Google+ Badge

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

DEUS NAS PEQUENAS MAS DECISIVAS COISAS...

O silêncio interior é o ponto de encontro da alma com Deus .

Sofia de Melo Volante

Somos livres para escolher e prisioneiros das consequências.

Sofia de Melo Volante

Quando não puder contar com ninguém, conta consigo mesmo, pois que em você habita todo um universo de ser.

Sofia de Melo Volante

TODAS AS PESSOAS QUE PASSAM EM NOSSAS VIDAS
NÃO NOS DEIXAM SÓ,
NEM VÃO SÓ,
DEIXAM UM POUCO DE SÍ,
LEVANDO UM POUCO DE NÓS.


Sofia de Melo Volante

Se pudéssemos ter consciência do 
quanto nossa vida é passageira, 
talvez pensássemos duas vezes 
antes de jogar fora as oportunidades 
que temos de ser e fazer os 
outros felizes...


Sofia de Melo Volante

A amizade verdadeira não é cega,
mas se enxerga defeitos nos corações amigos,
sabe amá-los e entendê-los mesmo assim.
Se Jesus nos recomendou amar os inimigos,
imaginemos com que imenso amor
nos compete amar
aqueles que nos oferecem o coração.


Sofia de Melo Volante

Eu aprendi...
Que não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito;
Eu aprendi...
Que ignorar os fatos não os altera; 
Eu aprendi...
Que deveríamos ser gratos a Deus por não nos dar tudo que lhe pedimos;
Eu aprendi...
Que são os pequenos acontecimentos diários que tornam a vida espectacular...


Sofia de Melo Volante

Que silêncio denso
Preenche os cantos
Quando penso em escutar os sons
Que identificam essa hora,
Mas não demoro prá perceber,
que agora
O som mais alto que escuto,
Está mais dentro de mim
Do que do lado de fora.


Sofia de Melo Volante

A menina que cresceu ouvindo coisas e pensou que jamais entenderia. A menina que mergulhava-se em pensamentos, para se refugiar em um mundo melhor. A menina que sabia equilibrar ingenuidade com sabedoria. A menina que amadureceu, mas que ainda sim, mantém a cabeça nas nuvens. A menina que não teve medo de chorar, tentar e conseguir. A menina que quer conquistar o mundo, com o seu jeito verdadeiro de ser. A menina que aprendeu a ser realista sem perder o otimismo, a fé e que nunca deixou de sonhar. A menina que mesmo brigando, é doce. A menina que vive cercada de pessoas essenciais e que ela leva consigo, guardada no coração. A menina que aprendeu com os erros, alegrou-se com os acertos, e enfrentou seus desafios de cabeça erguida. A menina que mesmo com as perdas, ganhou, que mesmo com o sofrimento, se alegrou, e que com todos os problemas que a vida proporcionou, nunca perdeu a sua essência interior.

Sofia de Melo Volante

Segue nos ventos como a ave segue,
Sonha teu sonho, busca realizá-lo,
dança tua dança no mais doce embalo,
canta teu canto, sê feliz e alegre.

Vai por caminho em que te banha a luz
das infinitas bençãos do Universo.
Toca teu barco - livre - em mar aberto,
vai confiante em Deus que te conduz.

Põe nos teus passos determinação,
segue tua alma e a voz do coração,
pois quem te guia sabe dos teus medos.

Confia em ti: tua força é inacabável.
O teu poder é sempre redobrável.
Para a coragem Deus não tem segredos!


Sofia de Melo Volante

A beleza de uma mulher não está
nas roupas que ela usa,
na imagem que ela carrega,
ou na maneira que ela penteia
os cabelos.
A beleza da mulher tem que
ser vista a partir dos
seus olhos, porque essa
é a porta para o seu coração,
o lugar onde o amor reside.
A beleza da mulher não está
nas marcas do seu rosto.
Mas a verdadeira beleza
numa mulher está refletida
na sua alma, está no cuidado
que ela amorosamente tem
(pelos outros), a paixão
que ela demonstra.
E a beleza de uma mulher
com o passar dos anos,
apenas cresce!


Sofia de Melo Volante

Amar é uma palavra sagrada
Pureza que vem do coração
Vai nascendo de um nada
Mais de tudo é razão...
Amar...
É um sentimento profundo
Grandioso e sem igual
Supera tudo no mundo
Até mesmo o ódio e o mal....
Amar...
É saber perdoar
É saber padecer
É sorrir e também chorar
É a razão do viver....
Amar...
É a mágica força que conduz a humanidade
É ter a esperança e encontrar felicidade.
Isso sim é amar.


Sofia de Melo Volante

A vida nos propõe caminhos
e não sabemos quais seguir
são tantos já traçados
são tantos para onde ir
Entre o medo e a insegurança;
entre o sim e não;
Quem nos guiará,
o amor ou a razão?
As incertezas nos cercam,
nos tomam conta as ansiedades,
são dúvidas que nos afligem,
São mentiras e verdades
Basta vivermos cada dia
para aprendermos a lição,
cada um nessa vida
tem que cumprir sua missão
É um fato a ser lembrado,
um segredo a ser escondido,
são planos a serem traçados
e sonhos para serem vividos.


Sofia de Melo Volante

Amigo é o horizonte mais sereno ao amanhecer.
é o sol que se põe brilhante, ao anoitecer.
É ternura, entusiasmo, é renascer a cada dia,
ser fiel a quem se quer na amizade que principia!
É aconchego, descanso, é porto seguro, sempre futuro.
é guarida, a sinceridade que a alma sustenta,
é um ombro a mais que debruça, que ampara e alimenta!
Amigo é o vinho que não embriaga, mas que anima.
é o calor que não queima, aquece!
é o amparo e o sossego. Em tudo combina!
Alguém que silencia, mas nunca emudece.
É o remédio pra todos os males.
É o degrau mais alto de uma escada infinda!
Alguém que sempre bate à porta.
Quando? a qualquer hora! não importa!
Amigo é o melhor caminho pra ir e voltar,
pra sorrir e saborear em todos os momentos:
no silêncio, na alegria...


Sofia de Melo Volante

A oração nem sempre nos retira do sofrimento, mas sempre nos reveste de forças para suportá-lo.
Não nos afasta os problemas do quotidiano, entretanto, nos clareia o raciocínio, a fim de resolve-los com segurança.
Não nos modifica as pessoas difíceis dos quadros de convivência, no entanto, nos ilumina os sentimentos, de modo a aceitá-las como são.
Nem sempre nos cura as enfermidades, contudo, em qualquer ocasião, nos fortalece para o tratamento preciso.
Não nos imuniza contra a tentação, mas nos multiplica as energias para que lhe evitemos a intromissão, sempre a desdobrar-se, através de influências obsessivas.
Não nos livra da injúria e da perseguição, entretanto, se quisermos, ei-la que nos sugere o silêncio, dentro do qual deixaremos de ser instrumentos para a extensão do mal.
Não nos isenta da incompreensão alheia, porém, nos inclina à tolerância para que a sombra do desequilíbrio não nos atinja o coração.
Nem sempre nos evitará os obstáculos e as provações do caminho que nos experimentem por fora, mas sempre nos garantirá a tranquilidade, por dentro de nós, induzindo-nos a reconhecer que, em todos os acontecimentos da vida, Deus nos faz sempre o melhor.


Sofia de Melo Volante



VÍDEOS SAGRADOS

ERA - GREGORIAN

ENIGMA - AGE OF LONELINESS

LESIEM - PARADISUS

LESIEM - FLOREAT

ENIGMA - THE EYES OF TRUTH

ERA - MOTHER


FONTE YOUTUBE


FONTE DE IMAGENS GOOGLE

Nenhum comentário:

Postar um comentário