Google+ Badge

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

DEUS: O Divino Mistério Revelando-se em Todas as suas Faces Perceptíveis...















Uma escadaria SEMPRE tem algo simbólico, alegórico, figurado e metafórico para nos dizer.

Alex(Valter)


Já ouvi juras de amor que com o tempo se mostraram sem sentido nenhum mas NUNCA fiz uma que não fizesse sentido...quando eu digo...EU TE AMO...o inferno estremece porque SABE que é Verdade...

Alex(Valter)


Quais as coisas mais importantes neste momento em sua vida?
De um a 10 quantas você poderia citar?
Não falo das coisas que você por sua compreensão do que seja ou não prioritário entende ser necessário mas as coisas que verdadeiramente você deseja!
Agora sim, consegues imaginar 10 outras coisas que entendes prioritárias essenciais para o bem viver do humano em geral?
Quanto destas 10 coisas batem com as 10 que você mais deseja?
Se houver uma sincronicidade perfeita entre as duas listas não é porque você finalmente encontrou a perfeição mas encontrou o que pulsa e vibra dentro de sua alma.
Talvez nem mesmo as 10 coisas que você entende por essenciais o sejam realmente mas a boa quantidade de correlação entre o que vibra em si e seus desejos é bom sinal de que alma e personalidade estão no mesmo grau evolutivo.
E então, dai para uma melhor compreensão do que realmente seja essencial na vida, caso isto seja necessário, será muito mais fácil e fluirá com muito mais desenvoltura.
Desejo e Necessidade assim pulsarão em sintonia e poderão descobrir a Essencialidade real com absoluta coerência entre o Manifestar de Deus, o Pulsar da Alma e o Agir do Ego.
Será assim efetivamente Deus agindo na terra.

SOHAM!!!

Valter Taliesin




A humanidade se faz escrava quando não lembra o que É e o que pode fazer.
Precisamos nos livrar das amarras que nos prendem e que são forjadas pelas nossas interações que se tornam verdadeiras algemas quando não há verdadeiro amor e verdadeira liberdade.
Liberdade e Amor...
Amor e Liberdade...
Mais que pensar e falar precisamos viver estes atributos divinos dia a dia, momento a momento, segundo a segundo.
Sem isto não passarão de meros conceitos, de meras idealizações!
Esta a surgir uma humanidade que não teme tais palavras, não teme o ônus de dor em que elas implicam nos dias atuais pois olham com olhares repletos de fé e de esperança o potencial de luz que elas reservam a quem à elas se entrega sem reservas.
A momentânea tribulação como diz Paulo não há que se comparar com nossa glória futura.
Assim neste mundo onde o dual se tornou confronto e não casamento, acasalamento, união... quando resolvemos viver plenamente os mistérios do amor e da liberdade o preço SIM pode ser extremamente alto, mas não se compara com o que pode eclodir dele e a partir dele...deste preço!
Difícil falarmos cada dia e cada momento as mesmas coisas e nada de efetivo vermos as vezes dentro de nós mesmos.
Assim a opção qual é?
Deixarmos de falar e vivermos...pura e simplesmente!
Isto que talvez nos falte neste momento sublime de nossa encarnação!

Amor, Liberdade e Luz...

Valter Taliesin

Aparência e Essencialidade realmente não combinam...
O Aparente é o que a mente inferior julga...
O Essencial de nada nem por ninguém é julgado
mas manifesto pelo Logos na mente superior e pela
Sabedoria dentro do coração.
O Aparente se calcula e se mesura e com raras exceções
SEMPRE se erra e se acerta, algumas vezes mais  ou menos...
O Essencial é imensurável...
O riso de luz é o essencial que pulsa através da alma vibrante mesmo em meio as dores da vida, a tal profunda e salgada tristeza.
Ou seja, a essencial a luz divina transparece em um riso APESAR da profunda e salgada tristeza.
O aparente portanto é a tristeza...a luz divina é a essencial...
Ela é  ENERGIA que pulsa vida na alma mesmo na dor mais profunda...dai que jamais podemos julgar alguém quer pelo riso ou pela seriedade...
A seriedade, o olhar fixo e firme, sério pode revelar uma alma em profunda paz não angustiada, enquanto o riso histérico uma alma em profunda agonia.
O riso iluminado por outro lado ou a seriedade introspectiva podem revelar tanto uma alma que sofre mas transcende o sofrimento e o transmuta em profunda alegria com o sagrado em si quanto uma alma profundamente calma e serena e absolutamente fechada para o regozijo supérfluo.
Em suma; quem se fixa no aparente para julgar pessoas dão sempre com os burros na água...ponto!
Quem percebe o essencial por trás das coisas a ninguém julga e por ninguém se permite ser julgado ou seja; não funciona pelo que as pessoas pensam ou falam de si mesmo.

Paz e Bem

Valter Taliesin



Precioso é o momento da meditação e da oração...
Momento quando o coração e a mente se fixam
no Centro e elevam a Ele todas as coisas periféricas
que lhes gastam a alma.
Na meditação esquecemos o tempo/espaço e
penetramos num ponto da eternidade.
Na oração pegamos espaço/tempo e suas interações
e colocamos naquele ponto de eternidade confiando
que serão curados e libertos do que nos aprisiona a
repetirmos sempre as mesmas coisas que escravizam
os humanos a milênios.
EM UMA SOU UM COM O ETERNO...
NA OUTRA O ETERNO É TUDO PARA MIM...
Uma nada me faz querer pois sou pleno...
A outra me faz SER dia a dia esta plenitude em ação no mundo das formas, reformas, contrarreformas, contrições, contrafações, contribuições e relações...
Uma É a outra me faz SER...
Uma é Centro a outra é Foco...
Uma é Divindade a outra é Vida...
Sendo assim interpreto o meditar
como alguns mais importante que o orar?
De forma alguma pois AMBOS pertencem a esfera do homem encarnado, por mais evoluído que este seja e se complementam.
Meditar me leva a estar em Deus...
Orar me leva a navegar no oceano divino de possibilidades...
Mas ambos são coisas necessárias e acessíveis ao humano encarnado, a nós que estamos na esfera de cá...
Quem se realizou e já adentrou o Nirvana não necessita nem de uma nem de outra POIS É UM com Ele sem interrupções;
E pasmem!
Dizem  que alguns realizaram isto em vida terrena!
Dai foi só na hora em que quiseram se mandar daqui para o lugar nenhum... e todo lugar,  que isto fizeram e como vão para lugar nenhum e para todo lugar acaba que algumas vezes trombamos com um ou outro deles aqui quando bem querem, nos olhando com aqueles olhos de puro infinito e dizendo...
Eu Sou você amanhã ou quem sabe...
 Eu Nada Sou e Tu também um dia Nada Serás!

Valter Taliesin

Serei sempre em tuas mãos Senhor/Senhora
da vida um Vaso...
Nesta vida nada é mais excitante do que ser
moldado pelo Espírito divino em nós.
Ser um vaso do Espírito divino é ser não só
moldado em vaso de honra mas um vaso
repleto de coisas boas e sagradas.
O azeite da unção divina é uma das coisas
que preenchem o vaso de honra.
O azeite nos fala de consagração, de separação.
Deus em nós quando nos preenche de sua
sagrada essência nos torna transbordantes
de bençãos para nós e para todos os que nos
rodeiam.
Deus não é o azeite mas o azeite é o veio, o rio
que flui de Deus em nós e por nós para tudo
e todos com os quais temos contato.
Preenchidos deste azeite podemos assim
perceber o quanto somos úteis ao divino, o
quanto podemos iluminar vidas que se aproximam
de nós pois uma das funções do azeite é servir
de combustível para que a luz se faça em
ambientes escuros.
Do vaso de honra repleto de azeite flui para
candeias, candeeiros, lamparinas o liquido sagrado
para que possa haver no ambiente luz, para que
as densas trevas deem lugar à luz que possibilita
a visão profunda e clara de tudo o que nos rodeia.
Seja um vaso de honra repleto de azeite.
Ou ao menos seja um candeeiro, uma candeia,
uma lamparina recebendo do vaso o azeite que
encherá o mundo ao redor de luz.
No trabalho espiritual nem sempre todos podem
ser absolutamente tudo e iguais em tudo, aliás;
mesmo entre os vasos há diferenças de qualidade,
tamanho, material, desenhos, profundidade, etc...
Mas o importante é que cada vaso, cada candeia,
cada candeeiro, cada lamparina faça o seu melhor,
de o melhor de si para que a escuridão da ignorância,
ou mesmo do simples oculto e velado, possam ser
descerrados e um novo mundo, um mundo que se
revele em toda a sua complexidade e beleza possa
se revelar diante dos olhos de quem vê e mudar integral
e completamente a vida deste...para melhor claro.

Amor e Luz

Valter Taliesin


Lembranças dos tempos em que não eramos somente massa de manobra de meia duzia de imbecis mas a força que movia mundos...

Lembranças de um tempo em que eramos conteúdo e não vasilhames vazios e muitas vezes trincados ou pior; quebrados...

Lembranças de um tempo em que optamos por aqui vir e viver esta aventura e não imposições de carmas negativos que nós mesmos criamos por nossas dificuldades em sermos luz do mundo e sal da terra.

Lembranças das palavras ditas e alicerçadas em pensamentos ungidos e estes alicerçados em uma vontade firmada no amor e não das firulas gramaticais e verbais dos dias atuais que as almas usam para se desculpar envergonhadas de suas próprias personalidades exacerbadas que jogam contra o próprio patrimônio.

Lembranças de quando sabíamos o que era essencial, o que era necessário, o que era escolha, o que era circunstancial e o que era bom mas supérfluo e não valia vender a própria alma para consegui-lo por melhor e prazeroso que fosse.

Lembranças de um tempo que uma música te dizia mil frases em uma única estrofe e o Amor Verdadeiro em uma única nota e quando extensas, longas, verdadeiras odes, simplesmente te fazia vibrar sem parar em outros níveis do Ser e não vontade tapar os ouvidos com cera ou desejar ser sudo para não ouvir aquilo...

Lembranças de um tempo onde caminhar pelas ruas era um deleite não uma missão para Robocop ou tropa de elite...

Lembranças enfim de um tempo que não precisava eu estar aqui, cá, agora escrevendo e falando sobre...LEMBRANÇAS!

E vejam bem, falei de lembranças não de saudades pois lembrar evita cometer-se erros e nos da vontade férrea, sagrada para mudarmos o mundo...saudade implica em desejar que o passado volte e isto não faz nenhum sentido para mim se estou querendo construir algo novo!

Valter Taliesin



A Grande liberação de Amor Divino vem agora e vai tocando progressivamente vidas que se percebem sagradas diante do divino dentro de si.
O Amor divino toca e cura vidas todos os dias, todos os momentos. Todos os instantes pessoas se permitem sentir Deus dentro delas e a partir delas operando o Amor no mundo.

Esta grande liberação de Amor tem em si o cerne da Sabedoria divina, este toque de Deus com este toque feminino, do eterno sagrado feminino. Este feminino que como  A Mãe envolve filhos e filhas em seu regaço. Que como a Mãe , cuida e vela por cada um de seus filhos e filhas...
Sabedoria...Sophia...Sofia...

Esta Mãe e este Amor estão no centro do atuar da Vontade divina. Esta Vontade que como um Pai promove no mundo o querer de Deus. Que como um Pai exerce o controle, a direção e o rumo das coisas.
Esta Vontade que é tolerante sim mas enérgica em impedir que o mal impere no mundo e que seus filhos e filhas se percam pela vida.
Esta Vontade que como Logos...Palavra criativa gera e cria novos mundos.

Deste Amor, desta Sabedoria, desta Vontade gera-se todas as coisas em todos os mundos de manifestação de Deus.

Gera-se a Paz que excede todo o entendimento e toda compreensão.

Gera-se a Verdade que é o centro revelador de todos os mistérios divinos.

Gera-se a Inteligência criativa que tudo coordena nos universos de Deus.

Gera-se o Conhecimento onde não há sombras nem variações.

Gera-se a Liberdade que nos faz escolher conscientemente nossos caminhas na vida.

Gera-se a Prosperidade que é nosso caminhar iluminado pelo mundo.

Gera-se a Abundância que é nosso senso de plenitude nesta iluminação.

Gera-se a Justiça que é o equilíbrio entre o querer e o fazer, o árbitro entre acertos e erros.

Gera-se a Cura que remove todos os obstáculos internos e externos para nossa expressão.

Gera-se a Beleza, algo vindo de dentro mais que exposta fora, algo que se torna ligado absolutamente aos filhos e filhas de Deus.

Gera-se a Fraternidade entre os humanos, que constrói pontos e através destes, pontes de ligação entre humanos e humanos...

Gera-se a Igualdade entre irmãos e irmãs, filhos e filhas de um mesmo Pai e Mãe do céu em Amor e em profunda Graça.

Gera-se a Iniciação nos mistérios divinos, pois progressivamente vamos mais e mais conhecendo o divino em nós pulsante...

Gera-se a União das chamas gêmeas, estas entidades sagradas ligadas por luzes que entre regozijo e dor formam experiência e um aprofundar supremo nesta Vontade, Sabedoria e Amor...

Gera-se Caminhos abertos diante dos caminhantes para que os possam trilhar sem medos e vencendo todas as oposições...

Gera-se Vitória sobre vitória sobre tais oposições, vencedores que vencem e curam o mundo no processo!

Gera-se Felicidade, plena e viva dentro, através e ao redor de nós, felicidade que se expande, se expande, se expande envolvendo tudo e todos...

Gera-se Unidade em Deus pura e simplesmente, Unidade que não precisa mais ser nem adjetivada nem substantivada mas apenas É...

SOHAM!

Valter Taliesin


VÍDEOS SAGRADOS

MÚSICA CELTA














FONTE YOUTUBE





FONTE DE IMAGENS GOOGLE



Nenhum comentário:

Postar um comentário