Google+ Badge

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

A INFÂNCIA EM PERIGO

'Correr pelos campos sem medo de ser feliz
Fantasiar a vida como se pudéssemos pular deste para um mundo paralelo
Sentir que temos a vida toda pela frente ainda que adultos iracundos nos circundem dizendo que não temos'





Fonte: Google imagens






As alegrias e prazeres da infância como conhecida por muitos adultos hoje em dia se torna um luxo cada vez mais distante da atual geração de crianças.


Tai porque alguns espiritualistas afirmem que cada vez mais os tais índigos e cristal estão vindo para a terra pois tem que ser realmente muito especial para aquentar a infância de hoje em dia... rs...


Acima por exemplo tinha citado o correr pelos campos como uma das delícias de lembrarmos que um dia fomos criança e a exceção dos que moram nos interiores da vida isto se torna um artigo de  luxo para os que habitam em cidades.


E esta liberdade espacial é um necessidade para uma infância de fato sadia!


Poder caminhar com os pés na terra, sentindo esta, o mato, os riachos, subir em árvores, sentir o cheiro das flores, brincar com as borboletas coloridas que povoam tais jardins ou com os vaga lumes piscantes que dominam a noite, quantas crianças nos dias de hoje poderão relatar isto no futuro?


Ir para a escola a pé,sem medo de serem atropeladas, raptadas e outras coisas piores... aliás; uma escola que tem um ensino SOBERBO(como eu bem lembro a minha tinha) mas cujo tempo de duração não dure mais que 4 horas, tomando todo o tempo que poderiam ser direcionado a folguedos e alegrias(para alguns ditos 'educadores' ou especialistas na área de ensino dos últimos tempos estas duas coisas parecem verdadeiros crimes e desperdício de tempo).


Quantas crianças poderão no futuro ter estas lembranças?


Aqui seria um bom momento para postarmos este vídeo baseado na poesia da grande Ruth Rocha...DIREITO DAS CRIANÇAS com a música Dias melhores pra sempre do J. Quest.
Fonte: Youtube


Esta coisa de que a criança deva ficar manhã e tarde no colégio é uma das idiotices mais imbecilizantes que já tive a oportunidade de testemunhar ,primeiro porque com a quantidade de crianças que temos hoje em dia isto seria completamente inviável pois, já existem turnos exatamente para comportar o máximo de crianças possíveis nas escolas e ainda assim faltam vagas, coisa que raramente acontecia até uns 20 anos atrás.


Assim teríamos que ter 10 vezes mais escolas do que temos(e olha lá) para comportarmos uma coisa como esta!


A escola é definitivamente essencial na vida da criança após os 6 anos de idade mas não A ÚNICA coisa essencial!


Segundo, que mais tempo nos bancos escolares NÃO É garantia de bom ensino, bom ensino  advém de currículo escolar primoroso, de professores altamente qualificados e bem remunerados, de escolas bem equipadas, estas coisas sim garantem um ensino de grande excelência!


Terceiro, que mais tempo nos bancos escolares são uma desculpa para uma geração de pais cada vez mais ausentes se ausentarem ainda mais de seus filhos.


O fato é que criamos uma sociedade onde cada vez mais privilegiamos a satisfação plena ao invés da evolução progressiva.


Os adultos querem suas conquistas profissionais, e as mesmas tem que ser o mais aceleradas e o mais cedo possível e tomam absolutamente todo o seu tempo.


Tanto para homem como mulher a satisfação ou realização profissional virou um ponto bem mais importante que constituir uma família e priorizar esta como se fazia até bem pouco tempo atrás.


O passado com certeza não é um mar de rosas tem e muitos esqueletos no armário, mas não só não tiramos tais esqueletos do tal armário como acrescentamos os nossos lá também.


Assim, os que se aventuram constituir família com este tipo de cabeça, deste mundo moderno, criam lares completamente desestruturados onde NENHUM dos cônjuges esta presente a não se depois de sei lá que horas da noite e assim mesmo já extenuado , cansado pelos rigores da vida profissional, próximo da hora de dormir para um outro dia de trabalho e que geralmente tem pouca ou nenhuma disposição para lidar com a complexidade e os detalhes que se exigem de ser pai ou mãe.


Não seria talvez a hora certa para analisarmos se é correto trazer novas pessoas a este mundo se vamos deixá-las para sabe-se quem 'criar'?




SIM!


Pois se pais não criam...  'criam' as babas que se excedem e são flagradas espancando infantes( mas a grande maioria creio eu são pessoas de bem ), as 'babas' eletrônicas como TV, vídeo games e mais frequentemente internet, os professores de escola que nem sempre tem saco e disposição para fazer mais do que o currículo lhes pede(e com razão pois professor é professor não babá de ninguém) e mais frequentemente os amiguinhos de lide e os 'manos' da esquina que vão lhes indicar os delirantes caminhos e por fim escravizantes das drogas.


SERÁ JUSTO TRAZER UMA VIDA AO MUNDO SE EU SEI POR ANTECIPAÇÃO QUE NÃO TEREI TEMPO E DISPOSIÇÃO PARA CUIDAR DELA COMO ELA DE FATO NECESSITA E PRECISA DE MIM!?



Não seria mais um egoísmo, uma vaidade pessoal nossa termos filhos neste contexto do que necessidade de perpetuação da espécie?


Afinal com 7 bilhões de bocas para alimentar o perigo para nossa espécie parece estar exatamente nesta superpopulação global.




Como disse, há que se ser MUITO índigo e cristal para se aguentar um troço destes!!!


Mas  pelo jeito nem todos o são pois o número dos que sucumbem aos vícios e aos desregramento cresce cada vez mais!


Ontem vi uma matéria na TV sobre uma cidade do interior de SP, Buri, com pouco mais de 10 mil habitantes que esta tendo seríssimos problemas com drogas nas escolas.


Ai pensei, meu Deus se isto acontece com estas crianças que aparentemente tem uma liberdade maior em se tratando de espaço e liberdade de ir e vir o que será dos  que habitam nas grandes cidades, encastelados em seus prédios de altas segurança (mas que ultimamente se tem demostrado inócua para impedir roubos)mas que cada vez mais cedo são membros ativos das baladas regadas a todos os vícios possíveis?


É óbvio que voltar simplesmente a um passado utópico onde este mundo viciante chegava , quando chegava, bem tarde na vida de uma pessoa, é impossível e nem sei se seria producente, mas que temos que entender este enigma antes que ele nos devore....isto temos!


Aqui acho um bom lugar para enxertarmos um trecho de um texto de Nietzsche que demonstra bem este paradoxo em que se encontra o ser humano entre um futuro que se abre cada vez mais trazendo novidades do mundo que nos circunda, mas com a necessidade de resolvermos os nossos demônios do passado e os que surgem ao meio do caminho sem perdermos o frescor da descoberta .


A Eterna Criança


'Com a força do seu olhar intelectual e da sua penetração espiritual cresce a distância e, de certo modo, o espaço que circunda o homem: o seu mundo torna-se mais profundo, avistam-se continuamente estrelas novas, imagens novas e novos enigmas. Talvez tudo aquilo em que o olhar do espírito exercitou a sua sagacidade e profundeza tenha sido apenas um pretexto para este exercício, um jogo e uma criancice e infantilidade. E talvez um dia os conceitos mais solenes, os que provocaram maiores lutas e maiores sofrimentos, os conceitos de «Deus» e do «pecado», não signifiquem, para nós, mais do que um brinquedo e um desporto de criança significam para um velho, - e talvez o «velho homem» tenha, então, necessidade de um outro brinquedo ainda e de um outro desgosto, - por continuar a ser muito criança, eterna criança!'  
Friedrich Nietzsche, em 'Para Além de Bem e Mal'




Assim...


Entendermos o porque nossas crianças estão sendo seduzidas tão cedo para um mundo de escravidão sensorial e física tanto nas grandes metrópoles quanto agora também progressivamente nas pequenas cidades do interior, é determinante para o tipo de sociedade que existirá não digo daqui a 100 mas 20 anos!


E encontrar soluções práticas para este PORQUE  E TALVEZ OUTROS MAIS que  fatalmente poderão surgir é a única saída deste beco aparentemente sem saída!


Para vermos que existem muitos mais porques para solucinarmos vejam o blog abaixo...


Um blog interessante sobre um dos piores males do mundo moderno....a erotização infantil...http://diganaoaerotizacaoinfantil.wordpress.com/


O sexo tem chegado cada vez mais cedo na vida das crianças e nem vou entrar na pior forma que é a pedofilia pois esta o blog acima discursa extensivamente...mas começa com papai e mamãe vestindo filhos e filhas como se fossem pessoas adultas(tem criancinha vestida de 'periguete' de monte por ai),e incentivando-as a terem 'namoradinhos(as)' achando tudo isto um must, ostentando para lá e para cá celulares caríssimos como se fossem senhores e senhoras de si e pudessem se comunicar e se locomover com quem e para onde quisessem...


Realmente é uma situação complicadíssima , assim o sexo entre adolescentes cada vez mais próximos do perigoso limite de idade entre adolescência e infância esta se tornando comum entre nós...


Temos um enorme desafio pela frente, não podemos fugir disto...o que faremos com nossas crianças determinara os adultos que teremos que lidar daqui a 20 anos!


Espero pelo nosso bem que consigamos...


E assim quem sabe um dia poderemos voltar aos versos iluminados da canção de Gonzaguinha após co-criarmos este mundo melhor?




'EU FICO COM A PUREZA DAS RESPOSTAS DAS CRIANÇAS...É A VIDA, E É BONITA E É BONITA...


VIVER, E NÃO TER VERGONHA DE SER FELIZ


CANTAR E CANTAR... A BELEZA DE SER UM ETERNO APRENDIZ...


AH! MEU DEUS !!!


EU SEI QUE A VIDA PODIA SER BEM MELHOR E SERÁ...


MAS ISTO NÃO IMPEDE QUE EU REPITA....É BONITA...É BONITA....E É BONITA...'






Vídeo....Viver e não ter a vergonha de ser feliz....mestre Gonzaguinha!




Fonte: Youtube




Abraços


Pax e Lux




VALTER TALIESIN










Nenhum comentário:

Postar um comentário