Google+ Badge

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

ZEUS...O Senhor Supremo

ZEUS

Dizem os cristãos da vertente judaizante atual que a figura de Deus venerada pelos cristãos oficiais não passa de uma adaptação da figura majestática do pai dos deuses greco/romanos...

ZEUS/JÚPITER.

Até o nome o designativo...DEUS viria da versão de seu nome romano DYAUS PÍTAR ou Júpiter...mas suas origens são ainda mais distantes chegando a mais de 4000AC ao ser identificado com DYAUS PITRA ou o pai do céu dos vedas hindus(Dyaus Pitra ( Dyauṣpitṛ द्यौष्पितृ ), literalmente " Pai Céu "é o antigo deus do céu do panteão védico e pai de Ushas ( Amanhecer ) e Ratri [noite].
No Rigveda , Dyaus Pita só aparece nos versos 1.89.4, 1.90.7, 1.164.33, 1.191.6 e 4.1.10, e apenas em 1.89.4 RV não Pitar Dyaus "Pai Celestial" aparecem ao lado de Mata Prithvi "Mãe Terra ".
Ele é, portanto, uma divindade muito marginal na mitologia rigvédico, mas sua importância intrínseca é visível a partir de seu ser o pai das principais divindades. Isso Dyaus era visto como o pai da Indra é conhecido apenas a partir de um verso, RV 4 .17.4:http://en.wikipedia.org/wiki/Dyaus_Pita) interessante que o termo DYAUS literalmente significa céu...portanto quando os humanos pensam em Deus pensam em céu, pensam nas regiões celestes. Pita ou Pítar é pai...portanto Pai céu ou Pai celeste ou Pai nosso que estais no céu são um e o mesmo designativo em diversa tradições para esta entidade supra natural...entretanto vale salientar que DYAUS PITA não estava só na tradição védica como vimos no texto citado acima... ao seu lado estava MATA PRITHVI, a mãe terra.

Zeus na mitologia grega é na verdade uma entidade de origem cretense.

Teria nascido nesta ilha e sido escondido por sua mãe a grande deusa da terra Réia  para que seu pai Cronos o senhor do tempo não o devorasse(em seu lugar usou o estratagema de dar uma pedra embrulhada em um cobertor para o deus comer) como fizera com seus irmãos. 

Assim viveu Zeus em uma caverna que se tornou centro de peregrinação por milhares de anos quando as civilizações grega, romana e da ásia menor floresciam. Zeus foi criado e alimentado pelo leite da cabra Amaltéia até que cresceu, se viu forte e enfrentou o pai pelo domínio do universo e para libertar seus irmãos, vencendo-o.

Estamos diante de um mito muito sugestivo e que revela a forma como os antigos entendiam os fenômenos naturais que lhes rodeavam, a natureza que lhes circundava, a imensidão dos céus sobre suas cabeças. 

O Céu ou o deus das altas esferas era de certa forma imortal mas não eterno nem perene. Era filho da terra e do tempo, tinha portanto imensa imortalidade e poder mas não a onipotência, a onipresência, a onisciência , a imutabilidade, a ilimitude e a eternidade que com o tempo o termo passou a ser associado a Deus.

Zeus galga posições; primeiro vencendo o pai, depois os titãs irmãos deste que quiseram vingá-lo e por fim por estratagemas como vimos no texto sobre Palas Atenas ...burla a profecia de Gaia a mãe suprema, sobre dois filhos que seriam tão poderosos e possíveis usurpadores de seu trono(engolindo a mãe grávida destes...Métis) e  pouco a pouco os próprios irmãos mais velhos, Poseidon e Hades com os quais tinha divido o poder universal ficando ele com os céus, Poseidon com a terra e Hades com os infernos, até atingir definitivamente no contexto mítico daqueles povos a posição de suserano supremo de tudo e todos...e a se crer nos cristãos judaizantes da atualidade... burlou até o cristianismo assumindo a posição de Deus pai sem que os fiéis de todas as eras dessem conta disto!

A figura do pai miticamente sempre foi severa, meio que distante da figura da mãe.

O pai é o grande provedor mas também o grande doutrinador, o grande chefe, aquele que governa que estabelece regras e que as aplica.

Estranho nos é que as religiões monoteístas tenham optado pela figura do pai e não da mãe quando criaram seus cultos mas como foram religiões criadas no calor e no alvor de momentos históricos onde situações limites exigiam medidas extremas e marcialidade visceral(os israelitas tendo que sair libertos do Egito, os discípulos do Cristo perseguidos e mortos e Maomé enfrentando a oposição das religiões pagãs da arábia) da para se entender o processo.

Foram momento síntese onde a figura do Deus pai se realça mais que a figura da mãe!

Na verdade se formos justos este movimento já começa com os arianos, na contagem mítica em torno de 6000 mil anos atrás e na oficial em torno de 3500.

Rama e suas hostes privilegiaram mais as figuras das divindades patriarcais como Indra, Varuna, Brihaspati(Júpiter ou Dyaus pita), Surya, Agni, Shiva, Vishnu e Brahma do que as figuras das mães apesar de diferente dos monoteístas não negá-las oficialmente mas oficialmente como contrapartes ou shaktis, poderes e consortes dos deuses.

NEGAR A FIGURA DA MÃE FOI A MAIOR BURRADA E IMBECILIDADE QUE OS MONOTEÍSTAS JÁ FIZERAM NO CONTEXTO RELIGIOSO DE TODA A HISTÓRIA UNIVERSAL!

Afinal como pode ter UM PAI SEM UMA MÃE!?

E pior ainda!

Como este pai único apesar de ser entendido como ESPÍRITO é na verdade tratado como UM MACHO SUPREMO!?

Percebam a forma como os fundamentalistas tratam  a divindade...

Não existe espaço na trindade para o feminino!

MESMO o Espírito Santo apesar de simbolismos claramente femininos como Shekinah, Glória de Deus, azeite de unção, pomba etc...é tratado como ELE...como macho!

Assim para eles se formos ser literais, o universo foi gerado por 3 machos supremos e o primeiro ser vivo terrestre ciente foi um macho.... 

E a mulher? 

E o feminino?

PARECE UMA VERDADEIRA ANOMALIA, UM ERRO DA CRIAÇÃO, UMA CONCESSÃO 'AMOROSA' DO PAI MACHO A SEU FILHO MACHO!!!

E não é de admirar que após a tal queda, após comer-se o fruto que CLARO, a mulher fez o 'pobre' homem comer e perecer através de uma serpente(outra imagem do feminino demonizado) a mulher tenha sido vista durante muito tempo como uma 'coisa' um objeto, pelos cultores da religião(alguns até duvidavam que tivesse...ALMA!!!) e como dizia Paulo...só se salvaria dando filhos aos homens e se mantendo submissas a estes - com certeza filhos machos - ai das estéreis e das que só traziam mulheres ao mundo!(1 Timóteo 2:15: "Salvar-se-á, porém, dando à luz filhos, se permanecer com modéstia na fé, no amor e na santificação" )Se um teólogo excepcional da envergadura de Paulo - um dos melhores que o mundo cristão e qualquer mundo já teve, e que excetuando uma ou outra pisada de bola como esta, tem uma visão profunda e fantástica da espiritualidade - tem uma cabeça destas referente a este tipo de assunto imagine o resto!!!

Aliás, antes de falar isto ai que se vê acima Paulo solta outra pérola machista...vejamos o texto completo(1 Timóteo 2:11-15 "A mulher aprenda em silêncio, com toda a sujeição. Não permito, porém, que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio. Porque primeiro foi formado Adão, depois Eva. E Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão. Salvar-se-á, porém, dando à luz filhos, se permanecer com modéstia na fé, no amor e na santificação".) o que só prova que nem sempre da mesma boa fonte fluem só águas puras e límpidas, as vezes alguns resquícios de mercúrio ou ferro vem junto!

Viram a completitude do absurdo?

Pois bem, teólogos e principalmente teólogas modernos dizem que aqui , que não é bem assim e coisa e tal, que temos que ler no contexto do que ele fala em geral e também do capítulo todo, do livro todo, etc....MAS....se formos ler isto no contexto de TODA a Bíblia, de toda a tradição patriarcal judaica de então e do mundo daquela região daquele tempo....

O TEXTO QUER DIZER O QUE ESTA DIZENDO E...PONTO!

Raríssimas eram as sociedades de então a partir de 2000AC quando a Bíblia começa tomar forma com a eleição de Abrahão, em que a mulher era mais que um objeto de troca para pais sedentos de adquirem dotes ricos com as tais e depois reprodutoras de herdeiros para seus maridos se perpetuarem e de filhas para trazerem dotes!

Creta talvez fosse um oásis igualitário (e olha lá, que ainda não temos tantos dados assim para tomarmos uma posição definida sobre o assunto como temerariamente muitos estudiosos vem fazendo)em meio a este verdadeiro deserto patriarcal!

Os bolsões celtas do ocidente ou nórdicos esta visão mais igualitária entre os sexos, fugindo das regiões onde o patriarcalismo mais vicejou no mediterrrâneo e oriente médio parecem ser realmente pólos reais deste tipo de sociedade mais igualitária!

O que queremos dizer com isto?

Que entendemos SIM que o monoteísmo pode SIM ser encarado como um avanço espiritual da humanidade até porque 'A FONTE' TEM QUE NECESSARIAMENTE SER ÚNICA...mas que ver na Fonte exclusivamente UM PAI NO CÉU E NÃO UMA MÃE NO CÉU TAMBÉM é um erro atroz!

Como dizia a música...DEUS É MENINA E MENINO ou seja; DEUS NÃO TEM NA VERDADE SEXO E NO ENTANTO OS DOIS SEXOS TEM ORIGEM EM DEUS!!!

Tanto homem quanto mulher SÃO IMAGO DEI!!!

Portanto talvez aqueles que entendem que o perspicaz e sagaz Zeus até hoje continua sendo cultuado e venerado, agora como Deus único através de sua imagem agora adaptada ao gosto cristão talvez não estejam de todos errados. 

Finalmente o monarca supremo do Olimpo pode ter destronado TODOS os demais deuses, transformando-os meros anjos seus e aos semideuses e heróis em santos e agora reina vivo e mais soberano do que nunca sobre tudo e todos!

Quem sabe não é mesmo?

Amor e Luz!

Valter Taliesin


Vídeos sagrados

VANGELIS

Cosmos


Spiral

Alpha

Mythodea

Fonte Youtube








Fonte de imagens Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário