Google+ Badge

sábado, 8 de fevereiro de 2014

EU TENHO FÉ...


Eu tenho fé que viveremos em um mundo onde cinegrafistas não sejam atingidos por rojões no exercício de sua função, ou melhor ainda;  que os motivos que o levaram a filmar não existam pois os causadores das desgraças do mundo estarão impedidos de desgraças causarem e assim não teremos motivos para irmos às ruas, para exigirmos o que nos é de direito e não haverá confrontos com a polícia nem muito menos pessoas escusas infiltradas no meio daqueles que exercitam sua cidadania. Haverá um povo que saberá intuitivamente quem escolher para governar a nação, os grupos e serão pessoas que saberão a hora de entrar e a hora de sair, e de fazer tudo com tal seriedade e integridade que o dever religioso ou espiritual em nada diferirá do laico pois o laico será tão sagrado quanto!
Usamos hoje em dia a frase estado laico com razão para separar joio do trigo e impedirmos que religiões fundamentalistas e exclusivistas ditem  as regras do jogo para quem pensa diferente e sente diferente. mas antevejo um dia em que o servidor público, seja ela de pequeno o grande escalão encararão suas funções como um verdadeiro sacerdócio e o cidadão encarará sua participação na vida pública como um verdadeiro exercício de sua lama, de seu eu maior na condução da vida da sua sociedade. REALMENTE uma sociedade sadia e perfeita não dissocia o espiritual do laico, mas é um espiritual que nasce e brota de dentro de cada um sem imposições de fora, é uma integridade entre espírito, alma, ego e corpo manifestando-se no coletivo que não deixa margem de dúvidas de que o mesmo cidadão que diz amo a Deus ama seus semelhantes também  e por isto exerce sua cidadania partir deste prima do amor pelo sagrado  em si e nos outros.

Eu tenho fé que viveremos em um mundo onde as barreiras nacionais, raciais, religiosas, deixarão de existir porque as pessoas saberão dialogar, interagir, compartilhar suas experiências e diferenças e assim aprender uma com as outras...NÃO...não penso em um mundo preto no branco sem a cor da diversidade ao contrário, vejo um mundo onde a diversidade brilhe qual joia da coroa  em uma humanidade cada vez mais pluralista mas igualitária no direito de cada um ser o que quiser ser sem que ninguém tenha nada com isto e fraterna o suficiente para entender as diferenças com o coração e a mente , Sofia e Logos casados e unidos alquimicamente dentro de nós projetando assim uma liberdade de Ser com responsabilidade que vê o livre ser como um ato de amor ao outro, onde o gigante evolutivo se ajoelhe amorosamente e ajude o pequeno a erguer-se e olhar mais além.


Eu tenho fé que viveremos em um mundo onde meio ambiente deixe de ser palavrão e uma palavra usual porque o holismo será algo absolutamente natural na mente e no coração dos humanos, esta ligação pura entre humanos e humanos, humanos e outros seres, humanos e o meio ambiente, e porque humanos? Porque somos o que destoa, o que denigre, o que impede de a luz finalmente brilhar e restaurar a vida unitiva em toda a terra, e mais ainda;  em TODAS as dimensões do Ser da terra. Somos os conscientes descerebrados...aqueles que pensam saber e nada sabem, pensam sentir e nada sentem, pensam fazer e nada fazem...presos a uma maia uma ilusão sem paralelo em nossa História evolutiva e que cresce como se fosse uma bolha inflada...mas tenho fé que este crescimento esta próximo de seu pico e a bolha estourará, o que advier disto dependerá do grau de consciência de cada um se um novo Éden  ou o próprio Inferno pois como disse, aparentamos ser conscientes mas estamos descerebrados, perdidos entre imagens e sons de separação e de egoísmo sem freio...há que se para isto um dia...e VAI PARAR!


Eu tenho fé que viveremos em um mundo que terá mais carnaval que cultos! Como isto, sois um herege e hedonista? NÃO! mas o verdadeiro carnaval era uma festa À VIDA, um verdadeiro culto à alegria, ao espírito da natureza, à liberdade humana! Era um toque genuíno de espiritualidade e de carne se amando e se tornando uma coisa só. Ondas de pura luz brilhavam nas alegrias dos humanos que participavam destas folias em pura união de sentidos e magia. O que degenerou a própria festa e 'endiabrou' a mesma foi a própria religião vendo trevas onde não havia e pecado onde não existia, adaptando um festejo, uma folia pagã para conceitos de culpa e pecado e fazendo com que toda a quarta feira pós festejos que deveria ser de descanso e relaxamento se tornassem em pura cinzas. Hoje o espiritualista talvez deva FUGIR do carnaval, mas antes não era assim pois era a própria vida da Mãe e dos deuses ou energias da natureza que eram evocados nestes festejos, energias em suma DE DENTRO DE  NÓS, das coisas mais íntimas dos humanos e eram inúmeros os oficiantes, magos, bruxas, sacerdotes e sacerdotisas que deles participavam.


Eu tenho por fim fé que viveremos em um mundo onde não haverá mais razão para eu expor minhas razões, pois haverá tal ligação espiritual entre os humanos que mesmo aqueles que tem opiniões diferentes se comunicarão num nível tão superior ao atual que automaticamente cada alma perceberá o que a outra pensa disto e daquilo e assim as ligações entre grupos de almas se darão cada vez mais por afinidade e não por necessidade. Hoje trabalhamos com quem não queremos, vivemos em casas com pessoas que suportamos porque nascemos dos mesmos pais, frequentamos igrejas com pessoas que não temos nada em comum porque ainda entendemos o conceito de Deus e de salvação pela forma primária da conversão personalística a um culto ou credo que supomos ser único depositário desta salvação...enfim fazemos tudo de forma NECESSÁRIA não AFIRMATIVA... chegará um dia em que cada um irá ao grupo que lhe sintoniza a alma, trabalhará com quem gosta e com o que gosta e sentir-se -á feliz em viver com quem partilha as mesmas energias...este 'gostar e desgostar' são meros termos descritivos, não espelham o que vejo de fato que é o acontecimento sagrado de duas almas por não serem absolutamente concordes não implicará em se odiarem mas de procurarem pessoas que afinam consigo mesmas para conviverem sem que estas diferenças façam de ambas inimigas mas amorosamente divergentes. Haverá um dia ainda mais especial onde haverá plena convergência? SIM, mas só o fato de darmos este pequeno mais gigantesco passo de tolerarmos nossas diferenças em amor já será o princípio do céu na terra.


Assim eu vejo um mundo novo crescendo e tomando forma dentro dos humanos de boa vontade e ganhando corpo em grupos que vibram nesta energia aqui na internet, em reuniões particulares ou públicas e que convergirá para um ponto onde haverá tal poder de energia criativa que do solo do que tiver sido destruído na explosão da grande bolha de coisas ilusórias, nascerá finalmente uma civilização que honrará a divindade que traz dentro de si.


Amor e luz

OM SHANTI SHANTI SHANTI

Valter Taliesin



VÍDEOS SAGRADOS

TRECHOS DE TRILHAS SONORAS

A última tentação de Cristo

O código da Vinci


Paixão de Cristo


kundun

Jesus de Nazaré

Asoka

Rei dos reis


Hair - Hare Krishna

FONTE YOUTUBE









FONTE DE IMAGENS GOOGLE




Nenhum comentário:

Postar um comentário