Google+ Badge

segunda-feira, 7 de maio de 2012

A ESTRADA

ESTRADA É UM NOME FEMININO PARA UM CAMINHO ARTIFICIAL, FEITO PELOS HUMANOS PARA TRANSITARMOS E TRANSITAREM OS VEÍCULOS QUE CRIAMOS.





    Imagens do filme: 
    A Estrada estrelado por Viggo Mortensen...
    Fonte Google imagens...

    A ESTRADA...


    Desde que os humanos se entendem por gente eles caminham..

    Caminhar é um ato evolutivo essencial que denota a busca das espécies por água, alimento, proteção e habitação dentre outras coisas...














Os humanos só fizeram aprimorar o ato...


A ciência( o ato de saber-se existente não o consequente disto que é o ramo do conhecimento humano definido assim) nos trouxe o progresso e o crescimento para nos mantermos na crista da onda evolutiva.


Tudo começou com os primeiros seres marinhos que caminharam em destino à terra seca a muito tempo atrás em nosso remoto passado e que até hoje direciona(o caminhar) nossas vidas...


Neste cenário a estrada portanto torna-se um símbolo de toda a nossa busca...


Feitos e criados por nós estes caminhos artificiais se tornam metáforas de nossa busca maior...


Quem somos....de onde viemos e para onde vamos???


Qual a estrada que você tem construído na busca por Deus, pela origem da vida, por você mesmo?


Com quais materiais você tem pavimentado a mesma?


A primeira coisa ao abrir-se uma estrada é ter-se um objetivo definido...


Uma estrada é um caminho de ligação entre algo, alguém e alguma outra coisa...construída especificamente para este fim...


A velha estrada São Paulo-Rio(atual Marechal Tito) por exemplo fazia as vezes da Dutra hoje em dia ou seja; ligava o Rio a São Paulo.....moro em uma avenida que deságua diretamente nela...e a centenas de anos(até a década de 80 do século passado) paulistas e cariocas usavam-na para se locomoverem de um estado ao outro...


Várias, inúmeras estradas cortam nosso mundo ligando lugares e pessoas distantes umas da outras fazendo com que a interação, a ligação entre os humanos se processem mais facilmente e os objetivos projetados pelas tais sejam alcançados.


As estradas surgiram com mais proficiência no período dos grandes reinos e impérios do mundo como a famosa estrada dos incas ligando todo o grande império na América do sul tendo inclusive partes dela chegado  até o Brasil ou seja; sua parte de ligação atlântica, sendo que a pacífica ia até o Chile(o caminho de Peabiru, http://www.anovademocracia.com.br/no-10/1120-a-desconhecida-maravilha-indigena...); a estrada real que cortava toda a palestina ligando o império egípcio as poderosas nações do crescente fértil; a estrada da seda que ligava a grandiosa China e dona da dita matéria prima a todo o ocidente civilizado importador da mesma; as estradas que ligavam o poderoso império persa e suas satrapias; a via Apia que ligava o todo poderoso império romano e que era considerada o caminho de viagem mais seguro de seu tempo, as estradas ligando as cidades maias e aztecas etc...


Depois do objetivo vem a forma como a mesma é construída...


Uma série famosa do The History Channel mostra caminhões potentes e seus motoristas tendo que caminharem por estradas do mundo e algumas das tais são conhecidas como ...'caminhos ou estradas da morte'  tão perigosas são as regiões que cortam ou o formato e(ou) o material construtivo e conservação das mesmas...


Quanto mais íngreme e estreito o caminho maior será o grau de dificuldade e perigo...


Dai porque o dito do Cristo que largo e espaçoso é o caminho que conduz à perdição  e estreito o caminho rumo a libertação....


Tudo na via evolutiva que denota facilidade pode ocultar nas entrelinhas mais armadilhas para o buscador que as dificuldades do caminho estreito onde todo o olhar interior deste esta alerta para cada eventualidade e cada dificuldade devido às próprias dificuldades naturais do mesmo exigirem isto...


Por fim vem os materiais...


Algumas como a famosa transamazônica no Brasil tem extensos percursos de terra abertos dentro da floresta e nos períodos de chuva torna-se impraticável sendo hoje usada inclusive para esportes radicais.


Outras são de asfalto, pedras e demais materiais...


O objetivo com os mesmos é que tais rodovias se tornem o mais seguras e confortáveis possíveis....


Várias melhorias como sinalizações, postos policiais,lugares de pouso e alimentação, postos de fronteira(entre países), marcas etc...tem esta função de torná-las seguras e confortáveis....já os pedágios apesar de nem um pouco bem quistos pelos usuários teriam a mesma função mantenedora já que deveriam arrecadar dinheiro para supostamente( e  na maioria dos casos, principalmente no Brasil ...bota supostamente nisto) manterem as mesmas o melhor possível.


Assim são feitas e construídas as estradas deste mundo....observando... objetivo, formato e material usado....


Entretanto voltando ao metafísico....


E a via que nos liga ao Espírito?


Quais os objetivos teus, meus?


O que é Deus, a vida, o universo, a criação, a origem para nós?


Porque buscamos o que buscamos...se buscamos?


O que vai dentro de ti?


O que almejas tu?


Como sentes em relação aos temas palpitantes e misteriosos da vida e da origem desta?


Aquilo que você cria nesta busca, focado nos objetivos que te são atraentes é a estrada da sua vida...


Ninguém pode palmilhar por ela a não ser você...


Mesmo que você ensine aos outros o que você crê e espera da vida cada um deles terá que ter a experiência de construir sua própria estrada rumo ao infinito, ao mistério...se você ou seja quem for quiser criar um monopólio sobre o Caminho e determinar que a sua estrada, o seu formato e os materiais que você usa são os únicos e salutares....MESMO ASSIM cada indivíduo que tomar contato com sua mensagem  EM ALGUM MOMENTO estará, mesmo usando o que você lhe passou.. seus próprios passos, sua própria forma de ver e encarar as coisas, e seu próprio material de construção.


Assim, por mais semelhanças que possam ter com sua visão....SEMPRE haverá diferenças mesmo que imperceptíveis aparentemente no caminhar de cada um...


A nossa evolução por mais irmanados e sintonizados que possamos estar tem um elemento misterioso de individualidade, de particularidade que jamais será tirada de cada um de nós!


Isto pode ser a nossa glória ou a nossa destruição!


Depende somente de cada um de nós....da estrada que erigimos no Caminho... 


Exatamente por isto que cada ensino religioso, cada religião por mais monolítica que seja com o tempo começam a apresentar rachaduras cada vez maiores e mais visíveis porque esta dinâmica mutacional que cada indivíduo empreende na estrada outrora tão perfeita e aparentemente íntegra é que é o fator diferencial que pouco a pouco influirá no formato e perenidade desta.


Assim é que Cristo o caminho para o céu revelado por Deus aos homens segundo a Bíblia hoje em dia tem INÚMERAS estradas construídas em cima dele e cada uma delas sendo considerada...
' a verdadeira estrada' por seus propagadores e seguidores...


O mais irônico disto tudo é que se eles parassem para pensar de verdade, perceberiam que...


 NEM ELES MESMOS TRILHAM DE FORMA UNIFORME, DO MESMO JEITO, ESTA SUPOSTA ÚNICA ESTRADA LEGÍTIMA QUE TANTO DEFENDEM E ADVOGAM...BASTA TER O MÍNIMO DE SINCERIDADE E ESCRUTÍNIO PARA SE OBSERVAR ISTO!!!


Se isto fosse feito(ter esta sinceridade, este escrutínio) o senso de libertação interior e consequentemente exterior seria tal que transmutaria a face deste globo carcomido por tantos ismos e tanta separatividade!


Assim sendo...


O mesmo objetivo ....A ORIGEM DA VIDA , pode ter uma objetividade(a forma de buscá-lo) diferente dependendo do formato que tem nossas estradas e os materiais que usamos para construir as mesmas quer sejam: descrença, ateísmo, ceticismo, materialismo,crença, fé, transcendência,sentido de numinoso, doutrinas, dogmas, tradições etc...


Tanto o crente quanto o descrente, o ateu quanto o religioso podem construir sua estrada rumo ao objetivo em questão(a origem da vida) todavia se o objetivo se assemelham contudo a expectativa e visão do mesmo e o consequente formato e material de construção divergem totalmente.


Ainda poderíamos aprofundar mais ainda nossa meditação dizendo que o Led Zeppelin naquela que é quase que unanimemente considerada a maior , melhor e mais famosa canção de rock de todos os tempos já falava da famosa ESCADA PARA O CÉU  que cada humano erige em busca de SI mesmo e do mistério da vida...e uma escada não deixa de ser um tipo de estrada com um tipo de formato de construção vertical, escalonado e mais íngreme!


Neste sentido a famosa escada de Jacó por exemplo, que ligava terra e céus e na qual anjos subiam e desciam é uma estrada construída pela fé, pela busca do próprio Jacó sob o Caminho revelado pelo divino ao manifestar-se a ele....o Caminho, o rumo,pode ser uma revelação divina mas a estrada quem constrói é o humano em sua busca incessante por este...o sentido de direção portanto ou o caminho entre Jacó e o criador é que é a criação divina mas a escada, cada degrau dela por onde subiam e desciam os anjos é material erigido pela busca do humano, por sua fé e seu desejo de Deus...


Deus e o humano de fato estão em cada um dos polos do caminho e da estrada erigida nele...


O humano e o mistério ultimo são os dois polos de ligação se quisermos incluir aqui aqueles que não creem num Deus mas entendem ser a busca do homem por sua origem o maior de todos os mistérios ...seja este qual for...


Em sua caminhada aqui, você, ao olhar sua estrada, seu objetivo, suas expectativas e esperanças, o formato dela forjado por cada decisão que você tomou até hoje e o material que você utiliza exemplificado em cada qualidade interior sua, poderá ter um vislumbre de quem você é ou pelo menos a  quem você criou, forjou, formatou ao longo do percurso...


De fato e de direito você perceberá que...


 VOCÊ É SUA ESTRADA!!!


Que ela e você são uma única e mesma coisa!


Assim....


O que você espera da vida?


De tudo isto?


Estas perguntas poderão ser importantes demais, talvez VITAIS para você no final da jornada pela estrada que você construiu ou constrói aqui e agora neste CAMINHO chamado EXISTÊNCIA...












      sitedepoesias.com







        pop4.com.br


        luciamiguel.arteblog.com.br




        OM TAT SAT


        Um belo vídeo para nós...Cidade Negra A Estrada...


        Fonte Youtube

        A belíssima letra da
        canção... 

        A Estra-da

        Cidade Negra

        Você não sabe
        O quanto eu caminhei
        Pra chegar até aqui
        Percorri milhas e milhas
        Antes de dormir
        Eu nem cochilei
        Os mais belos montes
        Escalei
        Nas noites escuras
        De frio chorei, ei , ei
        Ei! Ei! Ei! Ei! Ei!...(2x)

        A vida ensina
        E o tempo traz o tom
        Pra nascer uma canção
        Com a fé do dia a dia
        Encontro a solução
        Encontro a solução...

        Quando bate a saudade
        Eu vou pro mar
        Fecho os meus olhos
        E sinto você chegar
        Você, chegar...

        Psicon! Psicon! Psicon!
        Quero acordar de manhã
        Do teu lado
        E aturar qualquer babado
        Vou ficar apaixonado
        No teu seio aconchegado
        Ver você dormindo
        E sorrindo
        É tudo que eu quero pra mim
        Tudo que eu quero pra mim...

        Quero!
        Quero acordar de manhã
        Do teu lado
        E aturar qualquer babado
        Vou ficar apaixonado
        No teu seio aconchegado
        Ver você dormindo
        É tão lindo
        É tudo que eu quero pra mim
        Tudo que eu quero pra mim...

        Você não sabe
        O quanto eu caminhei
        Pra chegar até aqui
        Percorri milhas e milhas
        Antes de dormir
        Eu nem cochilei
        Os mais belos montes
        Escalei
        Nas noites escuras
        De frio chorei, ei , ei
        Ei! Ei! Ei! Ei! Ei!...

        Together..Together..
        Meu caminho só meu pai
        Pode mudar
        Meu caminho só meu pai
        Meu caminho só meu pai...
        Together..Together..(2x)





        Abraços


        Paz e Luz




        VALTER TALIESIN
































Nenhum comentário:

Postar um comentário