Google+ Badge

sexta-feira, 27 de junho de 2014

DA PROFUNDA E SILENCIOSA ESCURIDÃO RAIOU A LUZ E A CANÇÃO DAS ERAS...

Nossos começos...

Tristes começos quando não estão alicerçados na Luz.

Estar alicerçado na Luz é estar fundamentado na Verdade.

O que é a Verdade?
Pergunta Pilatos a um Jesus todo vilipendiado e prestes a morrer crucificado.
O texto bíblico silencia, Jesus nada diz para Pilatos além daquilo que falou inicialmente e que levou à pergunta do potentado romano.

LUZ E VERDADE!


Colunas no Templo da Eternidade que emanam do grande e misterioso Profundo Silencio.

O Silencio veio antes de todas as coisas!

No Profundo Silencio, o AIN, o Nada esta a potencia do Som e de todas as coisas.
O mais perfeito som nasce do mais pleno silêncio.
O mais belo canto encontra numa alma calma seu mais profundo nascedouro.
A palavra de poder criativa nasce daquele ponto onde não há murmúrio nem contradição.
A Fé Perfeita não é a barulhenta gritaria, nem mesmo a litanias dos cantos e mantras. Estes são somente ferramentas para o verdadeiro milagre da fé.
A Fé Perfeita é a calma, serena e silenciosa segurança de que nada esta fora do controle e de que todas as coisas são possíveis no Oceano das grandes possibilidades divinas.


O começo, o bom começo é portanto essencial para 90% das boas coisas, para que estas realmente funcionem, para que estas deem frutos e frutos tais que permaneçam, se estabeleçam, frutos de árvores que criam raízes numa terra boa e produtiva.
Porque digo noventa?
Porque sempre devemos abrir mão para que maus começos tenham chance de entrarem nos eixos e ressurgirem mais à frente como consagradores e curadores...RECOMEÇOS!

Desta forma a Luz e a Verdade são esta terra!

A Luz e a Verdade são esta boa e produtiva terra que propicia um começo não só auspicioso mas seguro para quem quer evoluir, crescer, tornar-se UM com a divindade imanente, emanente no universo.

A Luz é a primeira manifestação visível e audível do grande Silencio original, o transcendente!

No espaço profundo não há barulho ou propagação de som audível em nossa faixa de audição mas no centro da explosão de Luz todos os barulhos foram audíveis naquele primeiro e inigualável dia cósmico!

A Verdade é o cerne desta Luz, o primeiro Fiat dela nascente!

E ATÉ HOJE A VERDADE CAUSA BARULHO!


A Verdade portanto é o ponto original de onde toda a Luz promana e emana!

E porque a Verdade causa barulho? 

Porque onde ela reaparece, renasce, ela recria!

Recria e transborda de vida o que antes estava amorfo e morto!

Verdade que é Luz Manifesta!

Luz que leva em seus raios a Vida, pontículos de luz que se tornam em contato com a negritude original dimensões, universos, mundos, seres vivos, seres cientes e por fim conscientes do que são, de onde vieram e para onde vão...
Assim a negritude original, o silêncio tão Nada se revela potencialmente repleto de possibilidades de vida em contato com os raios do fiat de lux original.
O Espaço conceitual Ilimitado se torna a grandeYoni poderosa que a Luz Ilimitada, o grande Linguan penetra revelando a vida oculta!


O Mistério Divino Uno e depois da Deusa e do Deus consiste nisto:

No grande AIN Silencioso, o Nada conceitual(que alguns identificam como Pai), o manto negro, a Grande Mãe, o AIN SOF, o espaço  ilimitado É, sempre e eternamente...Nela se manifesta(não nasce ou é criado) eternamente de forma misteriosa e inigualável o Deus transcendente, o AIN SOF AUR ou A Luz Ilimitada(O Filho)!
Deste em contato pleno com a Mãe é que nascem e são criadas as demais emanações de vida, a Vida Universal(A Filha)!
O fato é que esta Luz Ilimitada nunca foi criada, ou nasceu porque SEMPRE esteve ali no seio do Espaço Ilimitado. O fiat de lux que dá vida ao mundo em redor é meramente sua Vontade em ser expansão através de uma fração de si mesmo!

UM RAIO QUE RASGA A ESCURIDÃO ORIGINAL E EXPLODE EM VIDA!!!


A Verdade portanto e a revelação da luz criativa  é a VONTADE da luz ilimitada em expandir, crescer a partir de uma ínfima manifestação ou ponto de si mesmo miríades de formas de vida e onde ela chega e toca no imenso negro espacial cria e transborda de vida!

Este ato de Vontade recebe o nome de AMOR!

Este desejo de penetrar a Yoni da Grande Mãe, do Linguam supremo, é Amor em ação!

Neste ato de amor Mãe se torna Filha, Filho se torna Pai, Pai se torna Filho, e simplesmente nos perdermos em termos tentando definir aquilo que palavras apenas resvalam!
Mas a título de meditação podemos tomar aqui as palavras ditas até agora como um referencial interior para meditarmos...mais nada!


O desejo de criar vidas e partilhar depois com elas sua Vida verdadeira é Amor em sua mais infinita e bela expressão!
Sem limites, pois o fiat de luz pode ser conceitualmente explicado como um ponto, um raio que se expande em miríades de raio mas NUNCA se esgota ou conhece limites criativos e expansivos!
Seria como se do útero ilimitado fluísse este raio de luz ilimitada que por sua vez tocasse 'por fora' este Útero Supremo penetrando-o novamente e retirando dali mais e mais criação divina!


O TZIMTZUM explica diferente, explica isto como uma contração deste espaço em si mesma criando uma anomalia 'não existencial espacial divina' onde a luz jorra e cria os mundos.
Esta a meu ver é uma tentativa de criar uma explicação que afaste criatura de Criador ao menos espacialmente ainda que não conceitualmente(a luz)...todavia para mim vermos a Luz fluindo de dentro do Grande Ilimitado espaço interior divino e jorrando-se depois e penetrando-o novamente 'por fora' em diversos pontos agora espacialmente localizados e temporais neste grande Ilimitado Espaço e dai retirando vida explica da mesma forma a conceituação da vida universal como Luz e preserva o Ilimitado espacial só para Deus(a). Para mim soa menos anômalo e bizarro(mas ainda assim o é) que Deus(a) criando em si um não espaço para ali criar os mundos pois afinal...

COMO O ILIMITADO PODERIA IMPOR-SE LIMITES SEM DEIXAR DE SER ILIMITADO?!


Talvez uma explicação mais simples mas extremamente panteísta(o horror dos monoteístas em geral) seria em dizermos que NUNCA saímos de dentro da divindade pois na verdade nunca houve 'dentro ou fora'...Nela tudo é uma constante, tanto as trevas do espaço ilimitado quanto a luz que tudo preenche, coexistindo ambas num devir eterno, e dando pela conjunção entre si vida a todas as formas existenciais e apenas sensorialmente percebemos isto como espacial e temporal por nossa limitação nada mais e que a medida que evoluímos conscientemente optamos por uma Lei Natural oculta neste TODO que nos rodeia e que nos definirá como entidades cada vez mais sintonizadas com esta Luz consciente que tudo preenche e mais distantes sensorialmente das Trevas inconscientes que também eternamente ali sempre estarão e o inverso se dará com quem faz a opção contrária!

Termos! Termos! Termos!

O fato é que quanto mais nos apercebemos destas verdades os termos se tornam...BIZARROS, difíceis e nossos malabarismos interpretativos soam como crianças tentando atingir a maturidade precoce!

Será que em algum ponto da tal 'escada de Jacó' emanente e evolutiva existem seres que captam com perfeição estas verdades?

Ou isto será sempre um mistério profundo e de foro íntimo de AIN, AIN SOF E AIN SOF AUR?


Seja como for, neste ato de criar e de se expandir percebemos então uma outra coisa, uma outra conceituação eterna desta LUZ/VERDADE original...

A SABEDORIA!

A Sabedoria é portanto o centro de onde procede todas as manifestações de vida, toda sua complexidade, profundidade, pureza, originalidade e formas...seria a Grande Sofia, a Filha Divina, A Vida universal!

Neste ponto a Luz passa a ser conhecida como a Grande INTELIGÊNCIA Criativa, o Grande Ser. Tornasse assim de certa forma a Personalidade Divina para o que esta sendo criado e Dela jorra o CONHECIMENTO que alimenta as almas criadas, nascidas do mais profundo mistério. Conhecimento este que é mais relacional que instrutivo...
Quanto mais nos relacionamos com a Luz em sua expressão personal de Inteligência Cósmica Suprema mais de sua Sabedoria, de seu Amor e de sua Vontade adquirimos e percebemos em nós e além de nós!


Assim como a Luz Ilimitada É, sem fim dentro do Grande Espaço sem fim, estes são em Si o Grande Mistério do Silencio Supremo... o Ain!

E cada ser vivo tanto carrega dentro de si a Luz Ilimitada quanto o Espaço Ilimitado em conceito(expansão da consciência) e em gênero(macho e fêmea)...a dualidade em si não é o Mal, o Mal esta em fazer da dualidade motivo de separação não de unidade...o Mal esta em deturpar o que na base de todas as coisas é a mais bela manifestação divina; a união sagrada entre Pai e Mãe da Vida.
A dualidade surge no espaço/tempo do que esta sendo criado para que haja através do Amor a unificação de entidades inteligentes e cientes assim como é o Pai/Mãe do Céu e não a separação progressiva entre elas nem muito menos perene!

Assim por fim nas criaturas vivas, nos seres cientes e conscientes surge A LIBERDADE a grande marcar da divindade nos seres conscienciais...


A Liberdade é como que um selo que diz...este ser não só é livre mas é completamente responsável por sua GRAÇA E SUA DESGRAÇA!

A Liberdade é portanto dual...Dharma e Carma...Responsabilidade e Escolha!

A cada dia que escolhemos provamos que somos conscientes e livres e sendo assim optamos entre carmas positivos e negativos, optamos inclusive em transmutar energias, optamos em favorecer ou não o Dharma que alguns chamam Lei Divina ou Natural e assim progressivamente desta Liberdade surge com o passar das eras e da concreta evolução dos seres vivos a radiante BELEZA Divina em todo o seu esplendor e em sua completa representação do propósito original de toda vida.

AQUILO QUE CHAMAM DE REINO DE DEUS!


Começos...

Viajamos através da imaginação e da meditação neste profundo e infindável oceano de possibilidades que é nossa interatividade com A Fonte de toda vida!
Longe de querermos ser donos da Verdade Suprema nos sentimos como pesquisadores curiosos da mesma através da intuição, do raciocínio, da lógica e porque não? Da fantasia, pois esta está longe de significar ilusão ou mentira; significa nossa capacidade de sonhar, 'curiar' , imaginar e assim nos descobrirmos dentro de nós tão criativos quanto nosso Pai e Mãe do Céu!
Algo único que só os seres que atingem o estágio de consciência podem e DEVEM fazer!


Verdade e Luz!

Valter Taliesin


VÍDEOS SAGRADOS 

ARVO PART

Tabula Rasa

Magnificat

Frates

Spiegel im Spiegel

Silentium

Triodiom

Te Deum

Salve Regina

FONTE YOUTUBE










FONTE DE IMAGEM GOOGLE

Nenhum comentário:

Postar um comentário