Google+ Badge

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

DIONISO...O Senhor da Luz

DIONISO

BACO

Geralmente mais conhecido como deus do vinho e das libações a figura de Dioniso quando dissociada de seu congenere Baco torna-se muito superior ao obeso e inebriante deus das orgias.

Entretanto no mito Dioniso é muito mais que isto.

Sacrificado pelos titãs por exemplo, e ressuscitado por Zeus ele é uma espécie de proto Cristo.

NÃO ERA  figura obesa que simbolizam Baco mas um belo espécime masculino afinal como conquistar a deusa da primavera e competir com o tenebroso mas sedutor Hades pelos eu coração se fosse o contrário?

Como deus do vinho na verdade Dioniso era mais associado aos festejos dos mistérios que a orgias sexuais pura e simplesmente e a bebedeira.

E como deus dos mistérios Dioniso era o senhor da luz, a luz do sol radiante que se manifesta e esclarece a alma dos mortais.

Era assim o Logos universal.

A palavra divina que trazida ao mundo transforma os humanos.

Seu romance com Coré simbolicamente nos fala dos raios solares que despertam na primavera as flores e as verdejantes pastagens para a vida.

Vejamos então detalhadamente os atributos do deus.

1. DEUS DO VINHO

Seu mais conhecido atributo,, como esta entidade ele era um deus agrícola, uma entidade ligada a terra, a colheita e portanto nada de especial seria sua ligação com Deméter e Coré deusas ligadas ao mistério da terra.

Como deus do vinho Dioniso era amis conhecido pelo seu nome romano Baco e retratado geralmente como um bonachão sempre em redor de mesas fartas e de ninfas sedutoras.

2. DEUS DOS FESTEJOS

Como deus do vinho ele estava associado a todos os tipos de festejos, a alegria, a felicidade. Dioniso era um deus que evocava o lado lúdico dos humanos, diante dele tudo era folguedo e alegria. A alegria e a felicidade era o próprio sentido da vida e esta era uma eterna celebração.

3. DEUS DOS MISTÉRIOS

Entretanto Dioniso tinha um lado mais obscuro e secreto. Um lado que somente os grandes iniciados conhecia. Ele formava com Apolo e Hermes uma trindade de deuses de mistérios que revelavam os segredos ocultos do universo aos humanos que fossem merecedores.

4. DEUS DA LUZ

Como senhor da Dioniso era o Logos, o ente sagrado que traz a luz, a palavra da vida ao mundo as revelações que transformam e elevam os humanos acima da normalidade humana para a transcendência divina.

Os mitos sobre sua origem são confusos mas basicamente Dioniso antes conhecido como Zagreu seria filho da própria Perséfone com seu pai Zeus, antes deste consentir em seu rapto por Hades  e após ter sido destroçado pelos titãs foi seu coração resgatado por Atena e dado a Zeus que fez com que Sêmele uma mortal o ingerisse e dai ao possuí-la esta deu a luz ao deus que ao tornar-se adulto torna-se amante da própria mãe original...Perséfone...

A religião órfica foi um dos cultos de mistérios que mais veneraram a figura de Dioniso como o logos, o senhor da luz e dos mistérios.

Como deus dos mistérios, do ocultismo, das revelações e do vinho havia também o perigo do delírio e da loucura para àqueles que não estivessem preparados para enfrentarem o rosto luminoso do deus.

A iniciação ou o processo de iniciação seguido estritamente e conforme os ditames dos templos sagrados era essencial para que os devotos encontrassem frente aos mistérios do deus sem que com isto perdessem o juízo.

Jesus como Dioniso nasce de um deus e de uma mortal, mas somente depois desta mortal ser coberta pela virtude de Shekináh ou glória do altíssimo. Assim como Dioniso que só nasce da mortal Sêmele após esta ingeri-lhe o coração divino filho e herdeiro da divina Perséfone.

Enquanto nos mistérios heréticos cristãos Cristo torna-se depois amante da sabedoria na forma de Madalena o mesmo se dá com Dioniso só que esta mesma amante é sua própria mãe na encarnação original do Deus.

Por estas e outras assim como Mitra, Osíris dentre outros Dioniso é considerado uma das divindades que direta ou indiretamente contribuíram para a construção do próprio mito do Cristo segundo muitos estudiosos.

Um deus portanto que mesmo de forma indireta pode ainda hoje estar sendo venerado em todos os templos cristãos do mundo sob sua nova encarnação e roupagem...Jesus Cristo!

Heresia?

Não sei,!

Será?

Não nos esqueçamos como o vinho era e e é essencial no culto ao Cristo!

Amor e Luz!

Valter Taliesin


Vídeos sagrados

Gabriel Yared - The unfeeling kiss

Clint Mansell - Lux Aeterna


Angelo Badalamenti - Mysteries of love

Ryuichi Sakamoto - Energy Flow

Fonte Youtube









Fonte de imagens Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário