Google+ Badge

quarta-feira, 14 de maio de 2014

IMAGENS DA ALMA...




Ao nascer de mais um dia, tudo é lindo e maravilhoso. O caminho que se prossegue, a verdade que se faz presente e a vida que se expressa são os dons da plenitude Divina.

Sofia de Melo Volante

Aproveite ao máximo os momentos de alegria, para
agradecer tudo o que tem recebido da bondade divina.
Seja grato ao Criador e Pai que lhe dá tantos ensejos de
felicidade, e procure espalhar a maior alegria, o mais
sadio otimismo com todos os que o cercam.

A alegria é a saúde da alma,
e o otimismo é a alegria de amanhã.
Espalhe alegria em torno de si.


Sofia de Melo Volante


Ninguém pode construir        
em teu lugar as pontes que    
precisarás passar para          
atravessar o rio da vida. 
Ninguém, exceto tu, só tu.      
Existem, por certo, atalhos    
sem número, e pontes,             
e semideuses que se oferecerão     
para levar-te além do rio,      
mas isso te custaria a tua          
própria pessoa: tu te    
hipotecarias e te perderias.          
Existe no mundo um único         
caminho por onde só tu        
podes passar.              
Aonde leva?        
Não perguntes, segue-o! 


Sofia de Melo Volante
 
Há pessoas que não sabem o que é o sorriso, e por isso o trocam por uma lágrima. Não sabem o que é um canto, e o trocam por um grito de agonia. Não sabem o que é uma amizade, e a trocam pela antipatia. Não sabem o que é o amor, e o trocam por um grande ódio. Não sabem o que é a paz, e a trocam pela intriga. Não sabem o que é a verdade e a trocam por um mundo corrido de mentiras. Não sabem o que é uma flor, uma árvore, uma paisagem e trocam-nas por uma poluição desenfreada. Não sabem o que é o diálogo, e se trancam dentro de si mesmas. Não sabem o que é união, e vivem isoladas. Não sabem quem é Deus, e o trocam por superstições vazias. Não sabem o que é vida, e vivem trocando-a pela morte. Todas estas trocas são feitas porque o mais cómodo tem caminhos mais fáceis e que acabam por levar a lugar algum. Pelo contrário, apenas atrapalham, esvaziam, machucam, destroem.

Sofia de Melo Volante

Amar é reflectir e discernir, dando ao sentimento, sem leme, a direcção esclarecida e firme do conhecimento superior. É integrar o coração ao cérebro, fundindo sentimento e pensamento.
Para amar verdadeiramente, o ser deve dispor de profunda maturação íntima. Pela evolução, o ser se torna senhor da própria vida; o ser não evoluído é que se vê assaltado por sentimentos que nele se produzem, dominando-o , à revelia da sua vontade. O Amor real é uma decisão da vontade; algo que produzimos e não uma situação que nos aconteça, da qual somos meros espectadores e objectos. Cair apaixonado não é amor, pois o Amor é uma atitude constante na vida de quem ama, e não uma ocorrência fortuita. Somente é capaz de vivenciar um grande amor quem for capaz de educar-se impondo a si mesmo o exercício libertador da renúncia e da disciplina.


Sofia de Melo Volante


ORAR COM FÉ
Uma pobre mulher morava numa humilde casinha com a sua neta que estava muito doente.
Como não tinha dinheiro sequer para levá-la a um médico e vendo que apesar de seus muitos cuidados e remédios, a pobre criança piorava a cada dia, resolveu iniciar uma caminhada de duas horas até à cidade próxima em procura de ajuda.
Chegando no único hospital público da região, foi aconselhada a voltar para casa e trazer a neta para que fosse examinada.
Quando ia voltando, já desesperada por saber que a sua neta não conseguiria sequer levantar-se da cama sozinha, a senhora passou em frente de uma igreja e, como tinha muita fé em Deus, apesar de nunca ter entrado numa igreja, resolveu pedir ajuda.
Ao entrar, encontrou algumas senhoras ajoelhadas fazendo orações.
A mulher aproximou-se das senhoras, contou a sua história e pediu que incluíssem nas suas orações, a netinha querida.
Todas convidaram a sofrida senhora para juntar-se a elas e orar pela pequena.
Após quase uma hora de fervorosas orações e pedidos de intercessão ao Pai, as senhoras iam-se levantando quando a mulher disse:
- Eu também gostaria de fazer uma oração especial. E gostaria que vocês me acompanhassem.
Começou:
- Deus sou eu, a Maria. Olha, a minha neta está muito doente, Deus; assim, eu gostaria que o Senhor fosse lá curá-la. Deus, anota o que eu vou dizer onde fica.
As senhoras estranharam, mas continuaram ouvindo.
- Já está com a caneta, Deus? É muito fácil: o Senhor vai seguindo o caminho das pedras e quando passar o rio com a ponte, o Senhor entra na segunda estradinha de barro. Não vai errar, sim?
As senhoras que tudo acompanhavam, estranharam a oração e algumas até se esforçaram para não rir.
Ela continuou:
- Seguindo mais uns 20 minutinhos tem uma vendinha... O Senhor entra na rua a seguir ao pé de mangueira que o meu barraquinho é o último da rua. Pode ir entrando que não tem cachorro. Olha Deus, a porta ta trancada, mas a chave fica debaixo do tapetinho vermelho na entrada. O Senhor pega a chave, entra e cura a minha netinha, por favor.
Mas olha só, Deus, por favor, não esquece de colocar a chave de novo em baixo do tapetinho vermelho senão eu não consigo entrar quando chegar em casa... Muito obrigada, obrigada mesmo, meu Deus. Conto com o Senhor!
A esta altura algumas senhoras já não continham os sorrisos, outras estavam surpresas e algumas aconselharam a velha senhora:
- Olha, Dona Maria, as orações não funcionam assim... Existe uma maneira correcta de rezar e pedir as graças desejadas... Se preferir, continuamos rezando mais alguns minutos por sua neta e a senhora pode voltar para sua casa, está bem?
A mulher acenou com a cabeça, agradeceu e sentiu-se desconsolada, pois nem rezar por sua neta conseguiu fazer direito.
Chegando em casa, ao entrar, assustou-se ao ver a neta correndo ao seu encontro.
Cheia de alegria e felicidade, deu um grande e caloroso abraço na menina, dizendo:
- Minha neta, você está de pé! Como é possível?!?
E a menina, olhando carinhosamente para a avó, disse:
- Eu ouvi um barulho na porta e pensei que era a senhora voltando; porém, entrou um homem no meu quarto, muito alto, vestido de branco e mandou que eu levantasse. Não sei como, mas eu simplesmente levantei.
E com os olhos cheios de lágrimas, a menina continuou.
- Depois ele sorriu, beijou minha testa e disse que tinha de ir embora, mas pediu que eu avisasse a senhora que ele ia deixar a chave em baixo do tapetinho vermelho...

Resumindo: Não importa como ou a forma que você reza. O que importa é o coração puro e a fé que você coloca em suas orações. Peça com fé, e você receberá


Sofia de Melo Volante

VÍDEOS SAGRADOS









FONTE YOUTUBE







FONTE DE IMAGENS GOOGLE

Nenhum comentário:

Postar um comentário