predatória , abominável e abusiva que vemos hoje do homem em relação a natureza mas a figura harmoniosa e abençoada do gestor,do canal, do doador da vida, do intermediário entre a divindade e toda a criação, esta seria a função original do ser humano segundo os texto bíblicos.




4.Deus criou o homem a sua imagem e semelhança e este homem era tanto homem- macho quanto mulher- fêmea...


Portanto homem aqui não define gênero mas toda a espécie humana.


Alguns como disse mais acima,podem ver aqui também um homem original hermafrodita que posteriormente seria separado em dois(A Eva do capítulo 2) esta a meu ver também é uma leitura bastante interessante do texto em questão.




5.Se Deus criou o homem a sua imagem e semelhança e este homem era tanto homem quanto mulher deduzimos que o mesmo se aplica a Deus já que o homem é sua imagem e semelhança em tudo para o mundo criado.


Não dá para inferir outra coisa que não isto do texto.


Deus é Deus e Deusa, Pai e Mãe, Se não todo o significado deste trecho bíblico perde completamente a razão de ser quando fala da Imago Dei na raça humana!






Assim o mito de Lilith,  da Deusa Mãe primeva cabe como uma luva aqui...


Lilith a consorte de Adão antes que a consorte mais tradicionalmente conhecida fosse criada...


Lilith a indomável...


Entretanto este mistério sobre a figura de Lilith e sua inserção na criação de Adão talvez ocultem outras coisas mais sérias em termos teológicos...


Como não queriam assumir que Deus tem sua contraparte feminina talvez a tradição judaica tenha mascarado esta contraparte na lenda de que Adão teve duas mulheres.


Talvez Lilith não seja a primeira mulher de Adão mas a contraparte oculta, esquecida de YHVH rejeitada pela tradição e enfeitada na lenda como primeira mulher de Adão.
E Eva assim foi rebaixada à condição de segunda mulher ou plano B.


Sim para quem pensa assim o todo poderoso tem sempre um plano B, um ás na manga rs...


Talvez a revolta de Lilith em se associar a Adão seja o grito oculto da tradição matriarcal contra o acinte patriarcal que insistia(e pior.... ainda insiste) em negar a existência da Deusa em prol do predomínio único do Deus.


Assim a revolta mitológica de Lilith ganha conotações metafóricas mais claras pois....


Afinal como Deusa Mãe seu consorte de fato era o Criador não a criatura.


Sei que para muitos isto soa blasfêmia mas não para estudiosos que buscam o sentido oculto nos mitos para as questões mais importantes da vida.


Lilith assim surge como o feminino sagrado que foi DEMONIZADO nas culturas patriarcais mais extremas(judaísmo,zoroastrismo,cristianismo, maometanismo) e relativizado como deidades submissas em culturas mais comedidas(grega micênica em diante,romana,balilônica tardia... etc), juntamente com os demais deuses, a um deus páter único e supremo(Júpiter,Zeus,a trindade Brahma,Vishnu e Shiva. Apesar destes deuses terem consortes, estas não pareavam com eles no quesito autoridade).


 Desta forma vemos que as versões mais recentes de Gaia...


Réia,Hera e Démeter foram perdendo poder e autoridade para o deus em escala cada vez mais descendente.



Gaia(A Terra ) era superior a Urano(O Céu) pois era sua mãe(a visão dos seres humanos sobre a vida era basicamente geocêntrica portanto nada mais natural para eles que a Terra precedesse o céu nesta escala), gerado por esta por partogênese(e seria o caso de Lilith em relação a Adão se de fato ela fosse a Deusa mãe criadora, a contraparte feminina de YHVH oculta nesta lenda e não sua consorte)quando este se sublevou contra isto e estabeleceu os primeiros indícios de patriarcado ela cooptou seus outros filhos e filhas, estes tidos com Urano para rebelarem-se contra o pai ...Este mito demonstra claramente a questão sexual assim como no mito bíblico de Adão e Eva e no proto bíblico de Lilith e Adão como fator original da guerra entre matriarcado e patriarcado...Urano usa as relações sexuais com Gaia para dar origem a diversos deuses e deusas, forma um panteão e tenta angariar destes o apoio para suas ambições de tornar-se deus páter supremo, por um tempo consegue , mas Cronos um dos filhos de Gaia ouve os rogos da mãe, castra o pai e assume o trono divino no lugar deste com as bençãos da Mãe.


Gaia e Urano(este agora impotente) então se recolhem aos bastidores das gestas divinas e deixam o cenário para a nova geração de deuses e deusas.


Réia( A Terra em uma nova versão digamos mais light) era igual a Cronos(O tempo) pois era sua irmã(o que seria idêntico ao caso bíblico de Gênesis 1.26-27 sendo Lilith criada juntamente com Adão por Deus) os dois deuses a princípio reinam em paridade sobre os demais imortais até que Cronos com medo de que um de seus descendentes façam o mesmo com ele do que fizera com o pai passa a comer seus filhos e filhas.
Réia, opõem-se veemente ao marido e apesar deste comer muitos filhos ela salva o mais novo, Zeus(dando a Cronos uma pedra embrulhada em uma manta para comer) dando a luz a este na ilha de Creta ocultando-o ali dos olhos sanguinários do pai.


Zeus sai dali já crescido e forte, faz o pai regurgitar os irmãos e combate este e os demais titãs com eles(conhecida como a guerra entre os deuses e titãs), vencendo,joga todos os titãs , inclusive o pai(à exceção da mãe evidentemente) no Tártaro o mais profundo dos círculos infernais e se torna o novo senhor do Universo.


Hera era consorte de Zeus mas não em pé de igualdade com este apesar de ser sua irmã(Aqui já estamos no terreno patriarcal onde Eva é inserida).
Hera era uma igual de Poseidon,Hades,Deméter e outros deuses e deusas nascidos de Cronos e Réia e superiora aos deuses filhos e filhas de todos estes imortais, mas não reinava em paridade com o poderoso irmão mais novo e marido Zeus.
Hera apesar do conceito de deusa mãe não tem seus atributos ligados a terra basicamente mas ao casamento, a união estável,a família, ao lar ou seja; uma Eva em estilo grego.


Deméter por sua vez é apenas irmã de Zeus, nem sua consorte o é apesar de vez ou outra dar um carinho ao irmão quando Hera faz greve 'daquilo', ou quando simplesmente o deus esta babando, no cio.
Entretanto é ela que é, após a 'aposentadoria' de Réia, que se recolhe conjuntamente a mãe e ao pai(Gaia e Urano) nos bastidores da Religiosidade, a deusa terra oficial.
E seu poder é tão imenso que quando Hades o senhor dos infernos e seu irmão sequestra Coré sua filha e deusa das estações e a leva aos infernos,a recusa da deusa em manter o equilíbrio vital dos ciclos sobre a terra ameaça a própria existência obrigando Zeus a intervir e obrigar o irmão a fazer um pacto com a irmã sobre Coré.
Esta é uma pálida manifestação do poder matriarcal que a deusa um dia tivera na sociedade grega mas ainda assim bem evidente do quando este conceito ainda era vital nesta cultura.


Nas tradições de outros povos como os sumérios, cananitas e mesopotâmicos Lilith aparece como a grande deusa da noite, da escuridão, do caos potencialmente criativo, a mãe de íncubos, súcubos e todos os seres da noite.
Não é uma mãe caridosa e zelosa, mas a temível e poderosa senhora negra da terra fértil que dá a vida mas também a toma sem pestanejar.


Um conceito aliás, difícil de ser engolido pela humanidade atual que insiste em um conceito de divindade que seja apartado das desgraças da vida(se isto fosse possível então o mínimo que poderíamos dizer de tal entidade era que ela seria impotente pois se acontece coisas más com sua criação, coisas que ela não quer que aconteçam, que não tem seu consentimento, permissão e aval e ela não pode impedir que aconteçam....isto só pode ser entendido como IMPOTÊNCIA ....O QUE EU ACHO INADMISSÍVEL QUANDO PENSO NO TERMO.....DEUS)não compreendendo os tais que isto é IMPOSSÍVEL pois Deus/Deusa NÃO PODE estar à parte de tudo o que nos acontece inclusive o mal, pois se assim fosse não seria PLENO, ETERNO, ILIMITADO E TODO PODEROSO....


A divindade assim tem que ser entendida e assimilada em toda a sua plenitude de Luz quanto de Trevas, Dia e Noite, Ordem e Caos,Criação e Destruição, para que compreendamos que a famosa LEI DA VIDA não nos isenta de sofrermos as punições que nos advém por infringirmos esta mesma Lei.


Esta mesma Lei da Vida pode ser entendida como o termo Homem que define a espécie ou seja; ela define toda a manifestação criativa de Deus mas se manifesta de forma bipolar ou seja; como Vida e Morte, Criação e Destruição,Nascimento e Ocaso, assim como o Homem se manifesta como macho e fêmea.


Assim a mesma Mãe que cria, destrói, a mesma Mãe que mantém, renova, a mesma Mãe que protege, castiga pois se o ser humano violar uma lei se quer  ou como diz o Cristo, um pequeno til da Lei da vida, viola a LEI toda...


Desta forma é o próprio ser humano que desencadeia sobre si os revezes que insiste em atribuir a Deus(a).


Um dos itens essenciais da Lei da vida é o parágrafo que reza sobre O LIVRE ARBÍTRIO e é este de fato quem define como esta Lei da vida será ou não aplicada no contexto humano.


Como violamos e usamos a milênios estes item precioso de forma errônea temos atualmente que lidar com outro item desta Lei, outro parágrafo importantíssimo que é A CAUSA E O EFEITO de forma bem literal.




Fonte: Google Imagens.


Este conceito da senhora negra e toda poderosa que tudo abarca é o conceito macro da Deusa que também encontramos na Gaia dos gregos antigos anteriores aos micênicos e na mitologia dos cretenses.


Mas voltando ao mito judaico...


Lilith e Adão desde o início souberam que não tinham nascido um para o outro....e como poderia ser um troço destes se AMBOS tinham sido criados como Imago Dei???


E JUNTINHOS???


Ambos foram feitos da mesma ordem criativa....


FAÇAMOS O HOMEM CONFORME A NOSSA IMAGEM E SEMELHANÇA!


DE AMBOS É DITO...HOMEM E MULHER OS CRIOU!


Portanto como que algo que surgiu tão santo, tão cheio de promessas poderia resultar no que deu?


E como, se ainda não existia o pecado para culpar(não nos esqueçamos que segundo a bíblia a culpa do pecado entrar no mundo é da outra mulher de Adão....Eva)?


Parece bem incoerente não?


Talvez os autores da tradição não tivessem muitas preocupações com coerências...


Ou talvez como eu disse acima foi uma péssima ideia para esconder algo muito mais poderoso e verdadeiro sobre a Deusa negra!


Um certo dia Lilith cansou das atitudes de Adão e botou o pé no mundo....Adão procurou-a cheio de desejos mas já era....triste, choroso voltou para os braços do Senhor , este lhe fez dormir e quando acordou no outro dia tá lá uma beldade maravilhosa esperando por ele e feita da sua própria carne....será que agora seus desejos seriam obedecidos rs?


Bem, segundo a própria Bíblia e o tal do fruto e a tal da Serpente... não muito rs!


E Lilith?


O que aconteceu com ela?


Vagou pelos desertos do mundo até que um belo dia encontrou-se simplesmente com Lúcifer(vale salientar aqui que a designação do Diabo com este nome é tardio, do século 4 e não tem base nas tradições mais antigas tanto da Igreja quanto do judaísmo como vimos em outros textos, este inclusive é um dos  titulos do Cristo apocalíptico....A ESTRELA DA MANHÃ latinizado como LÚCIFER)....o arcanjo rebelde e tornou-se sua consorte, passando a partir dai a atazanar a vida de Adão e Eva como rainha dos demos e visitava o sedento Adão nos sonhos para copular com ele e gerar miríades de seres elementais travessos ou seja; ADÃO NUNCA ESQUECEU AQUELA MULHER rsrsrs!


Por fim Lilith é vista como a própria serpente mítica que seduziu Eva a comer do fruto proibido e depois dá-lo a Adão, Adão segundo o mito , não estava junto a Árvore, só Eva que não conhecia Lilith, Adão comeu o fruto das mãos de Eva...

Fonte: Google Imagens


Lilith assim é um dos mitos , um arquétipo do sagrado feminino dos mais poderosos e toda mulher independente, voluntariosa, senhora de si, de seus desejos, de sua vontade, são filhas de Lilith de coração, e alma.


Como Mãe negra, Lilith é a primeira das deusas mães das civilizações atuais(da Suméria, provável origem de seu mito, para cá) que são os últimos 6 mil anos .


Antes disto as coisas se perdem em lendas e mitos e pouco temos de registros.


Entender o mito de Lilith e Adão hoje em dia pode ser de grande valia para a humanidade resolver de vez os últimos nós soltos que separam homens e mulheres em um mundo cada vez mais igualitário (pelo menos em se tratando do mundo ocidental)entre os dois sexos.


Entender que basicamente este é um mito que fala alegoricamente do confronto milenar entre matriarcado e patriarcado e do predomínio deste último sobre o primeiro nos ultimos 4 mil anos é  vital para que possamos curar esta ferida e sanarmos esta diferença.


A tradição faz de Lilith um ser vingativo, ligado ao ícone supremo do mal e em tudo disposta a prejudicar a raça humana, mas isto me parece mais uma forma do patriarcado tentar ocultar a verdade óbvia de que os conceitos feminino e masculino na divindade é igualitário , e o mesmo deve-se entender  naqueles que são suas imagens ou seja; nós.


Resgatar Lilith do poço oculto da História e trazê-la para a luz dos novos tempos deve ser na minha opinião a função mais interessante e poderosa que a humanidade poderia se impor para resgatar ao mundo o senso de equilíbrio!


Este resgate curaria de vez as chagas das guerras em nome de deidades totalitárias e masculinizadas, libertaria a mulher nos países onde ela é cidadã de segunda classe,nas religiões que insistem em mesmo pregando a igualdade no mundo ocidental relegá-las a um papel menor(reparem que mesmo em certas igrejas evangélicas onde se diz que a mulher alcançou uma liberdade maior e igualdade com o homem... reparem  o casal de líderes: a mulher é bispa mas o marido já subiu um graulzinho a mais....é Apóstolo......nas que o líder máximo é bispo as mulheres chegam no máximo a pastora...rs).


Lilith assim é a grande efígie que clama pelos séculos...


DECIFRA-ME OU EU TE DEVORO...


Eu se fosse YHVH(com todo respeito claro) e a lenda tivesse realmente um fundo de verdade.....teria rejeitado Adão e criado um outro das costelas ....de Lilith....Talvez o mundo hoje fosse outro!


Para pesquisar e se aprofundar no tema sugiro estes sites já rezo de antemão que compus meu texto antes de pesquisá-los para indicá-los  para que o leitor deste tópico possa ter uma outra opinião sobre o tema. Ainda que pouca coisa vi de diferente daquilo que eu comentei de básico já que as mesmas fontes consultadas por eles foram as minhas também....só as conclusões de nível pessoal creio eu é que poderão ter algumas diferenças, não os relatos míticos em si.


Vejam...
http://pt.wikipedia.org/wiki/Lilith


Este segundo site traz algo interessante na minha opinião sobre este assunto apesar de afirmar um absurdo sem sentido e baseado em não sei que fundamentos de que Lilith foi criada depois de Adão(?) também como Eva(onde ele obteve esta idéia não sei - na verdade até sei....ele confunde o termo homem que define espécie como se este definisse por si um único tipo de ser criado como se este fosse um macho e despreza peremptoriamente logo abaixo quando o texto define este termo como genérico tanto para o homem quanto para a mulher - já que o texto de Gênesis não mostra no tempo nem primeiro nem segundo mas uma criação conjunta e se fosse assim toda a querela entre os dois não teria sentido mítico nenhum)mas algo que ele comenta me fez refletir ainda mais sobre o que afirmei acima ou seja; de Lilith na verdade ser a consorte oculta do próprio YHVH vejam que como o autor do texto na wikipédia diz Deus no quadro de Michelangelo Buonarroti esta abraçado a uma figura feminina que alguns alegam ser Eva antes de ser criada e outros ...ou seja; Lilith me parece muito mais, se for associada a esta imagem ,um conceito de feminino sagrado oculto em Deus do que a uma figura de mulher original parceira de Adão.
http://pt.wikipedia.org/wiki/A_Cria%C3%A7%C3%A3o_de_Ad%C3%A3o


Por fim....O Livro de Lilith de Barbara Koltuv








Agora um vídeo muito legal..HEARTH OF LILITH


Fonte: Youtube




Abraços




PAX  E LUX




VALTER TALIESIN











Nenhum comentário:

Postar um comentário